LIVRO TFG - KARINA SILVA

2.584 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.584
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.308
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

LIVRO TFG - KARINA SILVA

  1. 1. FAAL – FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E ARTES DE LIMEIRA CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM DESIGN DE INTERIORES CHARLES CHAPLIN ALUNO: Karina Patrícia da Silva ORIENTADOR: Prof. João Paulo Soares LIMEIRA Novembro de 2012
  2. 2. FAAL – FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E ARTES DE LIMEIRA CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM DESIGN DE INTERIORES CHARLES CHAPLIN ALUNO: Karina Patrícia da Silva ORIENTADOR: João Paulo Soares Trabalho apresentado para a Avaliação Integrada, como exigência para aprovação nas disciplinas do 4º semestre do Curso de Graduação Tecnológica em Design de Interiores, da Faculdade de Administração e Artes de Limeira, sob a orientação do Prof. João Paulo SoaresOBS: Link do Blog http://karinasilvadesign.blogspot.com.br/ LIMEIRA Novembro de 2012 2
  3. 3. DEDICATÓRIADedico a todas as pessoas que confiarame acreditaram nos meus objetivos e quede alguma forma me apoiaram, estiveramdo meu lado nas horas difíceis e que memotivaram a realizar este trabalho. 3
  4. 4. AGRADECIMENTOSAgradeço a Deus por me dar sabedoria, vontade de vencer e persistência que me feztrabalhar da melhor forma possível, em todo o projeto. Agradeço ao meu esposo pelapaciência, dedicação e pelo amor ao me compreender e me apoiar durante o processo doprojeto. 4
  5. 5. RESUMOO objetivo do projeto é reformar a Padaria Sabor e Pão, atender um novo público-alvo,melhorar a disposição dos produtos e objetos expostos, com isso transmitirem ao clienteum espaço aconchegante, organizado, acolhedor e que possa atender as necessidadesde consumo com um padrão de qualidade mais alto. 5
  6. 6. SUMÁRIO1. INTRODUÇÃO.......................................................................................................... 82. OBJETIVOS.............................................................................................................. 8 2.1. OBJETIVO GERAL ......................................................................................... 8 2.2 - OBJETIVOS ESPECÍFICOS .......................................................................... 93. ESTUDOS DE CASO ............................................................................................. 10 3.1. Estudo de Caso 1: Charles Spencer Chaplin ................................................ 10 3.2. Estudo de Caso 2: Restaurante Beato .......................................................... 12 3.3. Estudo de Caso 3: Padaria Paulista .............................................................. 15 3.4. Estudo de Caso 4: Cores de fome na Decoração para Padaria .................... 18 3.5. Estudo de Caso 5: Poilâne ............................................................................ 194. O CLIENTE ............................................................................................................. 22 4.1. Painel Semântico do Cliente ......................................................................... 22 4.2. Briefing.......................................................................................................... 235. CONCEITO ............................................................................................................. 24 5.1. Painel Semântico do Conceito ...................................................................... 256. PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DO PROJETO ........................................ 25 6.1. Levantamento ............................................................................................... 26 6.2. Estudos Preliminares .................................................................................... 33 6.3. Anteprojeto.................................................................................................... 35 6.4. Projetos executivos ....................................................................................... 39 6.4.1. Localização da área de intervenção ...................................................... 40 6.4.2. Layout, cortes, vistas e fachada ............................................................ 41 6.4.3. Paginação de Piso ................................................................................. 42 6.4.4. Paginação de Teto................................................................................. 43 6.4.5. Projeto Luminotécnico ........................................................................... 44 6.4.6. Projeto das Sapatas .............................................................................. 45 6.4.7. Projeto de Mobiliário .............................................................................. 46 6.4.8. Projeto da Pedra.................................................................................... 47 6.4.9. Estudos Cromáticos............................................................................... 48 6.4.10. Especificação de Materiais .................................................................. 54 6.4.11. Planilha de Planejamento de Execução e Orçamento da Obra ............ 58 6.4.12. Cronograma de Obra............................................................................59 6.4.13. Maquete eletrônica ............................................................................. 60 6.4.14. Maquete física ..................................................................................... 647. REFERÊNCIAS ...................................................................................................... 68 6
  7. 7. 8. LISTA DE FIGURAS ............................................................................................... 689. O AUTOR (A AUTORA) .......................................................................................... 73 7
