SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
QUANDO O DESESPERO BATE A PORTA
Pr. Juscelino Freitas Email: juscelinofreitas799@gmail.com
Marcos 5
21 Tendo Jesus passado de novo no barco para o outro lado,
ajuntou-se a ele uma grande multidão; e ele estava à beira do
mar.
22 Chegou um dos chefes da sinagoga, chamado Jairo e, logo que
viu a Jesus, lançou-se-lhe aos pés.
23 e lhe rogava com instância, dizendo: Minha filhinha está nas
últimas; rogo-te que venhas e lhe imponhas as mãos para que
sare e viva.
35 Enquanto ele ainda falava, chegaram pessoas da casa do chefe
da sinagoga, a quem disseram: A tua filha já morreu; por que
ainda incomodas o Mestre?
36 O que percebendo Jesus, disse ao chefe da sinagoga: Não
temas, crê somente.
QUANDO O DESESPERO BATE A PORTA
Quem faz de
Jesus seu amigo
se torna um
“amigo da
Esperança” e
abençoa as
pessoas com as
quais convive.
QUANDO O DESESPERO BATE A PORTA
Chefe da sinagoga. Inteligente,
admirado e rico.
Era um homem religioso e um
profissional bem-sucedido.
Aparentemente tinha tudo o que
precisa ter para ser feliz.
Quem era Jairo?
Jesus estava
andando por aquelas
terras.
“Jesus pode fazer
alguma coisa por
minha filha.”
Nasce a Esperança
SALMOS (cap. 69)·
3 Estou cansado de
clamar; secou-se-me
a garganta; os meus
olhos desfalecem de
esperar por meu
Deus.
Jesus foi com
Jairo.
Imagino que Jairo
estava com
pressa.
Quando saiu de
casa, sua filhinha
tinha entrado em
coma.
Mas Jesus parecia não ter pressa.
Enquanto andava, atendia as necessidades
dos que encontravam em Seu caminho.
Marcos 5
24 Jesus foi com
ele, e seguia-o
uma grande
multidão, que o
apertava.
Quando Deus demora a responder sua
oração, é porque Ele está querendo ensinar
alguma outra lição.
II CORINTIOS (cap. 1)
6 Mas, se somos
atribulados, é para vossa
consolação e salvação; ou,
se somos consolados, para
vossa consolação é a qual
se opera suportando com
paciência as mesmas
aflições que nós também
padecemos;
• O fazer neste
momento?
• Corre desesperado
para casa?
• Continua clamando
pelo Senhor?
NOTÍCIA AMARGA E DESEPERADO
Marcos 5
35 Enquanto ele ainda falava,
chegaram pessoas da casa
do chefe da sinagoga, a
quem disseram: A tua filha já
morreu; por que ainda
incomodas o Mestre?
...Mas Jesus,
ouvindo isto, lhe
disse: ‘Não
temas, crê
somente, e ela
será salva.
JESUS SABE A TUA NECESSIDADE E OUVE O TEU
CLAMOR
Jairo ia à frente
de Jesus, dizendo:
“Senhor, é por
aqui, do meu jeito,
do meu modo. Por
aqui, Senhor, é
mais rápido.
O QUE É SER CRISTÃO
A partir do
momento em que
soube da morte de
sua filha, foi Jesus
quem tomou Jairo
pela mão, e o levou
por onde Ele quis.
O QUE É SER CRISTÃO
Ser cristão é deixar
Jesus conduzir a
nossa vida.
Se para aprender essa
grande lição tivermos
que chorar, Jesus vai
permitir que
choremos.
O QUE É SER CRISTÃO
Jairo aprendeu a lição com dor, mas que
grande dia foi aquele!
Marcos 5
22 Chegou um dos
chefes da sinagoga,
chamado Jairo e, logo
que viu a Jesus,
lançou-se-lhe aos pés.
“Ora àquele que é
poderoso para
fazer infinitamente
mais do que tudo
quanto pedimos
ou pensamos,
conforme o seu
poder que opera
em nós”
Efésios 3:20
O QUE DEUS TEM PARA NÓS SEMPRE É MAIOR DO QUE
ESTAMOS PEDINDO.
JOÃO (cap. 14)·
6 Respondeu-lhe
Jesus: Eu sou o
caminho, e a verdade,
e a vida; ninguém vem
ao Pai, senão por mim.
A ÚNICA SOLUÇÃO PARA A MORTE NÃO É A
REENCARNAÇÃO, MAS SIM A RESSURREIÇÃO.
JOÃO (cap. 11)·
25 Declarou-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida;
quem crê em mim, ainda que morra, viverá;
A promessa bíblica da ressurreição é uma
mensagem dada por Jesus, nosso “Amigo da
Esperança”!
ROMANOS (cap. 15)·
13 Ora, o Deus de
esperança vos encha de
todo o gozo e paz na
vossa fé, para que
abundeis na esperança
pelo poder do Espírito
Santo.
CONCLUSÃO
38 Quando chegaram a casa do chefe da sinagoga, viu
Jesus um alvoroço, e os que choravam e faziam grande
pranto.
39 E, entrando, disse-lhes: Por que fazeis alvoroço e
chorais? a menina não morreu, mas dorme.
40 E riam-se dele; porém ele, tendo feito sair a todos, tomou
consigo o pai e a mãe da menina, e os que com ele vieram,
e entrou onde a menina estava.
41 E, tomando a mão da menina, disse-lhe: Talita cumi, que,
traduzido, é: Menina, a ti te digo, levanta-te.
42 Imediatamente a menina se levantou, e pôs-se a andar,
pois tinha doze anos. E logo foram tomados de grande
espanto.
Jesus entrou na casa de Jairo e, onde Jesus entra, entra
também o poder e a vitória. Abra seu coração.
• Quantos que estão aqui
necessitam de um
milagre?
• Quem está disposto a
fazer como Jairo?
• Abrir mão do eu e se
lançar aos pés do Mestre;
• Mas voltar para sua casa
com seu milagre;
“Eis que estou à porta e bato, se alguém ouvir,
entrarei em sua casa...”
• Onde está a primeira pessoa que vai entregar a
sua vida e recebeu o primeiro milagre da
salvação;
• Saia do seu lugar com o coração aberto e deixe o
Senhor resolver o teu problema;
• Venha você que precisa de um milagre que é
impossível;
• O Senhor está aqui e quer fazer esse grande
milagre.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Projeto de evangelismo a trombeta de deus
Projeto de evangelismo a trombeta de deusProjeto de evangelismo a trombeta de deus
Projeto de evangelismo a trombeta de deus
 
