INSTITUTO EDUCACIONAL DO ESTADO DE SÃO PAULO – IESPFACULDADE DE SÃO PAULO – FASPUNIDADE: CENTRO NOVOPLANO DE DISCIPLINA – ...
3.2. Específicos:• desenvolver as competências necessárias para conceituar o termo currículo;• oferecer elementos que favo...
registros de leituras, resumos, debates, pesquisas, exposições orais, o que integrará um total de 4,0 (quatro) pontos.Aval...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Currículos e programas

129 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
129
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Currículos e programas

  1. 1. INSTITUTO EDUCACIONAL DO ESTADO DE SÃO PAULO – IESPFACULDADE DE SÃO PAULO – FASPUNIDADE: CENTRO NOVOPLANO DE DISCIPLINA – 1º semestre / 20131. Dados de Identificação da disciplinaAno: 2012 Semestre: 5º.Curso: Pedagogia Modalidade: LicenciaturaDisciplina: Currículos e ProgramasModalidade: teórico-práticaCarga horária total: 80 Carga horária semanal: 4Professor Responsável: Titulação:2. EmentaDesenvolvimento histórico das teorias do currículo no Brasil. Reflexão do currículo como instrumentopedagógico de construção e reconstrução dos saberes. Articulação das diferentes concepções e organizaçõescurriculares, seus fundamentos teórico-práticos e as relações para a implementação de propostas curricularesbaseadas nas políticas educacionais e no multiculturalismo.3. Objetivos3.1. Gerais:COMPETÊNCIAS:• identificar as diferentes concepções de currículo e suas respectivas implicações no processo ensino e aprendizagem;• analisar as funções do currículo reconhecendo sua importância na tomada de decisão sobre o processo ensino-aprendizagem;• identificar as relações entre currículo, ensino, poder e formação de sujeitos; compreender a relação escola, sociedade ecurrículo.HABILIDADES:• comparar as diferentes concepções de currículo, situando-as historicamente e relacionando-as à prática escolar;• estabelecer vínculos entre os materiais curriculares e a formação de conceitos e valores de gênero, raça, etnia e classesocial;• categorizar os materiais curriculares na organização do trabalho no interior da escola, segundo conceitos estudados;elaborar planejamento curricular, segundo os valores e culturas distintas existentes na sociedade.
  2. 2. 3.2. Específicos:• desenvolver as competências necessárias para conceituar o termo currículo;• oferecer elementos que favoreçam a interpretação dos diversos conceitos e respectivas influência no processo educativo;• analisar a influência da teoria tradicional na organização curricular, no que se refere aos aspectos históricos, políticos epedagógicos e o modelo de formação proposto;• estudar a questão do poder, do saber (conhecimento) e da identidade do currículo escolar na sociedade;• examinar o currículo como política cultural: prática de exclusão, processo de dominação, narrativa racial e étnica,política de gênero e de sexualidade.• desenvolver uma postura investigativa e transformadora sobre as práticas pedagógicas decorrentes das diferentesabordagens e teorias do currículo.• contribuir para formas de planejamento que incluam a problemática da diferença no currículo escolar.4. Conteúdo programático (relação de temas, tópicos ou itens, que serão abordados durante o semestre).• Evolução do termo e seus diferentes empregos: percurso educacional; histórico escolar; currículo vitae; currículolattes; programa ou conjunto de programas.• Introdução à teoria de currículo: contextualização; definição de conceitos e influência no processo educativo.• Teoria tradicional de currículo – reprodutora: histórico; contextualização; Frederick Winslow Taylor: a Escola deAdministração Científica; Franklin Bobbitt: racionalização de afazeres; Ralph Tyler: eficiência e eficácia; teoria tradicionale modelo de formação educacional.• Teoria crítica de currículo – questionadora: histórico; contextualização; Louis Althusser: a ideologia e os aparelhosideológicos de estado; a ideologia e reprodutivismo no currículo; Pierre Bourdieu e Jean-Claude Passeron: processo dereprodução cultural; a cultura privilegiada na escola - capital cultural; Samuel Bowles e Herbert Gintis: escola e o mundo dotrabalho - conceito de correspondência; Henry Giroux: conceito de voz, esfera pública e intelectual transformador; MichaelApple: currículo e relações de poder currículo oculto (implícito); currículo oficial (explícito); Basil Bernstein: códigos erelações de poder no currículo; Paulo Freire: crítica a educação bancária.