SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
RESUMO DA LIVE
Tema_

Comportamento:
 

Por que faço o que faço?
Clique nos ícones para acessar @julio_pascoal_ Entre para a nossa Liga
METAPROGRAMAS


Uma
á
rea chave para a PNL
é
a forma como se comunica atrav
é
s da linguagem. O que voc
ê
diz e como diz afeta outras pessoas e pode influenciar ou persuadir de diferentes maneiras.
É
necess
á
rio ouvir com muita aten
ç
ã
o o que est
ã
o falando para observar as palavras e frases
que o outro utiliza.


O estilo de linguagem geralmente acontece de forma inconsciente e a comunica
ç
ã
o
é
melhor
quando as pessoas utilizam estilos semelhantes. Os padr
õ
es de linguagem, conhecidos na PNL
como Metaprogramas, se desenvolvem ao longo da vida. As diferentes experi
ê
ncias da vida
mudam o uso destes padr
õ
es.


As pessoas percebem e interpretam as situa
ç
õ
es atrav
é
s do uso das palavras (o uso dos
padr
õ
es).


Os metaprogramas s
ã
o esp
é
cies de “filtros” atrav
é
s dos quais processamos a realidade e
criamos o nosso mapa do mundo. Nossos c
é
rebros funcionam como um computador que
processa uma quantidade enorme de informa
ç
õ
es, e mediante os metaprogramas,
organizamos essas informa
ç
õ
es em determinadas estruturas. Estas nos mostram em que
devemos prestar aten
ç
ã
o, que conclus
õ
es tiraremos de nossas experi
ê
ncias e quais ser
ã
o as
suas implica
ç
õ
es.


A capacidade de compreender os metaprogramas de outras pessoas nos permite construir
rapport e nos comunicarmos de forma mais efetiva.
É
comum pessoas com padr
õ
es de
linguagem semelhantes terem padr
õ
es de comportamento semelhantes. Cada pessoa tem
metaprogramas preferidos e, para que a comunica
ç
ã
o seja efetiva voc
ê
deve usar as palavras
e frases da forma apropriada para a outra pessoa (dizer o perfeito, da forma correta, no
momento perfeito).


A seguir veremos alguns exemplos dos principais metaprogramas conhecidos e trabalhados na
em nossa live aula. Aproveite!!!




Julio Pascoal
Clique nos ícones para acessar @julio_pascoal_ Entre para a nossa Liga
1. Proativo / Reativo




Proativo


As pessoas que usam este metaprograma desfrutam ao fazer coisas, assumem o controle,
tomam atitude. Gostam de estar no comando, encontrar solu
ç
õ
es, avan
ç
ar mais r
á
pido. Para
lidar com pessoas com este metaprograma voc
ê
precisa usar palavras ou frases relacionadas
a a
ç
ã
o. Por exemplo, “Voc
ê
deve fazer isso agora”.


Reativo


As pessoas que usam este metaprograma tem a tend
ê
ncia de esperar que outros tomem a
lideran
ç
a. Analisam as possibilidades e objetivos, esperam instru
ç
õ
es, avan
ç
ando lentamente.
Para lidar com pessoas com este metaprograma voc
ê
precisa usar palavras ou frases
relacionadas com a espera. Por exemplo, “Vamos ver o que o gerente diz”.


2. Afastar / Aproximar


Afastar


As pessoas que orientam por este metaprograma tem a tend
ê
ncia de evitar, excluir,
reconhecer problemas e prevenir. Geralmente colocam seu foco no negativo e em evitar
problemas. Para tratar com pessoas com este metaprograma voc
ê
necessita usar palavras,
ou frases, no negativo ou que afaste a pessoa da situa
ç
ã
o. Por exemplo, “Se voc
ê
n
ã
o
executar este projeto, pode trabalhar em...”, “Se voc
ê
n
ã
o cumprir a meta, ent
ã
o…”


Aproximar


As pessoas que utilizam este metaprograma tem a tend
ê
ncia de concentrar-se em alcan
ç
ar,
conseguir, obter. Geralmente focam no positivo e em alcan
ç
ar objetivos. Para tratar com
pessoas com este metaprograma voc
ê
necessita usar palavras, ou frases, no positivo ou que
aproxime a pessoa de um objetivo. Por exemplo, “Projetamos um aumento de 5% nas vendas
para o pr
ó
ximo m
ê
s”, “o benef
í
cio para quem alcan
ç
ar este b
ô
nus e…”


3. Interno / Externo


Interno


As pessoas que utilizam este metaprograma geralmente se concentram no interior, no uso de
seus pr
ó
prios sentimentos e no autocontrole, gosta de tomar suas pr
ó
prias decis
õ
es. Para
lidar com pessoas com este metaprograma voc
ê
precisa usar palavras ou frases sobre
sentimentos pessoais. Por exemplo, “depende de voc
ê
, voc
ê
decide”.