  8. 8. 1. INTRODUÇÃOO cliente é o jovem Fernando, 28 anos, solteiro, cuida da Padaria da família há algunsanos e quer atingir um novo público alvo na nova Padaria, com padrão mais alto. Oproprietário gosta muito dos Filmes de Charles Chaplin e também da história que ele nostraz no cinema mudo, onde o artista atua sem dizer uma só palavra, somente através degestos e expressões.A Padaria existe há um bom tempo no bairro Jardim Santo André, cidade de Limeiralocalizada no interior de São Paulo, onde o produto mais vendido atualmente é ofilãozinho, tradição na cidade. Hoje, o atendimento é feito da maneira mais comum, porum balcão o cliente faz o pedido do produto desejado, as atendentes pesam e embalam,e os clientes pagam no caixa.O projeto tem como base a necessidade de transformar a atual padaria em um novoespaço, com um novo conceito, onde os clientes possam comprar os produtos expostosna padaria, saborear o café expresso e ainda contar com um ambiente agradável eaconchegante.O projeto conta com um novo desafio, atrair novos clientes para a padaria, inovar nosprodutos e no atendimento.Através do Briefing com o proprietário da padaria, podemos entender seus objetivos coma reforma e também conhecê-lo melhor e entender o que é importante para ele.A maneira como a Padaria está hoje não é possível atender o público que agora apadaria começou a receber. O Bairro cresceu e muitos condomínios de alto padrão seinstalaram ao redor e hoje a Padaria é a única daquela região.O espaço é grande, mas a distribuição do balcão ocupa muito espaço e ainda assim nãoestá organizado. A laje é de alvenaria e está com textura acumulando muita sujeira. Oespaço interno não apresenta uma organização para os produtos vendidos, com umadisposição aleatória desses produtos, o caixa, por exemplo, se mostra muito estreito ecom os produtos empilhados, dificultando a visualização e consequentemente sua venda.A Padaria apresenta um espaço pequeno onde é servido o café da manha para osclientes, porém neste espaço há muitos produtos expostos de forma desorganizada,tornando mais difícil a composição de um ambiente aconchegante e agradável.A nova proposta é mudar totalmente o layout da padaria, o espaço para o cliente fazer arefeição da manha deve ser confortável, com atendimento diferenciado, possibilitandoque o ambiente seja procurado por oferecer serviços diferenciados, atendendo tambémas necessidades de consumo como uma Loja de Conveniência, dispensando oatendimento padrão das Padarias.2. OBJETIVOS2.1. Objetivo GeralO objetivo do presente Trabalho Final de Graduação é desenvolver e documentar oprojeto de interiores para uma Padaria para o Fernando na cidade de Limeira, interior doEstado de São Paulo. O objetivo central do trabalho é a reforma do espaço, através donovo layout trazer um novo conceito em atendimento para Padaria e atender asexpectativas dos novos clientes. 8
  9. 9. 2.2. Objetivos Específicos- estudar o conceito Charles Chaplin e sua história- propor um novo layout para o espaço da Padaria- atender as necessidades do cliente em relação à exposição de produtos- realizar estudos cromáticos baseados no conceito- realizar projeto de paginação de piso e paginação de teto- desenvolver projeto mobiliário para o espaço- resolver problemas de circulação e conforto térmico- encontrar soluções para disposição de mobiliários, produtos e espaço para o cliente- desenvolver projeto de iluminação 9
  10. 10. 3. ESTUDOS DE CASO3.1. Estudo de Caso 1: Charles Spencer ChaplinFigura 1. Charles Chaplin caracterizado como ovagabundoFonte: WikipédiaCharles Spencer Chaplin, nasceu em 16 de abril de 1889. Era um dos atores maisfamosos do cinema mudo, era notado por usar a mímica e a comédia pastelão. Tevevárias profissões, ator, diretor, empresário, dançarino, músico, escritor, comediante eroteirista.Alguns de seus filmes de sucesso foram O Imigrante, O Garoto, Em busca do ouro,Tempos Modernos.Charlie Chaplin teve uma carreira de mais de 75 anos, quando começou era criança eatuou em Teatros do Reino Unido. Chaplin fundou a United Artists em 1919. Tambématuou, dirigiu, escreveu, produziu e financiou seus filmes.Em 2008, em uma resenha do livro Chaplin: A Life, Martin Sieff escreve: "Chaplin não foiapenas grande, ele foi gigantesco. Em 1915, ele estourou um mundo dilacerado pelaguerra trazendo o dom da comédia, risos e alívio enquanto ele próprio estava se dividindoao meio pela Primeira Guerra Mundial. Durante os próximos 25 anos, através da GrandeDepressão e da ascensão de Hitler, ele permaneceu no emprego. Ele foi maior do quequalquer um. É duvidoso que algum outro indivíduo tenha dado mais entretenimento,prazer e alívio para tantos seres humanos quando eles mais precisavam."Com certeza pra sempre será único e imcomparável.Os pais de Charles também eram artistas, cantavam e atuavam e foi com eles queCharles aprendeu a cantar. Aos três ano de idade os pais dele se separaram, e ele ficoucom sua mãe que estava abalada emocionalmente por isso. Sua mãe teve um grave 10
  11. 11. problema de laringe, o que acabou com a carreira dela. Seu pai era alcólatra, tinha umaoutra mulher e com 12 anos de idade Charles perdeu seu pai, que faleceu com cirrose.Sua mãe foi para um asilo, e ele foi deixado numa casa de trabalho e logo depois foi parauma Escola para pobres, onde junto do seu irmão, provaram ter grande talento. A mãe deChaplin morreu em 1928, em Hollywood, sete anos após ter sido levada para os EstadosUnidos por seus filhos.Ele disse: "A ação é geralmente mais entendida do que palavras. Assim como o simbolismo chinês, isto vai significar coisas diferentes de acordo com a sua conotação cênica. Ouça uma descrição de algum objeto estranho — um javali-africano, por exemplo; depois olhe para uma foto do animal e veja como você fica surpreso".Charles Chaplin faleceu dia 25 de dezembro de 1977 – com 88 anos de idade. 11
  12. 12. 3.2. Estudo de Caso 2: Restaurante BeatoO Restaurante Beato localizado em São Paulo, Capital, criou um novo conceito emrestaurante, com um espaço bem aconchegante, confortável e diferenciado. Três amigosse tornaram sócios deste restaurante, com o objetivo de oferecer um cardápio bemvariado, com alimentos de qualidade vindos desde a colheita.O espaço tem uma decoração com vários elementos, objetos modernos, com figuras quetrazem sensibilidade e torna o ambiente acolhedor. O serviço oferecido é exclusivo, comuma ótima comida, satisfazendo totalmente os clientes.Figura 2. Fachada do Restaurante Beato, utiliza-se madeiraescura e vidro na porta, revestida com cimento queimado ealguns detalhes em dourado, destacando a sacada emperspectiva, bem diferente do convencional, além do vasoexposto sobre a sacada, tornando a fachada única einimaginável.Fonte: http://www.beatorestaurante.com.br/home/fotos/ 12
  13. 13. Figura 3. O Espaço interno do Restaurante Beato éaconchegante e climatizado, a iluminação é favorável para oconforto visual do cliente, as cadeiras almofadadas torna oambiente mais caseiro.Fonte: http://www.beatorestaurante.com.br/home/fotos/Figura 4. A Adega do Restaurante Beato possuimadeira em tom mais claro, os espelhos no chãodeixa o espaço com mais visualização e também setorna um ambiente decorativo.Fonte:http://www.beatorestaurante.com.br/home/fotos/ 13
  14. 14. Figura 5. Os mobiliários são peças únicas, compersonalidade e design totalmente diferenciados, fora docomum, com formas alongadas e distorcidas.Fonte: http://www.beatorestaurante.com.br/home/fotos/ 14
