SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Baixar para ler offline
A vida na Terra nem sempre foi do jeito que
conhecemos hoje... Os seres vivos podem sofrer
modificações ao longo das gerações,
caracterizando a evolução.
Todos os seres vivos existentes hoje na Terra
possuem um parentesco evolutivo, ou seja,
descendem de um ancestral em comum.
Qual o grau de parentesco do ser humano com
uma bactéria? Certamente bilhões de anos de
evolução nos separam, mas possuímos
características em comum como DNA e RNA,
proteínas, carboidratos e lipídios em nossa
composição celular. Essas moléculas
provavelmente estavam presentes nas formas de
vida primitivas que deram origem aos seres vivos
atuais.
De onde viemos?
Como surgiu o Universo?
A Hipótese mais aceita pelos cientistas
é que, há aproximadamente 14 bilhões
de anos, toda a matéria que forma o
Universo estava comprimida em volume
pequeno, mas ocorreu uma grande
explosão que originou o Universo.
Chamada de teoria Big Bang.
A nuvem de poeira e gases provenientes da explosão concentrou-se em
grupos que ao longo do tempo deu origem as galáxias. Uma dessas
galáxias, formada há cerca de 8 bilhões de anos , é a Via Láctea.
Composta por numerosas estrelas e corpos celestes, é nela que se
encontra o sistema solar e planeta Terra.
Sistema Solar
Ao redor do Sol giram oito planetas,
compondo o sistema solar. Estudos
científicos mostram que o Sol deve
ter se formado há
aproximadamente 5 bilhões de
anos. Sua massa é cerca de 300
mil vezes maior à do planeta Terra.
- É a maior e mais quente estrela do Sistema Solar. Na parte do núcleo
do Sol ocorre atrito constante de partículas de hidrogênio. Esse
processo é o responsável pela fusão nuclear, que transforma massa em
energia.
- A luz solar chega ao planeta Terra em 8 minutos e a distância entre a
Terra e o Sol é de aproximadamente 150 milhões de quilômetros.
- A temperatura média no núcleo do Sol chega a 15 milhões de graus
Celsius.
Sol
 Condições Climáticas desfavoráveis a vida:
 Altas temperaturas;
 Intensa atividades vulcânicas;
 Ausência de oxigênio;
 Constante queda de meteoros;
 Gases tóxicos (amônia e
metano).
 Água somente
na forma de vapor.
Terra primitiva
- Descargas elétricas
constantes (raios)
- Gases encontrados
Hidrogênio
Metano
Amônia
Vapor de agua
As intensas chuvas e á medida que a superfície se resfriava a água ia se
acumulando nas depressões, formando os lagos, rios e oceanos. Acredita-
se que as substâncias existentes na atmosfera estavam presentes nesses
depósitos de água que eram quentes e teriam fornecido condições para o
desenvolvimento de formas de vida.
Teorias para a origem da
vida
O Criacionismo
 Esta explicação se baseia na fé, onde Deus criou o mundo
em sete dias.
 Segundo Gêneses, ele criou primeiramente os seres
inanimados, em seguida os vegetais, depois os animais e
por fim o homem.
Esta teoria não tem
nenhuma validade
para a ciência
Duas teorias surgiram para explicar a
origem da vida
Abiogênese
ou Geração Espontânea
A vida surgiu da matéria bruta a
partir de uma força vital
Biogênese
A vida surgiu a partir de outro ser
vivo (reprodução)
Francesco Redi (1626 – 1697)
 Ele fez um clássico experimento, para provar
que a geração espontânea não existia.
Conclusão:
As larvas
surgiram de ovos
colocados pelas
moscas. E não da
própria carne.
Louis Pasteur (1822 – 1895)
 Adepto da teoria biogênica, Louis Pasteur em 1861, através
de um experimento, conseguiu demonstrar conclusivamente
a impossibilidade da geração espontânea da vida.
É lembrado por suas
notáveis descobertas
das causas e prevenções
de doenças. Criou a
primeira vacina contra
a raiva. Montou o
processo de
pasteurização do leite.
Se a vida só pode surgir a partir de outra
vida, segundo a biogênese, como surgiram
os primeiros seres vivos?
Hipótese de Oparin – Haldane
 Ocorriam na Terra primitiva, intensos processos vulcânicos,
emitindo grande quantidade de gases (moléculas): metano –
CH4, amônia – NH3, gás hidrogênio – H2 e água H2O.
Hipótese de Oparin – Haldane
A Terra passava por estágio de resfriamento ocasionando as
precipitações (chuvas), acumulando água nas depressões da
crosta terrestre, surgindo os quentes e rasos mares
primitivos.
Hipótese de Oparin – Haldane
 A atmosfera do planeta, desprovida de camada de ozônio
(O3), era constantemente bombardeada com radiação
ultravioleta (UV) e descargas elétricas.
 Essas condições intempestivas propiciaram agitação e
energia suficiente para as moléculas suspensas, iniciarem
arranjos mais complexos.
 Pela ação da chuva, as moléculas orgânicas eram então
arrastadas para os mares, que pela ação do tempo,
transformou-se em uma imensa “sopa nutritiva”, rica em
compostos orgânicos, eventualmente formando os
coacervados.
Hipótese de Oparin – Haldane
 Os coacervados faziam trocas de substâncias com o
meio externo.
 Adquiriram a capacidade de fazer cópias de si mesmo
(reprodução).
 Nesse momento nascia a vida.
 Essa hipótese foi testada e comprovada por Stanley
Miller.
Hipótese de Oparin – Haldane
Testando a Hipótese de Oparin
 A hipótese sobre a formação dos coacervados foi
demonstrada experimentalmente pelo bioquímico norte-
americano Stanley Miller.
Aula origem da vida

