Slide share pesquisa, princípio científco e educativo

784 visualizações

Publicada em

O slide refere-se ao texto de Pedro Dem, Pesquisa - Princípio Científico e Educativo.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
784
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slide share pesquisa, princípio científco e educativo

  1. 1. Csptec: Katiuce F. Rocha Mediadora: Suely Mascarenhas
  2. 2.  Pesquisar não se trata de copiar a realidade, mas de reconstruí-la conforme nossos interesses e esperanças.  A pesquisa não pode ser considerada para poucos;  O processo de pesquisa está quase sempre relacionado ao espaço acadêmico, porém enquanto alguns só pesquisam, a maioria da aulas;  Assim, desmitificar a pesquisa há de significar também sua conexão necessária com a socialização do conhecimento.
  3. 3.  A Educação aparece como uma forma de instrução, reprodução, informação, quando deveria aparecer como instrumento criativo, em busca emancipação;  Ou melhor, a educação é aprender a criar;  Um dos instrumentos essenciais da criação é a pesquisa. Pesquisa empírica é um dos horizontes Múltiplos horizontes da pesquisa Teoria, Prática, método preocupação empírica teórica metodológica hermenêutica WWW.BRASIL ESCOLA.COM.BR
  4. 4. Quem pesquisa tem o que comunicar. Quem não pesquisa apenas reproduz ou apenas escuta. Quem pesquisa é capaz de produzir instrumentos e procedimentos de Comunicação. Quem não pesquisa assiste à comunicação dos outros(DEMO, 2006, p. 75).
  5. 5.  A pesquisa como princípio científico está intimamente ligado ao processo de formação acadêmico na universidade;  A instituição universitária está em decadência continua no mesmo critério medieval de reprodução e sem criação;  A pesquisa seria uma alternativa para recolocar a universidade a caminho de um futuro melhor, o que exige criatividade, propostas coerentes e de acordo com a realidade;  A educação em nível universitário também se resume no mero ensinar ao lado mero aprender;  Assim, faz – se necessário rever a questão a noção do que é ser professor; Nesse contexto, podemos afirmar que somente tem algo a ensinar quem pesquisa (Demo, 2006, p.49).
  6. 6.  O importante é compreender que sem pesquisa não há ensino. A ausência de pesquisa degrada o ensino a patamares típicos da reprodução imitativa. Entretanto, isto não pode levar ao extremo oposto, do professor que se quer apenas pesquisador, isolando-se no espaço da produção científico. Fonte da imagem: www.centroyankee.com.br “A pesquisa é a razão do ensino e o ensino a razão da pesquisa” É necessário a teoria se aliar prática.
  7. 7.  A pesquisa como princípio educativo restringe-se ao espaço educativo da pesquisa, limitando- se ao ambiente escolar;  A pesquisa pode ser utilizada da pré-escola ao nível superior de ensino;  Processo emancipatório trata-se da formação do sujeito capaz de se definir e ocupar espaço próprio, recusando ser reduzido a objeto.
  8. 8. A pesquisa é um recurso auxiliar na busca da emancipação visto que desenvolve a consciência crítica que deve fazer parte das mudanças na educação nos tempos de hoje.Fonte da imagem: portaldoeducadorcristao.com.br Fonte da imagem: http://www.ebah.com.br/content/ABAAAelS8AC/consciencia-critica-filosofica
  9. 9.  a didática da pesquisa e da prática: a) união indissolúvel de teoria & prática, de ensino & pesquisa, e insistência na extensão intrínseca; b) elaboração própria como critério de avaliação no professor, que será orientador, e no aluno, que será novo mestre; c) união de saber & mudar, no contexto da qualidade formal e política, sem aula e sem prova.
  10. 10. Demo, Pedro, Pesquisa: princípio científico educativo / Pedro Demo. - 12. ed. - São Paulo : Cortez, 2006. (Biblioteca da educação. Serie 1. Escola;v. 14).

×