Histórico da economia brasileira- da colonização até aos dias de hoje. 2014

4.426 visualizações

Publicada em

Enfase na historia economia brasileira, desde a colonização até a economia mais atual.

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.426
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
331
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Histórico da economia brasileira- da colonização até aos dias de hoje. 2014

  1. 1. A ECONOMIA BRASILEIRA ALUNOS: ANTÔNIO ERNANDO E KARINA
  2. 2. EXTRAÇÃO DO PAU BRASIL A extração do pau-brasil era feita com o auxílio da mão-de-obra nativa, na base do escambo em que os europeus forneciam objetos de pouco valor na Europa mas que no início exerciam um grande fascínio sobre os nativos.
  3. 3. Ciclo da cana-de-açúcar (séculos XVI-XVIII) O segundo ciclo econômico brasileiro foi o plantio de cana-de-açúcar, utilizada na Europa para a manufatura de açúcar em substituição à beterraba.
  4. 4. Escravatura e tráfico negreiro (séculos XVI- XIX) A agricultura da cana introduziu o modo de produção escravista, baseado na importação e escravização de africanos. Esta atividade gerou todo um setor paralelo chamado de tráfico negreiro.
  5. 5. Ciclo da mineração (1709-1789) Durante todo o século XVIII, expedições chamadas entradas e bandeiras vasculharam o interior do território em busca de metais valiosos (ouro, prata, cobre) e pedras preciosas (diamantes, esmeraldas).
  6. 6.  Ciclo do café (1800-1930) A economia cafeeira em São Paulo foi o grande motor da economia brasileira desde a segunda metade do século XIX até a década de 1920. O grão foi o principal produto de exportação do país durante quase 100 anos.
  7. 7. CICLO DA BORRACHA (1866-1913) Descoberta do processo de vulcanização do líquido conhecido como látex, sendo possível a fabricação de pneumáticos para a indústria automobilística. Até então os carros utilizavam rodas de madeira.
  8. 8. Ciclo da soja (1970-hoje) Desde a década de 1970, o novo produto que impulsionou a economia de exportação foi a soja, introduzida a partir de sementes trazidas da Ásia e dos Estados Unidos.
  9. 9. DIVERSIDADE DA ECONOMIA BRASILEIRA A economia brasileira é diversa, abrangendo a agricultura, a indústria e uma multiplicidade de serviços.
  10. 10.  Petrobras  Itaú Unibanco  Bradesco  Banco do Brasil  Vale  JBS  Grupo Pão de Açúcar  BRF - Brasil Foods  Itaú SA  Oi
  11. 11. Plano Cruzado – Fevereiro de 1986 Criado pelo governo José Sarney no final de fevereiro de 1986. Reforma monetária, alterando a moeda que passou a se chamar cruzado Criação de um tipo de seguro-desemprego Salários passam a ser reajustados.
  12. 12. Plano Bresser – Julho 1987 Criado por Luiz Carlos Bresser Pereira para conter o problema do Brasil que era o déficit publico, que estava com a inflação há 23,21%.  esforços de Bresser não deram certo e a inflação atingiu 366% em dezembro de 1987.  Plano Verão – Janeiro de 1989  Maílson da Nóbrega lançou no dia 16 de janeiro de 1989.  Criação de uma nova moeda, o cruzado novo.  O Plano Verão gerou uma série de desajustes às cadernetas de poupança, em que as perdas chegaram a 20,37%.
  13. 13. Plano Collor – Março de 1990  visava controlar a inflação crescente dos anos anteriores. Foram adotadas medidas para solucionar esse problema:  Substituição do Cruzado Novo pelo Cruzeiro.  Taxas elevadas em todas as transações financeiras.  Fim da maior parte dos incentivos fiscais.  Em junho de 1990, a inflação estava 9%, contra 81% de março. No fim de 1990, a inflação já tinha voltado a crescer e fechou o ano com 1.198%. Para tentar reverter a situação, foi lançado o Plano Collor I, que teve uma série de medidas no mercado financeiro que representaram uma política de elevadas taxas de juros. Com um novo congelamento de preços e salários, a inflação fecha 1991 em 481%.
  14. 14. Plano Real – junho de 1993 O Plano Real foi implantado em três etapas e iniciado em 14 de junho de 1993 quando Fernando Henrique Cardoso era Ministro da Fazenda do governo de Itamar Franco. O objetivo principal do Plano Real era controlar a hiperinflação. O Plano real colocou fim a quase três décadas de inflação.
  15. 15. CRUZEIRO - 01.11.1942 CRUZEIRO NOVO - 13.02.1967 CRUZADO Cr$ - 28.02.1986 CRUZADO NOVO - 16.01.1989 CRUZEIRO REAL - 01.08.1993 REAL - 01.07.1994
  16. 16. Impostos Estaduais: 1- ICMS (Imposto s/Circulação de Mercadorias e Serviços) - Estadual 2 - Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) - Estaduais 3- Taxas do Registro do Comércio (Juntas Comerciais). Impostos Municipais: 1- Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) - Municipal. 2 - Imposto sobre Serviços (ISS) – Municipal. 3- Taxa de Iluminação Pública. Impostos Federais: 1- Contribuição Social sobre o Faturamento (COFINS) 2- Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) 3- IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados - Federal 4- Contribuição Previdenciária - INSS: Empregados, Autônomos, Empresários e Patronal
  17. 17. Argentina - 37,3% Brasil - 36,3% Uruguai - 26,3% Bolívia - 26,0% Costa Rica - 21,0% Chile - 20,8% Equador - 20,2% México - 19,6% Colômbia - 19,6% Nicarágua - 19,5% Panamá - 18,5% Peru - 18,1% Paraguai - 17,6% Honduras - 17,5% El Salvador - 15,7% Venezuela - 13,7% República Dominicana - 13,5% Guatemala - 12,3%
  18. 18. O Produto Interno Brasileiro (PIB) cresceu 1,9% no 1º trimestre de 2014 na comparação com o mesmo período de 2013.
  19. 19. FIM...

×