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Citoplasma e organelas
Citoplasma e organelasCitoplasma e organelas
Citoplasma e organelasprofatatiana
 
Composição química dos seres vivos
Composição química dos seres vivosComposição química dos seres vivos
Composição química dos seres vivosEldon Clayton
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vidaemanuel
 
2 - Teorias evolucionistas
2 - Teorias evolucionistas2 - Teorias evolucionistas
2 - Teorias evolucionistasAna Castro
 
II. 2 Carboidratos e lipídios
II. 2 Carboidratos e lipídiosII. 2 Carboidratos e lipídios
II. 2 Carboidratos e lipídiosRebeca Vale
 
Origem da vida 9 ano ppt
Origem da vida 9 ano pptOrigem da vida 9 ano ppt
Origem da vida 9 ano pptKatia Nunes
 
Organização celular - tipos de célula
Organização celular - tipos de célulaOrganização celular - tipos de célula
Organização celular - tipos de célulaRoberta Almeida
 
Aula Introdução à Citologia
Aula Introdução à CitologiaAula Introdução à Citologia
Aula Introdução à CitologiaThiago Manchester
 
Níveis de organização
Níveis de organizaçãoNíveis de organização
Níveis de organizaçãounesp
 
Aulão a origem da vida
Aulão a origem da vidaAulão a origem da vida
Aulão a origem da vidaCésar Milani
 
Aula 1 origem e evolução das células
Aula 1   origem e evolução das célulasAula 1   origem e evolução das células
Aula 1 origem e evolução das célulasNayara de Queiroz
 
II. 1 As células
II. 1 As célulasII. 1 As células
II. 1 As célulasRebeca Vale
 
Níveis de organização - 2014 - 1º ano
Níveis de organização - 2014 - 1º anoNíveis de organização - 2014 - 1º ano
Níveis de organização - 2014 - 1º anoMarcia Bantim
 
I. 2 Origem da vida
I. 2 Origem da vidaI. 2 Origem da vida
I. 2 Origem da vidaRebeca Vale
 
Caracteristicas gerais dos seres vivos
Caracteristicas gerais dos seres vivosCaracteristicas gerais dos seres vivos
Caracteristicas gerais dos seres vivosCésar Milani
 
Noções de evolução
Noções de evoluçãoNoções de evolução
Noções de evoluçãoemanuel
 

Mais procurados (20)

Citoplasma e organelas
Citoplasma e organelasCitoplasma e organelas
Citoplasma e organelas
 
Composição química dos seres vivos
Composição química dos seres vivosComposição química dos seres vivos
Composição química dos seres vivos
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
 
2 - Teorias evolucionistas
2 - Teorias evolucionistas2 - Teorias evolucionistas
2 - Teorias evolucionistas
 
II. 2 Carboidratos e lipídios
II. 2 Carboidratos e lipídiosII. 2 Carboidratos e lipídios
II. 2 Carboidratos e lipídios
 
Aula citologia
Aula citologiaAula citologia
Aula citologia
 
Especiação
EspeciaçãoEspeciação
Especiação
 
Origem da vida 9 ano ppt
Origem da vida 9 ano pptOrigem da vida 9 ano ppt
Origem da vida 9 ano ppt
 
Organização celular - tipos de célula
Organização celular - tipos de célulaOrganização celular - tipos de célula
Organização celular - tipos de célula
 
