SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 52
Curso de Medicina
TraumANATOMIA
Anatomia através do Rx do
trauma
Espaços anatômicos
do abdome
2014
Leão HZ
(Professor de Morfologia – ULBRA)
Juan Zambon
(Acadêmico de Medicina – ULBRA)
Patrícia Comberlato
(Acadêmica de Odontologia – PUCRS)
Quino
DOIS MINUTOS
T
R
O
N
C
O
Tórax D
O
R
S
Abdome O
Pelve
v
e
r
t
escapular e escapular
b
r
a
l
transição transição
lombar
1 Supraescapular
2 Escapular
3 Infraescapular
4 Lombar
5 Vertebral
6 Glútea
7 Sacral
Dorso –linha biescapular,
linhas axilares posteriores e
crista ilíaca.
Flanco – entre a linha
axilar ant e post , do
sexto intercosto
até a crista ilíaca
Anterior ou frontal –
linhas axilares ant,
linha mamilar e sínfise
púbica inferiormente.
Elson e Kapitt, 2004
.
O abdome pode ser
dividido em três regiões:
• cavidade peritoneal
• retroperitônio e
• cavidade pélvica.
Cada região é sede de
estruturas que podem ser
acometidas pelo trauma
Backhouse, 1989
e Prometheus
Quadrantes
O umbigo situa-se
no ponto médio da
linha xifopúbica
e é esperado na
altura da L4.
Whelan, 2006
O desenho mostra que estatura e ganho de peso (aumento do IMC),
interfere na posição do umbigo e não deve ser referência como ponto
médio na linha xifopúbica.
Com as linhas medioclaviculares
(ou hemiclaviculares), subcostal e
transtubercular, podemos dividir o
abdome em nove regiões.
FotoCesarSantos
1- hipocôndrio; 2- lateral ou flanco
3- inguinal; 4- epigástrica
5- umbilical; 6- suprapúbica
1
2
3
4
5
6
Whitaker, 2006.
Hipocôndrio direito
Fígado e vesícula biliar
Flexura hepática do cólon
Rim direito
Suprarrenal direita
Epigástrio
Fígado
Estômago e piloro
Cólon transverso e omento
Duodeno e pâncreas
Rins e suprarrenais
Aorta e linfonodos
Hipocôndrio esquerdo
Fígado e estômago
Flexura esplênica do cólon
Baço e cauda do pâncreas
Rim esquerdo
Suprarrenal esquerda
Flanco direito
(região lombar direita)
Lobo hepático de Riedel
Cólon ascendente
Intestino delgado
Rim direito
Região umbilical (mesogástrio)
Estômago e duodeno
Cólon transverso (muito variado) e
Omento
Úraco
Intestino delgado
Aorta e linfonodos
Flanco esquerdo
(região lombar esquerda)
Cólon descendente
Intestino delgado
Rim esquerdo
Fossa ilíaca direita
(fossa inguinal direita)
Ceco
Apêndice vermiforme
Linfonodos
Suprapúbica (hipogástrio)
Intestino delgado
Flexura sigmóide
Bexiga distendida, úraco
Útero gravídico e anexos
Fossa ilíaca esquerda
(fossa inguinal esquerda)
Flexura sigmóide
Linfonodos
CONTEÚDO NORMALMENTE ESPERADO NAS REGIÕES ABDOMINAIS
Tradução livre de
Kinirons-Ellis, 2011
Cavidade peritoneal
• A cavidade peritoneal inclui órgãos fixados
por dobras do peritônio:
• Mesocólons
• Mesentério
• Omentos
• Alguns ligamentos
omento maior
mesocólon transverso
mesentério
mesocólon transverso
mesocólon
sigmoide
OMENTO
MAIOR
OMENTO
MAIOR
OMENTO
MAIOR
OMENTO
MENOR
Esquema
representando as
raízes das dobras
peritoneais
Identifique
• ligamento falciforme
• ligamento redondo
• omento menor
• mesocólon transverso
• mesentério
• mesocólon sigmóide
• goteiras parietocólicas
Incisões
medianas
no abdome
Wood, 2010.
Ligamento redondo do fígado
Incisão marginal
do bordo costal
Laparotomia
mediana
Incisão alternativa
(apendicetomia)
Laparotomia mediana
superior (gastrectomia,
pancreatectomia)
Incisão pararretal
- ao lado do reto do abdome -
(sigmoidectomia)
Laparotomia
mediana
inferior
Incisão
inguinal
Pfannenstiel
(órgãos pélvicos)
Incisões
cirúrgicas
Wood, 2010.
fígado
omento <
forame
estômago
bolsa <
cólon T
omento >
íleo
esôfago
aorta
tronco
celíaco
pâncreas
duodeno
jejuno
reto
A cavidade peritoneal
