SlideShare uma empresa Scribd logo
PPPllloooccc!!! UUUmmmaaa rrrããã pppuuulllaaa
nnnooo sssiiilllêêênnnccciiiooo dddaaa lllaaagggoooaaa
eee ooo sssiiilllêêênnnccciiiooo ooonnnddduuulllaaa
Basho / Oldegar Vieira
LLLaaavvvaaa,,, eeessscccooorrrrrreee,,, aaagggiiitttaaa
aaa bbbaaattteeeiiiaaa... EEE eeennnfffiiimmm nnnaaa aaarrreeeiiiaaa
fffiiicccaaa uuummmaaa pppeeepppiiitttaaa...
Guilherme de Almeida
AA nnooiiittee
mmee ppiinnggaa uummaa eessttrreellaa nnoo oolllhhoo
ee ppaassssaa
Paulo Leminski
C ê p e n s a q u e f lo r
F lo r s ó f lo r e p r a q u e m v ê
f lo r e p r a q u ê ?
Palestra domingos
A p r o v e i t a b a s t a n t e
a m a n h ã e s t a c h e ia
j á s e r á m in g u a n t e
CCCrrruuuzzzeeeiiirrrooo dddooo SSSuuulll
ffflllooorrr dddooo BBBrrraaasssiiilll
nnnooo cccéééuuu
Vou vivendo
a poesia de cada dia
com sol ou chovendo
Paz
nada pra frente
nem para trás
T a n t o s d e s i s t ir a m c e d o :
t a r d e d e m a is , p e n s a r a m
e a c e r a mn o i t e
Confusas como EU
profusas como flores
tantas formas de DEUS
A eon pda élamb o
e rte o
u pa áss p a tr s
traz a maré
Tem visita que nem senta
tem visita que acampa
visita que seca avenca
A paz de descas
car uma cebol
a chorar
O vento em seu trabalho
varrercéunevoento
quebr ar ve lhos ga llhos
AA TTooddooss CCuummpprriimmeennttoo
NNaaddaa MMee CCuussttaa
SSóó MMee AAuummeennttaa
Sou tão infantil
sempre quis morar em sótão
não tem sótão no Brasil
D e ix a a s s im
n ã o c o lh a m a r a c u j á s
e le s c a e m
S ó t o c a b e m
u m a h o r t a
q u e m t á e m o r d e m
Tua astúcia
é a tua
ta
ça
Tua fé
é
teu
troféu
Pinga que ping
a calha na noit
e a insônia trabalha
C h o v e
c h u p o u v a
p a s s a
S e a c h u v a
n ã o p a s s a s s e
d ilu v ia v a
Tu tens talento
para ler o lento
crescimento dos cactus?
S o l g e m a
n a f r ig id e i r a a z u l d o c é u
n u v e m c la r a
Qualquer
idade é
dádiva
Rotina
a ditadura mais ferina
mais perdura
M a r a v i l h a
gente que canta
no trabalho
Minha casa meu canto
meu aqui meu enfim
meu pouco meu quanto
Sei por experiência
imprevistos têm
v a s t a c o n s e q u ê n c i a
O o r g u lh o
d e o lh a r t e u b r i lh o
n o o lh o d o f i lh o
U m p o u c D b a g u n ç
s e m p r a r r u m
a lg u m a c o is A
Coração
músculo acústico
em liquidação
Carma, assim é a vida
quanto mais longa
mais cumprida
Brasil amo você
mesmo com tanto mas
e apesar de
M e i a - n o i t e e m p o n t o
e s t o u e n t r e o n t e m
e o u t r o m i n u t o
C o m t a n t a i l u m i n a ç ã o
t a l v e z f i z e s s e t ã o b e m
a t o t a l e s c u r i d ã o
M e i a - n o i t e e m p o n t o
e s t o u e n t r e o n t e m
e o u t r o m i n u t o
C o m t a n t a i l u m i n a ç ã o
t a l v e z f i z e s s e t ã o b e m
a t o t a l e s c u r i d ã o
C a s a q u ie t a
m a s n a f r e s t a a o s o l
o p ó e m f e s t a
Tanta cigarra
nessa garra
de cantar
Por Cristo
bem ou mal o imprevisto
é normal
Na verdade, diz
que acha a felicidade
quem se acha feliz

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula de português
Aula de portuguêsAula de português
Aula de português
Jefferson Sales
 
Alinguaportuguesaagradece[1]
Alinguaportuguesaagradece[1]Alinguaportuguesaagradece[1]
Dislexia Vol2 dislexiaexerc1(1a 1c)
Dislexia Vol2 dislexiaexerc1(1a 1c)Dislexia Vol2 dislexiaexerc1(1a 1c)
Dislexia Vol2 dislexiaexerc1(1a 1c)
Susana Amaral
 