Células
CélulasCélulas
Células
 
Aula Introdução à Citologia
Aula Introdução à CitologiaAula Introdução à Citologia
Aula Introdução à Citologia
 
Níveis de organização
Níveis de organizaçãoNíveis de organização
Níveis de organização
 
Aulão a origem da vida
Aulão a origem da vidaAulão a origem da vida
Aulão a origem da vida
 
Aula 1 origem e evolução das células
Aula 1   origem e evolução das célulasAula 1   origem e evolução das células
Aula 1 origem e evolução das células
 
Biotecnologia
Biotecnologia Biotecnologia
Biotecnologia
 
II. 1 As células
II. 1 As célulasII. 1 As células
II. 1 As células
 
Níveis de organização - 2014 - 1º ano
Níveis de organização - 2014 - 1º anoNíveis de organização - 2014 - 1º ano
Níveis de organização - 2014 - 1º ano
 
I. 2 Origem da vida
I. 2 Origem da vidaI. 2 Origem da vida
I. 2 Origem da vida
 
Caracteristicas gerais dos seres vivos
Caracteristicas gerais dos seres vivosCaracteristicas gerais dos seres vivos
Caracteristicas gerais dos seres vivos
 
Noções de evolução
Noções de evoluçãoNoções de evolução
Noções de evolução
 

Destaque

Cadeias e Rondas Planetárias
Cadeias e Rondas PlanetáriasCadeias e Rondas Planetárias
Cadeias e Rondas PlanetáriasOsmar Carvalho
 
Distingue planetas , estrelas e galáxias
Distingue planetas , estrelas e galáxiasDistingue planetas , estrelas e galáxias
Distingue planetas , estrelas e galáxiasPaulo Martins
 
Características de los seres v ivos 02
Características de los seres v ivos 02Características de los seres v ivos 02
Características de los seres v ivos 02Cid Mario Cortés Rojo
 
O universo e o sistema solar
O universo e o sistema solarO universo e o sistema solar
O universo e o sistema solartojocop
 
Classificações dos seres vivos
Classificações  dos seres  vivosClassificações  dos seres  vivos
Classificações dos seres vivosValdete Zorate
 
Aula 2 a origem da terra
Aula 2   a origem da terraAula 2   a origem da terra
Aula 2 a origem da terraClarissa Gomes
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vidaanacapelo
 
A terra e os seus subsistemas em interação
A terra e os seus subsistemas em interaçãoA terra e os seus subsistemas em interação
A terra e os seus subsistemas em interaçãoMarília Pereira
 
Subsistemas Terrestres - apresentação em PPT
Subsistemas Terrestres - apresentação em PPTSubsistemas Terrestres - apresentação em PPT
Subsistemas Terrestres - apresentação em PPTAna Castro
 
Origem e formação da terra
Origem e formação da terraOrigem e formação da terra
Origem e formação da terrakarolpoa
 
Origem da vida na terra (1ª aula)
Origem da vida na terra   (1ª aula)Origem da vida na terra   (1ª aula)
Origem da vida na terra (1ª aula)Blogzarife
 
Sistema Terra
Sistema TerraSistema Terra
Sistema Terrastique
 

Destaque (20)

Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
 
Cadeias e Rondas Planetárias
Cadeias e Rondas PlanetáriasCadeias e Rondas Planetárias
Cadeias e Rondas Planetárias
 
Distingue planetas , estrelas e galáxias
Distingue planetas , estrelas e galáxiasDistingue planetas , estrelas e galáxias
Distingue planetas , estrelas e galáxias
 
Características de los seres v ivos 02
Características de los seres v ivos 02Características de los seres v ivos 02
Características de los seres v ivos 02
 
O universo e o sistema solar
O universo e o sistema solarO universo e o sistema solar
O universo e o sistema solar
 
Classificações dos seres vivos
Classificações  dos seres  vivosClassificações  dos seres  vivos
Classificações dos seres vivos
 
Aula 2 a origem da terra
Aula 2   a origem da terraAula 2   a origem da terra
Aula 2 a origem da terra
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
 
A terra e os seus subsistemas em interação
A terra e os seus subsistemas em interaçãoA terra e os seus subsistemas em interação
A terra e os seus subsistemas em interação
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
 
Subsistemas
SubsistemasSubsistemas
Subsistemas
 
El Sistema Solar
El Sistema SolarEl Sistema Solar
El Sistema Solar
 
Subsistemas Terrestres - apresentação em PPT
Subsistemas Terrestres - apresentação em PPTSubsistemas Terrestres - apresentação em PPT
Subsistemas Terrestres - apresentação em PPT
 
