Slides ecologia

536 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
536
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slides ecologia

  1. 1. ECOLOGIA Por que é importante estudar ecologia? AULA 01
  2. 2. Origem da palavra ECOLOGIA A palavra Ecologia tem origem no grego “oikos", que significa casa, e "logos", estudo. Logo, por extensão seria o estudo da casa, ou de forma mais genérica, do lugar onde se vive. Foi o cientista alemão Ernst Haeckel, em 1869, quem primeiro usou este termo para designar o estudo das relações entre os seres vivos e o ambiente em que vivem, além da distribuição e abundância dos seres vivos no planeta Terra.
  3. 3. Conceitos Básicos • Espécie à conjunto de indivíduos semelhantes que se reproduzem naturalmente, originando descendentes férteis. • População à conjunto de indivíduos de mesma espécie que vivem numa determinada área e num determinado período. Ex.: população de ratos em um boeiro. • Comunidade ou Biocinese à conjunto de populações de diversas espécies que habitam uma mesma região num determinado período. Ex.: seres de uma floresta, de um rio, de um lago, etc. • Ecossistema ou sistema ecológico à conjunto formado pelo BIÓTOPO + COMUNIDADE que com o meio se relaciona. Ex.: uma floresta, o fundo do mar, um aquário, etc.
  4. 4. • Biótopo à local da natureza onde vive a comunidade, o meio físico (ar, água, solo) • Biosfera à conjunto de todos os ecossistemas. Toda área habitada por vida na Terra. • Habitat, nicho ecológico e ecótono • Habitat à lugar específico onde uma espécie pode ser encontrada. Endereço dentro do ecossistema. • Nicho Ecológico à papel que o organismo desempenha no ecossistema. Profissão no ecossistema. • Ecótono à região de transição entre duas comunidades ou entre dois ecossistemas. Podemos encontrar grande número de espécies.
  5. 5. RELAÇÕES ECOLÓGICAS • Relações intra-específicas Harmônicas • Colônias - Associação entre indivíduos da mesma espécie, que se mantêm ligados entre si, formando uma unidade estrutural. Ex.: Colônias de esponjas-do-mar e de corais.
  6. 6. Sociedades - Associação entre indivíduos da mesma espécie, não ligados anatomicamente, que se agrupam para divisão de trabalho, organizados portanto de modo cooperativo. Ex.: formigas, cupins e abelhas.
  7. 7. Desarmônicas Competição intra-específica - Relação entre indivíduos da mesma espécie, que concorrem pelos mesmos fatores do ambiente, existente em quantidade limitada, como alimento, abrigo ou território.
  8. 8. Canibalismo - é uma interação desarmônica entre indivíduos de mesma espécie na qual um dos indivíduos mata e devora outro de sua espécie. É manifestação comum entre alguns tipos de aranhas e escorpiões que após o ato sexual matam o macho. Fêmeas de louva-a-deus também devoram seus machos. Em alguns casos, o canibalismo por ser um fator de controle populacional mantendo o tamanho definido de uma população dentro do ecossistema, sendo encarado como um tipo de competição.
  9. 9. Relações interespecíficas Harmônicas • Epifitismo ou inquilinismo - Associação entre plantas epífitas como orquídeas e bromélias e árvores, onde as epífitas desenvolvem-se sobre as árvores, beneficiando-se de uma posição favorável à captação de luz. As árvores que oferecem suporte não são beneficiadas nem prejudicadas.
  10. 10. Comensalismo - Associação entre duas espécies em que só uma espécie é beneficiada, enquanto a outra não é beneficiada nem prejudicada. O benefício envolve abrigo, suporte, transporte ou alimento. Ex.: No intestino humano vive uma espécie de bactéria, Entamoeba coli, que obtém benefício na forma de restos alimentares e abrigo, sem prejudicar nem beneficiar a pessoa. As rêmoras são peixes marinhos que se fixam à superfície ventral do tubarão por uma ventosa que têm na cabeça, obtendo assim um eficiente meio de transporte, além de restos de alimentos e proteção. Observou-se que os tubarões toleram as rêmoras e não as atacam.

×