pode ser dividida em
dois compartimentos:
• andar superior
contém o diafragma,
fígado, estômago,
baço e cólon transverso
• andar inferior
contém o cólon sigmóide,
jejuno e íleo
MESOCÓLON
TRANSVERSO
Andar
supra-
mesocólico PERITÔNIO
Divisão da Cavidade Peritoneal
Mesocólon transverso
SOBOTTA
SOBOTTA
E
F
CT
B
OMENTO
MENOR
OMENTO MAIOR
F
E
B
CT
FORAME
EPIPLÓICO
PEDÍCULO HEPÁTICO
BOLSA
OMENTAL
E
B
F
P
CT
FORAME
EPIPLÓICO
Espaços da região
abdominal alta
(supracólica).
Identifique :
• subfrênico esquerdo
• omental
• subhepático esquerdo
• subfrênico direito
• bolsa hepatorrenal
Clavien, 2007.
r
Esquema demonstrando a possibilidade de escorrer líquido
do espaço de Morrison para o fundo de saco pélvico (reto vesical ou
retovaginal). Sauerland, 1994.
Peritoneal compartments in which
abscesses commonly form.
Coronally reconstructed CT of the
abdomen and pelvis.
1, subphrenic space; 2, lesser sac;
3, subhepatic space (Morison pouch);
4, right paracolic gutter; 5, left
paracolic gutter; 6, rectouterine space
in this female patient (rectovesical
space in males).
Yamada, 2009.
Peritoneal compartments in which
abscesses commonly form.
Midline sagittally reconstructed
CT of the abdomen and pelvis.
1, subphrenic space; 2, lesser sac;
6, rectouterine space in this female
patient (rectovesical space in males).
Yamada, 2009.
Peritoneal compartments in which
abscesses commonly form.
Right paramidline sagittally
reconstructed CT of the abdomen
and pelvis.
1, subphrenic space;
3, subhepatic space (Morison pouch);
Yamada, 2009.
Retroperitônio
• O retroperitônio contém os rins, os ureteres,
o pâncreas, o duodeno e o cólon em suas
porções retroperitoneais, além da aorta e
veia cava inferior. Lesões de vísceras
retroperitoneais são difíceis de serem
reconhecidas, pois é uma área remota para o
exame físico e não avaliada pelo lavado
peritoneal diagnóstico.
Zonas do retroperitônio
na laparotomia
Zona 1: vasos centrais
como aorta e cava inferior
Zona 2: inclui rins e
glândulas suprarrenais
Zona 3: retorperitônio
associado com vasos
pélvicos
E
P
BRR
C
I
CT
PEDÍCULO
HEPÁTICO
FORAME
EPIPLÓICO
BOLSA OMENTAL
A
As costelas protegem os polos superiores dos rins.
O ângulo costovertebral é formado pela margem inferior da costela 12
e os processos articulares das vértebras lombares.
Neste espaço, chamado ângulo costovertebral, podemos avaliar a
sensibilidade dolorosa dos rins.
Cavidade pélvica
A pelve acomoda em seu arcabouço ósseo
• a bexiga,
• o reto,
• o útero,
• genitália feminina e
• os vasos ilíacos.
Wood.
2010.
1 m reto do abdome 6 próstata 11 corpo cavernoso
2 sacro 7 uretra prostática 12 corpo esponjoso
3 bexiga 8 recesso retovesical 13 bulbo peniano
4 púbis 9 reto 14 esfíncter anal externo
5 espaço perivesical 10 glande 15 canal anal
de Retzius 16 cóccix 17 testículo
Wood.
2010.
1 vértebras lombares; 2 aorta; 3 m. reto do abdome; 4 reto; 5 útero; 6 cavidade uterina e
canal cervical; 7 cérvix ou colo uterino; 8 fórnice vaginal posterior; 9 ligamento
anococcígeo; 10 fórnice vaginal anterior; 11 recesso vesicouterino; 12 bexiga; 13 sínfise
púbica; 14 espaço perivesical de Retzius; 15 vagina; 16 corpo perineal, diafragma
urogenital; 17 sacro.
Após as incisões pelas linhas mediana e umbilical, os “flaps” abdominais podem ser rebatidos e fixados por
pinças. Este procedimento expõe os órgãos abdominais sem necessidade de afastadores. No tórax, entretanto,
é necessário um retrator esternal. Humar, 2005.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Propedêutica torácica
Propedêutica torácicaPropedêutica torácica
Propedêutica torácica
pauloalambert
 