• Teoria pós-crítica de currículo: histórico; contextualização; diferença e identidade: currículo multiculturalista;conexão saber-poder; currículo e relações de poder: raça, etnia, gênero e sexualidade; O currículo como narrativa étnica eracial; o papel do gênero na reprodução da desigualdade; gênero sexualidade e currículo; teoria queer; gênero e sexualidadenos materiais didáticos e paradidáticos.• O currículo como elemento de conscientização, politização e emancipação: por um novo currículo que desconstruaas estruturas de dominação; Paulo Freire: a desopressão pelo currículo.• Passos iniciais para a elaboração de um currículo: a proposta de César Coll.5. Sistema de AvaliaçãoO processo avaliativo será construído a partir do desempenho do aluno em atividades distintas como as provas escritas deentendimento e compreensão conceitual dos temas abordados; trabalho escrito que seja possível verificar o entendimento de textoa partir de fichamentos individuais ou em grupos; participação e interesse do aluno, monitorada pelo professor. A avaliação serárealizada de forma concomitanteOs instrumentos utilizados, voltados ao diagnóstico do processo ensino e aprendizagem, serão selecionados de acordo com oconteúdo avaliado e, em conssonância com as normas de avaliação constantes no Regimento Interno da IES, sendo:Avaliação N1:Instrumento principal: avaliação individual composta por questões dissertativas e/ou de múltipla escolha, totalizando6,0 (seis) pontos. A ser aplicada conforme calendário da IES;Instrumentos complementares: atividades a serem realizadas durante ou ao final de cada unidade de estudo,considerando-se para isso o desempenho, a participação e a realização de atividades individuais e grupais escritas e/ou orais,
  3. 3. registros de leituras, resumos, debates, pesquisas, exposições orais, o que integrará um total de 4,0 (quatro) pontos.Avaliação N2:Avaliação individual, sem consulta, composta por questões dissertativas, abrangendo o conteúdo de todo o semestre e síntese deresenha crítica de um artigo relacionado ao conteúdo da disciplina, totalizando 10,0 (dez) pontos. A ser aplicada conformecalendário da IES.6. Estratégias de ensino• discussões em grupo acerca de temas propostos, com produção de relatórios de conclusão;• apresentação de vídeos, visando desencadear debates, reflexões e/ou pesquisa;• aulas expositivas dialogadas com auxílio de datashow – voltadas para a apresentação e discussão dos conteúdos;• elaboração de resenha e/ou resumo de artigos, textos, livros;• apresentação de seminários;• análise de materiais didáticos (livros, apostilas, plano de aula, plano de ensino).7. Bibliografia (enumerar em ordem alfabética, de acordo com as normas da ABNT).7. 1. Bibliografia básica:COLL, César. Psicologia e currículo: uma aproximação psicopedagógica à elaboração do currículo escolar. São Paulo: Ática,2000.MOREIRA, Antonio Flávio; SILVA, TOMAS, Tadeu da. Currículo, cultura e sociedade. São Paulo: Cortez, 2005.SILVA, Tomaz Tadeu da. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 2ª ed. Belo Horizonte: Autentica,2007.SILVA, A. O. Maurício Tragtenberg e a pedagogia libertária. 2004. 226 p. Tese de Doutorado. Tese (Doutorado em Educação)–FE, Universidade de São Paulo, São Paulo.7. 2. Bibliografia complementar:APPLE, Michael W. Ideologia e currículo. 3ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2006.LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidade e educação: uma perspectiva pós-estruturalista. 11ª ed. Rio de Janeiro: Vozes,2010.MOREIRA, Antonio Flávio; SILVA, Tomaz Tadeu da. Territórios contestados: o currículo e os novos mapas políticos eculturais. 6ª ed. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2004.VEIGA-NETO, Alfredo. Foucault e a Educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

×