O trabalho 
Ao longo da história 
Kamila Peixoto
Roteiro: 
• Sociedades tribais ou indígenas; 
• Sociedade Greco-Romana; 
• Idade Media; 
• Sociedade moderna; 
• Concepçõe...
Sociedades tribais ou indígenas 
• As sociedades tradicionais(tribais), baseavam 
seu trabalho na coleta, pesca e caça; 
•...
Atenção! 
Explicando alguns desses conceitos
Atenção! 
“As atividades eram divididas por 
gênero e idade” 
• Mulheres nas sociedades tibais tem como 
principais tarefa...
Atenção! 
“Respeito á ‘mãe terra’” 
• Eles respeitam a terra pois sabem que seu 
sustento vem dela. 
“Ausência do chamado ...
Sociedade Greco-Romana 
• Mão de obra escrava garantia a produção 
suficiente para suprir as necessidades da 
população; 
...
Idade média 
• Sociedade composta pelos feudos; 
• Tinham a terra como principal meio de ocupação; 
• Trabalhadores sem di...
Atenção! 
“Servos e não escravos” 
• Eles não eram obrigados a trabalhar nas terras, 
eles serviam aos que ‘sediam’ a terr...
Atenção! 
“Trabalhadores sem dinheiros 
sobre á propriedade privada” 
• Os servos deviam pagar, com uma parte do que 
colh...
Atenção! 
Importâncias do fim dessa fase: 
• No fim dessa época começaram a surgir as 
ciências. 
• Formação das cidades, ...
Sociedade moderna 
• ‘De vil’ (servidão e negativo) para ‘dignificante’; 
• Produção capitalista; 
• Passou a ser assalari...
Sociedade moderna (cont.) 
• Manufatura (cooperação avançada): Modelo 
primário de uma linha de montagem (trabalho feito 
...
Atenção! 
“Mudança de local de trabalho” 
• No Feudalismo o trabalho era principalmente no 
campo já na atualidade ele foi...
“Manufatura” 
Atenção! 
• Cada funcionário com sua parte da produção, 
eram mecânicos só sabiam fazer aquela parte do 
pro...
Marx x Durkheim
Karl Marx x Émile Durkheim 
• Divisão social do trabalho; 
• Formação das cidades; 
• Grandes produções excedentes; 
• Des...
Karl Marx x Émile Durkheim 
• Karl Marx -> Trabalho negativo, exploração 
do trabalho (mais-valia). 
• Émile Durkheim -> P...
FORDISMO E TAYLORISMO 
X 
TOYOTISMO
Henry Ford 
• Produção em série; 
• Criação em “T” padronização; 
• Esteira: foi desenvolvida para andamento mais 
rápido ...
Frederick Taylor 
• Princípios científicos na 
organização do trabalho; 
• Racionalização do 
processo produtivo; 
• Contr...
Frederick Taylor (cont.) 
• Organização clássica gera: 
Descarte do trabalhador; 
Trabalhador mecânico (não pensa); 
Co...
Fordismo e Taylorismo eram unidos 
• Obediência e disciplina dos funcionários; 
• Execução das tarefas sem reflexarão acer...
Toyotismo 
• Mão de obra multifuncional e bem qualificada; 
• Trabalhador conhece o carro todo; 
• Correção do erro a qual...
O trabalho ao longo da história
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O trabalho ao longo da história

402 visualizações

Publicada em

Trabalho ao longo da história

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
402
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O trabalho ao longo da história