Vol.2 Dislexia exercícios
Vol.2 Dislexia exercíciosVol.2 Dislexia exercícios
Vol.2 Dislexia exercícios
Ana Paula Santos
 
__alíngua-portuguesa-agradece
  __alíngua-portuguesa-agradece  __alíngua-portuguesa-agradece
__alíngua-portuguesa-agradece
Isabel Aguiar
 
A lingua-portuguesa-agradece
A lingua-portuguesa-agradeceA lingua-portuguesa-agradece
A lingua-portuguesa-agradece
Cau Ojuara
 

Mais procurados (6)

Aula de português
Aula de portuguêsAula de português
Aula de português
 
Alinguaportuguesaagradece[1]
Alinguaportuguesaagradece[1]Alinguaportuguesaagradece[1]
Alinguaportuguesaagradece[1]
 
Dislexia Vol2 dislexiaexerc1(1a 1c)
Dislexia Vol2 dislexiaexerc1(1a 1c)Dislexia Vol2 dislexiaexerc1(1a 1c)
Dislexia Vol2 dislexiaexerc1(1a 1c)
 
Vol.2 Dislexia exercícios
Vol.2 Dislexia exercíciosVol.2 Dislexia exercícios
Vol.2 Dislexia exercícios
 
__alíngua-portuguesa-agradece
  __alíngua-portuguesa-agradece  __alíngua-portuguesa-agradece
__alíngua-portuguesa-agradece
 
A lingua-portuguesa-agradece
A lingua-portuguesa-agradeceA lingua-portuguesa-agradece
A lingua-portuguesa-agradece
 

Destaque

Concurso poesia regulamento2013-total
Concurso poesia regulamento2013-totalConcurso poesia regulamento2013-total
Concurso poesia regulamento2013-total
rede bibliotecas Coimbra
 
Grafitrovar
GrafitrovarGrafitrovar
Grafitrovar
ricardoevangelista
 
Literatura poesia
Literatura poesiaLiteratura poesia
Literatura poesia
Karen Kampa
 
AS NOVAS TECNOLOGIAS COMO UM AUXÍLIO PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DO DOCENTE DA...
AS NOVAS TECNOLOGIAS COMO UM AUXÍLIO PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DO DOCENTE DA...AS NOVAS TECNOLOGIAS COMO UM AUXÍLIO PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DO DOCENTE DA...
AS NOVAS TECNOLOGIAS COMO UM AUXÍLIO PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DO DOCENTE DA...
Joyce Fettermann
 
Poesia O Fogo
Poesia O FogoPoesia O Fogo
Poesia O Fogo
Maria José Ramos
 
Slide grupo 04
Slide grupo 04Slide grupo 04
Slide grupo 04
grupoeproindo04
 
Primeira Antologia P
Primeira Antologia PPrimeira Antologia P
Primeira Antologia P
Diana Pilatti
 
Poesias
PoesiasPoesias
Concepções alternativas no ensino de física
Concepções alternativas no ensino de físicaConcepções alternativas no ensino de física
Concepções alternativas no ensino de física
Lucas Guimaraes
 
Ensinar e Aprender
Ensinar e AprenderEnsinar e Aprender
Ensinar e Aprender
City
 
Poesia do educador. prrsoares
Poesia do educador. prrsoaresPoesia do educador. prrsoares
Poesia do educador. prrsoares
Seduc MT
 
Formação poesia
Formação poesiaFormação poesia
Formação poesia
Karen Kampa
 
Alguma poesia
Alguma poesia Alguma poesia
Alguma poesia
Dante Napoli
 
livro: Poesia em cena (7º ano B)
livro: Poesia em cena (7º ano B)livro: Poesia em cena (7º ano B)
livro: Poesia em cena (7º ano B)
elaniasf
 
Nísia Floresta e uma pesquisa de mestrado na UFS
Nísia Floresta e uma pesquisa de mestrado na UFSNísia Floresta e uma pesquisa de mestrado na UFS
Nísia Floresta e uma pesquisa de mestrado na UFS
Val Valença
 
Romantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
Romantismo - As 3 gerações - Resumo CompletoRomantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
Romantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
Faell Vasconcelos
 
E trabalhar poesia em sala de aula
E trabalhar poesia em sala de aulaE trabalhar poesia em sala de aula
E trabalhar poesia em sala de aula
Marcos Antonio Leopoldino
 
Introdução aos estudos literários
Introdução aos estudos literáriosIntrodução aos estudos literários
Introdução aos estudos literários
Elaine Teixeira
 
POESÍA VISUAL
POESÍA VISUALPOESÍA VISUAL
Caligramas
CaligramasCaligramas
Caligramas
Inma Contreras
 

Destaque (20)

Concurso poesia regulamento2013-total
Concurso poesia regulamento2013-totalConcurso poesia regulamento2013-total
Concurso poesia regulamento2013-total
 
Grafitrovar
GrafitrovarGrafitrovar
Grafitrovar
 
Literatura poesia
Literatura poesiaLiteratura poesia
Literatura poesia
 
AS NOVAS TECNOLOGIAS COMO UM AUXÍLIO PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DO DOCENTE DA...
AS NOVAS TECNOLOGIAS COMO UM AUXÍLIO PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DO DOCENTE DA...AS NOVAS TECNOLOGIAS COMO UM AUXÍLIO PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DO DOCENTE DA...
AS NOVAS TECNOLOGIAS COMO UM AUXÍLIO PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DO DOCENTE DA...
 
