SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
PSICOLOGIA PASTORAL
Pr. Juscelino Freitas Email: juscelinofreitas799Gmail.com
PSICOLOGIA PASTORAL
ACONSELHAMENTO PASTORAL
Aconselhar não é dar conselhos, mas sim estar presente
na vida de uma pessoa, orientando e auxiliando através
de várias técnicas, ajudando a resolver seus conflitos
emocionais.
No aconselhamento pastoral, são utilizados princípios bíblicos
para a orientação das condutas e nas tomadas de decisões.
Esta necessidade surge porque nos cultos não conseguimos
atingir as necessidades individuais das pessoas, o que pode ser
suprido no aconselhamento.
PSICOLOGIA PASTORAL
Os principais fatores que
levam uma pessoa ao
aconselhamento são:
medo, depressão, ira,
falta de perdão, abuso
sexual, tentações
sexuais, violência
doméstica, problemas
conjugais e dificuldades
na educação dos filhos.
PSICOLOGIA PASTORAL
A Psicologia é importante neste processo, porque muitos
problemas comportamentais surgem por dificuldades
emocionais. A pessoa que por exemplo tem dificuldade de amar
e aceitar a si mesma, geralmente tem dificuldade de amar,
aceitar e se relacionar com outras pessoas.
PSICOLOGIA PASTORAL
Características de um Conselheiro Cristão
Podemos destacar algumas características de um
conselheiro, como: ser uma pessoa equilibrada,
envolvente, disponível, sem medo de se aproximar das
pessoas, paciente, bondoso, mas ao mesmo tempo em que
não fique “passando a mão” na cabeça das pessoas. O
autor Gary Collins afirma:
PSICOLOGIA PASTORAL
“O bom conselheiro, por
exemplo, é capaz de viver
eficientemente, com poucos
conflitos imobilizantes,
desânimos, inseguranças ou
problemas pessoais. O
conselheiro eficiente é também
compassivo, interessado nas
pessoas, alerta em relação aos
seus próprios sentimentos e
motivos, revelando-se mais do
que se ocultando, e bem
informado no setor de
aconselhamento”.
PSICOLOGIA PASTORAL
Definição sobre Psicologia Pastoral
Para vir ao encontro das necessidades de muitas pessoas que
sofrem e procuram por ajuda, surgiu a psicologia pastoral.
Trata-se de uma subdisciplina da teologia pastoral. Ela
resultou do diálogo e da cooperação entre médicos e
pastores.
PSICOLOGIA PASTORAL
Por ser uma disciplina nova,
suas atribuições e seu
campo de competência
ainda não estão claramente
definidos. Claro está que
ela pretende aplicar
conhecimentos e recursos
da psicologia à prática
pastoral.
PSICOLOGIA PASTORAL
Neste nosso mundo
globalizado, se faz cada
vez mais necessário o
diálogo interdisciplinar,
visando ao bem-estar de
todos os homens e do
homem como um todo.
As pessoas procuram
ajuda pastoral nas mais
diferentes situações de
suas vidas.
PSICOLOGIA PASTORAL
Não há lugar mais terapêutico do que relações humanas
sadias. O objetivo da psicologia pastoral em relação à
depressão é mediar algo do amor de Deus, não só através da
palavra falada, mas também do gesto e da postura do
conselheiro, de modo que o paciente, sentindo a atenção e o
carinho do conselheiro, também experimente algo do amor
divino.
PSICOLOGIA PASTORAL
Segundo Clinebell, a psicologia pastoral é a utilização de uma
variedade de métodos de cura para ajudar as pessoas a lidar
com seus problemas e crises de uma forma mais conducente e
a experimentar a cura de seu quebrantamento.
PSICOLOGIA PASTORAL
O desenvolvimento histórico da Psicologia Pastoral. Podemos
esquematizar o desenvolvimento histórico da psicologia em
quatro grandes períodos:
Primeiro período. A psicologia pré-científica. Conhecimento
primitivo e vulgar sobre o comportamento humano.
PSICOLOGIA PASTORAL
Segundo período. A psicologia experimental. Método de
observação e coleta que seleciona coisas ou atos que se deseja
estudar (geralmente em laboratórios).
PSICOLOGIA PASTORAL
Terceiro período. Era das escolas psicológicas. Marcado por
opiniões nitidamente diferentes quanto ao que deveria ser a
psicologia, distinguindo três problemas: mente versus
comportamento; teoria do campo versus atomismo; nativismo
versus empirismo.
PSICOLOGIA PASTORAL
Quarto Período. Psicologia contemporânea. Atualmente,
ainda que com certo grau de imprecisão, pode se dizer que a
psicologia é uma ciência complexa, que engloba várias
ideias, inúmeras correntes e escolas.
PSICOLOGIA PASTORAL
Em verdade, a psicologia pastoral surgiu num momento
oportuno, no qual se observa um fracionamento crescente da
psicologia em escolas psicoterapêuticas as mais diversas, cada
uma com premissas, métodos e objetivos diferentes.
PSICOLOGIA PASTORAL
As escolas que mais têm
encontrado ressonância nos
meios eclesiásticos e poimênicos
são a psicanálise de C. G. Jung,
a terapia centrada no paciente
de C. Rogers e mais
recentemente a logoterapia de
V. Frankl.
PSICOLOGIA PASTORAL
Conclusão
Saber lidar com conflitos de valores também envolve questões
éticas. No aconselhamento surgem pessoas com diversos tipos
de problemas e confidências, algumas dessas atitudes podem
“chocar” o conselheiro, como: abuso sexual, homossexualidade,
alguém que tem compulsão ao roubo, praticou algum crime, ou
que queira fazer aborto para evitar escândalo na Igreja. Gary
Collins demonstra qual deve ser a postura do conselheiro em
relação a isto:
PSICOLOGIA PASTORAL
“O conselheiro tem a obrigação de manter em segredo as
informações confidenciais, a não ser que haja risco para o
bem-estar do aconselhado ou de outra pessoa. Em tais
ocasiões, o aconselhado deve ser orientado no sentido de
transmitir a informação diretamente às pessoas envolvidas
(polícia, empregadores, pais, etc.), e em regra geral, a
informação não deve ser divulgada pelo conselheiro sem
conhecimento do paciente...
PSICOLOGIA PASTORAL
...Além disso, o conselheiro deve abster-se de administrar ou
interpretar testes, dar conselhos médicos ou legais, ou
oferecer qualquer serviço para os quais não esteja treinado
nem qualificado”.
PSICOLOGIA PASTORAL