Jairo e Jesus
Jairo e JesusJairo e Jesus
Jairo e Jesus
 
E tempo de acreditarmos
E tempo de acreditarmosE tempo de acreditarmos
E tempo de acreditarmos
 
Dica de evangelismo nº 1 pelo método de evangelização de rua casa por casa
Dica de evangelismo nº 1 pelo método de evangelização de rua casa por casaDica de evangelismo nº 1 pelo método de evangelização de rua casa por casa
Dica de evangelismo nº 1 pelo método de evangelização de rua casa por casa
 
Minha Vida em Cristo!
Minha Vida em Cristo!Minha Vida em Cristo!
Minha Vida em Cristo!
 
Minha Vida em Cristo!
Minha Vida em Cristo!Minha Vida em Cristo!
Minha Vida em Cristo!
 
A salvacao
A salvacaoA salvacao
A salvacao
 
Bna dom comum a 20 a salvacao
Bna dom comum a 20 a salvacaoBna dom comum a 20 a salvacao
Bna dom comum a 20 a salvacao
 
Trabalho evangelístico
Trabalho evangelísticoTrabalho evangelístico
Trabalho evangelístico
 
Pode Ir
Pode IrPode Ir
Pode Ir
 
Igreja do avivamento ad
Igreja do avivamento adIgreja do avivamento ad
Igreja do avivamento ad
 
Liderança Cristã - Modelo de Jesus - Aula 12
Liderança Cristã - Modelo de Jesus - Aula 12Liderança Cristã - Modelo de Jesus - Aula 12
Liderança Cristã - Modelo de Jesus - Aula 12
 
