Compreensão de texto, o que exige o domínio da
norma-padrão da língua portuguesa; capacidade
de interpretar dados e inform...
Movimento de ideias que teve
origem no século XVII e se
desenvolveu no século XVIII. O
nome vem das percepção dos
filósofo...
A palavra ILUMINISMO:
Originou-se de luz, referindo-se à
razão, que consegue tudo
iluminar. Essa era a principal
caracterí...
Defende o predomínio da razão sobre
a fé e estabelece o progresso como
destino da humanidade
Tem o sentido de iluminar, co...
O primeiro grande momento de construção
de uma cultura burguesa, na qual a razão e
a ciência são as bases para o entendime...
Os três princípios básicos
do ideário iluminista:
Universalidade
Individualidade - o ser humano era visto
como individuo e...
Antigo Regime
ABSOLUTISMO/MERCANTILISMO
“DEUS, QUE DEU OS REIS AOS HOMENS, QUIS QUE ELES FOSSEM RESPEITADOS COMO SEUS
LUGARES-TENENTES, RESERVANDO PARA ELE O DIRE...
O Iluminismo combate o ANTIGO
REGIME
O que defendia?
Igualdade
Tolerância religiosa ou filosófica
Liberdade pessoal e social
Propriedade privada
No comércio
 Todas as eventuais desigualdades sociais entre compradores e
vendedores não tinham importância (o que import...
No comercio, não importavam as convicções
religiosas ou filosóficas dos participantes do
negócio.
 A burguesia compreend...
O comércio só poderia desenvolver-se numa economia
de mercado
Necessário o livre jogo da oferta e da procura.
A burguesi...
O comércio relação de troca entre proprietários
de bens ou de dinheiro.
O proprietário podia comprar ou vender porque
ti...
• emancipação humana pela razão;
• crença no desenvolvimento da ciência e das
técnicas;
• crença no progresso contínuo com...
Você é observador? Tente descobrir ou caracterizar
as seis propostas iluministas sugeridas nos quadros
abaixo.
• 1 Racionalismo
• 2 Crítica à Igreja Católica/ Anticlericalismo
• 3 Cientificismo
• 4 Empirismo/ Crença nas leis naturais...
-René Descartes (1596-1650),
autor do livro Discurso do Método, definia a dúvida
como o primeiro passo para se chegar à ve...
Lançou as bases de cálculo de probabilidades.
Foi físico, matemático, filósofo e teólogo francês.
educação, baseada em sól...
Johannes Kepler (1571 – 1630)
Astrônomo e filósofo alemão, que ficou famoso por
formular e verificar as três leis do movim...
Isaac Newton (1642-1727)
Físico e matemático inglês que estabeleceu
as bases da Física como uma disciplina
moderna. De 166...
Segundo Séguier (1770), esses filósofos “com uma
das mãos tentaram e com a outra
quiseram ”.
John Locke(1632-1704)
Acompanhou as transformações
na Inglaterra durante a
Revolução Inglesa (1689), a
primeira revolução ...
Voltaire (1694-1778)
“Posso não concordar com o que você pensa, mas
defenderei até a morte seu direito de expressar suas
i...
Montesquieu (1689-1755)
“O espírito das leis”
O poder deve ser dividido em
três partes para evitar o
absolutismo: LEGISLAT...
Adam Smith (1723-1790)
A ESCOLA DE ECONOMIA CLÁSSICA
O Liberalismo Econômico
-- O principal representante do liberalismo
e...
Provérbio fisiocrata
Iluminismo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Iluminismo

600 visualizações

Publicada em

Contextualização Iluminismo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
600
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
280
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Iluminismo