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aconselhamento Cristão.pptx
Aconselhamento Cristão.pptxAconselhamento Cristão.pptx
Aconselhamento Cristão.pptxCarlosAzevedo109
 
Panorama do AT - Cântico dos Cânticos
Panorama do AT - Cântico dos CânticosPanorama do AT - Cântico dos Cânticos
Panorama do AT - Cântico dos CânticosRespirando Deus
 
As doze colunas que sustentam um casamento
As doze colunas que sustentam um casamentoAs doze colunas que sustentam um casamento
As doze colunas que sustentam um casamentoPr Ismael Carvalho
 
Liderança Cristã Seguindo os Passos de Jesus
Liderança Cristã   Seguindo os Passos de JesusLiderança Cristã   Seguindo os Passos de Jesus
Liderança Cristã Seguindo os Passos de JesusMiguel Braga
 
Lição 4 - Orientações Bíblicas sobre a Intimidade do casal
Lição 4 - Orientações Bíblicas sobre a Intimidade do casalLição 4 - Orientações Bíblicas sobre a Intimidade do casal
Lição 4 - Orientações Bíblicas sobre a Intimidade do casalÉder Tomé
 
Vida Conjugal Cristã - Dois Estudos de Casos
Vida Conjugal Cristã - Dois Estudos de CasosVida Conjugal Cristã - Dois Estudos de Casos
Vida Conjugal Cristã - Dois Estudos de CasosRogério de Sousa
 