Projeto de evangelismo a trombeta de Deus
Projeto de evangelismo a trombeta de DeusProjeto de evangelismo a trombeta de Deus
Projeto de evangelismo a trombeta de Deus
 
0417
04170417
0417
 
A luz
A luzA luz
A luz
 
Oração do dia evangelica
Oração do dia evangelicaOração do dia evangelica
Oração do dia evangelica
 
Oração dos Anjos
Oração dos AnjosOração dos Anjos
Oração dos Anjos
 
10 dicas para ser um cristão de poder
10 dicas para ser um cristão de poder10 dicas para ser um cristão de poder
10 dicas para ser um cristão de poder
 
496 jesus me tirou da lama
496   jesus me tirou da lama496   jesus me tirou da lama
496 jesus me tirou da lama
 
Páscoa
PáscoaPáscoa
Páscoa
 

Destaque

Aprendendo com as lutas
Aprendendo com as lutasAprendendo com as lutas
Aprendendo com as lutasdiego peres
 
Desculpas para não cumprir a missão
Desculpas para não cumprir a missãoDesculpas para não cumprir a missão
Desculpas para não cumprir a missãodiego peres
 
Como vencer a tribulação
Como vencer a tribulaçãoComo vencer a tribulação
Como vencer a tribulaçãodiego peres
 
Sanchez irene pouerpoint.pdf - copia
Sanchez irene pouerpoint.pdf - copiaSanchez irene pouerpoint.pdf - copia
Sanchez irene pouerpoint.pdf - copiaIrene Sanchez
 
Como ser um instrumento usado por Deus
Como ser um instrumento usado por DeusComo ser um instrumento usado por Deus
Como ser um instrumento usado por Deusdiego peres
 
Quando jesus entra no nosso baro
Quando jesus entra no nosso baroQuando jesus entra no nosso baro
Quando jesus entra no nosso barodiego peres
 
A Fé Vem Pelo Ouvir
 A Fé Vem Pelo Ouvir A Fé Vem Pelo Ouvir
A Fé Vem Pelo OuvirRamón Zazatt
 
O Amigo para Todas as Horas
O Amigo para Todas as HorasO Amigo para Todas as Horas
O Amigo para Todas as HorasIBMemorialJC
 
Slides apologética o que é e qual suas funções
Slides   apologética o que é e qual suas funçõesSlides   apologética o que é e qual suas funções
Slides apologética o que é e qual suas funçõesAbdias Barreto
 
Defesa da fé cristã
Defesa da fé cristãDefesa da fé cristã
Defesa da fé cristãDaladier Lima
 
O que é a fé cristã
O que é a fé cristãO que é a fé cristã
O que é a fé cristãZaara Miranda
 
Socorro de Deus para os momentos de aflicao
Socorro  de Deus para os momentos de aflicaoSocorro  de Deus para os momentos de aflicao
Socorro de Deus para os momentos de aflicaodiego peres
 
Fé e Confiança em Deus
Fé e Confiança em DeusFé e Confiança em Deus
Fé e Confiança em Deuswilsondani
 

Destaque (14)

Aprendendo com as lutas
Aprendendo com as lutasAprendendo com as lutas
Aprendendo com as lutas
 
Desculpas para não cumprir a missão
Desculpas para não cumprir a missãoDesculpas para não cumprir a missão
Desculpas para não cumprir a missão
 
Como vencer a tribulação
Como vencer a tribulaçãoComo vencer a tribulação
Como vencer a tribulação
 
Sanchez irene pouerpoint.pdf - copia
Sanchez irene pouerpoint.pdf - copiaSanchez irene pouerpoint.pdf - copia
Sanchez irene pouerpoint.pdf - copia
 
Como ser um instrumento usado por Deus
Como ser um instrumento usado por DeusComo ser um instrumento usado por Deus
Como ser um instrumento usado por Deus
 
Quando jesus entra no nosso baro
Quando jesus entra no nosso baroQuando jesus entra no nosso baro
Quando jesus entra no nosso baro
 
A Fé Vem Pelo Ouvir
 A Fé Vem Pelo Ouvir A Fé Vem Pelo Ouvir
A Fé Vem Pelo Ouvir
 
O Amigo para Todas as Horas
O Amigo para Todas as HorasO Amigo para Todas as Horas
O Amigo para Todas as Horas
 