Externo


As pessoas que usam este metaprograma tendem a depender dos outros. Sentem que o
controle depende de outras pessoas e necessitam retroalimenta
ç
ã
o (retorno). Para lidar com
pessoas com este metaprograma voc
ê
precisa usar palavras ou frases sobre outras pessoas.
Por exemplo, “Meu chefe diz que n
ã
o posso fazer isso”, “Isso funcionou para outras pessoas”.
Clique nos ícones para acessar @julio_pascoal_ Entre para a nossa Liga
4. Op
ç
õ
es / Procedimentos


Op
ç
õ
es


As pessoas que usam este metaprograma tendem a experimentar coisas novas e se concentrar
em escolhas. Gostam da variedade e aprecia as diferentes possibilidades. Eles come
ç
am
projetos, mas nem sempre os terminam. Para lidar com as pessoas com este metaprograma
voc
ê
precisa usar palavras ou frases com op
ç
õ
es. Por exemplo, “Voc
ê
pode escolher a cor que
preferir”.


Procedimentos


As pessoas que usam este metaprograma tendem a seguir regras estabelecidas. Seguem
m
é
todos e procedimentos. Elas gostam de instru
ç
õ
es precisas, respeitam os limites de
velocidade, etc. Para tratar com pessoas com este metaprograma voc
ê
precisa usar palavras ou
frases com procedimentos claros. Por exemplo, “Voc
ê
deve seguir os passos de 1 a 10”.


5. Global / Detalhes Global (Geral / Específico)


As pessoas que utilizam este metaprograma tendem a usar a imagem geral, a vis
ã
o panor
â
mica,
uma ordem aleat
ó
ria. Para tratar com pessoas com este metaprograma voc
ê
precisa usar
palavras ou frases da imagem global. Por exemplo, “em geral, o que significa isto? ”.


Detalhes


As pessoas que utilizam este metaprograma tendem a se concentrar nos detalhes, as
sequ
ê
ncias, a exatid
ã
o e a precis
ã
o. Para lidar com pessoas com este metaprograma voc
ê
precisa usar palavras ou frases relacionadas com os detalhes. Por exemplo, “no segundo
semestre do pr
ó
ximo ano nosso crescimento ser
á
de 15%”.


6. Semelhanças / Diferenças


A pessoa presta atenção em como as coisas são iguais ou como são diferentes?


Semelhanças


Elas querem que seu mundo permaneça o mesmo. Elas podem aceitar mudanças a cada 10
anos e irão fomentar mudanças somente a cada 15 a 25 anos. Para motivar essas pessoas,
chame atenção de como as coisas não mudaram, que elas ainda estão fazendo o mesmo tipo de
trabalho. Use palavras como: igual a, semelhante a, em comum, como você sempre fez, como
antes. Elas são mais apropriadas para trabalhar em ambientes que não mudam ou mudam muito
devagar ao longo do tempo.
Clique nos ícones para acessar @julio_pascoal_ Entre para a nossa Liga
Semelhanças com Exceções


Essas pessoas gostam de ver mudanças acontecerem muito devagar ao longo do tempo. Elas
procuram mudança significativas a cada 5 a 7 anos. Palavras que motivam essas pessoas são:
aperfeiçoado, melhor, mais/menos, igual exceto, germinando, desenvolvendo, melhora gradual,
avançado.


Diferenças


mudança é um modo de vida para esse grupo – habitual e de longo alcance. Elas esperam ou
irão orquestrar grandes mudanças a cada um ou dois anos. Palavras motivadoras incluem:
nova, recente, totalmente diferente, completamente mudado, ideia radical, moderno. Se você
está pensando numa mudança radical na sua organização, são essas as pessoas que irão
conduzi-la e, lógico, são elas que a estão exigindo!


Semelhanças com Exceção e Diferença


Esse grupo espera grandes mudanças a cada três a quatro anos. Elas gostam do equilíbrio
entre progresso e grandes revoltas. Palavras motivadoras incluiriam a combinação daquelas
usadas pelos grupos Diferenças e Semelhanças com Exceção.


7. Orientado para o passado / Orientado para o futuro


Orientado no tempo passado


As pessoas que usam este metaprograma tendem a concentrar-se no passado. Para lidar com
pessoas com este metaprograma voc
ê
precisa usar palavras ou frases sobre o passado. Por
exemplo, “na
ú
ltima vez que fiz esta apresenta
ç
ã
o…”.


Orientado no tempo futuro


As pessoas que usam este metaprograma tendem a colocar o foco no futuro. Para lidar com
pessoas com este metaprograma voc
ê
necessita usar palavras ou frases sobre o futuro. Por
exemplo, “em cinco anos eu quero ser…”.