Uma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibradaUma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibradaMoisés Sampaio
 
As bases do casamento cristão
As bases do casamento cristãoAs bases do casamento cristão
As bases do casamento cristãoMoisés Sampaio
 
88 Perguntas e Respostas sobre a Bíblia
88 Perguntas e Respostas sobre a Bíblia88 Perguntas e Respostas sobre a Bíblia
88 Perguntas e Respostas sobre a BíbliaRogerio Sena
 
Lição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em Família
Lição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em FamíliaLição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em Família
Lição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em FamíliaÉder Tomé
 
Lição 3 As Bases do Casamento Cristão- professores
Lição 3  As Bases do Casamento Cristão- professoresLição 3  As Bases do Casamento Cristão- professores
Lição 3 As Bases do Casamento Cristão- professoresJoão Paulo Silva Mendes
 
Casais Inteligentes envelhecem Juntos
Casais Inteligentes envelhecem Juntos Casais Inteligentes envelhecem Juntos
Casais Inteligentes envelhecem Juntos Ev,Israel Leandro
 

Mais procurados (20)

Aconselhamento Cristão.pptx
Aconselhamento Cristão.pptxAconselhamento Cristão.pptx
Aconselhamento Cristão.pptx
 
Apostila palestra para casais
Apostila   palestra para casaisApostila   palestra para casais
Apostila palestra para casais
 
Panorama do AT - Cântico dos Cânticos
Panorama do AT - Cântico dos CânticosPanorama do AT - Cântico dos Cânticos
Panorama do AT - Cântico dos Cânticos
 
As doze colunas que sustentam um casamento
As doze colunas que sustentam um casamentoAs doze colunas que sustentam um casamento
As doze colunas que sustentam um casamento
 
As 12 colunas que sustentam uma família
As 12 colunas que sustentam uma famíliaAs 12 colunas que sustentam uma família
As 12 colunas que sustentam uma família
 
Liderança Cristã Seguindo os Passos de Jesus
Liderança Cristã   Seguindo os Passos de JesusLiderança Cristã   Seguindo os Passos de Jesus
Liderança Cristã Seguindo os Passos de Jesus
 
Palestra seminario de casais 2015
Palestra seminario de casais 2015Palestra seminario de casais 2015
Palestra seminario de casais 2015
 
INTIMIDADE COM DEUS
INTIMIDADE COM DEUSINTIMIDADE COM DEUS
INTIMIDADE COM DEUS
 
Lição 4 - Orientações Bíblicas sobre a Intimidade do casal
Lição 4 - Orientações Bíblicas sobre a Intimidade do casalLição 4 - Orientações Bíblicas sobre a Intimidade do casal
Lição 4 - Orientações Bíblicas sobre a Intimidade do casal
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
 
Vida Conjugal Cristã - Dois Estudos de Casos
Vida Conjugal Cristã - Dois Estudos de CasosVida Conjugal Cristã - Dois Estudos de Casos
Vida Conjugal Cristã - Dois Estudos de Casos
 
Uma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibradaUma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibrada
 
As bases do casamento cristão
As bases do casamento cristãoAs bases do casamento cristão
As bases do casamento cristão
 
Conflitos na família
Conflitos na famíliaConflitos na família
Conflitos na família
 
Relacionamento Conjugal
Relacionamento ConjugalRelacionamento Conjugal
Relacionamento Conjugal
 
88 Perguntas e Respostas sobre a Bíblia
88 Perguntas e Respostas sobre a Bíblia88 Perguntas e Respostas sobre a Bíblia
88 Perguntas e Respostas sobre a Bíblia
 
Lição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em Família
Lição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em FamíliaLição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em Família
Lição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em Família
 
Lição 3 As Bases do Casamento Cristão- professores
Lição 3  As Bases do Casamento Cristão- professoresLição 3  As Bases do Casamento Cristão- professores
Lição 3 As Bases do Casamento Cristão- professores
 