Slides apologética o que é e qual suas funções
Slides   apologética o que é e qual suas funçõesSlides   apologética o que é e qual suas funções
Slides apologética o que é e qual suas funções
 
Defesa da fé cristã
Defesa da fé cristãDefesa da fé cristã
Defesa da fé cristã
 
O que é a fé cristã
O que é a fé cristãO que é a fé cristã
O que é a fé cristã
 
Socorro de Deus para os momentos de aflicao
Socorro  de Deus para os momentos de aflicaoSocorro  de Deus para os momentos de aflicao
Socorro de Deus para os momentos de aflicao
 
17
1717
17
 
Fé e Confiança em Deus
Fé e Confiança em DeusFé e Confiança em Deus
Fé e Confiança em Deus
 

Semelhante a Quando o desespero bate a porta

Jesus é a solução
Jesus é a soluçãoJesus é a solução
Jesus é a soluçãoIBMemorialJC
 
Adoração ao santissimo feliz aquela que acreditou
Adoração ao santissimo   feliz aquela que acreditouAdoração ao santissimo   feliz aquela que acreditou
Adoração ao santissimo feliz aquela que acreditouAlexandre Chevitarese
 
Respostas_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGR
Respostas_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGRRespostas_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGR
Respostas_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGRGerson G. Ramos
 
4 mistério
4 mistério4 mistério
4 mistériopgshama
 
Por59 0510 e who is this vgr
Por59 0510 e who is this vgrPor59 0510 e who is this vgr
Por59 0510 e who is this vgrnara machado
 
YESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdf
YESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdfYESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdf
YESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdfGarantiaCorujonda
 
Ele vem para te salvar proj.
Ele vem para te salvar proj.Ele vem para te salvar proj.
Ele vem para te salvar proj.Luciano Ramos
 
BOLETIM - 02/12/2018
BOLETIM - 02/12/2018BOLETIM - 02/12/2018
BOLETIM - 02/12/2018Thiago Godoi
 
Lição_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGR
Lição_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGRLição_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGR
Lição_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGRGerson G. Ramos
 
Leituras: 5° Domingo da Quaresma - Ano A
Leituras: 5° Domingo da Quaresma - Ano ALeituras: 5° Domingo da Quaresma - Ano A
Leituras: 5° Domingo da Quaresma - Ano AJosé Lima
 
As mulheres no ministério de Jesus_Lição_original com textos_622015
As mulheres no ministério de Jesus_Lição_original com textos_622015As mulheres no ministério de Jesus_Lição_original com textos_622015
As mulheres no ministério de Jesus_Lição_original com textos_622015Gerson G. Ramos
 
GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015
GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015
GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015Gerson G. Ramos
 
17287545 Espiritismo Infantil Historia 53
17287545  Espiritismo  Infantil  Historia 5317287545  Espiritismo  Infantil  Historia 53
17287545 Espiritismo Infantil Historia 53Ana Cristina Freitas
 
17287545 Espiritismo Infantil Historia 53
17287545 Espiritismo Infantil Historia 5317287545 Espiritismo Infantil Historia 53
17287545 Espiritismo Infantil Historia 53Ana Cristina Freitas
 
Lição 6 - A evangelização dos grupos desafiadores
Lição 6 - A evangelização dos grupos desafiadoresLição 6 - A evangelização dos grupos desafiadores
Lição 6 - A evangelização dos grupos desafiadoresAilton da Silva
 
Leituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano BLeituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano BJosé Lima
 
Por56 0826 divine love vgr
Por56 0826 divine love vgrPor56 0826 divine love vgr
Por56 0826 divine love vgrnara machado
 

Semelhante a Quando o desespero bate a porta (20)

Jesus é a solução
Jesus é a soluçãoJesus é a solução
Jesus é a solução
 
Adoração ao santissimo feliz aquela que acreditou
Adoração ao santissimo   feliz aquela que acreditouAdoração ao santissimo   feliz aquela que acreditou
Adoração ao santissimo feliz aquela que acreditou
 
