Memórias De Um Sargento De Milícias

2.195 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.195
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
69
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Memórias De Um Sargento De Milícias

  1. 1. Memórias de um Sargento de Milícias Manuel Antônio de Almeida (Reinado de D. Joao VI) Um Brasileiro <ul><li>“ Era no tempo do rei.” </li></ul><ul><li>Principio da Verossimilhan ça </li></ul><ul><li>Capítulos unitários (humor popular – século XIX) </li></ul><ul><li>Objetivo e realista </li></ul><ul><li>Diferentes focos narrativos (Terceira pessoa – Intruso) </li></ul><ul><li>Linguagem: ex pressões lusitanas e brasileiras </li></ul><ul><li>Romantismo – anti-heróis e heróis picarescos </li></ul><ul><li>Luisinha: heroína romântica </li></ul><ul><li>Características: destino unido e paixão idealizada </li></ul><ul><li>Ritmo de crônica policial, vocabulário chulo, ironia e esculacho </li></ul><ul><li>Leonardo: primeiro malandro da literatura brasileira </li></ul><ul><li>Folhetim: “A Pacotilha” (suplemento liter ário do Jornal “Correio Mercantil” – RJ, entre 1852 e 1853) </li></ul><ul><li>Publicado em dois volumes </li></ul>
  2. 2. Tipos populares <ul><li>Jeitinho brasileiro </li></ul><ul><li>Visão da sociedade através dos pobres </li></ul><ul><li>Relato dos esforços para driblar as adversidades de suas condições (intervalo de sorte) </li></ul><ul><li>Ciganos, brancos, mulatos, caboclos, soldados, imigrantes, amantes, vadios, ricos, pobres… </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Leonardo-Pataca </li></ul><ul><li>Maria-da- Hortaliça </li></ul><ul><li>Leonardo </li></ul><ul><li>Compadre </li></ul><ul><li>Comadre </li></ul><ul><li>D. Maria </li></ul><ul><li>Major Vidigal </li></ul><ul><li>Luisinha </li></ul><ul><li>Jos é Manuel </li></ul><ul><li>Vidinha </li></ul><ul><li>Maria Regalada </li></ul><ul><li>Chiquinha </li></ul>Personagens
  4. 4. ORIGEM , NASCIMENTO E BATIZADO PRIMEIROS INFORTÚNIOS DESPEDIDA ÀS TRAVESSURAS FORTUNA O VIDIGAL PRIMEIRA NOITE FORA DE CASA A COMADRE O PÁTIO DOS BICHOS <ul><li>Primeira Parte </li></ul>
  5. 5. O ARRANJEI-ME DO COMPADRE EXPLICAÇÕES PROGRESSO E ATRASO ENTRADA PARA A ESCOLA MUDANÇA E VIDA NOVA VINGANÇA E SEU RESULTADO (Igreja) ESTRALADA (Chico-Juca) SUCESSO DO PLANO D. MARIA AMORES (Chiquinha, filha da Comadre) DOMINGO DO ESPÍRITO SANTO O FOGO NO CAMPO (Manuel) CONTRARIEDADES ALIANÇA DECLARAÇÃO
  6. 6. Segunda Parte A COMADRE EM EXERCÍCIO TRAMA DERROTA O MESTRE-DE-REZA TRANSTORNO (Morte) PIOR TRANSTORNO (Fora de casa) REMÉDIO AOS MALES (Vidinha) NOVOS AMORES JOSÉ MANUEL TRIUNFA O AGREGADO (Primo e Leonardo) MALSINAÇÃO (Major)
  7. 7. Triunfo completo de José Manuel Escapula O Vidigal desapontado Caldo entornado (trabalho) Ciúmes Fogo de palha Represálias O granadeiro Novas Diabruras Descoberta Empenhos As três em comissão A morte é juiz Conclusão feliz

×