  15. 15. 3.3. Estudo de Caso 3: Padaria PaulistaA história da Padaria Paulista é voltar ao passado. Localizada na cidade de Limeira,interior de São Paulo, esta Padaria existe desde a década de 50.O produto mais vendido na época era o filão, a tradição era receber o pão quentinho emcasa. Os padeiros entregavam os pães nas casas em cestos ou carroças puxados porcavalos, colocavam em sacolas de pano branco e deixavam penduradas nas casas.Os proprietários Arualdo Balloni e Benedicta Rodrigues Balloni (em memória) faziam osmelhores pães da cidade de Limeira, localizada na Rua Presidente Roosevelt, e ainda aPadaria Paulista é tradicional em Limeira e conquista gerações desde a década de 1950.Em 2004, se tornou também bagueteria, é muito conhecida na cidade por causa domolho especial da casa.Com o passar do tempo, depois de muito trabalho e dedicação a Padaria Paulistaampliou suas instalações, e em 2011 passou a ser chamada de Nova Paulista – Casa dePães e Bagueteria. E até hoje a Padaria é administrada pela família Balloni.Figura 6. Nova fachada da Padaria Nova Paulista, agora está maismoderna, sem poluição visual com tom mais claro.Fonte: http://www.novapaulistalimeira.com.br/quemsomos.htm 15
  16. 16. Figura 7. Espaço para atendimento foi todo reformado, com balcão demadeira escura e piso porcelanato polido, o ambiente ficou mais claro e bemorganizado.Fonte: http://www.novapaulistalimeira.com.br/quemsomos.htmFigura 8. Agora a padaria tem um novo espaço para refeição dos clientes,com mesas e banquetas altas, com encosto bem confortavel de forma que ocliente permaneça mais tempo no local, e consuma mais.Fonte: http://www.novapaulistalimeira.com.br/quemsomos.htm 16
  17. 17. Figura 9. A disposição interna ficou mais agradavel atraves do novo estilo da Padariacom ambiente rustico mas com alguns elementos modernos, o tijolo lembra muito aréade lazer.Fonte: http://www.novapaulistalimeira.com.br/quemsomos.htm 17
  18. 18. 3.4. Estudo de Caso 4: Cores de fome na Decoração para PadariaAtravés da conotação sensitiva para cores, sentimento que uma cor pode passar paraquem estiver no ambiente, é importante notar que uma padaria precisa de cores queabrem o apetite e fortalecem o conforto para digestão, mesmo a decoração sendo maissimples é possível através de algumas técnicas aplicarem isso ao ambiente.As cores que dão fome são muito simples, cores quentes e derivadas do vermelho eamarelo e até alguns tons de laranja chegando ao marrom. Pois são cores muitoutilizadas em restaurantes, e as grandes marcas possuem uma mescla destas cores emsuas logomarcas, como o Mc Donald’s.Figura 10. Nesta padaria podemos notar a presença da cor laranjachegando no marrom, onde o design é mais clássico.Fonte: http://www.perfecta.com.br/blog/decoracao-simples-de-padaria-para/Figura 11. Na fachada da Pão Nosso Padaria foi utilizado o vermelhonum tom ainda mais vivo, chamando totalmente a atenção do cliente.Fonte: http://www.perfecta.com.br/blog/decoracao-simples-de-padaria-para/ 18
  19. 19. 3.5. Estudo de Caso 5: PoilâneParis é conhecida como um dos melhores lugares do mundo pra se comer. Grandesrestaurantes de renome estão na capital francesa. Mas sem sombra de dúvidas, aspadarias francesas também merecem todo um destaque de quem visita a capitalfrancesa.Poilâne é muito famosa em Paris. Tudo se inicia em 1932, Pierre Poilâne era um Padeiroda Normandia que se muda à Paris para abrir sua primeira loja. Mesmo com muitaconcorrência, a determinação pela fabricação do Produto pão de sourdough Frances foimuito grande, pois não era comum encontrar este produto.O pão é feito com farinha de trigo escura e sal do mar de Guérande, assado em forno alenha.Figura 12. Padaria Poilâne, em Paris, tem uma fachada bem clássica, toda emmadeira branca e vidros, com um toldo marrom escrito o nome da Padaria emletras delicadas que mostram que os produtos são artesanais e caseiros .Fonte: http://umcafepraviagem.blogspot.com.br/2011/01/melhor-padaria-de-paris.html 19
  20. 20. Figura 13. Vitrine da Padaria com os produtos expostos, toda com prateleirasde vidro e na lateral em madeira clara, alguns produtos ficam dentro de cestos,num estilo mais classico e artesanal .Fonte: http://umcafepraviagem.blogspot.com.br/2011/01/melhor-padaria-de-paris.htmlLionel Poilâne, filho de Pierre, assumiu os negócios da família no início de 1970. Elecomeçou seu aprendizado como um padeiro com 14 anos. Graças a suas viagens, elefez contatos que mais tarde se tornaria seu primeiro varejista internacional. Apesar docrescimento do número de varejistas, as técnicas de cozimento permaneceram a mesma.Cada pão é feito à mão por um padeiro treinado com técnicas da Poilâne. Para LionelPoilâne, a qualidade era mais importante do que quantidade.Apollonia Poilâne, filha de Lionel Poilâne e neta de Pierre, assumiu a empresa em 2002.Ela pretende seguir seu avô e os passos do pai. 20
  21. 21. O Pão de SourdoughFigura 14. Este é o pão de Sourdough .Fonte: http://umcafepraviagem.blogspot.com.br/2011/01/melhor-padaria-de-paris.htmlO pão de Sourdough é um pão tradicional francês, grande em formato e de aparênciaescura. No entanto, após a Segunda Guerra Mundial, os parisienses passaram a preferiro pão branco, em oposição à farinha escura dos pães que eram obrigados a comerdurante a guerra.Pierre Poilâne viu uma dupla vantagem quanto à seus pães que pesam cerca de 4 quilos:são mantidas com facilidade e podem ser cortadas em rodelas grandes.Você encontra a Poilâne em dois endereços de Paris, e uma em Londres. 21
  22. 22. 4. O CLIENTEFernando é comerciante. Formado em Administração de empresas. Nasceu em Limeira,São Paulo, gerencia a Padaria da família e cuida da contabilidade. Gosta muito de filmes,se interessa por comunicação e tecnologia, busca desenvolver estratégias de negóciospara a Padaria crescer financeiramente. Adora cozinhar, é sua paixão, mas como ele é oproprietário da Padaria não sobra tempo para isso, faz um trabalho forte de administraçãodos funcionários. Cuida da Padaria dos pais há alguns anos junto do irmão, mas ele é oprincipal administrador e responsável pela Padaria.4.1. Painel Semântico do ClienteFigura 15. O Painel do cliente mostra que a profissão dele é proprietário de uma Padaria, ele gosta de cozinhar,ele tem o sonho de se casar com a namorada, tem um cachorro de pequeno porte, que é sua paixão, nas horasvagas ele adoro ir ao cinema, também gosta de filmes de época, e sempre que pode se encontra com osamigos.Fonte: www.planetaeducacao.com.br www.blogdorium.com.br www.mundodastribos.com/curso-de-padeiro-gratis.html 22