Ultrassonografia da lesão renal focal
Ultrassonografia da lesão renal focalUltrassonografia da lesão renal focal
Ultrassonografia da lesão renal focal
Iared
 
Radiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do Mediastino
Radiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do MediastinoRadiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do Mediastino
Radiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do Mediastino
Flávia Salame
 

Mais procurados (20)

Sinais do Raio X de Tórax
Sinais do Raio X de TóraxSinais do Raio X de Tórax
Sinais do Raio X de Tórax
 
Semiologia de Abdome II
Semiologia de Abdome IISemiologia de Abdome II
Semiologia de Abdome II
 
Raio x pós graduação
Raio   x pós graduaçãoRaio   x pós graduação
Raio x pós graduação
 
Ultrassom do Retroperitônio e Peritônio
Ultrassom do Retroperitônio e PeritônioUltrassom do Retroperitônio e Peritônio
Ultrassom do Retroperitônio e Peritônio
 
Anatomia Cirúrgica da Região Inguinal
Anatomia Cirúrgica da Região InguinalAnatomia Cirúrgica da Região Inguinal
Anatomia Cirúrgica da Região Inguinal
 
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
 
Anatomia clínico cirúrgica de pâncreas e vias biliares
Anatomia clínico cirúrgica de pâncreas e vias biliaresAnatomia clínico cirúrgica de pâncreas e vias biliares
Anatomia clínico cirúrgica de pâncreas e vias biliares
 
Raio x de tórax
Raio x de tóraxRaio x de tórax
Raio x de tórax
 
Traumas dos Membros Inferiores
Traumas dos Membros InferioresTraumas dos Membros Inferiores
Traumas dos Membros Inferiores
 
Aula 03 radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - radio e ulna
Aula 03   radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - radio e ulnaAula 03   radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - radio e ulna
Aula 03 radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - radio e ulna
 
Aula 02.-laringe
Aula 02.-laringeAula 02.-laringe
Aula 02.-laringe
 
Propedêutica torácica
Propedêutica torácicaPropedêutica torácica
Propedêutica torácica
 
Ultrassonografia da lesão renal focal
Ultrassonografia da lesão renal focalUltrassonografia da lesão renal focal
Ultrassonografia da lesão renal focal
 
Laparotomia e fechamento
Laparotomia e fechamentoLaparotomia e fechamento
Laparotomia e fechamento
 
Ascite
AsciteAscite
Ascite
 
Radiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do Mediastino
Radiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do MediastinoRadiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do Mediastino
Radiologia torácica: Hilos pulmonares e Doenças do Mediastino
 
Fácies - Profa. Rilva Muñoz
Fácies - Profa. Rilva MuñozFácies - Profa. Rilva Muñoz
Fácies - Profa. Rilva Muñoz
 