Até a próxima live aula!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalhando com os pensamentos automáticos
Trabalhando com os pensamentos automáticosTrabalhando com os pensamentos automáticos
Trabalhando com os pensamentos automáticosSarah Karenina
 
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicos
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicosIntrodução ao estudo dos processos psicológicos básicos
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicosCaio Maximino
 
Liderança e Gestão de pessoas
Liderança e Gestão de pessoasLiderança e Gestão de pessoas
Liderança e Gestão de pessoasAdriana Reis
 
A teoria de campo e comportamento organizacional
A teoria de campo e comportamento organizacionalA teoria de campo e comportamento organizacional
A teoria de campo e comportamento organizacionalCarla Nascimento
 
AULA+DESENVOLVIMENTO+PSICOSSEXUAL+FREUD.ppt
AULA+DESENVOLVIMENTO+PSICOSSEXUAL+FREUD.pptAULA+DESENVOLVIMENTO+PSICOSSEXUAL+FREUD.ppt
AULA+DESENVOLVIMENTO+PSICOSSEXUAL+FREUD.pptAlessandraPaulaStefa
 
Conceituação cognitiva
Conceituação cognitivaConceituação cognitiva
Conceituação cognitivaSarah Karenina
 
Gestão do Tempo - Como manter o trabalho sob controle e minimizar o estresse ...
Gestão do Tempo - Como manter o trabalho sob controle e minimizar o estresse ...Gestão do Tempo - Como manter o trabalho sob controle e minimizar o estresse ...
Gestão do Tempo - Como manter o trabalho sob controle e minimizar o estresse ...Natalia Menezes
 
Técnicas de Negociação
Técnicas de NegociaçãoTécnicas de Negociação
Técnicas de NegociaçãoNext Educação
 
A administração de conflitos interpessoais dentro da equipe (1)
A administração de conflitos interpessoais dentro da equipe (1)A administração de conflitos interpessoais dentro da equipe (1)
A administração de conflitos interpessoais dentro da equipe (1)Jeane Valentim
 
Apresentação1 Escalas Beck
Apresentação1 Escalas BeckApresentação1 Escalas Beck
Apresentação1 Escalas Beckmicaterres
 
03.Slides Liderança e Comunicação.pdf
03.Slides Liderança e Comunicação.pdf03.Slides Liderança e Comunicação.pdf
03.Slides Liderança e Comunicação.pdfmariasantana771293
 

Mais procurados (20)

Trabalhando com os pensamentos automáticos
Trabalhando com os pensamentos automáticosTrabalhando com os pensamentos automáticos
Trabalhando com os pensamentos automáticos
 
Gestão do Tempo
Gestão do TempoGestão do Tempo
Gestão do Tempo
 
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicos
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicosIntrodução ao estudo dos processos psicológicos básicos
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicos
 
Liderança e Gestão de pessoas
Liderança e Gestão de pessoasLiderança e Gestão de pessoas
Liderança e Gestão de pessoas
 
TCC - Terapia Cognitivo Comportamental
TCC - Terapia Cognitivo ComportamentalTCC - Terapia Cognitivo Comportamental
TCC - Terapia Cognitivo Comportamental
 
Terapia de casal
Terapia de casalTerapia de casal
Terapia de casal
 
A teoria de campo e comportamento organizacional
A teoria de campo e comportamento organizacionalA teoria de campo e comportamento organizacional
A teoria de campo e comportamento organizacional
 
Palestra gestão de conflitos março 2013
Palestra gestão de conflitos   março 2013Palestra gestão de conflitos   março 2013
Palestra gestão de conflitos março 2013
 
AULA+DESENVOLVIMENTO+PSICOSSEXUAL+FREUD.ppt
AULA+DESENVOLVIMENTO+PSICOSSEXUAL+FREUD.pptAULA+DESENVOLVIMENTO+PSICOSSEXUAL+FREUD.ppt
AULA+DESENVOLVIMENTO+PSICOSSEXUAL+FREUD.ppt
 
Conceituação cognitiva
Conceituação cognitivaConceituação cognitiva
Conceituação cognitiva
 
Gestão do Tempo - Como manter o trabalho sob controle e minimizar o estresse ...
Gestão do Tempo - Como manter o trabalho sob controle e minimizar o estresse ...Gestão do Tempo - Como manter o trabalho sob controle e minimizar o estresse ...
Gestão do Tempo - Como manter o trabalho sob controle e minimizar o estresse ...
 
Técnicas de Negociação
Técnicas de NegociaçãoTécnicas de Negociação
Técnicas de Negociação
 
A administração de conflitos interpessoais dentro da equipe (1)
A administração de conflitos interpessoais dentro da equipe (1)A administração de conflitos interpessoais dentro da equipe (1)
A administração de conflitos interpessoais dentro da equipe (1)
 
Workshop A Tríade do Tempo
Workshop A Tríade do TempoWorkshop A Tríade do Tempo
Workshop A Tríade do Tempo
 
Tecnicas de negociação
Tecnicas de negociaçãoTecnicas de negociação
Tecnicas de negociação
 
Apresentação1 Escalas Beck
Apresentação1 Escalas BeckApresentação1 Escalas Beck
Apresentação1 Escalas Beck
 
