Introdução às redes sociais e crowdfunding

321 visualizações

Publicada em

aula 5 da disciplina de ética e cidadania da Fipecafi.

  • Seja o primeiro a comentar

Introdução às redes sociais e crowdfunding

  1. 1. Aula 05 – redes sociais e crowdfundingCROWDFUNDING EMÍDIAS SOCIAIS
  2. 2. Mídia socialConjunto de aplicaçõesbaseadas na Internet quese constroem sobre osfundamentos ideológicose tecnológicos da web2.0, e que permitem acriação e troca deCONTEÚDOS .
  3. 3. Principais características Estruturas, compostas por indivíduos e/ ou organizações queinterconectadas por um ou vários tipos de relações “links”onde seus integrantes partilham valores e objetivos comuns A existência as redes possibilita o desenvolvimento derelacionamentos horizontais As redes são por excelência ambientes naturais de abertura eporosos O capital social como elemento de interferencia reciprocidadedas relações
  4. 4. O potencial das mídias sociaisO que torna a comunicação entre“produtos e serviços” e consumidortornou-se muito estreita trazendoconsigo características como ...Websites de redes sociais têm acapacidade de AMPLIFICAR AINTERAÇÃO entre as organizações eseus públicos.
  5. 5. Com o potencial de• EngajamentoPró atividade• Comunicação de muitos para muitos• Super / Hiper exposição• Igualdade de voz• Criatividade• Monitoramento em tempo real• Instantaneidade
  6. 6. As rede sociais ...se caracterizam por serem um conjuntode “serviços” baseados na web (cloud),que permitem aos seus usuários:(1) A possibilidade de construir perfil público ousemi-público dentro de um sistema(2) Articular uma lista de outros usuários com osquais partilham uma tipo de ligação(3) Interagir nas lista de relacionamentos (links) dosoutros usuários da rede social
  7. 7. A rede social (..)(...) é uma ESTRUTURASOCIAL compostapor PESSOAS ou ORGANIZAÇÕES,CONECTADAS por UM OU VÁRIOSTIPOS DE RELAÇÕES, que PARTILHAMVALORES E OBJETIVOS COMUNS. ..Fonte: Wikipédia
  8. 8. CrowdsourcingCrowd = multidão Source = terceirizaçãoProdução colaborativa Inteligência coletivaO crowdsourcing é um modelo de produção que utiliza a inteligência e os conhecimentoscoletivos e voluntários espalhados pela Internet para resolver problemas, criar conteúdo esoluções ou desenvolver novas tecnologias como também para gerar fluxo de informação.Fonte: Wikipédia
  9. 9. O que é Crowdfunding?O crowdfunding, (às vezes chamado de crowd financing , crowsoucedcapital, ou street performer protocol) descreve a COOPERAÇÃO,ATENÇÃO E CONFIANÇA COLETIVA DE PESSOAS EM REDE, quearrecadam seu dinheiro e outros recursos, geralmente via internet, paraapoiar esforços iniciados por outras pessoas ou organizações.Crowdfunding acontece por um variedade de motivos, desde auxílio adesastres, artistas procurando apoio dos fãs, campanhas políticas, criaçãode companhia startup ou desenvolvimento de software grátis( Roebuck, 2011)
  10. 10. O uso das redes por ITSO uso das redes sociaissurge como estratégia decaptação de “forças” aorganizações que atuamno terceiro setor.
  11. 11. Crowdfunding = Financiamento coletivoColaboradoresinvestidores RedeDivulgaçãoInformaçãoSugestão
  12. 12. Sites de crowdfunding
  13. 13. A importância do Capital socialPara o sucesso ou o fracasso de um projeto, o capital social é o principalveículo motivador de conexões. Segundo Recuero , existem dois tipos decapitais sociais Bridging = conector:capital social envolvido nasconexões fora do grupo, ouchamados laços fracos queexistem entre dois ou maisgrupos coesos. Bonding = fortalecedor:grupo de pessoas que seenvolvem ou se relacionade maneira mais forte,“laços fortes” e sugeremmaior intimidade entre osenvolvidos.
  14. 14. Desafios... Porque as pessoas gastam dinheiro financiandoprojetos desconhecidos, muitas vezes sem ganharnada em troca? Altruísmo ou interesse próprio? Qual a motivação que move essas comunidades?
  15. 15. A importância da sacadaSaber o porque você vai fazer umprojeto é o primeiro passo!E para o sucesso você precisasaber se comunicar com a suarede.Para isso devemos levar emconta. O que eu sou, O que ela faço e O que eu quero, Quanto custa, Qual benefício oparticipante vai receber.
  16. 16. A essência de um projeto O proponente (união de forças) O projeto (causa) A campanha (ex. imagem das pessoas da globo no criançaesperança) figura forte, que chama as pessoas O engajamento Recompensa (precisa dar uma contrapartida e podem ser amais variadas possíveis (desde um email criativo) até oproduto Uma campanha de crowdfunding precisa ter umarecompensa Deixar bem claro como será a prestação de contas O que estou pedindo, e como serão utilizados os recursos
  17. 17. Para a idéia devemos considerar Viável Factível O que as pessoa querem Que a idéia chegue umescopo factível Como é a minha presençadigital Como é o meu blog Eu tenho fan page Qual segmento eu atuo Como é a minha rede Como é o movimento das pessoasna rede A maioria está na sua rede porque... A rede vai fazer o suporte dacampanha Que vai efetivamente aportarvalores Quem vai trabalhar na divulgação Quem é o garoto propaganda Precisa criar o perfil
  18. 18. Para o projeto O que é o projeto Para quem ele serve Quanto custa e quais os benefícios Como serão empregados os recursoscaptados Como será a divulgação do projeto
  19. 19. Plataforma (presença digital) Como eu sou na rede Como são formados osmeus relacionamentos Como são feitas asminhas conexões Quais as característicasdos seus links
  20. 20. Plataforma (presença digital) Descrição Título do projeto (frase de efeito) Lançar na plataforma Trabalho de engajamento (site repolítica como exemplo) Classificar a rede (quem é a rede) As primeiras pessoas estão na sua família Três perfis os contatos pessoal, intuitivos acreditam na sua idéia, racional vai atrás da sua recompensa
  21. 21. Taxa de conversão Para o meu projeto serealizar quantas pessoas eupreciso impactar Quais as taxas de intençãoem conversão e apoios Quais pessoas queremaportar recursos, apoiar aidéia ou militar na causa
  22. 22. A importância da prestação de contas Como será a prestaçãode contas Construção de umanova rede decolaboradores Novos seguidores queacreditaram e semultiplicaram
  23. 23. Como segmentar sua rede Planilha pessoas próximas Quem vai divulgar Planilha de capitadores Planilha de excell por despesas Ter muito bem definido onde será gastoo dinheiro Todo projeto que não foi Zapear na internet e achar os nichos Ex. o que eu sou? Que acredita naminha idéia?
  24. 24. Exemplos de projetos com maior aceitação Shows Eventos Cinema Cantores Games
  25. 25. Modelos http://catarse.me/pt/que-onibus-passa-aqui-shoot-the-shit
  26. 26. Referências RECUERO, Raquel, Redes sociais na internet. Edsulina TACHIZAWA, Takeshy, Organizações nãogovernamentais e terceiro setor. Atlas

×