Exame físico do Tórax
Exame físico do TóraxExame físico do Tórax
Exame físico do Tórax
 
Pontos fracos da parede abdominal
Pontos fracos da parede abdominal Pontos fracos da parede abdominal
Pontos fracos da parede abdominal
 
Abdome agudo
Abdome agudoAbdome agudo
Abdome agudo
 

Destaque

Slaid semiologia (2)
Slaid semiologia (2)Slaid semiologia (2)
Slaid semiologia (2)
Vanessacalim
 
Semiologia 05 semiologia abdominal aplicada
Semiologia 05   semiologia abdominal aplicadaSemiologia 05   semiologia abdominal aplicada
Semiologia 05 semiologia abdominal aplicada
Jucie Vasconcelos
 
Dolor abdominal semio ii final
Dolor abdominal semio ii finalDolor abdominal semio ii final
Dolor abdominal semio ii final
Catalina Sánchez
 
Aula xi abdome
Aula xi  abdomeAula xi  abdome
Aula xi abdome
fernando
 
Abdomen, músculos , peritoneo, esófago y estómago
Abdomen, músculos, peritoneo, esófago y estómagoAbdomen, músculos, peritoneo, esófago y estómago
Abdomen, músculos , peritoneo, esófago y estómago
UMSA - UPFT - UDABOL
 
Anatomia do Sistema Urinário
Anatomia do Sistema Urinário Anatomia do Sistema Urinário
Anatomia do Sistema Urinário
Egberto Neto
 
Caso clínico – Sistema digestório
Caso clínico – Sistema digestórioCaso clínico – Sistema digestório
Caso clínico – Sistema digestório
LUAH
 

Destaque (20)

8. trauma raquimedular rx do trauma
8. trauma raquimedular  rx do trauma8. trauma raquimedular  rx do trauma
8. trauma raquimedular rx do trauma
 
Slaid semiologia (2)
Slaid semiologia (2)Slaid semiologia (2)
Slaid semiologia (2)
 
Semiologia 05 semiologia abdominal aplicada
Semiologia 05   semiologia abdominal aplicadaSemiologia 05   semiologia abdominal aplicada
Semiologia 05 semiologia abdominal aplicada
 
ABDOMEN AGUDO
ABDOMEN AGUDOABDOMEN AGUDO
ABDOMEN AGUDO
 
Abdomen agudo
Abdomen agudoAbdomen agudo
Abdomen agudo
 
Anatomia Cirúrgica do Trato Gênito-Urinário I
Anatomia Cirúrgica do Trato Gênito-Urinário IAnatomia Cirúrgica do Trato Gênito-Urinário I
Anatomia Cirúrgica do Trato Gênito-Urinário I
 
7. trauma do abdome rx do trauma
7. trauma do abdome  rx do trauma7. trauma do abdome  rx do trauma
7. trauma do abdome rx do trauma
 
Dolor abdominal
Dolor abdominal Dolor abdominal
Dolor abdominal
 
Dolor abdominal semio ii final
Dolor abdominal semio ii finalDolor abdominal semio ii final
Dolor abdominal semio ii final
 
Semiologia de abdome
Semiologia de abdomeSemiologia de abdome
Semiologia de abdome
 
Aula xi abdome
Aula xi  abdomeAula xi  abdome
Aula xi abdome
 
CLASE DE ABDOMEN AGUDO ISQUÉMICO
CLASE DE ABDOMEN AGUDO ISQUÉMICOCLASE DE ABDOMEN AGUDO ISQUÉMICO
CLASE DE ABDOMEN AGUDO ISQUÉMICO
 
Ultrassonografia veterinária em emergencias
Ultrassonografia veterinária em emergencias Ultrassonografia veterinária em emergencias
Ultrassonografia veterinária em emergencias
 
Abdomen quadrantes e divisão
Abdomen   quadrantes e divisãoAbdomen   quadrantes e divisão
Abdomen quadrantes e divisão
 