Terapia Comportamental e Cognitiva
Terapia Comportamental e CognitivaTerapia Comportamental e Cognitiva
Terapia Comportamental e Cognitiva
 
Aula 1 maravilha
Aula 1   maravilhaAula 1   maravilha
Aula 1 maravilha
 
A terapia cognitivo comportamental
A terapia cognitivo comportamentalA terapia cognitivo comportamental
A terapia cognitivo comportamental
 
03.Slides Liderança e Comunicação.pdf
03.Slides Liderança e Comunicação.pdf03.Slides Liderança e Comunicação.pdf
03.Slides Liderança e Comunicação.pdf
 

Semelhante a Metaprogramas da PNL

Como controlar o nível de estresse no trabalho e na vida pessoal
Como controlar o nível de estresse no trabalho e na vida pessoalComo controlar o nível de estresse no trabalho e na vida pessoal
Como controlar o nível de estresse no trabalho e na vida pessoalDeyviane Teixeira
 
(Transformar) Impacto II
(Transformar) Impacto II(Transformar) Impacto II
(Transformar) Impacto IIInk_conteudos
 
pnl_coletnea_-formadora_-wania_andrade.pdf
pnl_coletnea_-formadora_-wania_andrade.pdfpnl_coletnea_-formadora_-wania_andrade.pdf
pnl_coletnea_-formadora_-wania_andrade.pdfCarmito Aires
 
M2.d2.a7.s entrevista motivacional editado
M2.d2.a7.s entrevista motivacional editadoM2.d2.a7.s entrevista motivacional editado
M2.d2.a7.s entrevista motivacional editadoInaiara Bragante
 
Coaching em liderança - Julio Pereira
Coaching em liderança - Julio PereiraCoaching em liderança - Julio Pereira
Coaching em liderança - Julio PereiraArmin Caldas
 
Aula 6 Modelos Mentais: conceito e análise
Aula 6  Modelos Mentais: conceito e análiseAula 6  Modelos Mentais: conceito e análise
Aula 6 Modelos Mentais: conceito e análiseCarlos Alves
 
Feedback diagnostico instrugen_2016_2
Feedback diagnostico instrugen_2016_2Feedback diagnostico instrugen_2016_2
Feedback diagnostico instrugen_2016_2Juliana Aguiar
 
Feedback ad instrugen_2017_1
Feedback ad instrugen_2017_1Feedback ad instrugen_2017_1
Feedback ad instrugen_2017_1Juliana Aguiar
 
8 Competências Emocionais Sine Qua Non
8 Competências Emocionais Sine Qua Non8 Competências Emocionais Sine Qua Non
8 Competências Emocionais Sine Qua NonJorge Covacs
 
Programa de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégias
Programa de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégiasPrograma de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégias
Programa de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégiaspsimais
 
Boletim coaching junho13
Boletim coaching   junho13Boletim coaching   junho13
Boletim coaching junho13Myrthes Lutke
 
A atitude positiva é uma escolha
A atitude positiva é uma escolhaA atitude positiva é uma escolha
A atitude positiva é uma escolhaFabio Scussolino
 

Semelhante a Metaprogramas da PNL (20)

Como controlar o nível de estresse no trabalho e na vida pessoal
Como controlar o nível de estresse no trabalho e na vida pessoalComo controlar o nível de estresse no trabalho e na vida pessoal
Como controlar o nível de estresse no trabalho e na vida pessoal
 
Apresentacao tecnica 5_as
Apresentacao tecnica 5_asApresentacao tecnica 5_as
Apresentacao tecnica 5_as
 
(Transformar) Impacto II
(Transformar) Impacto II(Transformar) Impacto II
(Transformar) Impacto II
 
Tecnica_5As_U3M1
Tecnica_5As_U3M1Tecnica_5As_U3M1
Tecnica_5As_U3M1
 
pnl_coletnea_-formadora_-wania_andrade.pdf
pnl_coletnea_-formadora_-wania_andrade.pdfpnl_coletnea_-formadora_-wania_andrade.pdf
pnl_coletnea_-formadora_-wania_andrade.pdf
 
M2.d2.a7.s entrevista motivacional editado
M2.d2.a7.s entrevista motivacional editadoM2.d2.a7.s entrevista motivacional editado
M2.d2.a7.s entrevista motivacional editado
 
Visando estratégias mais elevadas no marketing político da pré campanha até a...
Visando estratégias mais elevadas no marketing político da pré campanha até a...Visando estratégias mais elevadas no marketing político da pré campanha até a...
Visando estratégias mais elevadas no marketing político da pré campanha até a...
 
