A reforma & a contra reforma religiosa

795 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
795
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
436
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A reforma & a contra reforma religiosa

  1. 1. Valorizar a diversidade dos patrimônios etnoculturais e artísticos, identificando-a em suas manifestações e representações em diferentes sociedades, épocas e lugares.
  2. 2. Definição: movimento religioso que rompeu com a autoridade da Igreja Católica, dando origem a novas religiões cristãs; Quando: a partir do século XVI; Onde: o movimento reformista teve mais força na ALEMANHA, SUIÇA e INGLATERRA. A Reforma
  3. 3. Propulsores Da Reforma
  4. 4. Propulsores da Reforma
  5. 5. Propulsores da Reforma
  6. 6. Propulsores da Reforma
  7. 7. Em síntese Corrupção do clero e afastamento de seus membros das concepções originais do cristianismo (humildade, fraternidade, caridade). Venda de indulgências. Venda de relíquias sagradas. Venda de cargos no clero.
  8. 8. Martinho Lutero , professor de teologia, monge agostiniano, critica o clero e a corrupção da Igreja através de 95 teses ele prega na porta da catedral de Wittemberg em outubro de 1517 denunciando os abusos da Igreja. O Precursor do Movimento
  9. 9. Entre 1511 e 1513, Lutero aprofundou-se nos estudos bíblicos e amadureceu novas ideias teológicas. Encontrou uma frase que considerou muito importante nas epístolas de São Paulo: “o justo se salvará pela fé”. Interpretou então que a fé, e não as obras, seria o único instrumento de salvação, graças à misericórdia divina. Em 1517, com o objetivo de arrecadar dinheiro para a reconstrução da Basílica de São Pedro, o papa Leão X autorizou a concessão de indulgências para os fiéis que contribuíssem financeiramente para a obra. Lutero, em protesto, afixou um manifesto público (as 95 teses) na Catedral de Wittenberg contrário a essa atitude e expondo alguns elementos de sua doutrina religiosa. Em 1520 foi excomungado e condenado à morte – protegido em castelos de príncipes germânicos.
  10. 10. 1- A salvação só é alcançada pela fé e pelas obras. 2- A relação entre Deus e o fiel é pessoal. 3- Cada pessoa pode ler e interpretar a bíblia segundo sua própria consciência. 4- A bíblia é a única fonte da palavra de Deus 5- Supressão do clero regular e das imagens religiosas. 6- Manutenção de apenas dois sacramentos: batismo e casamento. 7- Utilização do alemão ao invés do latim nos cultos. 8- Submissão da Igreja ao Estado.
  11. 11. João Calvino (1509- 1564) nasceu na França, onde estudou teologia. Aderindo às ideias dos protestantes foi considerado herege e perseguido pelas autoridades francesas. Em 1534, fugiu para a Suíça, onde o movimento reformista já se desenvolvia.
  12. 12. Em 1536, Calvino publicou sua principal obra, onde defendia que o ser humano estava “predestinado” a merecer o céu ou o inferno, ou seja, algumas pessoas haviam sido eleitas por Deus para serem salvas, enquanto outras seriam condenadas à maldição eterna. Governou a cidade de Genebra (1541- 1560), se mostrando extremamente intolerante. Obrigava as pessoas a seguirem um governo que mesclava religião e política. Chegou a queimar vivo o espanhol Miguel de Servet (que dissecava os mortos) por negar o “pecado original”.
  13. 13.  A salvação eterna é predestinada por Deus.  Pregava o estímulo ao trabalho e a legitimidade do lucro, condenando o desperdício.  A prosperidade econômica é um sinal de salvação.  Condenava o jogo, o culto às imagens de santos, as danças e o uso de roupas luxuosas.  Segundo o Calvinismo, as obras não interferiam na salvação eterna, sendo uma vontade divina. Não podendo interferi nessa vontade, cada pessoa deveria viver de acordo com as suas possibilidades. Embora o luxo fosse censurado, a acumulação de riquezas e o lucro não eram imorais. Fez muito sucesso com a burguesia.
  14. 14. Henrique VIII, rei da Inglaterra de 1509 a 1547, fora um fiel aliado do papa, recebendo o título de “defensor da fé”. Entretanto, uma série de questões o levaram a romper com a Igreja católica e a fundar uma Igreja nacional: a Igreja Anglicana.
  15. 15. A Igreja era proprietária de muitas terras e monopolizava o comércio de “relíquias sagradas”. Setores da nobreza queriam apossar-se das terras e dos bens da Igreja e, para isso, era preciso apoiar o rei, a fim de enfraquecer o poder das autoridades católicas. Além disso, Henrique VIII teve seu pedido de anulação de casamento com Catarina de Aragão negado. Queria essa anulação pelo fato de Catarina ter origem espanhola, por não ter dado um filho do sexo masculino a Henrique e para pode se casar com sua amante, Ana Bolena.