Abdomen, músculos , peritoneo, esófago y estómago
Abdomen, músculos, peritoneo, esófago y estómagoAbdomen, músculos, peritoneo, esófago y estómago
Abdomen, músculos , peritoneo, esófago y estómago
 
Anatomia do Sistema Urinário
Anatomia do Sistema Urinário Anatomia do Sistema Urinário
Anatomia do Sistema Urinário
 
tecido linfoide
tecido linfoidetecido linfoide
tecido linfoide
 
Ascite
AsciteAscite
Ascite
 
Aula figado
Aula figadoAula figado
Aula figado
 
Caso clínico – Sistema digestório
Caso clínico – Sistema digestórioCaso clínico – Sistema digestório
Caso clínico – Sistema digestório
 

Semelhante a 7. espaços anatômicos do abdome rx do trauma

Paredes do abdome
Paredes do abdomeParedes do abdome
Paredes do abdome
Pilar Pires
 
Anatomia do sistema digestorio
Anatomia do sistema digestorioAnatomia do sistema digestorio
Anatomia do sistema digestorio
Netto Lacerda
 
Semiologia Clínica-Manole (2021) - cap. 10 O exame do tórax e do sistema resp...
Semiologia Clínica-Manole (2021) - cap. 10 O exame do tórax e do sistema resp...Semiologia Clínica-Manole (2021) - cap. 10 O exame do tórax e do sistema resp...
Semiologia Clínica-Manole (2021) - cap. 10 O exame do tórax e do sistema resp...
DborahVictoy
 
AULA-11.-Parede-abdominal-Ântero-lateral-e-Canal-Inguinal.pdf
AULA-11.-Parede-abdominal-Ântero-lateral-e-Canal-Inguinal.pdfAULA-11.-Parede-abdominal-Ântero-lateral-e-Canal-Inguinal.pdf
AULA-11.-Parede-abdominal-Ântero-lateral-e-Canal-Inguinal.pdf
LuanaAlvesdeMelo3
 
Baço e pâncreas sitepdf
Baço e pâncreas sitepdfBaço e pâncreas sitepdf
Baço e pâncreas sitepdf
Norberto Werle
 
simiologia do abdomem.pptx
simiologia do abdomem.pptxsimiologia do abdomem.pptx
simiologia do abdomem.pptx
NiraLumbo
 
Anatomia Parede Abdominal Anterior.pptx
Anatomia Parede Abdominal Anterior.pptxAnatomia Parede Abdominal Anterior.pptx
Anatomia Parede Abdominal Anterior.pptx
IsadoraGarcia16
 

Semelhante a 7. espaços anatômicos do abdome rx do trauma (20)

Medresumos 2016 anatomia topográfica - abdome
Medresumos 2016   anatomia topográfica - abdomeMedresumos 2016   anatomia topográfica - abdome
Medresumos 2016 anatomia topográfica - abdome
 
Paredes do abdome
Paredes do abdomeParedes do abdome
Paredes do abdome
 
Pelve Masculina e Feminina
Pelve Masculina e FemininaPelve Masculina e Feminina
Pelve Masculina e Feminina
 
Sistema DigestóRio
Sistema DigestóRioSistema DigestóRio
Sistema DigestóRio
 
Pink Cute Chic Vintage 90s Virtual Trivia Quiz Video Presentations.pdf
Pink Cute Chic Vintage 90s Virtual Trivia Quiz Video Presentations.pdfPink Cute Chic Vintage 90s Virtual Trivia Quiz Video Presentations.pdf
Pink Cute Chic Vintage 90s Virtual Trivia Quiz Video Presentations.pdf
 
Abdominoplastia Aula.pptx
Abdominoplastia Aula.pptxAbdominoplastia Aula.pptx
Abdominoplastia Aula.pptx
 
Anatomia do sistema digestorio
Anatomia do sistema digestorioAnatomia do sistema digestorio
Anatomia do sistema digestorio
 
Semiologia Clínica-Manole (2021) - cap. 10 O exame do tórax e do sistema resp...
Semiologia Clínica-Manole (2021) - cap. 10 O exame do tórax e do sistema resp...Semiologia Clínica-Manole (2021) - cap. 10 O exame do tórax e do sistema resp...
Semiologia Clínica-Manole (2021) - cap. 10 O exame do tórax e do sistema resp...
 