  23. 23. 4.2. BriefingCliente FernandoQual o tipo de música preferido? Depende do dia, da hora, da época do ano, do estadode espírito. Eu escuto desde brasileira, de samba até jazz, música clássica. Batuquesafros e blues têm sido o que estou ouvindo esses últimos dias.Onde passa a maior parte do tempo? Dentro da minha cabeça… fisicamente durante overão eu borboleteio por onde for durante o ano escolar nas faculdades onde trabalho.Por que reformar a Padaria? Eu preciso encontrar solução para em termos de espaçopara o local, pois a Padaria existe há muitos anos, mas agora temos que inovar, poisnovos clientes estão chegando próximo a Padaria.O que faz você querer mudar totalmente o atendimento da Padaria? Eu percebo que hojeas pessoas querem ser atendidas de forma rápida, querem os produtos a mão, e aindaquerem contar com um espaço onde se sintam mais a vontade, que faça parte da suarotina de forma positiva.Os quadros do Charles Chaplin trazem lembranças para você? Eu adoro os filmes dele,adoro cinema e também as frases dele com certeza é o que me motiva todos os dias aabrir a Padaria... E eu percebo que a forma dele atuar no cinema é algo único, que nadae ninguém são iguais, o que torna especial este artista pra mimO que gosta de fazer nas horas vagas? Sair com os amigos, namorar, correr atrás dospreparativos para o meu casamento, que alias está sendo sempre adiado por conta dareforma da Padaria, mas ela entende (risos)... Também gosto de ir ao cinema, pois aPadaria toma muito meu tempo.Quanto tempo passa com sua família? Sou Comerciante, então aos finais de semanatento pelo menos almoçar junto dos meus pais e irmãos, quando possível. Mas quando aPadaria tem muito movimento nem vou almoçar.Gosta de se socializar com as pessoas? Acho que até demais, lido com as pessoasdiariamente, então acho que nunca estarei sozinho, a comunicação faz parte do meutrabalho.Qual o tipo de comida que você gosta? Gosto de pães (risos), os mais variados tipos.Você bebe, fuma? Bebo socialmente e não fumo.Viaja muito? Acho que quase nunca, mesmo que meu irmão trabalhe comigo na Padariaainda assim não sobra tempo pra viajar.O que gosta de assistir? Adoro filmes de época, aventura e também cientifico, seriadosnão assisto muito pela falta de tempo. Novelas então, nossa, nem sei mais o que é isso.Quais são seus hobbies? Gosto de jogar futebol, assistir o jogo, e também torcer parameu time, São Paulo.Quais os seus esportes? Futebol sem dúvida.Como você relaciona seu tempo na Padaria com sua vida pessoal?Você gosta de cozinhar? Sim, claro, por isso segui este ramo de alimentação.Você tem alguma preferência com relação a cores, estilo de mobiliário eiluminação? Gosto de cores claras, até mesmo porque é uma Padaria que precisatransmitir que o espaço está limpo o tempo todo. 23
  24. 24. Você prefere um estilo mais clássico ou moderno? Gosto do moderno, mas com algunstoques que traga historias cultura, que represente algo diferente do comum.Você pensou em algo especial para o novo espaço da padaria? Na verdade imaginei ummilhão de coisas diferentes, mas como sou muito instável prefiro deixar nas mãos dequem sabe (risos).Gosta de ir a barzinhos, baladas e festas? Hoje em dia gosto mais de barzinho, porque anoite é o momento que estou de folga do trabalho aí posso encontrar os amigos, namorare também.Que estilo de roupas você gosta de vestir? Bom, no dia a dia visto calça jeans, camisa,sapato fechado e claro, o jaleco do trabalho. Para sair gosto de uma camiseta tipo polo,calça jeans, tênis ou sapato, dependendo da ocasião.Que tipo de música gosta de ouvir? Gosto de rock e pop.5. CONCEITOO conceito vem através dos sentimentos, sensibilidades e emoções transmitidas pelo atorem seus filmes, através de gestos ou um simples objeto, mas nunca verbalmente. Osrelatos de Charles Chaplin são interpretados pelo leitor com emoção, pensamentos esentimentos únicos, até mesmo lembranças e momentos do passado que a pessoa tevee em situações da vida que pode estar vivendo no presente, etc.O olhar de Charles Chaplin não precisa de palavras para explicar, apenas desensibilidade do observador, olhar e simplesmente sentir é além do comum, é buscar aprofundeza de cada pessoa, seu próprio sentimento, sua própria emoção. Não o faz compalavras, mas sim com demonstrações, com gestos, com algum objeto. Um exemplo forteé a rosa que ele carrega em sua boca, o que isso pode significar pra cada um são váriossentidos, mas inicialmente remetem o amor e o carinho, sentimentos que vão além docomum.No filme Tempos Modernos fica bem claro a atuação de uma fábrica em produção, emmovimentos repetitivos, a sincronia dos movimentos e o tempo de cada um, que mostra oquanto deve ser perfeito, pois a falha em um setor acarreta em problemas para osdemais, isso os atores mostram apenas através de gestos, o que é perfeito, o serhumano trabalha o cérebro e seus pensamentos vão além das imagens exibidas, buscama essência daquilo que estão vendo.A proposta para o Projeto da Padaria é exatamente este, transmitir todas essassensações aos clientes através de pequenos detalhes, gestos e imagens. 24
  25. 25. 5.1 Painel Semântico do ConceitoFigura 16. O Painel do conceito mostra que o cliente é fã de um dos maiores ícones do cinema mudo,Charles Chaplin, que até hoje é inspiração para muitas pessoas, sua frases estão presentes na vida pessoale profissional do cliente atraves de quadros expostos na sua atual Padaria.Fonte: www.google.com.br/charleschaplin6. PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DO PROJETOA criação do novo espaço para atendimento traz um ambiente mais confortável, comconforto visual e coerência nos materiais utilizados. Cada material teve sua proporçãoequilibrada com referencia nas cores, efeitos e texturas permitidos para um espaço ondeo atendimento a pessoas é o foco, porém os produtos merecem atenção especial emrelação à exposição e novo marketing implantados. Cada detalhe teve inspiração noconceito, e na profundidade que ele pode estar representado em cada mobiliário. A partirdo filme “Tempos Modernos” a expressão corporal do ator Charles Chaplin, mostra quevocê pode sim repetir aquilo que esta dando certo como numa linha de produção, poressa razão o mobiliário tem continuidade, que representa bem uma fábrica. A madeiradeixa o ambiente mais aconchegante e mais casual. A paginação do teto uniforme deixouo ambiente mais limpo e moderno. 25
  26. 26. 6.1. LevantamentoFigura 17. A fachada da Padaria é revestida com pedra em tom bege claro,com dois pilares sustentando o telhado menor e a porta é de vidro, permitindomais passagem de luz, porém o telhadinho da frente tira a visibilidade internada Padaria.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 18. Espaço para atendimento da Padaria com uma mesa centralizadaexpondo os produtos, com vários tons de madeira diferentes, muitos produtosexpostos de forma desordenada, muitos quadro e objetos expostos nasparedes.Fonte: Karina Patricia da Silva 26