Mirai, um conceito, um novo olhar para o futuro - E-book.pdf
Mirai, um conceito, um novo olhar para o futuro - E-book.pdfMirai, um conceito, um novo olhar para o futuro - E-book.pdf
Mirai, um conceito, um novo olhar para o futuro - E-book.pdf
 
Coaching em liderança - Julio Pereira
Coaching em liderança - Julio PereiraCoaching em liderança - Julio Pereira
Coaching em liderança - Julio Pereira
 
Feedback e comunicação
Feedback e comunicaçãoFeedback e comunicação
Feedback e comunicação
 
Perfil ideal do profissional da atualidade
Perfil ideal do profissional da atualidadePerfil ideal do profissional da atualidade
Perfil ideal do profissional da atualidade
 
Aula 6 Modelos Mentais: conceito e análise
Aula 6  Modelos Mentais: conceito e análiseAula 6  Modelos Mentais: conceito e análise
Aula 6 Modelos Mentais: conceito e análise
 
Feedback diagnostico instrugen_2016_2
Feedback diagnostico instrugen_2016_2Feedback diagnostico instrugen_2016_2
Feedback diagnostico instrugen_2016_2
 
Feedback ad instrugen_2017_1
Feedback ad instrugen_2017_1Feedback ad instrugen_2017_1
Feedback ad instrugen_2017_1
 
8 Competências Emocionais Sine Qua Non
8 Competências Emocionais Sine Qua Non8 Competências Emocionais Sine Qua Non
8 Competências Emocionais Sine Qua Non
 
Programa de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégias
Programa de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégiasPrograma de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégias
Programa de Manutenção de Ganhos - Algumas dicas e estratégias
 
Os Paradigmas
Os ParadigmasOs Paradigmas
Os Paradigmas
 
Boletim coaching junho13
Boletim coaching   junho13Boletim coaching   junho13
Boletim coaching junho13
 
A atitude positiva é uma escolha
A atitude positiva é uma escolhaA atitude positiva é uma escolha
A atitude positiva é uma escolha
 
RELACIONAMENTO INTERPESSOAL E INTERSETORIAL NAS ORGANIZAÇÕES
RELACIONAMENTO INTERPESSOAL E INTERSETORIAL NAS ORGANIZAÇÕES RELACIONAMENTO INTERPESSOAL E INTERSETORIAL NAS ORGANIZAÇÕES
RELACIONAMENTO INTERPESSOAL E INTERSETORIAL NAS ORGANIZAÇÕES
 

Mais de Julio Pascoal

Curso de formação em atendimento ao cliente (4ª aula) - Julio Pascoal
Curso de formação em atendimento ao cliente (4ª aula) - Julio PascoalCurso de formação em atendimento ao cliente (4ª aula) - Julio Pascoal
Curso de formação em atendimento ao cliente (4ª aula) - Julio PascoalJulio Pascoal
 
Curso de formação em atendimento ao cliente (3ª aula) - Julio Pascoal
Curso de formação em atendimento ao cliente (3ª aula) - Julio PascoalCurso de formação em atendimento ao cliente (3ª aula) - Julio Pascoal
Curso de formação em atendimento ao cliente (3ª aula) - Julio PascoalJulio Pascoal
 
Curso de formação em atendimento ao cliente (2ª aula) - Julio Pascoal
Curso de formação em atendimento ao cliente (2ª aula) - Julio PascoalCurso de formação em atendimento ao cliente (2ª aula) - Julio Pascoal
Curso de formação em atendimento ao cliente (2ª aula) - Julio PascoalJulio Pascoal
 
Curso de Formação em Atendimento ao Cliente (1ª AULA) - Por Julio Pascoal
Curso de Formação em Atendimento ao Cliente (1ª AULA) - Por Julio PascoalCurso de Formação em Atendimento ao Cliente (1ª AULA) - Por Julio Pascoal
Curso de Formação em Atendimento ao Cliente (1ª AULA) - Por Julio PascoalJulio Pascoal
 
Liderança - Despertando seu Líder Interior - Por Julio Pascoal
Liderança - Despertando seu Líder Interior - Por Julio PascoalLiderança - Despertando seu Líder Interior - Por Julio Pascoal
Liderança - Despertando seu Líder Interior - Por Julio PascoalJulio Pascoal
 
O poder da comunicação & oratória Por Julio Pascoal
O poder da comunicação & oratória   Por Julio PascoalO poder da comunicação & oratória   Por Julio Pascoal
O poder da comunicação & oratória Por Julio PascoalJulio Pascoal
 
Empreendedorismo - Despertando meu Empreendedor Adormecido
Empreendedorismo - Despertando meu Empreendedor AdormecidoEmpreendedorismo - Despertando meu Empreendedor Adormecido
Empreendedorismo - Despertando meu Empreendedor AdormecidoJulio Pascoal
 
Trabalho em Equipe - Somos um time... e juntos somos mais fortes!!!
Trabalho em Equipe - Somos um time... e juntos somos mais fortes!!!Trabalho em Equipe - Somos um time... e juntos somos mais fortes!!!
Trabalho em Equipe - Somos um time... e juntos somos mais fortes!!!Julio Pascoal
 
Entendendo o Comportamento humano - Por Julio Pascoal
Entendendo o Comportamento humano - Por Julio PascoalEntendendo o Comportamento humano - Por Julio Pascoal
Entendendo o Comportamento humano - Por Julio PascoalJulio Pascoal
 