Poesia O Fogo
Poesia O FogoPoesia O Fogo
Poesia O Fogo
 
Slide grupo 04
Slide grupo 04Slide grupo 04
Slide grupo 04
 
Primeira Antologia P
Primeira Antologia PPrimeira Antologia P
Primeira Antologia P
 
Poesias
PoesiasPoesias
Poesias
 
Concepções alternativas no ensino de física
Concepções alternativas no ensino de físicaConcepções alternativas no ensino de física
Concepções alternativas no ensino de física
 
Ensinar e Aprender
Ensinar e AprenderEnsinar e Aprender
Ensinar e Aprender
 
Poesia do educador. prrsoares
Poesia do educador. prrsoaresPoesia do educador. prrsoares
Poesia do educador. prrsoares
 
Formação poesia
Formação poesiaFormação poesia
Formação poesia
 
Alguma poesia
Alguma poesia Alguma poesia
Alguma poesia
 
livro: Poesia em cena (7º ano B)
livro: Poesia em cena (7º ano B)livro: Poesia em cena (7º ano B)
livro: Poesia em cena (7º ano B)
 
Nísia Floresta e uma pesquisa de mestrado na UFS
Nísia Floresta e uma pesquisa de mestrado na UFSNísia Floresta e uma pesquisa de mestrado na UFS
Nísia Floresta e uma pesquisa de mestrado na UFS
 
Romantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
Romantismo - As 3 gerações - Resumo CompletoRomantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
Romantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
 
E trabalhar poesia em sala de aula
E trabalhar poesia em sala de aulaE trabalhar poesia em sala de aula
E trabalhar poesia em sala de aula
 
Introdução aos estudos literários
Introdução aos estudos literáriosIntrodução aos estudos literários
Introdução aos estudos literários
 
POESÍA VISUAL
POESÍA VISUALPOESÍA VISUAL
POESÍA VISUAL
 
Caligramas
CaligramasCaligramas
Caligramas
 

Semelhante a Palestra domingos

CHALLENGE ASSUMPTIONS 3
CHALLENGE ASSUMPTIONS 3 CHALLENGE ASSUMPTIONS 3
CHALLENGE ASSUMPTIONS 3
some3
 
metodos de propulsion de un buque.pdf
metodos de propulsion de un buque.pdfmetodos de propulsion de un buque.pdf
metodos de propulsion de un buque.pdf
jesussivira2
 
Stjordi2013mitja
Stjordi2013mitjaStjordi2013mitja
Stjordi2013mitja
Abel 89
 
sarraff
sarraffsarraff
JJFE - Ano CXIV - Edição 01
JJFE - Ano CXIV - Edição 01JJFE - Ano CXIV - Edição 01
JJFE - Ano CXIV - Edição 01
JulioeCarol Macieira
 
Camões, o homem e a obra
Camões, o homem e a obraCamões, o homem e a obra
Camões, o homem e a obra
maria.j.fontes
 
Mario
MarioMario
Mario
ANAACANOO
 
Periodo Entreguerras. Rosario Montoya Sánchez
Periodo  Entreguerras. Rosario Montoya SánchezPeriodo  Entreguerras. Rosario Montoya Sánchez
Periodo Entreguerras. Rosario Montoya Sánchez
Carmen Atero
 
Sopa de letras angel porras
Sopa de letras angel porrasSopa de letras angel porras
Sopa de letras angel porras
JULIETH SALCEDO
 
Taiwan 2014 frances
Taiwan 2014 francesTaiwan 2014 frances
Taiwan 2014 frances
francoiseraffi
 
Setembre
SetembreSetembre
Setembre
manelsalas24
 
Cultura Teotihuacana Exposición.pdf
Cultura Teotihuacana Exposición.pdfCultura Teotihuacana Exposición.pdf
Cultura Teotihuacana Exposición.pdf
PechArcosMariaCecili
 
Pulpo1
Pulpo1Pulpo1
Pulpo1
paulina5b
 
What Causes Volkswagen Tiguan Exhaust to Rattle While Accelerating
What Causes Volkswagen Tiguan Exhaust to Rattle While AcceleratingWhat Causes Volkswagen Tiguan Exhaust to Rattle While Accelerating
What Causes Volkswagen Tiguan Exhaust to Rattle While Accelerating
Solo Motorsports
 