  27. 27. Figura 19. Nesta imagem é visivel o freezer de sorvetes no meio do atendimento, abalança utilizada para pesar os produtos está escondida e o cliente nao conseguevisualizar seu produto sendo pesado.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 20. Balcão para café é pequeno e ainda é ocupado por uma grande maquinade café, falta espaço para o cliente fazer suas refeições.Fonte: Karina Patricia da Silva 27
  28. 28. Figura 21. O caixa tem muitos produtos expostos sobre o balcão, o clientemal consegue falar com o atendente do caixa, e do lado ficam as geladeirascom bebidas, o proprietário precisa do dobro de geladeiras, mas no espaçoatual já está apertado .Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 22. A iluminação interna é atraves de lampadas fluorescentes, mesmoassim o caixa fica escuro, por causa das geladeiras que ficam na frenteimpedindo que a luz natural chegue ao caixa.Fonte: Karina Patricia da Silva 28
  29. 29. Figura 23. Espaço de armazenamento de embalagens com um armárioembutido, portas de acesso aos banheiros.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 24. No armazenamento tem muitos objetos espalhados, caixas, estoquede embalagens e fôrmas utilizadas para assar os pães.Fonte: Karina Patricia da Silva 29
  30. 30. Figura 25. O rebaixo no teto é alvenaria, revestido com textura que apresentaproblemas de infiltração e dando aparencia de manchas escuras no teto, etambém tem muitos buracos de lampadas que já existiram no local.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 26. Nesta imagem é possivel visualizar trincas no teto, o ventilador centralno atendimento e lampadas fluorescentes penduradas no teto, com vários fios ecabos soltos, além do problema de infiltração no forro, mostrando que aeletricidade do espaço está bem comprometida.Fonte: Karina Patricia da Silva 30
  31. 31. O espaço atual tem muita poluição visual, muitos produtos expostos de maneirasdesordenadas, e o layout de caixa, atendimento e espaço para o cliente tomar café entraem conflitos, as atendentes não tem espaço suficiente para circulação interna do balcão,esbarra nos produtos o tempo todo, as embalagens não possuem lugares específicosficam em todos os lugares, o filãozinho tem a maior visualização de todos os produtos naPadaria o que desagrada o cliente Fernando, pois ele quer vender bem os outrosprodutos da Padaria, outros tipos de pães, mas que estão expostos em lugares que osclientes não veem tanto. A mesa no meio da Padaria tem o objetivo de dar maiorvisibilidade aos produtos ali expostos, porém além de tomar muito espaço a quantidadede produtos expostos é tanta que ficam empilhados e bagunçados, de forma que o clientenão busque este produto mais.O espaço de atendimento do cliente e o armazenamento de embalagens são divididospor um drywall que não encosta no teto, ficando aparente esta divisão de ambientes,visualmente incomoda os clientes da Padaria, além do teto todo texturizado que mostrauma aparência suja, o piso atual é uma pedra escura, visualmente o ambiente fica maisescuro mesmo com várias janelas e uma porta de entrada bem larga.Como o espaço precisa de muitos utensílios, eletrodomésticos, geladeiras, freezers, hápouco espaço de atendimento na frente da Padaria, o salão é grande, mas com a divisãode drywall utiliza-se apenas 50% deste espaço. O restante fica com alguns objetosinutilizáveis e pacotes com embalagens e formas de pães.As janelas são altas, a porta de entrada é larga, mas a iluminação é muito baixa devidoao piso escuro, revestimento branco marmorizado com rejunte escuro, muito objetosjuntos em um espaço pequeno, será necessário buscar elementos claros nas paredes, nopiso, nos mobiliários para que o espaço tenha uma visualização mais limpa e clara, eutilizar todo o espaço inclusive de armazenamento para atendimento.Figura 27. Levantamento do espaço de intervenção 31
  32. 32. Figura 28. Corte A.Figura 29. Corte B.Figura 30. Fachada. 32
  33. 33. 6.2. Estudos PreliminaresFigura 31. Primeiro layout desenvolvido, a idéia principal é o atendimento ser uma ilha, dividindo o espaçopara café do espaço para conveniencia, exposição de produtos. Aprofundando o projeto foi necessárioreavaliar este layout, já que a passagem para transição de pessoas fica muito livre, onde clientes efuncionários se conflitam no interior da padaria proximo a porta de passagem de produtos vindos daprodução.Neste layout todo o atendimento se concentrou no espaço central da Padaria, dividindo oespaço para café do espaço onde os produtos ficam embalados e expostos. O nichoencostado na parede permite colocar mais produtos em exposição, as geladeiras ficaramna frente próximo ao caixa. Mas desta forma não foi possível colocar o freezer que éindispensável para preparação de alimentos rápidos para o café, além disso, a passagemfica livre demais para o cliente, correndo risco de esbarrar com funcionários que transitampara reposição de produtos. 33
  34. 34. Figura 32. Segundo layout desenvolvido, a idéia de uma ilha se manteve, porém agora limitamos o espaçode transição dos funcionários e de transição dos clientes, de forma que nao haja mais riscos no transporte deprodutos. Fica bem definido o espaço para o café, proximo aos sanitários e do outro lado mesa com produtosexpostos, lembrando uma linha de produção de fábrica, geladeiras próximas a estes produtos, um grandepainel fixado na parede com uma tv para que o cliente posso assistir durante as refeições, o caixa fica frenteda Padaria, com toda a atenção para a porta de saída.Este layout ficou mais completo e resolveu as questões do freezer e também limitou osdois públicos que procuram a padaria, o espaço para café do espaço para conveniência.Além disso, foi possível implantar um espaço para preparação de alimentos rápidos,como lanches, café, e tudo isso de forma que a transição dos funcionários nãocomprometa a transição dos clientes. 34
  35. 35. 6.3. AnteprojetoFigura 34. Fachada totalmente renovada, agora com textura de efeito de cimento queimado,com uma faixa de cor quente, que instiga a fome, vermelho queimado e sem o telhado frontala fachada ficou mais limpa e ganhou mais iluminação natural, além de formas retilineas quedeixa ainda mais moderno.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 35. Vista Superior, com novo layout muito mais limpo visualmente e organizado. Com um piso maisclaro e o mobiliário mais escuro o revestimento foi restaurado e a padaria pode manter sua originalidademas agora com um novo visual.Fonte: Karina Patricia da Silva 35