  1. 1. Compreensão de texto, o que exige o domínio da norma-padrão da língua portuguesa; capacidade de interpretar dados e informações contidas em textos historiográficos; de relacionar essas informações entre si e com conceitos previamente aprendidos, construindo uma síntese consistente, em que fique demonstrado o reconhecimento de aspectos definidores do pensamento iluminista. Competências e habilidades:
  2. 2. Movimento de ideias que teve origem no século XVII e se desenvolveu no século XVIII. O nome vem das percepção dos filósofos iluministas . Eles eram militantes da razão Luz contra tradição cultural Trevas. DEFINIÇÃO
  3. 3. A palavra ILUMINISMO: Originou-se de luz, referindo-se à razão, que consegue tudo iluminar. Essa era a principal característica das ideias iluministas: a explicação racional para todas as questões que envolviam a sociedade.
  4. 4. Defende o predomínio da razão sobre a fé e estabelece o progresso como destino da humanidade Tem o sentido de iluminar, combater o obscurantismo, eliminar as superstições e buscar esclarecimentos sobre a vida humana.
  5. 5. O primeiro grande momento de construção de uma cultura burguesa, na qual a razão e a ciência são as bases para o entendimento do mundo.
  6. 6. Os três princípios básicos do ideário iluminista: Universalidade Individualidade - o ser humano era visto como individuo e não como coletividade. Autonomia - o homem pensando por si mesmo. Os pensadores propunham não uma revolução mas uma ampla reforma.
  7. 7. Antigo Regime ABSOLUTISMO/MERCANTILISMO
  8. 8. “DEUS, QUE DEU OS REIS AOS HOMENS, QUIS QUE ELES FOSSEM RESPEITADOS COMO SEUS LUGARES-TENENTES, RESERVANDO PARA ELE O DIREITO DE JULGAR A SUA CONDUTA. É VONTADE DE DEUS QUE OS SÚBDITOS OBEDEÇAM SEM PENSAR; E ESTA LEI NÃO FOI FEITA APENAS PARA FAVORECER OS PRINCÍPES, MAS TAMBÉM PARA O BEM DOS QUE OBEDECEM.” Luís XIV
  9. 9. O Iluminismo combate o ANTIGO REGIME
  10. 10. O que defendia? Igualdade Tolerância religiosa ou filosófica Liberdade pessoal e social Propriedade privada
  11. 11. No comércio  Todas as eventuais desigualdades sociais entre compradores e vendedores não tinham importância (o que importava era a igualdade jurídica dos participantes do ato comercial)  Neste sentido os Iluministas defendiam que todos deveriam ser iguais perante a lei. Ninguém teria, então, privilégios de nascença, como os da nobreza. A igualdade jurídica não significava igualdade econômica. No plano econômico, a maioria dos iluministas acreditava que a desigualdade correspondia à ordem natural das coisas.
  12. 12. No comercio, não importavam as convicções religiosas ou filosóficas dos participantes do negócio.  A burguesia compreendeu que seria irracional excluir compradores ou vendedores em função de suas crenças ou convicções pessoais. A capacidade econômica das pessoas definia-se pelo ter e não pelo ser.
  13. 13. O comércio só poderia desenvolver-se numa economia de mercado Necessário o livre jogo da oferta e da procura. A burguesia se opôs à escravidão humana e passou a defender uma sociedade livre. Sem salários ... sem comércio.
  14. 14. O comércio relação de troca entre proprietários de bens ou de dinheiro. O proprietário podia comprar ou vender porque tinha o direito de usar e dispor livremente de seus bens. Característica essencial da sociedade capitalista.
  15. 15. • emancipação humana pela razão; • crença no desenvolvimento da ciência e das técnicas; • crença no progresso contínuo como rumo a ser seguido pela humanidade, frequentemente em etapas que se sucedem; • crítica ao Estado absolutista e ao cristianismo; • crença na liberdade e na igualdade como direitos inalienáveis.
  16. 16. Você é observador? Tente descobrir ou caracterizar as seis propostas iluministas sugeridas nos quadros abaixo.
  17. 17. • 1 Racionalismo • 2 Crítica à Igreja Católica/ Anticlericalismo • 3 Cientificismo • 4 Empirismo/ Crença nas leis naturais • 5 Crença no Progresso • 6 Investigação e contato com o novo (novas Civilizações) / liberdade política
