Apresentação

2.718 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Apresentação

  1. 1. Trabalho e Experimento sobre ácido e base Centro de Ensino Médio Stella dos Cherubins Guimarães Tróis Nome: Kamila Lopes da Costa Nome: Lucas Diolindo Nome: Marina Nome: Gavin Nome: Kleber Nome: Stefany Série/turma: 2ºB Disciplina: Química Professor: Paulo César
  2. 2. Teorias do ácido-base TEORIA DE ARRHENIUS • ÁCIDO é toda substância que em água libera íons de hidrogênio -H+; • BASE é toda substância que em água libera íons hidroxila -OH-. TEORIA DE BRONSTED-LOWRY ● ÁCIDO é toda substância que pode doar prótons; ● BASE é toda substância que pode receber prótons. TEORIA DE LEWIS ● ÁCIDOS são espécies capazes de receber pares de elétrons; ● BASES são espécies capazes de doar pares de elétrons.
  3. 3. Cientistas famosos que estudaram os ácidos e as bases <ul><li>Para ele a relação entre os materiais orgânicos e inorgânicos poderia ser explicada pela teoria ácido-alcalina;
  4. 4. Ainda segundo a teoria, as substância, independentemente de sua origem, deveriam conter um componente ácido ou básico. </li></ul>Jean Baptist van Helmont
  5. 5. Cientistas famosos que estudaram os ácidos e as bases <ul><li>Robert Boyle considerava um erro generalizar que todas as subtâncias poderiam ser explicadas pela teoria ácido-alcalino;
  6. 6. Para Boyle o melhor método para identificar a acidez ou alcalinidade de substâncias era por meio de testes químicos bastante difundidos naquela época, como o da efervescência, do gosto e da mudança de cor; </li></ul>Robert Boyle
  7. 7. Cientistas famsos que estudaram os ácidos e as bases <ul><li>Ele propôs que todos os ácidos eram formados pela combinação de oxigênio;
  8. 8. Na época de Lavoisier só se conheciam ácidos que possuíam gás oxigênio em suas composições;
  9. 9. Mais tarde, foi descoberto um ácido que não possui o gás oxigênio: o ácido clorídrico, HCl. </li></ul>Antoine Laurent Lavoisier
  10. 10. Indicadores ● Qualitativamente, podemos fazer testes visuais que indicam se os materiais são ácidos ou básicos (alcalinos). A forma mais simples é utilizar substâncias denominadas indicadores de ácido e base, como o extrato de repolo roxo ou de beterraba e indicadores comerciais produzidos por indústrias químicas. ● Os indicadores são substâncias orgânicas que possuem moléculas grandes que se alteram em função da acidez do meio. Ao terem suas estruturas moleculares alteradas, as substâncias passam a apresentar cores diferentes.
  11. 11. Escala de PH O que é PH? O pH ou potencial de hidrogênio iónico , é um índice que indica a aci dez, neutralidade ou alcalinidade de um meio; O que é escala de PH? É uma escala de valores que serve para determinar o grau de acidez ou de basicidade de uma dada substância. Varia entre 0 e 14, sendo o valor médio, o sete, correspondente a soluções neutras. Para valores superiores a 7 as soluções são consideradas básicas, e para valores inferiores a 7, serão ácidas.
  12. 12. A neutralização de ácidos e bases <ul><li>A neutralização acontece, quando se usa uma base para neutralizar um ácido ou vice-versa;
  13. 13. As reações de neutralização de ácidos e bases produzem sal e água;
  14. 14. Sal é toda substância que em água libera pelo menos um cátion diferente do próton H+ e pelo menos uma base diferente da hidroxila. </li></ul>