Encontro De Casais
Encontro De CasaisEncontro De Casais
Encontro De Casais
 
Casais Inteligentes envelhecem Juntos
Casais Inteligentes envelhecem Juntos Casais Inteligentes envelhecem Juntos
Casais Inteligentes envelhecem Juntos
 

Semelhante a Aconselhamento pastoral psicológico

spi9 psicologia e psicanálise cristã
spi9 psicologia e psicanálise cristãspi9 psicologia e psicanálise cristã
spi9 psicologia e psicanálise cristãfaculdadeteologica
 
A Importância da Psicologia dentro da Igreja
A Importância da Psicologia dentro da IgrejaA Importância da Psicologia dentro da Igreja
A Importância da Psicologia dentro da IgrejaIrisney Nascimento
 
Psicologia pastoral parte 1. david
Psicologia pastoral parte 1. davidPsicologia pastoral parte 1. david
Psicologia pastoral parte 1. davidDavid de Silva
 
Equilibrium Consultórios e Consultorias
Equilibrium Consultórios e ConsultoriasEquilibrium Consultórios e Consultorias
Equilibrium Consultórios e ConsultoriasMarcelo Pardo
 
A psicologia e a sua importância no mundo (1)
A psicologia e a sua importância no mundo (1)A psicologia e a sua importância no mundo (1)
A psicologia e a sua importância no mundo (1)Filipe Leal
 
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate0207psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02Ana Rodrigues
 
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalho
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalhopsicologia clínica07 psicologia clínica trabalho
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalhoGraça Martins
 
07 psicologia clínica trabalho
07 psicologia clínica trabalho07 psicologia clínica trabalho
07 psicologia clínica trabalhoGraça Martins
 
O Aconselhamento Bíblico e a Psicologia Cristã
O Aconselhamento Bíblico e a Psicologia CristãO Aconselhamento Bíblico e a Psicologia Cristã
O Aconselhamento Bíblico e a Psicologia CristãMrcioMartins73
 
A psicologia pode te ajudar de que maneira
A psicologia pode te ajudar de que maneiraA psicologia pode te ajudar de que maneira
A psicologia pode te ajudar de que maneiraMari de Moraes
 
Pps Psicoterapia[1]
Pps   Psicoterapia[1]Pps   Psicoterapia[1]
Pps Psicoterapia[1]formacaocep
 
Psicologia cl+¡nica
Psicologia cl+¡nicaPsicologia cl+¡nica
Psicologia cl+¡nicaflamarandr
 
Pps Psicoterapia[1]
Pps   Psicoterapia[1]Pps   Psicoterapia[1]
Pps Psicoterapia[1]ioseph
 

Semelhante a Aconselhamento pastoral psicológico (20)

psicologia pastoral
psicologia pastoralpsicologia pastoral
psicologia pastoral
 
Curso superior de teologia distancia
Curso superior de teologia distanciaCurso superior de teologia distancia
Curso superior de teologia distancia
 
spi9 psicologia e psicanálise cristã
spi9 psicologia e psicanálise cristãspi9 psicologia e psicanálise cristã
spi9 psicologia e psicanálise cristã
 
E-BOOK ACONSELHAMENTO CRISTÃO.pdf
E-BOOK ACONSELHAMENTO CRISTÃO.pdfE-BOOK ACONSELHAMENTO CRISTÃO.pdf
E-BOOK ACONSELHAMENTO CRISTÃO.pdf
 
A Importância da Psicologia dentro da Igreja
A Importância da Psicologia dentro da IgrejaA Importância da Psicologia dentro da Igreja
A Importância da Psicologia dentro da Igreja
 
Psicologia pastoral parte 1. david
Psicologia pastoral parte 1. davidPsicologia pastoral parte 1. david
Psicologia pastoral parte 1. david
 
Psicoterapia
PsicoterapiaPsicoterapia
Psicoterapia
 
Equilibrium Consultórios e Consultorias
Equilibrium Consultórios e ConsultoriasEquilibrium Consultórios e Consultorias
Equilibrium Consultórios e Consultorias
 