Taxonomia E Reinos
Taxonomia E ReinosTaxonomia E Reinos
Taxonomia E Reinos
 
Origem e formação da terra
Origem e formação da terraOrigem e formação da terra
Origem e formação da terra
 
The Big Bang Theory
The Big Bang TheoryThe Big Bang Theory
The Big Bang Theory
 
Sistema terra
Sistema terraSistema terra
Sistema terra
 
Origem da vida na terra (1ª aula)
Origem da vida na terra   (1ª aula)Origem da vida na terra   (1ª aula)
Origem da vida na terra (1ª aula)
 
Sistema Terra
Sistema TerraSistema Terra
Sistema Terra
 
A Origem da Vida
A Origem da VidaA Origem da Vida
A Origem da Vida
 

Semelhante a Aula origem da vida

Semelhante a Aula origem da vida (20)

324828.ppt
324828.ppt324828.ppt
324828.ppt
 
Durval origem da vida - versão definitiva
Durval   origem da vida - versão definitivaDurval   origem da vida - versão definitiva
Durval origem da vida - versão definitiva
 
3-Das-Origens-aos-Dias-de-Hoje-Ok.ppt
3-Das-Origens-aos-Dias-de-Hoje-Ok.ppt3-Das-Origens-aos-Dias-de-Hoje-Ok.ppt
3-Das-Origens-aos-Dias-de-Hoje-Ok.ppt
 
Origem e evolução do Planeta Terra......
Origem e evolução do Planeta Terra......Origem e evolução do Planeta Terra......
Origem e evolução do Planeta Terra......
 
2º Bloco Aula 4 A Vida Ilka
2º Bloco   Aula 4   A Vida   Ilka2º Bloco   Aula 4   A Vida   Ilka
2º Bloco Aula 4 A Vida Ilka
 
2º Bloco Aula 4 A Vida Ilka
2º Bloco   Aula 4   A Vida   Ilka2º Bloco   Aula 4   A Vida   Ilka
2º Bloco Aula 4 A Vida Ilka
 
BIO 141 - Módulos 1 e 2 (Origem da Vida).pdf
BIO 141 - Módulos 1 e 2 (Origem da Vida).pdfBIO 141 - Módulos 1 e 2 (Origem da Vida).pdf
BIO 141 - Módulos 1 e 2 (Origem da Vida).pdf
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
 
Apostila6 (1)
Apostila6 (1)Apostila6 (1)
Apostila6 (1)
 
Eae aula 2 - o nosso planeta
Eae   aula 2 - o nosso planetaEae   aula 2 - o nosso planeta
Eae aula 2 - o nosso planeta
 
Aula origem da_vida
Aula origem da_vidaAula origem da_vida
Aula origem da_vida
 
Origem da vida cd
Origem da vida cdOrigem da vida cd
Origem da vida cd
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
 
4 orig evol
4 orig evol4 orig evol
4 orig evol
 
A origem da vida
A origem da vidaA origem da vida
A origem da vida
 
Teorias Sobre Origem Da Vida
Teorias Sobre Origem Da VidaTeorias Sobre Origem Da Vida
Teorias Sobre Origem Da Vida
 
2.5
2.52.5
2.5
 
005
005005
005
 
Bio 01 origem da vida.pptx
Bio 01 origem da vida.pptxBio 01 origem da vida.pptx
Bio 01 origem da vida.pptx
 
A Terra como um sistema
A Terra como um sistemaA Terra como um sistema
A Terra como um sistema
 

Último

DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024SamiraMiresVieiradeM
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 

Último (20)

DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 

Aula origem da vida

  • 1.
  • 2. A vida na Terra nem sempre foi do jeito que conhecemos hoje... Os seres vivos podem sofrer modificações ao longo das gerações, caracterizando a evolução. Todos os seres vivos existentes hoje na Terra possuem um parentesco evolutivo, ou seja, descendem de um ancestral em comum. Qual o grau de parentesco do ser humano com uma bactéria? Certamente bilhões de anos de evolução nos separam, mas possuímos características em comum como DNA e RNA, proteínas, carboidratos e lipídios em nossa composição celular. Essas moléculas provavelmente estavam presentes nas formas de vida primitivas que deram origem aos seres vivos atuais. De onde viemos?
  • 3. Como surgiu o Universo? A Hipótese mais aceita pelos cientistas é que, há aproximadamente 14 bilhões de anos, toda a matéria que forma o Universo estava comprimida em volume pequeno, mas ocorreu uma grande explosão que originou o Universo. Chamada de teoria Big Bang. A nuvem de poeira e gases provenientes da explosão concentrou-se em grupos que ao longo do tempo deu origem as galáxias. Uma dessas galáxias, formada há cerca de 8 bilhões de anos , é a Via Láctea. Composta por numerosas estrelas e corpos celestes, é nela que se encontra o sistema solar e planeta Terra.
  • 5. Ao redor do Sol giram oito planetas, compondo o sistema solar. Estudos científicos mostram que o Sol deve ter se formado há aproximadamente 5 bilhões de anos. Sua massa é cerca de 300 mil vezes maior à do planeta Terra. - É a maior e mais quente estrela do Sistema Solar. Na parte do núcleo do Sol ocorre atrito constante de partículas de hidrogênio. Esse processo é o responsável pela fusão nuclear, que transforma massa em energia. - A luz solar chega ao planeta Terra em 8 minutos e a distância entre a Terra e o Sol é de aproximadamente 150 milhões de quilômetros. - A temperatura média no núcleo do Sol chega a 15 milhões de graus Celsius. Sol
  • 6.  Condições Climáticas desfavoráveis a vida:  Altas temperaturas;  Intensa atividades vulcânicas;  Ausência de oxigênio;  Constante queda de meteoros;  Gases tóxicos (amônia e metano).  Água somente na forma de vapor.
  • 7. Terra primitiva - Descargas elétricas constantes (raios) - Gases encontrados Hidrogênio Metano Amônia Vapor de agua As intensas chuvas e á medida que a superfície se resfriava a água ia se acumulando nas depressões, formando os lagos, rios e oceanos. Acredita- se que as substâncias existentes na atmosfera estavam presentes nesses depósitos de água que eram quentes e teriam fornecido condições para o desenvolvimento de formas de vida.
  • 8. Teorias para a origem da vida
  • 9. O Criacionismo  Esta explicação se baseia na fé, onde Deus criou o mundo em sete dias.  Segundo Gêneses, ele criou primeiramente os seres inanimados, em seguida os vegetais, depois os animais e por fim o homem. Esta teoria não tem nenhuma validade para a ciência
  • 10. Duas teorias surgiram para explicar a origem da vida Abiogênese ou Geração Espontânea A vida surgiu da matéria bruta a partir de uma força vital Biogênese A vida surgiu a partir de outro ser vivo (reprodução)
  • 11. Francesco Redi (1626 – 1697)  Ele fez um clássico experimento, para provar que a geração espontânea não existia. Conclusão: As larvas surgiram de ovos colocados pelas moscas. E não da própria carne.
  • 12. Louis Pasteur (1822 – 1895)  Adepto da teoria biogênica, Louis Pasteur em 1861, através de um experimento, conseguiu demonstrar conclusivamente a impossibilidade da geração espontânea da vida. É lembrado por suas notáveis descobertas das causas e prevenções de doenças. Criou a primeira vacina contra a raiva. Montou o processo de pasteurização do leite.
  • 13. Se a vida só pode surgir a partir de outra vida, segundo a biogênese, como surgiram os primeiros seres vivos?
  • 14. Hipótese de Oparin – Haldane  Ocorriam na Terra primitiva, intensos processos vulcânicos, emitindo grande quantidade de gases (moléculas): metano – CH4, amônia – NH3, gás hidrogênio – H2 e água H2O.
  • 15. Hipótese de Oparin – Haldane A Terra passava por estágio de resfriamento ocasionando as precipitações (chuvas), acumulando água nas depressões da crosta terrestre, surgindo os quentes e rasos mares primitivos.
  • 16. Hipótese de Oparin – Haldane  A atmosfera do planeta, desprovida de camada de ozônio (O3), era constantemente bombardeada com radiação ultravioleta (UV) e descargas elétricas.  Essas condições intempestivas propiciaram agitação e energia suficiente para as moléculas suspensas, iniciarem arranjos mais complexos.  Pela ação da chuva, as moléculas orgânicas eram então arrastadas para os mares, que pela ação do tempo, transformou-se em uma imensa “sopa nutritiva”, rica em compostos orgânicos, eventualmente formando os coacervados.
  • 17. Hipótese de Oparin – Haldane  Os coacervados faziam trocas de substâncias com o meio externo.  Adquiriram a capacidade de fazer cópias de si mesmo (reprodução).  Nesse momento nascia a vida.  Essa hipótese foi testada e comprovada por Stanley Miller.
  • 18. Hipótese de Oparin – Haldane
  • 19. Testando a Hipótese de Oparin  A hipótese sobre a formação dos coacervados foi demonstrada experimentalmente pelo bioquímico norte- americano Stanley Miller.