Respostas_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGR
Respostas_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGRRespostas_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGR
Respostas_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGR
 
Huberto rohden nosso mestre
Huberto rohden   nosso mestreHuberto rohden   nosso mestre
Huberto rohden nosso mestre
 
4 mistério
4 mistério4 mistério
4 mistério
 
Por59 0510 e who is this vgr
Por59 0510 e who is this vgrPor59 0510 e who is this vgr
Por59 0510 e who is this vgr
 
YESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdf
YESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdfYESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdf
YESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdf
 
Ele vem para te salvar proj.
Ele vem para te salvar proj.Ele vem para te salvar proj.
Ele vem para te salvar proj.
 
BOLETIM - 02/12/2018
BOLETIM - 02/12/2018BOLETIM - 02/12/2018
BOLETIM - 02/12/2018
 
Lição_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGR
Lição_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGRLição_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGR
Lição_932016_ Jesus ministrava às necessidades das pessoas_GGR
 
TERÇO DA AMIZADE SOCIAL 2024 .ppt
TERÇO DA AMIZADE SOCIAL 2024        .pptTERÇO DA AMIZADE SOCIAL 2024        .ppt
TERÇO DA AMIZADE SOCIAL 2024 .ppt
 
Leituras: 5° Domingo da Quaresma - Ano A
Leituras: 5° Domingo da Quaresma - Ano ALeituras: 5° Domingo da Quaresma - Ano A
Leituras: 5° Domingo da Quaresma - Ano A
 
As mulheres no ministério de Jesus_Lição_original com textos_622015
As mulheres no ministério de Jesus_Lição_original com textos_622015As mulheres no ministério de Jesus_Lição_original com textos_622015
As mulheres no ministério de Jesus_Lição_original com textos_622015
 
GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015
GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015
GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015
 
17287545 Espiritismo Infantil Historia 53
17287545  Espiritismo  Infantil  Historia 5317287545  Espiritismo  Infantil  Historia 53
17287545 Espiritismo Infantil Historia 53
 
17287545 Espiritismo Infantil Historia 53
17287545 Espiritismo Infantil Historia 5317287545 Espiritismo Infantil Historia 53
17287545 Espiritismo Infantil Historia 53
 
Lição 6 - A evangelização dos grupos desafiadores
Lição 6 - A evangelização dos grupos desafiadoresLição 6 - A evangelização dos grupos desafiadores
Lição 6 - A evangelização dos grupos desafiadores
 
Ser discipulo 0912
Ser discipulo 0912Ser discipulo 0912
Ser discipulo 0912
 
Leituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano BLeituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano B
 
Por56 0826 divine love vgr
Por56 0826 divine love vgrPor56 0826 divine love vgr
Por56 0826 divine love vgr
 

Mais de Pastor Juscelino Freitas

Ser criança é bom de mais. ser adulto é muito melhor
Ser criança é bom de mais. ser adulto é muito melhorSer criança é bom de mais. ser adulto é muito melhor
Ser criança é bom de mais. ser adulto é muito melhorPastor Juscelino Freitas
 
As características do Obreiro Coluna na igreja
As características do Obreiro Coluna na igrejaAs características do Obreiro Coluna na igreja
As características do Obreiro Coluna na igrejaPastor Juscelino Freitas
 
Culto de ação de graça... juscelino e edilene
Culto de ação de graça... juscelino e edileneCulto de ação de graça... juscelino e edilene
Culto de ação de graça... juscelino e edilenePastor Juscelino Freitas
 

Mais de Pastor Juscelino Freitas (20)

O verdadeiro arrependimento
O verdadeiro arrependimentoO verdadeiro arrependimento
O verdadeiro arrependimento
 
Ser criança é bom de mais. ser adulto é muito melhor
Ser criança é bom de mais. ser adulto é muito melhorSer criança é bom de mais. ser adulto é muito melhor
Ser criança é bom de mais. ser adulto é muito melhor
 
Curso Lealdade e Deslealdade
Curso Lealdade e DeslealdadeCurso Lealdade e Deslealdade
Curso Lealdade e Deslealdade
 