Postura no Processo Seletivo- Ou seja... Marketing Pessoal
Postura no Processo Seletivo- Ou seja... Marketing PessoalPostura no Processo Seletivo- Ou seja... Marketing Pessoal
Postura no Processo Seletivo- Ou seja... Marketing PessoalJulio Pascoal
 
4 p's do marketing pessoal um produto chamado você - trecho
4 p's do marketing pessoal um produto chamado você - trecho4 p's do marketing pessoal um produto chamado você - trecho
4 p's do marketing pessoal um produto chamado você - trechoJulio Pascoal
 
Motivação minha motivação motiva!!! por julio pascoal
Motivação   minha motivação motiva!!! por julio pascoalMotivação   minha motivação motiva!!! por julio pascoal
Motivação minha motivação motiva!!! por julio pascoalJulio Pascoal
 
Técnicas de atendimento ao cliente
Técnicas de atendimento ao clienteTécnicas de atendimento ao cliente
Técnicas de atendimento ao clienteJulio Pascoal
 
Vendas - Uma negociação
Vendas - Uma negociaçãoVendas - Uma negociação
Vendas - Uma negociaçãoJulio Pascoal
 
Técnicas de atendimento ao cliente
Técnicas de atendimento ao clienteTécnicas de atendimento ao cliente
Técnicas de atendimento ao clienteJulio Pascoal
 
Recrutamento e Seleção
Recrutamento e SeleçãoRecrutamento e Seleção
Recrutamento e SeleçãoJulio Pascoal
 

Mais de Julio Pascoal (18)

Curso de formação em atendimento ao cliente (4ª aula) - Julio Pascoal
Curso de formação em atendimento ao cliente (4ª aula) - Julio PascoalCurso de formação em atendimento ao cliente (4ª aula) - Julio Pascoal
Curso de formação em atendimento ao cliente (4ª aula) - Julio Pascoal
 
Curso de formação em atendimento ao cliente (3ª aula) - Julio Pascoal
Curso de formação em atendimento ao cliente (3ª aula) - Julio PascoalCurso de formação em atendimento ao cliente (3ª aula) - Julio Pascoal
Curso de formação em atendimento ao cliente (3ª aula) - Julio Pascoal
 
Curso de formação em atendimento ao cliente (2ª aula) - Julio Pascoal
Curso de formação em atendimento ao cliente (2ª aula) - Julio PascoalCurso de formação em atendimento ao cliente (2ª aula) - Julio Pascoal
Curso de formação em atendimento ao cliente (2ª aula) - Julio Pascoal
 
Curso de Formação em Atendimento ao Cliente (1ª AULA) - Por Julio Pascoal
Curso de Formação em Atendimento ao Cliente (1ª AULA) - Por Julio PascoalCurso de Formação em Atendimento ao Cliente (1ª AULA) - Por Julio Pascoal
Curso de Formação em Atendimento ao Cliente (1ª AULA) - Por Julio Pascoal
 
Liderança - Despertando seu Líder Interior - Por Julio Pascoal
Liderança - Despertando seu Líder Interior - Por Julio PascoalLiderança - Despertando seu Líder Interior - Por Julio Pascoal
Liderança - Despertando seu Líder Interior - Por Julio Pascoal
 
O poder da comunicação & oratória Por Julio Pascoal
O poder da comunicação & oratória   Por Julio PascoalO poder da comunicação & oratória   Por Julio Pascoal
O poder da comunicação & oratória Por Julio Pascoal
 
Empreendedorismo - Despertando meu Empreendedor Adormecido
Empreendedorismo - Despertando meu Empreendedor AdormecidoEmpreendedorismo - Despertando meu Empreendedor Adormecido
Empreendedorismo - Despertando meu Empreendedor Adormecido
 
Trabalho em Equipe - Somos um time... e juntos somos mais fortes!!!
Trabalho em Equipe - Somos um time... e juntos somos mais fortes!!!Trabalho em Equipe - Somos um time... e juntos somos mais fortes!!!
Trabalho em Equipe - Somos um time... e juntos somos mais fortes!!!
 
Entendendo o Comportamento humano - Por Julio Pascoal
Entendendo o Comportamento humano - Por Julio PascoalEntendendo o Comportamento humano - Por Julio Pascoal
Entendendo o Comportamento humano - Por Julio Pascoal
 
Postura no Processo Seletivo- Ou seja... Marketing Pessoal
Postura no Processo Seletivo- Ou seja... Marketing PessoalPostura no Processo Seletivo- Ou seja... Marketing Pessoal
Postura no Processo Seletivo- Ou seja... Marketing Pessoal
 
4 p's do marketing pessoal um produto chamado você - trecho
4 p's do marketing pessoal um produto chamado você - trecho4 p's do marketing pessoal um produto chamado você - trecho
4 p's do marketing pessoal um produto chamado você - trecho
 