  1. 1. O trabalho Ao longo da história Kamila Peixoto
  2. 2. Roteiro: • Sociedades tribais ou indígenas; • Sociedade Greco-Romana; • Idade Media; • Sociedade moderna; • Concepções de: Karl Marx e Émilie Durkheim; • Fordismo, Taylorismo e Toyotismo.
  3. 3. Sociedades tribais ou indígenas • As sociedades tradicionais(tribais), baseavam seu trabalho na coleta, pesca e caça; • As atividades eram divididas por gênero e idade; • Respeito á “mãe terra”; • Concepção de consumo necessário diferente das sociedades modernas; • Ausência do chamado “mundo do trabalho” • Marshall Sahlins: ideia de sociedade do lazer ou da abundancia.
  4. 4. Atenção! Explicando alguns desses conceitos
  5. 5. Atenção! “As atividades eram divididas por gênero e idade” • Mulheres nas sociedades tibais tem como principais tarefas, fazer os alimentos enquanto os homens os trabalhos mais braçais como pesca e caça. Crianças aprendem desde cedo seus papeis.
  6. 6. Atenção! “Respeito á ‘mãe terra’” • Eles respeitam a terra pois sabem que seu sustento vem dela. “Ausência do chamado ‘mundo do trabalho’” • Em algumas tribos os índios trabalham no máximo 4 horas e o resto do dia é para o lazer.
  7. 7. Sociedade Greco-Romana • Mão de obra escrava garantia a produção suficiente para suprir as necessidades da população; • Nobres e senhores isentos de qualquer atividade laboral; • Três concepções para trabalho: Labor: O esforço físico (como: Lavradores); Poieses: Ato de fabricar (criar e depois fabricar. Ex.:artesão); Práxis: palavra como instrumento (Oratório)
  8. 8. Idade média • Sociedade composta pelos feudos; • Tinham a terra como principal meio de ocupação; • Trabalhadores sem dinheiros sobre á propriedade privada (apenas senhores feudais); • Regime de servidão, não escravidão; • Sistema de comprometimento do servo com o seu senhor, e vice-versa; Corveia: Além do trabalho nas terras, o servo deveria trabalhar nas construções e manutenções de estradas; Talha: taxa cobrada a qualquer individuo que produzir nas terras do senhor feudal(aluguel); Banalidades: instrumentos dos senhores que também eram pagos para os servos (Exemplo os moinhos).
  9. 9. Atenção! “Servos e não escravos” • Eles não eram obrigados a trabalhar nas terras, eles serviam aos que ‘sediam’ a terra. Contrario aos escravos que eram obrigados a trabalhar. “Sistema de comprometimento do servo com o seu senhor, e vice-versa” • Servos trabalhavam e pagavam para o seu senhor e o senhor garantia a segurança dos servos.
  10. 10. Atenção! “Trabalhadores sem dinheiros sobre á propriedade privada” • Os servos deviam pagar, com uma parte do que colhem das terras, aos seus senhores pela terra, era como uma espécie de aluguel. E além disto, tinham dever de ajudar nas construções e manutenções. Se olhar direito, era como se eles pagassem para trabalhar.
  11. 11. Atenção! Importâncias do fim dessa fase: • No fim dessa época começaram a surgir as ciências. • Formação das cidades, ao redor dos comercios; • Após sua queda o mundo começou a ficar capitalista.
  12. 12. Sociedade moderna • ‘De vil’ (servidão e negativo) para ‘dignificante’; • Produção capitalista; • Passou a ser assalariado; • Mudança de local de trabalho (casa/terras -> Fabricas); • Acumulação de riquezas; • Organização e coordenação de produção de mercadorias; • Cooperação simples: Financiamento do trabalho artesanal pelos donos dos meios de produção;
  13. 13. Sociedade moderna (cont.) • Manufatura (cooperação avançada): Modelo primário de uma linha de montagem (trabalho feito por muitas mãos); • Maquinofatura: Substituição do homem pela máquina; • Processo de convencimento sobre a ideia de trabalho: Igrejas: é algo divino Governantes: Penalidades para quem não trabalha(como desconto nos salários); Escolas: Ensino sobre concepção de trabalho como algo bom.
  14. 14. Atenção! “Mudança de local de trabalho” • No Feudalismo o trabalho era principalmente no campo já na atualidade ele foi mudado para as industrias. “Cooperação simples” • O operário era ensinado a pensar e depois produzir, sabia de todas as etapas da produção.
  15. 15. “Manufatura” Atenção! • Cada funcionário com sua parte da produção, eram mecânicos só sabiam fazer aquela parte do processo de produção. Cada um fazia uma parte. “Maquinofatura” • O homem sendo substituído pelas maquinas, como forma de cortar custos, mais agilidade e evitar erros. Resultado, muitos desempregados.
  16. 16. Marx x Durkheim
  17. 17. Karl Marx x Émile Durkheim • Divisão social do trabalho; • Formação das cidades; • Grandes produções excedentes; • Desencadeamento de hierarquias no mundo do trabalho (Ex.: Dono-> gerente-> trabalhador); • Divisão social do trabalho gera divisão de classes (Burguesa e proletariado); • O operário, subordinado à maquina e aos donos dos meios de produção, passam a vender sua força de trabalho;
  18. 18. Karl Marx x Émile Durkheim • Karl Marx -> Trabalho negativo, exploração do trabalho (mais-valia). • Émile Durkheim -> Positivo, Coesão social, sociedade funcionalista. Tem uma ordem: Organização Mecânica: Tribal, trabalho coletivo Organização orgânica: Das sociedades modernas
  19. 19. FORDISMO E TAYLORISMO X TOYOTISMO
  20. 20. Henry Ford • Produção em série; • Criação em “T” padronização; • Esteira: foi desenvolvida para andamento mais rápido das peças do carro. • Automóveis criados em 98 minutos. • Erros só eram corrigidos após o final da fabricação; + produção = + vendas
  21. 21. Frederick Taylor • Princípios científicos na organização do trabalho; • Racionalização do processo produtivo; • Controle das atividades dos trabalhadores (eficiência); • Sistema de recompensas e punições; • Especialistas na administração da empresa. Gerente Técnico supervisor Operário Organização clássica
  22. 22. Frederick Taylor (cont.) • Organização clássica gera: Descarte do trabalhador; Trabalhador mecânico (não pensa); Consenso coletivo no ambiente de trabalho (farda); Precisa de especialistas em resolver conflitos (psicólogos).
  23. 23. Fordismo e Taylorismo eram unidos • Obediência e disciplina dos funcionários; • Execução das tarefas sem reflexarão acerca do trabalho; • Ênfase na organização; • Controle hierárquico; • Desenvolvimento individual dos funcionários para alcançar objetivos; • Esquema de recompensas; • Alienação do trabalhador; • Pagamento do salário conforme a produção.
  24. 24. Toyotismo • Mão de obra multifuncional e bem qualificada; • Trabalhador conhece o carro todo; • Correção do erro a qualquer momento; • Modelo de produção flexível: para evitar desperdícios, lança as campanhas de mercado; • Modelo: “Just in time” produção apenas do necessário e na hora pedida. • Sistema de pesquisa de mercado. • Entrega o carro que o cliente quer, foi o pioneiro nisto.

×