  18. 18. -René Descartes (1596-1650), autor do livro Discurso do Método, definia a dúvida como o primeiro passo para se chegar à verdade e ao conhecimento, considerando a verdade como aquilo que se percebe claramente, sem idéias preconcebidas. -Inaugurou um método de estudo da natureza a partir da razão, as idéias “claras e precisas”, passando cuidadosamente para outras etapas de aprofundamento do conhecimento, esse método, chamado cartesiano, tem por base sua frase: Cogito, ergo sun - “Penso, logo existo”. -Com ele nasceu uma filosofia que não admitia milagres, pois tudo tinha de passar pelo entendimento racional, fundado na verificação experimental.
  19. 19. Lançou as bases de cálculo de probabilidades. Foi físico, matemático, filósofo e teólogo francês. educação, baseada em sólidos princípios morais, concomitante ao ensino da história e filosofia. Órfão de mãe desde cedo, teve a sua educação aos cuidados do pai. Prodígio, aos 11 anos escreveu um tratado sobre os sons, baseado nas suas experiências. Aos 17, inventou a “máquina aritmética”, que evoluiria para a máquina de calcular. Principais obras :“Dedicatória a Monsenhor Chanceler Acerca da Nova Máquina Inventada pelo Senhor Blaise Pascal “(1645), “Novas Experiências Sobre o Vácuo” (1647), “Generatio Conisectionum” (1648),” Primeira Carta Circular Relativa à Ciclóide” (1658) e “Oração para o Bom Uso das Doenças" (1659).
  20. 20. Johannes Kepler (1571 – 1630) Astrônomo e filósofo alemão, que ficou famoso por formular e verificar as três leis do movimento planetário conhecidas como as leis de Kepler. Foi influenciado por um professor de matemática, chamado Michael Maestlin, partidário da teoria heliocêntrica do movimento planetário desenvolvida, inicialmete, pelo astrônomo polonês Nicolau Copérnico Em 1594, quando Kepler foi embora de Tübingen e foi para Graz, Áustria, elaborou uma hipótese geométrica complexa para explicar a distância entre as órbitas planetárias (órbitas que eram, erroneamente, consideradas circulares). Posteriormente, Kepler deduziu que as órbitas dos planetas são elípticas. Kepler propôs que o sol exerce uma força que diminui de forma inversamente proporcional à distância e impulsiona os planetas ao redor de suas órbitas. Publicou, em 1596, suas teorias em um tratado chamado Mysterium Cosmographicum.
  21. 21. Isaac Newton (1642-1727) Físico e matemático inglês que estabeleceu as bases da Física como uma disciplina moderna. De 1665 a 1666, descobriu o teorema binominal, o cálculo diferencial e integral e a composição da luz branca pelas diferentes cores do espectro. Desenvolveu as três leis do movimento e a lei universal da gravidade, descrita no seu livro Philosophiae Naturalis Principia Mathematica de 1687 (vulgarmente conhecido por Principia). A maior realização de Newton foi a demonstração da aplicação universal de princípios químicos. Definiu claramente a natureza da massa, peso, força, inércia e aceleração.
  22. 22. Segundo Séguier (1770), esses filósofos “com uma das mãos tentaram e com a outra quiseram ”.
  23. 23. John Locke(1632-1704) Acompanhou as transformações na Inglaterra durante a Revolução Inglesa (1689), a primeira revolução burguesa que derrubou o absolutismo e instalou um governo liberal. O pai do Iluminismo
  24. 24. Voltaire (1694-1778) “Posso não concordar com o que você pensa, mas defenderei até a morte seu direito de expressar suas ideias”. Grande defensor da liberdade de expressão, religiosa, econômica, política... Um governante deve ser esclarecido... Pode ser um monarca, mas não absolutista!
  25. 25. Montesquieu (1689-1755) “O espírito das leis” O poder deve ser dividido em três partes para evitar o absolutismo: LEGISLATIVO, EXECUTIVO E JUDICIÁRIO; O poder de um governante deve ser limitado; Defensor da instalação de República (com eleições presidenciais) em países pequenos; Defesa à Constituições liberais;
  26. 26. Adam Smith (1723-1790) A ESCOLA DE ECONOMIA CLÁSSICA O Liberalismo Econômico -- O principal representante do liberalismo econômico foi Adam Smith (1723-1790), autor da famosa obra Ensaio sobre a riqueza das nações. -Nessa obra, Adam Smith criticou a política mercantilista, que se baseava na intervenção do Estado na economia. A economia deveria ser dirigida pelo livre jogo da oferta e da procura de mercado. -Segundo ele, o trabalho era a verdadeira fonte de riqueza para as nações e deveria ser conduzido pela livre iniciativa dos particulares.
  27. 27. Provérbio fisiocrata

×