Microsurgery - Basic Principles for Urologists
Microsurgery - Basic Principles for UrologistsMicrosurgery - Basic Principles for Urologists
Microsurgery - Basic Principles for Urologists
Guilherme Leme de Souza
 
Olla comun
Olla comunOlla comun
CUADERNO,PRIMEROS AUXILIOS AUTOESTIMA.pdf
CUADERNO,PRIMEROS AUXILIOS AUTOESTIMA.pdfCUADERNO,PRIMEROS AUXILIOS AUTOESTIMA.pdf
CUADERNO,PRIMEROS AUXILIOS AUTOESTIMA.pdf
MariaGracielaCarcamo
 
Tapada hasta los ojos
Tapada hasta los ojosTapada hasta los ojos
Tapada hasta los ojos
María Fran Hinojosa
 
Digital x Real: você é uma só?
Digital x Real: você é uma só?Digital x Real: você é uma só?
Digital x Real: você é uma só?
BVALLE
 
10 Passos Iniciais Para Montar um Negocio de Estetica e Depilaçao
10 Passos Iniciais Para Montar um Negocio de Estetica e Depilaçao10 Passos Iniciais Para Montar um Negocio de Estetica e Depilaçao
10 Passos Iniciais Para Montar um Negocio de Estetica e Depilaçao
LucasFeitosa39
 

Semelhante a Palestra domingos (20)

CHALLENGE ASSUMPTIONS 3
CHALLENGE ASSUMPTIONS 3 CHALLENGE ASSUMPTIONS 3
CHALLENGE ASSUMPTIONS 3
 
metodos de propulsion de un buque.pdf
metodos de propulsion de un buque.pdfmetodos de propulsion de un buque.pdf
metodos de propulsion de un buque.pdf
 
Stjordi2013mitja
Stjordi2013mitjaStjordi2013mitja
Stjordi2013mitja
 
sarraff
sarraffsarraff
sarraff
 
JJFE - Ano CXIV - Edição 01
JJFE - Ano CXIV - Edição 01JJFE - Ano CXIV - Edição 01
JJFE - Ano CXIV - Edição 01
 
Camões, o homem e a obra
Camões, o homem e a obraCamões, o homem e a obra
Camões, o homem e a obra
 
Mario
MarioMario
Mario
 
Periodo Entreguerras. Rosario Montoya Sánchez
Periodo  Entreguerras. Rosario Montoya SánchezPeriodo  Entreguerras. Rosario Montoya Sánchez
Periodo Entreguerras. Rosario Montoya Sánchez
 
Sopa de letras angel porras
Sopa de letras angel porrasSopa de letras angel porras
Sopa de letras angel porras
 
Taiwan 2014 frances
Taiwan 2014 francesTaiwan 2014 frances
Taiwan 2014 frances
 
Setembre
SetembreSetembre
Setembre
 
Cultura Teotihuacana Exposición.pdf
Cultura Teotihuacana Exposición.pdfCultura Teotihuacana Exposición.pdf
Cultura Teotihuacana Exposición.pdf
 
Pulpo1
Pulpo1Pulpo1
Pulpo1
 
What Causes Volkswagen Tiguan Exhaust to Rattle While Accelerating
What Causes Volkswagen Tiguan Exhaust to Rattle While AcceleratingWhat Causes Volkswagen Tiguan Exhaust to Rattle While Accelerating
What Causes Volkswagen Tiguan Exhaust to Rattle While Accelerating
 
Microsurgery - Basic Principles for Urologists
Microsurgery - Basic Principles for UrologistsMicrosurgery - Basic Principles for Urologists
Microsurgery - Basic Principles for Urologists
 
Olla comun
Olla comunOlla comun
Olla comun
 
CUADERNO,PRIMEROS AUXILIOS AUTOESTIMA.pdf
CUADERNO,PRIMEROS AUXILIOS AUTOESTIMA.pdfCUADERNO,PRIMEROS AUXILIOS AUTOESTIMA.pdf
CUADERNO,PRIMEROS AUXILIOS AUTOESTIMA.pdf
 
Tapada hasta los ojos
Tapada hasta los ojosTapada hasta los ojos
Tapada hasta los ojos
 
Digital x Real: você é uma só?
Digital x Real: você é uma só?Digital x Real: você é uma só?
Digital x Real: você é uma só?
 
10 Passos Iniciais Para Montar um Negocio de Estetica e Depilaçao
10 Passos Iniciais Para Montar um Negocio de Estetica e Depilaçao10 Passos Iniciais Para Montar um Negocio de Estetica e Depilaçao
10 Passos Iniciais Para Montar um Negocio de Estetica e Depilaçao
 

Palestra domingos