  16. 16. Henrique conseguiu que o alto clero inglês e o Parlamento reconhecessem seu divórcio. Em 1534, o Parlamento votou o Ato de Supremacia, pelo qual Henrique VIII tornava-se chefe supremo da Igreja da Inglaterra (Anglicana), sem grandes modificações em termos de doutrina e culto em relação à católica. Ocorreram nos governos dos sucessores de Henrique VIII, tentativas de implantar o Calvinismo e também uma reação católica. Somente com o governo de Elizabeth I (1558-1603) a Igreja Anglicana consolidou- se.
  17. 17. X
  18. 18. Reação contra Difusão do Protestantismo
  19. 19. •Inácio de Loyola •Soldados de Cristo (militar) •Viver na pobreza •Converter Infiéis •Trabalhar pela Salvação das Almas •Obediência ao Papa Atuaram nas áreas protestantes América – difundir a fé e evitar Protestantismo Educação
  20. 20. Papa Paulo III  Restauração da Inquisição  Vigiar e punir os que apresentam desvios da Fé Católica Paulo IV:  Maior severidade  Itália e Espanha  Censura sobre a liberdade de Pensamento Tribunais do Santo Ofício ou da Santa Inquisição: tribunais religiosos que julgavam e condenavam “hereges” ou “infiéis” (não católicos) com extrema violência. Atuaram principalmente na ESP, POR e ITA.
  21. 21.  Papas Reformistas: (Paulo III, Paulo IV, Júlio III, Pio V, Xisto IV)  Decisões sobre Dogmas e Disciplina Ortodoxia: correta (Dogmas) Práxis: Erros na disciplina  Bíblia + Tradição da Igreja (Papa)  Salvação: Fé e Obras  07 Sacramentos  Presença Real de Cristo na Eucaristia.
  22. 22.  Invocação da Virgem e Santos  Bíblia: Vulgata (S. Jerônimo)  Católico: obediência ao Papa Disciplinas: Latim nos ofícios religiosos Celibato Clerical Proibição do acúmulo de Cargos Eclesiásticos Clero – vida exemplar Padre: mínimo 25 anos Bispo: mínimo 30 anos Criação dos seminários Paróquias: ensino elementar gratuito
  23. 23.  Desaceleração das Transformações do Renascimento Cultural  Ascensão da Arte Barroca  Evasão dos Burgueses de alguns países (crise econômica)  Enfraquecimento do poder político da Igreja Católica  Fortalecimento dos ideais burgueses (atente especialmente para o Calvinismo)
  24. 24. I can’t believe the news today Não posso acreditar nas notícias de hoje I can’t close my eyes and make it go away Não posso fechar os olhos e fazê- las desaparecer How long, how long must we sing this song? Quanto tempo, quanto tempo teremos de cantar esta canção? How long, how long? Quanto tempo, Quanto tempo? ‘Cos tonight Porque esta noite We can be as one, tonight Podemos ser como um, essa noite Broken bottles under children’s feet Garrafas quebradas sob os pés das crianças Bodies strewn across the dead-end street Corpos espalhados num beco sem saída. But I won’t heed the battle call Mas eu não vou atender ao apelo da batalha It puts my back up, puts my back up against the wall Isso coloca minhas costas, coloca minhas costas contra a parede. Sunday, bloody Sunday Domingo, sangrento domingo And the battle’s just begun E a batalha apenas começou There’s many lost, but tell me who has won? Há muitos que perderam, mas me diga: quem ganhou?
  25. 25. The trenches dug within our hearts As trincheiras cavadas em nossos corações And mothers, children, brothers, sisters torn apart E mães, filhos, irmãos, irmãs dilacerados. Sunday, bloody Sunday Domingo, sangrento domingo. Wipe the tears from your eyes Enxugue as lágrimas de seus olhos Wipe your tears away Limpe suas lágrimas. I’ll wipe your tears away Vou limpar suas lágrimas I’ll wipe your bloodshot eyes Vou limpar os seus olhos vermelhos. Sunday, bloody Sunday Domingo, sangrento domingo And it’s true we are immune E é verdade que somos imunes When fact is fiction and TV reality Quando o fato é ficção e a realidade da TV. And today the millions cry E hoje milhões choram We eat and drink while tomorrow they die Comemos e bebemos enquanto eles morrem amanhã
  26. 26. The real battle just begun A batalha real apenas começou To claim the victory Jesus won Para reivindicar a vitória de Jesus On No… Sunday, bloody Sunday Domingo, sangrento domingo
  27. 27. http://minilua.com/tras-musica-sunday-bloody- sunday-5/
  28. 28. "Isso se tornou conhecido como domingo sangrento,e foi sangrento. Era desnecessário. Surpreende-me o que o exército fez nesse dia, atiraram sem pensar no que eles estavam fazendo. Eles estavam atirando em inocentes. Estas pessoas podem ter tomado parte em uma marcha que foi proibida, mas isto não justifica que as tropas tenham disparado indiscriminadamente contra eles. Eu diria sem hesitação que foi puramente um assassinato. Foi assassinato."
  29. 29. Qual a relação entre o Protestantismo e o Capitalismo/ Pesquise: A Ética Protestante o e Espírito do Capitalismo

×