O slideshow foi denunciado.

Oficina de metodo cientifico - ABNT - Polisinos

17.281 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • vlw projeto nota 10 iisso q vc postou quem gostou responde se nao gostou do texto problema seu eu gostei!!!! e quem reclamar é otario q naosabe fazer um trabalho sem gaguejar e quer ficar reclamando dela esta tudo detalhadamente.muito obrigada me ajudou no trabalho da escola.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui

Oficina de metodo cientifico - ABNT - Polisinos

  1. 1. P I B I D / P O L I S I N O S
  2. 2. O PROJETO  Para realizar um projeto devemos fazer o levantamento de literatura; Essa busca é realizada junto às bibliotecas ou outros locais de coleta.  Pesquisa na internet: CUIDADO! Verifique sempre opiniões a respeito dos sites e blogs com seus professores!
  3. 3. APRESENTAÇÃO GRÁFICA
  4. 4. PAPEL folha branca, formato A4 MARGENS - superior e esquerda: 3cm; - inferior e direita: 2 cm FONTE - tamanho 12 para o texto; - tamanho menor para citações de mais de três linhas, legendas, notas de rodapé, etc.
  5. 5. TEXTO - deve ser digitado, com espaço 1,5 entrelinhas; - alinhamento do texto: justificado; - recuo de primeira linha do parágrafo sugerimos 1,25 cm (1 tab.).
  6. 6. TÍTULO DE CAPÍTULOS (Seções)  é indicado por número arábico, a partir do 1 (um) e seguido de seu título;  alinhado à esquerda.  os capítulos são sempre iniciados em uma nova folha;  os títulos devem iniciar na parte superior da página e ser separado do texto que os sucede por 1 (um) espaço de 1,5 entrelinhas. Ex. 1 INTRODUÇÃO
  7. 7. TÍTULO DOS SUBCAPÍTULOS (Subseções)  é indicado por número arábico;  grafados em números inteiros, a partir de 1 (um) seção primária e seguido do número que lhe for atribuído na sequência do assunto;  alinhamento de título das subseções à esquerda, separado por um espaço de caractere;  separados do texto que os precede ou que os sucede por 1 (um) espaços de 1,5 entrelinhas. Ex. 1.1 OBJETIVOS 1.1.1 Objetivo Geral 1.1.2 Objetivos Específicos
  8. 8. DIVIDA SEU TRABALHO EM PARTES!  Capa;  Folha de rosto;  Sumário;  Resumo;  Introdução;  Desenvolvimento;  Conclusão;  Referências.
  9. 9. CAPA E FOLHA DE ROSTO ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO MÉDIO POLISINOS Nome do Aluno TÍTULO: Subtítulo (se houver) Local (cidade) Ano Nome do Aluno TÍTULO: Subtítulo (se houver) Projeto de Pesquisa ou Trabalho Conclusão de Curso apresentada como requisito parcial para obtenção do título de Bacharel/Licenciado, pelo Curso de XXX da Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS Orientador: Local (cidade) Ano
  10. 10. Relação das partes principais do projeto, títulos e subtítulos, e suas respectivas páginas. O objetivo é facilitar a localização e o acesso às parte em que o projeto foi dividido. SUMÁRIO SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO ........................................................... 5 2 ESTRUTURA DO TRABALHO .................................. 8 2.1 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS................................ 9 2.1.1 Capa..................................................................... 9 2.1.2 Lombada............................................................ 10 2.1.3 Folha de Rosto.................................................. 10 2.1.4 Errata ................................................................. 11 2.1.5 Folha de Aprovação ......................................... 11 2.1.6 Dedicatória ........................................................ 11 2.1.7 Epígrafe ............................................................. 12 2.1.8 Resumo em Português..................................... 12 2.1.9 Resumo em Língua Estrangeira ...................... 13 2.1.10 Lista de Ilustrações ........................................ 13 2.1.11 Lista de Tabelas.............................................. 13 2.1.12 Lista de Abreviaturas e Siglas....................... 14 2.1.13 Lista de Símbolos ........................................... 14 2.1.14 Sumário ........................................................... 14 2.2 ELEMENTOS TEXTUAIS ...................................... 14 2.2.1 Introdução ......................................................... 15 2.2.2 Desenvolvimento .............................................. 15 3 CONCLUSÃO........................................................... 15 REFERÊNCIAS ........................................................... 16 APÊNDICE A- ENTREVISTA...................................... 17