  15. 15. Nomenclaturas de ácidos, bases e sais SUFIXO DO ÂNION SUFIXO DO ÁCIDO eto ídrico ito oso ato ico Nome dos ácidos: Ácido + nome do ânion sem sufixo + sufixo do ácido Ex.: àcido formado pelo ânion cloreto Ácido + (cloreto-eto+ídrico) = ácido clorídrico Nome das bases: Hidróxido de + nome do cátion Nome dos sais: Nome do ânion + de + nome do cátion Ex.: sal formado pelo ânion cloreto e pelo cátion ferro III Cloreto de ferro (III)
  16. 16. EXPERIMENTO
  17. 17. Materiais <ul><li>Beterraba (indicador);
  18. 18. 6 vasilhames;
  19. 19. 1 tubo de ensaio de plástico;
  20. 20. Água da torneira; </li></ul><ul>Substâncias testadas: <li>Alvejante
  21. 21. Sabão em pó
  22. 22. Bicarbonato de sódio
  23. 23. Suco de laranja
  24. 24. Suco de limão
  25. 25. Detergente </li></ul>
  26. 26. Procedimento 1- Pique a beterraba em pequenos cubos; 2- Esquente em um recipiente a água; 3- Coloque os cubos de beterraba dentro da água quente; 4- Deixe esfriar; 5- Coloque o extrato de beterraba no tubo de ensaio; 6- Coloque cada uma das 6 substâncias em seus respectivos vasilhames; 7- Rotúle cada vasilhame e o tubo de ensaio com o nome da substância que contém; 8- Depois coloque o indicador de beterraba nos 6 vasilhames; 9- Observe as cores em que resulata a mistura em cada uma das substância.
  27. 27. Ácidos <ul>Principais características dos ácidos: </ul>• Substâncias que tem sabor azedo; • Quando adicionados ao mármore e a outros carbonatos, produz efervescência, com liberação de gás carbônico; • Os ácidos são compostos moleculares . Só conduzem a eletricidade em solução , pois há dissociação, formando íons. Quando puros não conduzem a eletricidade.
  28. 28. Detergente ANTES- VERDE CLARO DEPOIS- VERMELHO
  29. 29. Laranja ANTES- AMARELO DEPOIS-ALARANJADO
  30. 30. Limão ANTES-VERDE LIMÃO DEPOIS-ROSA
  31. 31. Base ou Alcalino <ul>Principais características das bases: </ul>• Possuir sabor adstringente, ou seja amarrar a boca; • Tornar a pele lisa e escorregadia; • As bases são compostos iônicos, pois temos metal ligado ao oxigênio.
  32. 32. Alvejante ANTES-TRANSPARENTE DEPOIS-VERDE CLARO Obs.: O alvejante ou hipoclorito de sódio é usado frequentemente para clarear a água, isso por que como foi percebido no experimento ele não muda de cor durante muito tempo, rapidamente volta para seu estado anterior, por isso não foi possível captar imagens dessa substância se transformando, mas foi possível perceber a olho nu a mudança de cor.
  33. 33. Sabão em Pó ANTES-AZUL DEPOIS-VERDE
  34. 34. Bicarbonato de Sódio ANTES-BRANCO DEPOIS-ROXO ESCURO
  35. 35. Antes L I M Ã O L A R A N J A DE TER GEN TE SA BÃO EM PÓ BI CARBO NA TO AL VE JANTE
  36. 36. Depois LA RANJA DETERGENTE L IMÃO BI CARBO NA TO SA BÃO EM PÓ AL VE JANTE LIMÃO LARANJA DETERGENTE ALVEJANTE SABÃO EM PÓ BICARBONATO BETERRABA INDICADOR
  37. 37. INDICADOR SUBSTÂNCIAS COR INICIAL COR FINAL EXTRATO DE BETERRABA BICARBONATO DE SÓDIO BRANCO ROXO ESCURO SABÃO EM PÓ AZUL VERDE ALVEJANTE TRANSPARENTE VERDE CLARO DETERGENTE VERDE VERMELHO LARANJA AMARELO ALARANJADO LIMÃO VERDE ROSA Resultado do Experimento
  38. 38. Bibliografia SITES www.explicatorium.com/Escala-de-pH.php www.1.bp.blogspot.com/_4qz_2oX79GU/SqQUCcz572I/AAAAAAAAAII/T9x9v31qMw0/s320/escala%2520ph.jpg LIVRO Química e sociedade: volume único, ensino médio/ Wildson Luiz Pereira dos Santos, Gerson de Souza Mól, (coord.) ─ São Paulo: Nova Geração, 2005.

×