  36. 36. Figura 36. Vista Frontal, o caixa está na parte da frente da Padaria, com isso é possivel ter maisvisualização toda a movimentação dos clientes, tanto de um lado quanto do outro. O caixa é todo preto e ovidro espoe os produtos logo abaixo, com todo destaque em todos os lados, além da cobertura feita emvidro preto para esconder o monitor e dar mais privacidade a atendente do caixa.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 37. Vista em perspectiva, o atendimento para o café com uma bancada de refeição rapida traz aproposta de interação entre clientes e funcionários, além da TV fixada no painel do outro lado. O clientepode tomar seu café agora num ambiente mais aconchegante e agradavel.Fonte: Karina Patricia da Silva 36
  37. 37. Figura 38. Vista em perspectiva, a máquina de café foi colocada no fundo da padaria, isso faz com que ocliente percorra todo este espaço, com isso ele pode visualizar a produção do seu pedido em execução, nocaso o café, a cozinha e o atendimento interagem.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 39. Vista em perspectiva, o espaço interior do atendimento possue armarios com portas de correr, emmadeira ameixa negra, e a limitação de espaço é atraves de divisorias de madeira com pés internos de metalpara não encostar no chão, a mesa na lateral é para a exposição de produtos todos embalados, como loja deconveniencia. Os chapeus expostos la no canto traz de volta o costume de tirar o chapeu e pendurar quandofor fazer uma refeição, além de tudo o chapeu é uma cartola que mostra o conceito utilizado no projeto.Fonte: Karina Patricia da Silva 37
  38. 38. Figura 40. Vista em perspectiva, a decoração é feita atraves das engrenagens expostas nas paredes, quelembram o funcionamento de uma maquina de fabrica.Fonte: Karina Patricia da Silva 38
  39. 39. 6.4. Projetos executivos 39
  40. 40. 6.4.1. Localização da área de intervenção 40
  41. 41. 6.4.2. Layout, cortes, vistas e fachada (se houver); 41
  42. 42. 6.4.3. Paginação de Piso 42
  43. 43. 6.4.4. Paginação de Teto 43
  44. 44. 6.4.5. Projeto Luminotécnico 44
  45. 45. 6.4.6. Projeto das Sapatas 45
  46. 46. 6.4.7. Projeto de Mobiliário 46
  47. 47. 6.4.8. Projeto da Pedra 47
  48. 48. 6.4.8. Estudos CromáticosO estudo cromático é uma das fases mais importantes para o desenvolvimento doprojeto, pois transmitem sensações as pessoas. A partir desde estudo,desenvolvemos duas paletas de cores para assim conseguirmos a sensaçãocorreta no ambiente.Estudo 1Figura 41. Paleta de cores, cores escolhidas LARANJA, MARROM, PRETO, AMARELO, BRANCO, ECINZA.Composição de coresFigura 42. Composição do estudo 1 48
  49. 49. Figura 43. Composição escolhida do estudo 1-APLICAÇÃO DO ESTUDO NO AMBIENTEFigura 44. Aplicação das cores no ambiente. 49
  50. 50. Estudo 2Figura 45. Paleta de cores, AZUL, MARROM, PRETO, VERMELHO, BRANCO, E CINZA.Composição de coresFigura 46. Composição do estudo 2Figura 47. Composição escolhida do estudo 2 50
  51. 51. -APLICAÇÃO DO ESTUDO NO AMBIENTEFigura 48. Aplicação das cores no ambiente. 51
  52. 52. COMPOSIÇÃO ESCOLHIDA E A SENSAÇÃO DAS CORESFigura 49. Composição 1 escolhida para execução do projeto.Ao realizar os estudos cromáticos o escolhido foi o numero 1, pois atende asnecessidades do projeto, onde temos as sensações das cores equilibradas, etambém identificam elementos conceituais do projeto. Com esta composição épossível resgatar cores em tons de cinza utilizados nos filmes de Charles Chaplin,porém com algumas cores vibrantes que dão sensação de fome por ser área dealimentação. 52
  53. 53. Figura 50. Descrição das cores. 53
  54. 54. 6.4.9. Especificação de MateriaisMATERIAIS QUANTIDAD VALOR IMAGEM MATERIAL MARCA MODELO COR E R$ 1un para o fundo do (isolar para Tinta Latex gesso 49,90 Suvinil não Branco (3,6l) manchar) $49,90 2un para o Tinta fundo do 180,00 Suvinil - Branco acetinada gesso (3,6l) $90,00 Rebaixados Gesso 37.50 m2 1.125,00 Fortaleza em Branca $30,00 moldura Piso 73.19m2 Cinza Portobello 60x60 Porcelanato $40,00 2.927,60 12 um Plafon Flat Branco Luz 60x60cm 3.120,00 4x14w – 4000K $260,00 T5 HighPower 28 m Led 1.736,00 Philips Iluctron Branco $62,00 72w/m 54
  55. 55. OBJETOS/MOBILIÁRIO QUANTIDAD MODEL IMAGEN MATERIAL VALOR MARCA COR E O A fábrica 4 un Preta Cartola 239,60 dos decoração $59,90 Chapéu s 2 un Banqueta 500,00 Decore Tulipa Mostarda $250,00 3 un Banqueta 750,00 Decore Tulipa Vermelha $250,00 3 un Banqueta 750,00 Decore Tulipa Laranja $250,00 Prateleira 2 un Aço 0.25x1.56 200,00 Projeto Aço cinza $100,00 escovado 0.25x3.13 1 un Aço Painel 1.100,00 - Aço cinza 3.38x1.62 escovado 55
  56. 56. 15 un AçoEngrenagem 750,00 - Aço cinza $50,00 Escovado Projeto Transpare Charles 30.000,00 - Vidro 3.80x3m nte. Monitor 1 un 499,90 LG LED Preto TV 1 un 1.350,00 LG LED 42” Preto Cuba 60x40 cm 650,00 Franke Inox Inox cinza São Projeto 10.890,00 Projeto Preto Granito Gabriel Moldura Marron – Projeto para 1.800,00 Masisa MDF ameixa mobiliáriogeladeiras negra Marron – Projeto Balcão 2.200,00 Masisa MDF ameixa mobiliário negra Marron – Projeto Bancada 1.900,00 Masisa MDF ameixa mobiliário negra 56
  57. 57. MDF e Projeto Vidro, eBalcão 5.250,00 Masisa Lacca mobiliário Madeira preta 57
  58. 58. 6.4.10. Planilha de Planejamento de Execução e Orçamento da Obra ORÇAMENTO DA OBRA VALORES Mão de obraValor Serviços Pedreiro 1.500,00 Eletricista 1.700,00 Pintor 700,00Valor total da planilha TOTAL 67.968,09orçamentária. TOTAL 71.868,09 58
  59. 59. 6.4.12. Cronograma de Obra. 59
  60. 60. 6.4.13. Perspectiva eletrônica finalFigura 51. Vista da entrada da padaria, as banquetas em tons vibrantes instigam a fome e dão impacto aoambiente.Figura 52. Vista interna da padaria para mesa de produtos expostos ao cliente, e também da parede comVidro serigrafado imagem do Charles Chaplin, e iluminação em Led embutida. Para compor a paredepodemos observar engrenagens expostas com prateleiras e xícaras para o café. 60
  61. 61. Figura 53. Área do café, com vista para frente da padaria, visando painel com TV, geladeiras, e freezer.Figura 54. Vista interna da área de atendimento com balcão e armários inferiores. 61
  62. 62. Figura 55. Vista em perspectiva geral da padaria olhando da cozinha para o caixa.Figura 56. Vista da área interna da cozinha, onde são preparados alimentos rápidos, com armários inferiorese bancada em granito. 62
  63. 63. Figura 57. Vista da fachada nova da padaria, com visual mais limpo e moderno. 63
  64. 64. 6.4.14. Fotos da maquete físicaFigura 58. Fachada da Maquete física.Figura 59. Vista Superior. 64
  65. 65. Figura 60. Vista do caixa.Figura 61. Área do café com vista para a mesa de produtos expostos. 65