  11. 11. RESUMO O resumo de apresentar o objetivo, o método, os resultados e as conclusões do trabalho. Deve ser composto de uma sequência de frases concisas, afirmativas e não de enumeração de tópicos. Recomenda-se o uso de parágrafo único. A primeira frase deve ser significativa, explicando o tema principal do documento (deve-se indicar qual é a categoria do documento ex.: memória, estudo de caso, análise da situação). Deve-se usar o verbo na voz ativa e na terceira pessoa do singular. O resumo deve conter de 150 a 500 palavras para os trabalhos acadêmicos
  12. 12. INTRODUÇÃO Você deve:  fornecer uma visão global da pesquisa;  apresentar o tema;  justificar a escolha do assunto;  apresentar o problema;  delimitar o assunto abordado;  objetivos;  hipótese (s) e  outros elementos necessários para situar o tema do trabalho.
  13. 13. TEMA – “Qual assunto desejo abordar?”: O assunto geral sobre o qual se deseja realizar a pesquisa. A partir da escolha do tema é feita a delimitação que consiste na especificação do estudo. Ex: A educação da mulher: a perpetuação da injustiça.
  14. 14. JUSTIFICATIVA – “Por que fazer esta pesquisa?”: A justificativa ressalta a importância do problema a ser investigado. Consiste em uma exposição resumida, porém completa, das razões e dos motivos de ordem prática que tornam importante a realização da pesquisa.
  15. 15. PROBLEMA: É a mola propulsora de todo o trabalho de pesquisa. Depois de definido o tema, levanta-se uma questão para ser respondida através de uma hipótese, que será confirmada ou negada através do trabalho de pesquisa. O Problema é criado pelo próprio autor e relacionado ao tema escolhido. O autor, no caso, criará um questionamento para definir a abrangência de sua pesquisa. Não há regras para se criar um problema, mas alguns autores sugerem que ele seja expresso em forma de pergunta. Ex: Quais os motivos que levam a mulher a ser tratada com submissão pela sociedade?
  16. 16. HIPÓTESE: é sinônimo de suposição. Neste sentido, hipótese é uma afirmação (uma suposição), que tente responder ao problema levantado no tema escolhido para pesquisa. As hipóteses constituem “respostas” supostas e provisórias ao problema. É uma pré-solução para o problema levantado. O trabalho de pesquisa, então, irá confirmar ou negar a hipótese (ou suposição) levantada. Ex: A sociedade patriarcal, representada pela força masculina, exclui as mulheres dos processos decisórios.
  17. 17. OBJETIVOS – “PARA QUÊ?”: a definição dos objetivos determina o que o pesquisador quer atingir com a realização do trabalho de pesquisa. Objetivo é sinônimo de meta, fim.
  18. 18. DESENVOLVIMENTO  parte do documento onde o conteúdo é apresentado;  parte mais extensa e visa apresentar os resultados da pesquisa;  divide-se geralmente em seções (capítulos) e subseções subcapítulos);  deve conter a revisão de literatura sobre o assunto;  toda literatura citada e analisada deve constar na lista de referências no final do trabalho;  método da pesquisa - método de delineamento técnicas de coleta de dados - técnica de análise.
  19. 19. METODOLOGIA DA PESQUISA - COMO? A Metodologia é a explicação detalhada, rigorosa e exata de toda ação desenvolvida no método (caminho) do trabalho de pesquisa. É a explicação do tipo de pesquisa, do instrumental utilizado, da equipe de pesquisadores e da divisão do trabalho, do tratamento dos dados, enfim, de tudo aquilo que se utilizou no trabalho de pesquisa. Respondendo à questão “como?”, aparecem aqui os elementos de fundamentação teórica da pesquisa e, também, a definição passo a passo de como seu trabalho dará certo. Toda pesquisa requer um embasamento teórico. Nele é preciso observar, e definir a teoria que dará sustentação ao trabalho, a revisão bibliográfica e a definição dos termos utilizados pelo aluno.