Motivação minha motivação motiva!!! por julio pascoal
Motivação   minha motivação motiva!!! por julio pascoalMotivação   minha motivação motiva!!! por julio pascoal
Motivação minha motivação motiva!!! por julio pascoal
 
Criatividade
CriatividadeCriatividade
Criatividade
 
Técnicas de atendimento ao cliente
Técnicas de atendimento ao clienteTécnicas de atendimento ao cliente
Técnicas de atendimento ao cliente
 
Vendas - Uma negociação
Vendas - Uma negociaçãoVendas - Uma negociação
Vendas - Uma negociação
 
Técnicas de atendimento ao cliente
Técnicas de atendimento ao clienteTécnicas de atendimento ao cliente
Técnicas de atendimento ao cliente
 
Recrutamento e Seleção
Recrutamento e SeleçãoRecrutamento e Seleção
Recrutamento e Seleção
 
Marketing pessoal
Marketing pessoalMarketing pessoal
Marketing pessoal
 

Último

O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 

Último (20)

O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 

Metaprogramas da PNL

  • 2. Tema_
 Comportamento: Por que faço o que faço?
  • 3. Clique nos ícones para acessar @julio_pascoal_ Entre para a nossa Liga METAPROGRAMAS Uma á rea chave para a PNL é a forma como se comunica atrav é s da linguagem. O que voc ê diz e como diz afeta outras pessoas e pode influenciar ou persuadir de diferentes maneiras. É necess á rio ouvir com muita aten ç ã o o que est ã o falando para observar as palavras e frases que o outro utiliza. O estilo de linguagem geralmente acontece de forma inconsciente e a comunica ç ã o é melhor quando as pessoas utilizam estilos semelhantes. Os padr õ es de linguagem, conhecidos na PNL como Metaprogramas, se desenvolvem ao longo da vida. As diferentes experi ê ncias da vida mudam o uso destes padr õ es. As pessoas percebem e interpretam as situa ç õ es atrav é s do uso das palavras (o uso dos padr õ es). Os metaprogramas s ã o esp é cies de “filtros” atrav é s dos quais processamos a realidade e criamos o nosso mapa do mundo. Nossos c é rebros funcionam como um computador que processa uma quantidade enorme de informa ç õ es, e mediante os metaprogramas, organizamos essas informa ç õ es em determinadas estruturas. Estas nos mostram em que devemos prestar aten ç ã o, que conclus õ es tiraremos de nossas experi ê ncias e quais ser ã o as suas implica ç õ es. A capacidade de compreender os metaprogramas de outras pessoas nos permite construir rapport e nos comunicarmos de forma mais efetiva. É comum pessoas com padr õ es de linguagem semelhantes terem padr õ es de comportamento semelhantes. Cada pessoa tem metaprogramas preferidos e, para que a comunica ç ã o seja efetiva voc ê deve usar as palavras e frases da forma apropriada para a outra pessoa (dizer o perfeito, da forma correta, no momento perfeito). A seguir veremos alguns exemplos dos principais metaprogramas conhecidos e trabalhados na em nossa live aula. Aproveite!!! 
 