  66. 66. Figura 62. Vista da área interna, espaço de transição para funcionários.Figura 63. Vista para espaço de conveniência, com geladeiras, produtos e painel TV. 66
  67. 67. Figura 64. Vista da cozinha onde são preparados alimentos rápidos, freezer no canto.Figura 65. Vista da bancada de refeição rápida destinada aos clientes. 67
  68. 68. 7. REFERÊNCIASwww.wikipédia.com.brhttp://www.beatorestaurante.com.br/home/fotos/http://www.novapaulistalimeira.com.br/quemsomos.htmhttp://www.perfecta.com.br/blog/decoracao-simples-de-padaria-para/http://umcafepraviagem.blogspot.com.br/2011/01/melhor-padaria-de-paris.htmlwww.planetaeducacao.com.brwww.blogdorium.com.brhttp://www.mundodastribos.com/curso-de-padeiro-gratis.htmlwww.google.com.br/charleschaplin 68
  69. 69. 8. LISTA DE FIGURASFigura 1. Charles Chaplin caracterizado como o vagabundoFonte: WikipédiaFigura 2. Fachada do Restaurante Beato, utiliza-semadeira escura e vidro na porta, revestida com cimentoqueimado e alguns detalhes em dourado, destacando asacada em perspectiva, bem diferente do convencional,além do vaso exposto sobre a sacada, tornando afachada única e inimaginável.Fonte: http://www.beatorestaurante.com.br/home/fotos/Figura 3. O Espaço interno do Restaurante Beato é aconchegante e climatizado, a iluminação éfavorável para o conforto visual do cliente, as cadeiras almofadadas torna o ambiente maiscaseiro.Fonte: http://www.beatorestaurante.com.br/home/fotos/Figura 4. A Adega do Restaurante Beatopossui madeira em tom mais claro, os espelhosno chão deixa o espaço com mais visualizaçãoe também se torna um ambiente decorativo.Fonte:http://www.beatorestaurante.com.br/home/fotos/Figura 5. Os mobiliários são peças únicas, compersonalidade e design totalmentediferenciados, fora do comum, com formasalongadas e distorcidas.Fonte:http://www.beatorestaurante.com.br/home/fotos/Figura 6. Nova fachada da Padaria Nova Paulista, agora está mais moderna, sem poluição visualcom tom mais claro.Fonte: http://www.novapaulistalimeira.com.br/quemsomos.htmFigura 7. Espaço para atendimento foi todoreformado, com balcão de madeira escura e pisoporcelanato polido, o ambiente ficou mais claro e bemorganizado.Fonte:http://www.novapaulistalimeira.com.br/quemsomos.htmFigura 8. Agora a padaria tem um novo espaço pararefeição dos clientes, com mesas e banquetas altas,com encosto bem confortavel de forma que o clientepermaneça mais tempo no local, e consuma mais.Fonte:http://www.novapaulistalimeira.com.br/quemsomos.htmFigura 9. A disposição interna ficou mais agradavel atraves do novo estilo da Padaria comambiente rustico mas com alguns elementos modernos, o tijolo lembra muito aréa de lazer.Fonte: http://www.novapaulistalimeira.com.br/quemsomos.htmFigura 10. Nesta padaria podemos notar a presença da cor laranja chegando no marrom, onde odesign é mais clássico.Fonte: http://www.perfecta.com.br/blog/decoracao-simples-de-padaria-para/ 69
  70. 70. Figura 11. Na fachada da Pão Nosso Padaria foi utilizado o vermelho num tom ainda mais vivo,chamando totalmente a atenção do cliente.Fonte: http://www.perfecta.com.br/blog/decoracao-simples-de-padaria-para/Figura 12. Padaria Poilâne, em Paris, tem uma fachada bem clássica, toda em madeira branca evidros, com um toldo marrom escrito o nome da Padaria em letras delicadas que mostram que osprodutos são artesanais e caseiros .Fonte: http://umcafepraviagem.blogspot.com.br/2011/01/melhor-padaria-de-paris.htmlFigura 13. Vitrine da Padaria com os produtos expostos, toda com prateleiras de vidro e na lateralem madeira clara, alguns produtos ficam dentro de cestos, num estilo mais classico e artesanal .Fonte: http://umcafepraviagem.blogspot.com.br/2011/01/melhor-padaria-de-paris.htmlFigura 14. Este é o pão de Sourdough .Fonte: http://umcafepraviagem.blogspot.com.br/2011/01/melhor-padaria-de-paris.htmlFigura 15. O Painel do cliente mostra que a profissão dele é proprietário de uma Padaria, elegosta de cozinhar, ele tem o sonho de se casar com a namorada, tem um cachorro de pequenoporte, que é sua paixão, nas horas vagas ele adoro ir ao cinema, também gosta de filmes deépoca, e sempre que pode se encontra com os amigos.Fonte: www.planetaeducacao.com.brwww.blogdorium.com.brhttp://www.mundodastribos.com/curso-de-padeiro-gratis.htmlFigura 16. O Painel do conceito mostra que o cliente é fã de um dos maiores ícones do cinemamudo, Charles Chaplin, que até hoje é inspiração para muitas pessoas, sua frases estãopresentes na vida pessoal e profissional do cliente atraves de quadros expostos na sua atualPadaria.Fonte: www.google.com.br/charleschaplinFigura 17. A fachada da Padaria é revestida com pedra em tom bege claro, com dois pilaressustentando o telhado menor e a porta é de vidro, permitindo mais passagem de luz, porém otelhadinho da frente tira a visibilidade interna da Padaria.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 18. Espaço para atendimento da Padaria com uma mesa centralizada expondo osprodutos, com vários tons de madeira diferentes, muitos produtos expostos de formadesordenada, muitos quadro e objetos expostos nas paredes.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 19. Nesta imagem é visivel o freezer de sorvetes no meio do atendimento, a balançautilizada para pesar os produtos está escondida e o cliente nao consegue visualizar seu produtosendo pesado.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 20. Balcão para café é pequeno e ainda é ocupado por uma grande maquina de café, faltaespaço para o cliente fazer suas refeições.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 21. O caixa tem muitos produtos expostos sobre o balcão, o cliente mal consegue falarcom o atendente do caixa, e do lado ficam as geladeiras com bebidas, o proprietário precisa dodobro de geladeiras, mas no espaço atual já está apertado .Fonte: Karina Patricia da Silva 70