  20. 20. CONCLUSÃO  deve apresentar de forma sintética os resultados do trabalho, salientando a extensão e os resultados de sua contribuição;  deve estar fundamentada nos resultados e na discussão do texto;  podem ser incluídas as recomendações e/ou sugestões.
  21. 21. Cuide para que sua introdução e conclusão NÃO fiquem muito repetitivas, ou que contenham frases muito evidentes, que qualquer um colocaria, como: “...esse trabalho vai falar sobre...” , ou “... foi muito importante fazer esse trabalho...”. Seja criativo, objetivo, talvez até ousado em relação àquilo que pensas, tenha orgulho de seu Projeto.
  22. 22. REFERÊNCIAS As referências dos materiais consultados para a elaboração do Projeto é um item OBRIGATÓRIO. Nela normalmente constam os documentos e qualquer fonte de informação consultados no Levantamento de Literatura (livros, manuais, CDs, DVDs, mapas etc.)
  23. 23. CITAÇÕES Todo trabalho criado para ser apresentado, ou devidamente entregue ao seu professor, provavelmente serão feitos baseados com ideias e conceitos de outros autores lidos até então. Esses textos terão que aparecer de algum jeito dentro do seu trabalho. Por isso, além do próprio conhecimento adquirido sobre o tema estudado, aparecerão as citações de seus autores escolhidos, com objetivo de comprovar aquilo que está sendo explicado em seu trabalho. (AVISO: Toda cópia de frase/parte retirada de algum livro, site, revista, artigo e etc, terão que aparecer com as referências de seu autor. Se isso não ocorrer, pode ser considerado um crime, plágio!)
  24. 24. CITAÇÕES DIRETAS São aquelas citações que apresentamos diretamente para o leitor segundo outro autor, seguindo as ideias que estão sendo colocadas no trabalho. Essas citações geralmente são frases, expressões ou até mesmo um parágrafo que copiamos de um determinado autor e inserimos em nosso trabalho. Geralmente são empregadas aspas(“). EXEMPLOS: 1 - Segundo Paulo Freire (1994, p. 161), "[...] transformar ciência em conhecimento usado apresenta implicações epistemológica porque permite meios mais ricos de pensar sobre o conhecimento [...]". 2 - Nóvoa (1992, p.16) se refere à identidade profissional da seguinte forma: "A identidade é um lugar de lutas e conflitos, um espaço de construção de maneiras de ser e de estar na profissão."
  25. 25. CITAÇÕES DIRETAS DE ATÉ 3 LINHAS: # São apresentadas no texto entre aspas; # A referência ao autor poderá estar no texto ou ao final da citação, neste caso, usa-se o sobrenome do autor entre parênteses e em letras maiúsculas. EXEMPLO: 1 - Nóvoa (1992, p.16) se refere à identidade profissional da seguinte forma: "A identidade é um lugar de lutas e conflitos, é um espaço de construção de maneiras de ser e de estar na profissão.” 2 - É neste cenário, que "[...] a AIDS nos mostra a extensão que uma doença pode tomar no espaço público. Ela coloca em evidência de maneira brilhante a articulação do biológico, do político, e do social." (HERZLICH e PIERRET, 1992, p.7).
  26. 26. CITAÇÕES DIRETAS DE MAIS DE 3 LINHAS # Deverão ser apresentadas em destaque (normalmente, usa-se o itálico), separadas do texto por um espaço. # O trecho transcrito é feito em espaço simples de entrelinhas, fonte tamanho 10, com recuo de 4 cm da margem esquerda. Ao final da transcrição, faz-se a citação.