 Julio Pascoal
  • 4. Clique nos ícones para acessar @julio_pascoal_ Entre para a nossa Liga 1. Proativo / Reativo Proativo As pessoas que usam este metaprograma desfrutam ao fazer coisas, assumem o controle, tomam atitude. Gostam de estar no comando, encontrar solu ç õ es, avan ç ar mais r á pido. Para lidar com pessoas com este metaprograma voc ê precisa usar palavras ou frases relacionadas a a ç ã o. Por exemplo, “Voc ê deve fazer isso agora”. Reativo As pessoas que usam este metaprograma tem a tend ê ncia de esperar que outros tomem a lideran ç a. Analisam as possibilidades e objetivos, esperam instru ç õ es, avan ç ando lentamente. Para lidar com pessoas com este metaprograma voc ê precisa usar palavras ou frases relacionadas com a espera. Por exemplo, “Vamos ver o que o gerente diz”. 2. Afastar / Aproximar Afastar As pessoas que orientam por este metaprograma tem a tend ê ncia de evitar, excluir, reconhecer problemas e prevenir. Geralmente colocam seu foco no negativo e em evitar problemas. Para tratar com pessoas com este metaprograma voc ê necessita usar palavras, ou frases, no negativo ou que afaste a pessoa da situa ç ã o. Por exemplo, “Se voc ê n ã o executar este projeto, pode trabalhar em...”, “Se voc ê n ã o cumprir a meta, ent ã o…” Aproximar As pessoas que utilizam este metaprograma tem a tend ê ncia de concentrar-se em alcan ç ar, conseguir, obter. Geralmente focam no positivo e em alcan ç ar objetivos. Para tratar com pessoas com este metaprograma voc ê necessita usar palavras, ou frases, no positivo ou que aproxime a pessoa de um objetivo. Por exemplo, “Projetamos um aumento de 5% nas vendas para o pr ó ximo m ê s”, “o benef í cio para quem alcan ç ar este b ô nus e…” 3. Interno / Externo Interno As pessoas que utilizam este metaprograma geralmente se concentram no interior, no uso de seus pr ó prios sentimentos e no autocontrole, gosta de tomar suas pr ó prias decis õ es. Para lidar com pessoas com este metaprograma voc ê precisa usar palavras ou frases sobre sentimentos pessoais. Por exemplo, “depende de voc ê , voc ê decide”. Externo As pessoas que usam este metaprograma tendem a depender dos outros. Sentem que o controle depende de outras pessoas e necessitam retroalimenta ç ã o (retorno). Para lidar com pessoas com este metaprograma voc ê precisa usar palavras ou frases sobre outras pessoas. Por exemplo, “Meu chefe diz que n ã o posso fazer isso”, “Isso funcionou para outras pessoas”.
  • 5. Clique nos ícones para acessar @julio_pascoal_ Entre para a nossa Liga 4. Op ç õ es / Procedimentos Op ç õ es As pessoas que usam este metaprograma tendem a experimentar coisas novas e se concentrar em escolhas. Gostam da variedade e aprecia as diferentes possibilidades. Eles come ç am projetos, mas nem sempre os terminam. Para lidar com as pessoas com este metaprograma voc ê precisa usar palavras ou frases com op ç õ es. Por exemplo, “Voc ê pode escolher a cor que preferir”. Procedimentos As pessoas que usam este metaprograma tendem a seguir regras estabelecidas. Seguem m é todos e procedimentos. Elas gostam de instru ç õ es precisas, respeitam os limites de velocidade, etc. Para tratar com pessoas com este metaprograma voc ê precisa usar palavras ou frases com procedimentos claros. Por exemplo, “Voc ê deve seguir os passos de 1 a 10”. 5. Global / Detalhes Global (Geral / Específico) As pessoas que utilizam este metaprograma tendem a usar a imagem geral, a vis ã o panor â mica, uma ordem aleat ó ria. Para tratar com pessoas com este metaprograma voc ê precisa usar palavras ou frases da imagem global. Por exemplo, “em geral, o que significa isto? ”. Detalhes As pessoas que utilizam este metaprograma tendem a se concentrar nos detalhes, as sequ ê ncias, a exatid ã o e a precis ã o. Para lidar com pessoas com este metaprograma voc ê precisa usar palavras ou frases relacionadas com os detalhes. Por exemplo, “no segundo semestre do pr ó ximo ano nosso crescimento ser á de 15%”. 6. Semelhanças / Diferenças A pessoa presta atenção em como as coisas são iguais ou como são diferentes? Semelhanças Elas querem que seu mundo permaneça o mesmo. Elas podem aceitar mudanças a cada 10 anos e irão fomentar mudanças somente a cada 15 a 25 anos. Para motivar essas pessoas, chame atenção de como as coisas não mudaram, que elas ainda estão fazendo o mesmo tipo de trabalho. Use palavras como: igual a, semelhante a, em comum, como você sempre fez, como antes. Elas são mais apropriadas para trabalhar em ambientes que não mudam ou mudam muito devagar ao longo do tempo.
  • 6. Clique nos ícones para acessar @julio_pascoal_ Entre para a nossa Liga Semelhanças com Exceções Essas pessoas gostam de ver mudanças acontecerem muito devagar ao longo do tempo. Elas procuram mudança significativas a cada 5 a 7 anos. Palavras que motivam essas pessoas são: aperfeiçoado, melhor, mais/menos, igual exceto, germinando, desenvolvendo, melhora gradual, avançado. Diferenças mudança é um modo de vida para esse grupo – habitual e de longo alcance. Elas esperam ou irão orquestrar grandes mudanças a cada um ou dois anos. Palavras motivadoras incluem: nova, recente, totalmente diferente, completamente mudado, ideia radical, moderno. Se você está pensando numa mudança radical na sua organização, são essas as pessoas que irão conduzi-la e, lógico, são elas que a estão exigindo! Semelhanças com Exceção e Diferença Esse grupo espera grandes mudanças a cada três a quatro anos. Elas gostam do equilíbrio entre progresso e grandes revoltas. Palavras motivadoras incluiriam a combinação daquelas usadas pelos grupos Diferenças e Semelhanças com Exceção. 7. Orientado para o passado / Orientado para o futuro Orientado no tempo passado As pessoas que usam este metaprograma tendem a concentrar-se no passado. Para lidar com pessoas com este metaprograma voc ê precisa usar palavras ou frases sobre o passado. Por exemplo, “na ú ltima vez que fiz esta apresenta ç ã o…”. Orientado no tempo futuro As pessoas que usam este metaprograma tendem a colocar o foco no futuro. Para lidar com pessoas com este metaprograma voc ê necessita usar palavras ou frases sobre o futuro. Por exemplo, “em cinco anos eu quero ser…”. Até a próxima live aula!!!