Que é uma liderança
Que é uma liderançaQue é uma liderança
Que é uma liderança
 
As características do Obreiro Coluna na igreja
As características do Obreiro Coluna na igrejaAs características do Obreiro Coluna na igreja
As características do Obreiro Coluna na igreja
 
Conselhos simples para ser um Bom Obreiro
Conselhos simples para ser um Bom ObreiroConselhos simples para ser um Bom Obreiro
Conselhos simples para ser um Bom Obreiro
 
Psicologia pastoral
Psicologia pastoralPsicologia pastoral
Psicologia pastoral
 
Interpretação bíblica método oica
Interpretação bíblica   método oicaInterpretação bíblica   método oica
Interpretação bíblica método oica
 
As crises dentro da familia
As crises dentro da familiaAs crises dentro da familia
As crises dentro da familia
 
I seminário para jovens 2017
I seminário para jovens 2017I seminário para jovens 2017
I seminário para jovens 2017
 
Panorama do novo e antigo testamento
Panorama do novo e antigo testamentoPanorama do novo e antigo testamento
Panorama do novo e antigo testamento
 
Figuras de linguagem biblica
Figuras de linguagem biblicaFiguras de linguagem biblica
Figuras de linguagem biblica
 
Material composição da bíblia
Material composição da bíbliaMaterial composição da bíblia
Material composição da bíblia
 
Hermeneutica bíblica cópia
Hermeneutica bíblica   cópiaHermeneutica bíblica   cópia
Hermeneutica bíblica cópia
 
Como interpretar a bíblia
Como interpretar a bíbliaComo interpretar a bíblia
Como interpretar a bíblia
 
Culto de ação de graça... juscelino e edilene
Culto de ação de graça... juscelino e edileneCulto de ação de graça... juscelino e edilene
Culto de ação de graça... juscelino e edilene
 
Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulherDia internacional da mulher
Dia internacional da mulher
 
Secretaria de missões
Secretaria de missõesSecretaria de missões
Secretaria de missões
 
O que é e o que não ebd
O que é e o que não ebdO que é e o que não ebd
O que é e o que não ebd
 
A importancia da ebd
A importancia da ebdA importancia da ebd
A importancia da ebd
 

Último

Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.keislayyovera123
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Mary Alvarenga
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarIedaGoethe
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADOcarolinacespedes23
 

Último (20)

Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
 

Quando o desespero bate a porta

  • 1. QUANDO O DESESPERO BATE A PORTA Pr. Juscelino Freitas Email: juscelinofreitas799@gmail.com
  • 2. Marcos 5 21 Tendo Jesus passado de novo no barco para o outro lado, ajuntou-se a ele uma grande multidão; e ele estava à beira do mar. 22 Chegou um dos chefes da sinagoga, chamado Jairo e, logo que viu a Jesus, lançou-se-lhe aos pés. 23 e lhe rogava com instância, dizendo: Minha filhinha está nas últimas; rogo-te que venhas e lhe imponhas as mãos para que sare e viva. 35 Enquanto ele ainda falava, chegaram pessoas da casa do chefe da sinagoga, a quem disseram: A tua filha já morreu; por que ainda incomodas o Mestre? 36 O que percebendo Jesus, disse ao chefe da sinagoga: Não temas, crê somente. QUANDO O DESESPERO BATE A PORTA
  • 3. Quem faz de Jesus seu amigo se torna um “amigo da Esperança” e abençoa as pessoas com as quais convive. QUANDO O DESESPERO BATE A PORTA
  • 4. Chefe da sinagoga. Inteligente, admirado e rico. Era um homem religioso e um profissional bem-sucedido. Aparentemente tinha tudo o que precisa ter para ser feliz. Quem era Jairo?
  • 5. Jesus estava andando por aquelas terras. “Jesus pode fazer alguma coisa por minha filha.” Nasce a Esperança
  • 6. SALMOS (cap. 69)· 3 Estou cansado de clamar; secou-se-me a garganta; os meus olhos desfalecem de esperar por meu Deus.
  • 7. Jesus foi com Jairo. Imagino que Jairo estava com pressa. Quando saiu de casa, sua filhinha tinha entrado em coma.
  • 8. Mas Jesus parecia não ter pressa. Enquanto andava, atendia as necessidades dos que encontravam em Seu caminho. Marcos 5 24 Jesus foi com ele, e seguia-o uma grande multidão, que o apertava.
  • 9. Quando Deus demora a responder sua oração, é porque Ele está querendo ensinar alguma outra lição. II CORINTIOS (cap. 1) 6 Mas, se somos atribulados, é para vossa consolação e salvação; ou, se somos consolados, para vossa consolação é a qual se opera suportando com paciência as mesmas aflições que nós também padecemos;
  • 10. • O fazer neste momento? • Corre desesperado para casa? • Continua clamando pelo Senhor? NOTÍCIA AMARGA E DESEPERADO Marcos 5 35 Enquanto ele ainda falava, chegaram pessoas da casa do chefe da sinagoga, a quem disseram: A tua filha já morreu; por que ainda incomodas o Mestre?
  • 11. ...Mas Jesus, ouvindo isto, lhe disse: ‘Não temas, crê somente, e ela será salva. JESUS SABE A TUA NECESSIDADE E OUVE O TEU CLAMOR
  • 12. Jairo ia à frente de Jesus, dizendo: “Senhor, é por aqui, do meu jeito, do meu modo. Por aqui, Senhor, é mais rápido. O QUE É SER CRISTÃO
  • 13. A partir do momento em que soube da morte de sua filha, foi Jesus quem tomou Jairo pela mão, e o levou por onde Ele quis. O QUE É SER CRISTÃO
  • 14. Ser cristão é deixar Jesus conduzir a nossa vida. Se para aprender essa grande lição tivermos que chorar, Jesus vai permitir que choremos. O QUE É SER CRISTÃO
  • 15. Jairo aprendeu a lição com dor, mas que grande dia foi aquele! Marcos 5 22 Chegou um dos chefes da sinagoga, chamado Jairo e, logo que viu a Jesus, lançou-se-lhe aos pés.
  • 16. “Ora àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós” Efésios 3:20 O QUE DEUS TEM PARA NÓS SEMPRE É MAIOR DO QUE ESTAMOS PEDINDO.
  • 17. JOÃO (cap. 14)· 6 Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
  • 18. A ÚNICA SOLUÇÃO PARA A MORTE NÃO É A REENCARNAÇÃO, MAS SIM A RESSURREIÇÃO. JOÃO (cap. 11)· 25 Declarou-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que morra, viverá;
  • 19. A promessa bíblica da ressurreição é uma mensagem dada por Jesus, nosso “Amigo da Esperança”! ROMANOS (cap. 15)· 13 Ora, o Deus de esperança vos encha de todo o gozo e paz na vossa fé, para que abundeis na esperança pelo poder do Espírito Santo.
  • 20. CONCLUSÃO 38 Quando chegaram a casa do chefe da sinagoga, viu Jesus um alvoroço, e os que choravam e faziam grande pranto. 39 E, entrando, disse-lhes: Por que fazeis alvoroço e chorais? a menina não morreu, mas dorme. 40 E riam-se dele; porém ele, tendo feito sair a todos, tomou consigo o pai e a mãe da menina, e os que com ele vieram, e entrou onde a menina estava. 41 E, tomando a mão da menina, disse-lhe: Talita cumi, que, traduzido, é: Menina, a ti te digo, levanta-te. 42 Imediatamente a menina se levantou, e pôs-se a andar, pois tinha doze anos. E logo foram tomados de grande espanto.
  • 21. Jesus entrou na casa de Jairo e, onde Jesus entra, entra também o poder e a vitória. Abra seu coração. • Quantos que estão aqui necessitam de um milagre? • Quem está disposto a fazer como Jairo? • Abrir mão do eu e se lançar aos pés do Mestre; • Mas voltar para sua casa com seu milagre;
  • 22. “Eis que estou à porta e bato, se alguém ouvir, entrarei em sua casa...” • Onde está a primeira pessoa que vai entregar a sua vida e recebeu o primeiro milagre da salvação; • Saia do seu lugar com o coração aberto e deixe o Senhor resolver o teu problema; • Venha você que precisa de um milagre que é impossível; • O Senhor está aqui e quer fazer esse grande milagre.