A psicologia e a sua importância no mundo (1)
A psicologia e a sua importância no mundo (1)A psicologia e a sua importância no mundo (1)
A psicologia e a sua importância no mundo (1)
 
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate0207psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
 
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalho
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalhopsicologia clínica07 psicologia clínica trabalho
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalho
 
07 psicologia clínica trabalho
07 psicologia clínica trabalho07 psicologia clínica trabalho
07 psicologia clínica trabalho
 
O Aconselhamento Bíblico e a Psicologia Cristã
O Aconselhamento Bíblico e a Psicologia CristãO Aconselhamento Bíblico e a Psicologia Cristã
O Aconselhamento Bíblico e a Psicologia Cristã
 
Psicologia Aplicada
Psicologia AplicadaPsicologia Aplicada
Psicologia Aplicada
 
Curso superior de teologia à distância 4
Curso superior de teologia à distância 4Curso superior de teologia à distância 4
Curso superior de teologia à distância 4
 
Curso superior de teologia à distância 3
Curso superior de teologia à distância 3Curso superior de teologia à distância 3
Curso superior de teologia à distância 3
 
A psicologia pode te ajudar de que maneira
A psicologia pode te ajudar de que maneiraA psicologia pode te ajudar de que maneira
A psicologia pode te ajudar de que maneira
 
Pps Psicoterapia[1]
Pps   Psicoterapia[1]Pps   Psicoterapia[1]
Pps Psicoterapia[1]
 
Psicologia cl+¡nica
Psicologia cl+¡nicaPsicologia cl+¡nica
Psicologia cl+¡nica
 
Pps Psicoterapia[1]
Pps   Psicoterapia[1]Pps   Psicoterapia[1]
Pps Psicoterapia[1]
 

Mais de Pastor Juscelino Freitas

Ser criança é bom de mais. ser adulto é muito melhor
Ser criança é bom de mais. ser adulto é muito melhorSer criança é bom de mais. ser adulto é muito melhor
Ser criança é bom de mais. ser adulto é muito melhorPastor Juscelino Freitas
 
As características do Obreiro Coluna na igreja
As características do Obreiro Coluna na igrejaAs características do Obreiro Coluna na igreja
As características do Obreiro Coluna na igrejaPastor Juscelino Freitas
 
Culto de ação de graça... juscelino e edilene
Culto de ação de graça... juscelino e edileneCulto de ação de graça... juscelino e edilene
Culto de ação de graça... juscelino e edilenePastor Juscelino Freitas
 

Mais de Pastor Juscelino Freitas (20)

O verdadeiro arrependimento
O verdadeiro arrependimentoO verdadeiro arrependimento
O verdadeiro arrependimento
 
Ser criança é bom de mais. ser adulto é muito melhor
Ser criança é bom de mais. ser adulto é muito melhorSer criança é bom de mais. ser adulto é muito melhor
Ser criança é bom de mais. ser adulto é muito melhor
 
Curso Lealdade e Deslealdade
Curso Lealdade e DeslealdadeCurso Lealdade e Deslealdade
Curso Lealdade e Deslealdade
 
Que é uma liderança
Que é uma liderançaQue é uma liderança
Que é uma liderança
 
As características do Obreiro Coluna na igreja
As características do Obreiro Coluna na igrejaAs características do Obreiro Coluna na igreja
As características do Obreiro Coluna na igreja
 
Conselhos simples para ser um Bom Obreiro
Conselhos simples para ser um Bom ObreiroConselhos simples para ser um Bom Obreiro
Conselhos simples para ser um Bom Obreiro
 
Interpretação bíblica método oica
Interpretação bíblica   método oicaInterpretação bíblica   método oica
Interpretação bíblica método oica
 
As crises dentro da familia
As crises dentro da familiaAs crises dentro da familia
As crises dentro da familia
 
I seminário para jovens 2017
I seminário para jovens 2017I seminário para jovens 2017
I seminário para jovens 2017
 
Panorama do novo e antigo testamento
Panorama do novo e antigo testamentoPanorama do novo e antigo testamento
Panorama do novo e antigo testamento
 