  71. 71. Figura 22. A iluminação interna é atraves de lampadas fluorescentes, mesmo assim o caixa ficaescuro, por causa das geladeiras que ficam na frente impedindo que a luz natural chegue aocaixa.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 23. Espaço de armazenamento de embalagens com um armário embutido, portas deacesso aos banheiros.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 24. No armazenamento tem muitos objetos espalhados, caixas, estoque de embalagens efôrmas utilizadas para assar os pães.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 25. O rebaixo no teto é alvenaria, revestido com textura que apresenta problemas deinfiltração e dando aparencia de manchas escuras no teto, e também tem muitos buracos delampadas que já existiram no local.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 26. Nesta imagem é possivel visualizar trincas no teto, o ventilador central no atendimentoe lampadas fluorescentes penduradas no teto, com vários fios e cabos soltos, além do problemade infiltração no forro, mostrando que a eletricidade do espaço está bem comprometida.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 27. Levantamento do espaço de intervençãoFigura 28. Corte A.Figura 29. Corte B.Figura 30. Fachada.Figura 31. Primeiro layout desenvolvido, a idéia principal é o atendimento ser uma ilha, dividindoo espaço para café do espaço para conveniencia, exposição de produtos. Aprofundando o projetofoi necessário reavaliar este layout, já que a passagem para transição de pessoas fica muito livre,onde clientes e funcionários se conflitam no interior da padaria proximo a porta de passagem deprodutos vindos da produção.Figura 32. Segundo layout desenvolvido, a idéia de uma ilha se manteve, porém agora limitamoso espaço de transição dos funcionários e de transição dos clientes, de forma que nao haja maisriscos no transporte de produtos. Fica bem definido o espaço para o café, proximo aos sanitários edo outro lado mesa com produtos expostos, lembrando uma linha de produção de fábrica,geladeiras próximas a estes produtos, um grande painel fixado na parede com uma tv para que ocliente posso assistir durante as refeições, o caixa fica frente da Padaria, com toda a atenção paraa porta de saída.Figura 34. Fachada totalmente renovada, agora com textura de efeito de cimento queimado, comuma faixa de cor quente, que instiga a fome, vermelho queimado e sem o telhado frontal a fachadaficou mais limpa e ganhou mais iluminação natural, além de formas retilineas que deixa ainda maismoderno.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 35. Vista Superior, com novo layout muito mais limpo visualmente e organizado. Com umpiso mais claro e o mobiliário mais escuro o revestimento foi restaurado e a padaria pode mantersua originalidade mas agora com um novo visual.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 36. Vista Frontal, o caixa está na parte da frente da Padaria, com isso é possivel ter maisvisualização toda a movimentação dos clientes, tanto de um lado quanto do outro. O caixa é todo 71
  72. 72. preto e o vidro espoe os produtos logo abaixo, com todo destaque em todos os lados, além dacobertura feita em vidro preto para esconder o monitor e dar mais privacidade a atendente docaixa.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 37. Vista em perspectiva, o atendimento para o café com uma bancada de refeição rapidatraz a proposta de interação entre clientes e funcionários, além da TV fixada no painel do outrolado. O cliente pode tomar seu café agora num ambiente mais aconchegante e agradavel.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 38. Vista em perspectiva, a máquina de café foi colocada no fundo da padaria, isso fazcom que o cliente percorra todo este espaço, com isso ele pode visualizar a produção do seupedido em execução, no caso o café, a cozinha e o atendimento interagem.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 39. Vista em perspectiva, o espaço interior do atendimento possue armarios com portas decorrer, em madeira ameixa negra, e a limitação de espaço é atraves de divisorias de madeira compés internos de metal para não encostar no chão, a mesa na lateral é para a exposição deprodutos todos embalados, como loja de conveniencia. Os chapeus expostos la no canto traz devolta o costume de tirar o chapeu e pendurar quando for fazer uma refeição, além de tudo ochapeu é uma cartola que mostra o conceito utilizado no projeto.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 40. Vista em perspectiva, a decoração é feita atraves das engrenagens expostas nasparedes, que lembram o funcionamento de uma maquina de fabrica.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 41. Paleta de cores, cores escolhidas LARANJA, MARROM, PRETO, AMARELO,BRANCO, E CINZA.Figura 42. Composição do estudo 1Figura 43. Composição escolhida do estudo 1Figura 44. Aplicação das cores no ambiente.Figura 45. Paleta de cores, AZUL, MARROM, PRETO, VERMELHO, BRANCO, E CINZA.Figura 46. Composição do estudo 2Figura 47. Composição escolhida do estudo 2Figura 48. Aplicação das cores no ambiente.Figura 49. Composição 1 escolhida para execução do projeto.Figura 50. Descrição das cores.Figura 51. Vista da entrada da padaria, as banquetas em tons vibrantes instigam a fome e dãoimpacto ao ambiente.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 52. Vista interna da padaria para mesa de produtos expostos ao cliente.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 53. Área do café, com vista para frente da padaria, visando painel com TV, geladeiras, efreezer.Fonte: Karina Patricia da Silva 72
  73. 73. Figura 54. Vista interna da área de atendimento com balcão e armários inferiores.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 55. Vista em perspectiva geral da padaria olhando da cozinha para o caixa.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 56. Vista da área interna da cozinha, onde são preparados alimentos rápidos, comarmários inferiores e bancada em granito.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 57. Vista da parede com Vidro serigrafado imagem do Charles Chaplin, e iluminação emLed embutida. Para compor a parede podemos observar engrenagens expostas com prateleiras exícaras para o café.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 58. Fachada da Maquete física.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 59. Vista Superior.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 60. Vista do caixa.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 61. Área do café com vista para a mesa de produtos expostos.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 62. Vista da área interna, espaço de transição para funcionários.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 63. Vista para espaço de conveniência, com geladeiras, produtos e painel TV.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 64. Vista da cozinha onde são preparados alimentos rápidos, freezer no canto.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 65. Vista da bancada de refeição rápida destinada aos clientes.Fonte: Karina Patricia da SilvaFigura 66. Autora. 73
  74. 74. 9. A AUTORAFigura 66 . Autora.Karina Patrícia da Silva, brasileira, natural de Limeira- SP, casada com Eduardo Silvahá três anos, tem 23 anos de idade. Trabalha na empresa Robinson Cunha como Designde Interiores. Atua na área há cinco anos e pretende seguir carreira na área deArquitetura e Interiores. E também realizar um grande sonho, ser professora emFaculdades para Design de Interiores e Arquitetura, ministrando aulas do SoftwareAutoCad. 74

×