A Internet - RESUMO

2.405 visualizações

Publicada em

Publicada em: Internet
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.405
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
172
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Internet - RESUMO

  1. 1. A Internet 3º ano 2º Bimestre
  2. 2. Breve histórico • Desenvolvida durante a Guerra Fria nos EUA com o objetivo de transmitir dados mesmo em caso de ataque em um dos pontos. (Arpanet). • Em uma primeira etapa interligaram-se os seguintes pontos: Universidade da Califórnia (UCLA), Instituto de Pesquisa de Stanford e Universidade de Utah. • O nó da UCLA foi apresentado e demonstrado em 21 de novembro de 1969. • Em 1971 havia mais de 20 redes locais interligadas. • Em 1981 já ultrapassava 200 pontos. • Em 1985 foi batizada de Internet.
  3. 3. Breve histórico • Pode-se perceber claramente os três estágios que a Internet passou: • Primeiro período foi a fase embrionária da internet, ainda como um projeto de pesquisa, a Arpanet; • O segundo período pode ser definido como intermediário e o grande público da Arpanet/Internet eram as grandes universidades e centros de pesquisa; • O terceiro período da Internet foi a explosão comercial que essa rede sofreu após a década de 90.
  4. 4. Conceito • A internet é a interligação de várias redes para a comunicação e troca de informações em nível mundial.
  5. 5. Formas de acesso • Existem várias formas de acessar a internet, e a principal delas é a mediação de um Provedor de Acesso.
  6. 6. Formas de acesso • O provedor de acesso (ISP – Internet Service Provider) é uma empresa criado com o intuito de conectar o usuário à internet. • O provedor possui uma linha especial de acesso à Internet e possui o direito de ligar outras linhas a esta linha principal, ou seja, ele é um nó na rede que mantém computadores de grande capacidade, permanentemente conectados à Internet e aceita que os usuários se conectem a estes computadores para acessá-la. • Os usuários se ligam à Internet por meio dessas empresas e, por este tipo de apoio, pagam uma taxa mensal ao provedor. • Também existem empresas que dão acesso gratuito ao usuário, como por exemplo, IG, BOL, IBEST entre outros.
  7. 7. Tipos de acesso a Internet por meio de provedores de acesso Acesso discado: o acesso discado se faz por meio de linha telefônica convencional, e o usuário disca para o número dado pelo provedor de acesso para que este proceda. Possui velocidade de transmissão máxima de 56Kbps ou 128Kbps em linha alugadas. Interessante ressaltar que há o custo por tempo de conexão (além do valor pago ao provedor – quando for o caso), variando conforme as tarifas das operadoras de serviços telefônicos, pois o acesso é como uma chamada local do sistema de telefonia comutada.
  8. 8. Tipos de acesso a Internet por meio de provedores de acesso • Acesso dedicado: o acesso dedicado se faz por meio de uma linha (ou meio de transmissão de dados) privativa para internet – não é a linha física que tem que ser privativa, e sim o modelo de conexão. O usuário poderá ficar constantemente conectado (24h/dia), sem pagar a mais pelo tempo de conexão. Possui velocidades de transmissão superiores ao acesso discado. Quando a conexão com a Internet é feita em grandes velocidades e possibilita o tráfego de dados em multimídia, pode ser chamado de conexão banda larga, por isso que este termo é normalmente associado ao acesso dedicado (ADSL, Cabo e 3G que são os principais exemplos.
  9. 9. Importante! • Vale ressaltar que a velocidade de transmissão de informações é medida em bps (bits por segundo). • Então: • Kbps = 1024 bits por segundo • Gbps = 1 bilhão de bits por segundo

×