Figuras de linguagem biblica
Figuras de linguagem biblicaFiguras de linguagem biblica
Figuras de linguagem biblica
 
Material composição da bíblia
Material composição da bíbliaMaterial composição da bíblia
Material composição da bíblia
 
Hermeneutica bíblica cópia
Hermeneutica bíblica   cópiaHermeneutica bíblica   cópia
Hermeneutica bíblica cópia
 
Como interpretar a bíblia
Como interpretar a bíbliaComo interpretar a bíblia
Como interpretar a bíblia
 
Culto de ação de graça... juscelino e edilene
Culto de ação de graça... juscelino e edileneCulto de ação de graça... juscelino e edilene
Culto de ação de graça... juscelino e edilene
 
Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulherDia internacional da mulher
Dia internacional da mulher
 
Secretaria de missões
Secretaria de missõesSecretaria de missões
Secretaria de missões
 
O que é e o que não ebd
O que é e o que não ebdO que é e o que não ebd
O que é e o que não ebd
 
A importancia da ebd
A importancia da ebdA importancia da ebd
A importancia da ebd
 
Compromisso, fidelidade e honra ao senhor
Compromisso, fidelidade e honra ao senhorCompromisso, fidelidade e honra ao senhor
Compromisso, fidelidade e honra ao senhor
 

Último

Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxrenatacolbeich1
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxalessandraoliveira324
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 

Último (20)

Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 

Aconselhamento pastoral psicológico

  • 1. PSICOLOGIA PASTORAL Pr. Juscelino Freitas Email: juscelinofreitas799Gmail.com
  • 2. PSICOLOGIA PASTORAL ACONSELHAMENTO PASTORAL Aconselhar não é dar conselhos, mas sim estar presente na vida de uma pessoa, orientando e auxiliando através de várias técnicas, ajudando a resolver seus conflitos emocionais.
  • 3. No aconselhamento pastoral, são utilizados princípios bíblicos para a orientação das condutas e nas tomadas de decisões. Esta necessidade surge porque nos cultos não conseguimos atingir as necessidades individuais das pessoas, o que pode ser suprido no aconselhamento. PSICOLOGIA PASTORAL
  • 4. Os principais fatores que levam uma pessoa ao aconselhamento são: medo, depressão, ira, falta de perdão, abuso sexual, tentações sexuais, violência doméstica, problemas conjugais e dificuldades na educação dos filhos. PSICOLOGIA PASTORAL
  • 5. A Psicologia é importante neste processo, porque muitos problemas comportamentais surgem por dificuldades emocionais. A pessoa que por exemplo tem dificuldade de amar e aceitar a si mesma, geralmente tem dificuldade de amar, aceitar e se relacionar com outras pessoas. PSICOLOGIA PASTORAL
  • 6. Características de um Conselheiro Cristão Podemos destacar algumas características de um conselheiro, como: ser uma pessoa equilibrada, envolvente, disponível, sem medo de se aproximar das pessoas, paciente, bondoso, mas ao mesmo tempo em que não fique “passando a mão” na cabeça das pessoas. O autor Gary Collins afirma: PSICOLOGIA PASTORAL
  • 7. “O bom conselheiro, por exemplo, é capaz de viver eficientemente, com poucos conflitos imobilizantes, desânimos, inseguranças ou problemas pessoais. O conselheiro eficiente é também compassivo, interessado nas pessoas, alerta em relação aos seus próprios sentimentos e motivos, revelando-se mais do que se ocultando, e bem informado no setor de aconselhamento”. PSICOLOGIA PASTORAL
  • 8. Definição sobre Psicologia Pastoral Para vir ao encontro das necessidades de muitas pessoas que sofrem e procuram por ajuda, surgiu a psicologia pastoral. Trata-se de uma subdisciplina da teologia pastoral. Ela resultou do diálogo e da cooperação entre médicos e pastores. PSICOLOGIA PASTORAL
  • 9. Por ser uma disciplina nova, suas atribuições e seu campo de competência ainda não estão claramente definidos. Claro está que ela pretende aplicar conhecimentos e recursos da psicologia à prática pastoral. PSICOLOGIA PASTORAL
  • 10. Neste nosso mundo globalizado, se faz cada vez mais necessário o diálogo interdisciplinar, visando ao bem-estar de todos os homens e do homem como um todo. As pessoas procuram ajuda pastoral nas mais diferentes situações de suas vidas. PSICOLOGIA PASTORAL
  • 11. Não há lugar mais terapêutico do que relações humanas sadias. O objetivo da psicologia pastoral em relação à depressão é mediar algo do amor de Deus, não só através da palavra falada, mas também do gesto e da postura do conselheiro, de modo que o paciente, sentindo a atenção e o carinho do conselheiro, também experimente algo do amor divino. PSICOLOGIA PASTORAL
  • 12. Segundo Clinebell, a psicologia pastoral é a utilização de uma variedade de métodos de cura para ajudar as pessoas a lidar com seus problemas e crises de uma forma mais conducente e a experimentar a cura de seu quebrantamento. PSICOLOGIA PASTORAL
  • 13. O desenvolvimento histórico da Psicologia Pastoral. Podemos esquematizar o desenvolvimento histórico da psicologia em quatro grandes períodos: Primeiro período. A psicologia pré-científica. Conhecimento primitivo e vulgar sobre o comportamento humano. PSICOLOGIA PASTORAL
  • 14. Segundo período. A psicologia experimental. Método de observação e coleta que seleciona coisas ou atos que se deseja estudar (geralmente em laboratórios). PSICOLOGIA PASTORAL
  • 15. Terceiro período. Era das escolas psicológicas. Marcado por opiniões nitidamente diferentes quanto ao que deveria ser a psicologia, distinguindo três problemas: mente versus comportamento; teoria do campo versus atomismo; nativismo versus empirismo. PSICOLOGIA PASTORAL
  • 16. Quarto Período. Psicologia contemporânea. Atualmente, ainda que com certo grau de imprecisão, pode se dizer que a psicologia é uma ciência complexa, que engloba várias ideias, inúmeras correntes e escolas. PSICOLOGIA PASTORAL
  • 17. Em verdade, a psicologia pastoral surgiu num momento oportuno, no qual se observa um fracionamento crescente da psicologia em escolas psicoterapêuticas as mais diversas, cada uma com premissas, métodos e objetivos diferentes. PSICOLOGIA PASTORAL
  • 18. As escolas que mais têm encontrado ressonância nos meios eclesiásticos e poimênicos são a psicanálise de C. G. Jung, a terapia centrada no paciente de C. Rogers e mais recentemente a logoterapia de V. Frankl. PSICOLOGIA PASTORAL
  • 19. Conclusão Saber lidar com conflitos de valores também envolve questões éticas. No aconselhamento surgem pessoas com diversos tipos de problemas e confidências, algumas dessas atitudes podem “chocar” o conselheiro, como: abuso sexual, homossexualidade, alguém que tem compulsão ao roubo, praticou algum crime, ou que queira fazer aborto para evitar escândalo na Igreja. Gary Collins demonstra qual deve ser a postura do conselheiro em relação a isto: PSICOLOGIA PASTORAL
  • 20. “O conselheiro tem a obrigação de manter em segredo as informações confidenciais, a não ser que haja risco para o bem-estar do aconselhado ou de outra pessoa. Em tais ocasiões, o aconselhado deve ser orientado no sentido de transmitir a informação diretamente às pessoas envolvidas (polícia, empregadores, pais, etc.), e em regra geral, a informação não deve ser divulgada pelo conselheiro sem conhecimento do paciente... PSICOLOGIA PASTORAL
  • 21. ...Além disso, o conselheiro deve abster-se de administrar ou interpretar testes, dar conselhos médicos ou legais, ou oferecer qualquer serviço para os quais não esteja treinado nem qualificado”. PSICOLOGIA PASTORAL