  27. 27. Exemplos: 1 - O objetivo da pesquisa era esclarecer os caminhos e as etapas por meio dos quais essa realidade se construiu. Dentre os diversos aspectos sublinhados pelas autoras, vale ressaltar que: [...] para compreender o desencadeamento da abundante retórica que fez com que a AIDS se construísse como 'fenômeno social', tem-se freqüentemente atribuído o principal papel à própria natureza dos grupos mais atingidos e aos mecanismos de transmissão. Foi construído então o discurso doravante estereotipado, sobre o sexo, o sangue e a morte [...]. (HERZLICH e PIERRET, 1992, p.30).
  28. 28. 2 - A escolha do enfoque qualitativo se deu porque concebemos a pesquisa qualitativa na linha exposta por Franco (1986, p.36), como sendo aquela que: [...] assentada num modelo dialético de análise, procura identificar as múltiplas facetas de um objeto de pesquisa (seja a avaliação de um curso, a organização de uma escola, a repetência, a evasão, a profissionalização na adolescência, etc.) contrapondo os dados obtidos aos parâmetros mais amplos da sociedade abrangente e analisando-os à luz dos fatores sociais, econômicos, psicológicos, pedagógicos, etc. [...].
  29. 29. CITAÇÃO INDIRETA Como deixado claro anteriormente, Plágio é crime! Destacamos esse fato porque é comum nos depararmos com textos e trabalhos de alunos com frases de outros autores como se fossem deles, não colocando as referências exigidas. Por isso, existe uma outra citação importantíssima, pois é nela em que o aluno se mostra articulado e bem informado daquilo que irá explicar. Essa citação, conhecemos como a “Citação Indireta”. De ambas as citações, se dá valor mais nessa última, afinal, é nas palavras do aluno que se avalia o quão embasado ele está.
  30. 30. Primeiro leremos uma citação direta! Exemplo: 1 - “Das preocupações e trabalho empenhado para se atingir melhor organização das instituições de saúde, não pode ficar à margem, o que se supõe ser o objetivo essencial e primeiro de todo esse esforço: a saúde da população.” (Marilisa Berti de Azevedo Barros, Rev. Saúde Pública, 1984, p. 18).
  31. 31. Agora explicamos em outras palavras o que a autora quis dizer: Segundo Marilisa Barros (1984), as preocupações com a saúde da população devem ser prioridade; as instituições de saúde deveriam levar em conta a saúde em si e não o trabalho e a organização da mesma.
  32. 32. Título do Livro: Capítulo: Assunto: Citação com a página: Referência:
  33. 33. Título do Livro: História Global – Brasil e Geral. Capítulo: 1 – Tempo e História – O relógio. Assunto: Nesse capítulo o autor aborda a extrema preocupação das sociedades atuais com o tempo, o que pode ser percebido pela constante consulta aos relógios. Citação: “O tempo do relógio passou a governar, em grande parte, o cotidiano das pessoas, mesmo contrariando as necessidades naturais. Há a hora de acordar, de comer, de trabalhar, de tomar banho, de dormir, etc.” (p.13) Referência: COTRIM, Gilberto. História Global – Brasil e Geral – Vol. Único. 8ª ed. São Paulo: Ed. Saraiva, 2007. 610 p.
  34. 34. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA: No final do trabalho, quando estiver tudo pronto, e corretamente formulado, não esqueça de fazer a referência Bibliográfica. Isto é, toda bibliografia utilizada até então em seu trabalho, na seguinte forma:
  35. 35. Exemplos: PERRAULT, Charles. Chapeuzinho Vermelho. 1. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2007. 32p; FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: Saberes Necessários à pratica educativa. Rio de Janeiro: Terra e Paz, 1996. 148p; MAGNOLI, Demétrio. União Europeia: História e Geopolítica. 5. São Paulo: Moderna, 2000. 80p; NUNES, Ana Carolina. Lixo nas alturas. São Paulo, 07 junho 2013. Disponível em:<http://www.istoe.com.br/reportagens/305086_LIXO+NAS+ALTURAS.ht ml >. Acesso em: 12 junho 2013.

×