AULA-11.-Parede-abdominal-Ântero-lateral-e-Canal-Inguinal.pdf
AULA-11.-Parede-abdominal-Ântero-lateral-e-Canal-Inguinal.pdfAULA-11.-Parede-abdominal-Ântero-lateral-e-Canal-Inguinal.pdf
AULA-11.-Parede-abdominal-Ântero-lateral-e-Canal-Inguinal.pdf
 
Ossos, músculos e ligamentos do tórax, abdome e pelve
Ossos, músculos e ligamentos do tórax, abdome e pelveOssos, músculos e ligamentos do tórax, abdome e pelve
Ossos, músculos e ligamentos do tórax, abdome e pelve
 
Regiões de interesse cirurgico em animais.pdf
Regiões de interesse cirurgico em animais.pdfRegiões de interesse cirurgico em animais.pdf
Regiões de interesse cirurgico em animais.pdf
 
Baço e pâncreas
Baço e pâncreasBaço e pâncreas
Baço e pâncreas
 
Baço e pâncreas sitepdf
Baço e pâncreas sitepdfBaço e pâncreas sitepdf
Baço e pâncreas sitepdf
 
Orgãos Retroperitoniais .pdf
Orgãos Retroperitoniais .pdfOrgãos Retroperitoniais .pdf
Orgãos Retroperitoniais .pdf
 
simiologia do abdomem.pptx
simiologia do abdomem.pptxsimiologia do abdomem.pptx
simiologia do abdomem.pptx
 
Abdome (Anatomia -Técnica-Classificação).doc
Abdome (Anatomia -Técnica-Classificação).docAbdome (Anatomia -Técnica-Classificação).doc
Abdome (Anatomia -Técnica-Classificação).doc
 
Modulo dor-abdominal-resumo-medicina
Modulo dor-abdominal-resumo-medicinaModulo dor-abdominal-resumo-medicina
Modulo dor-abdominal-resumo-medicina
 
Baço e pâncreas
Baço e pâncreasBaço e pâncreas
Baço e pâncreas
 
Baço e pâncreas
Baço e pâncreasBaço e pâncreas
Baço e pâncreas
 
Anatomia Parede Abdominal Anterior.pptx
Anatomia Parede Abdominal Anterior.pptxAnatomia Parede Abdominal Anterior.pptx
Anatomia Parede Abdominal Anterior.pptx
 

Mais de Juan Zambon

Guia neurologico de bolso neuroliga ulbra
Guia neurologico de bolso neuroliga ulbraGuia neurologico de bolso neuroliga ulbra
Guia neurologico de bolso neuroliga ulbra
Juan Zambon
 

Mais de Juan Zambon (20)

Puncao lombar texto de apoio Workshop SAMED Ulbra
Puncao lombar texto de apoio Workshop SAMED UlbraPuncao lombar texto de apoio Workshop SAMED Ulbra
Puncao lombar texto de apoio Workshop SAMED Ulbra
 
Slides Pratica Puncao Lombar Semana Academica Medicina
Slides Pratica Puncao Lombar Semana Academica MedicinaSlides Pratica Puncao Lombar Semana Academica Medicina
Slides Pratica Puncao Lombar Semana Academica Medicina
 
Plexo Venoso de Batson
Plexo Venoso de BatsonPlexo Venoso de Batson
Plexo Venoso de Batson
 
Anatomy of ascending and descending tracts
Anatomy of ascending and descending tractsAnatomy of ascending and descending tracts
Anatomy of ascending and descending tracts
 
Anatomia da fossa craniana posterior FCP
Anatomia da fossa craniana posterior FCPAnatomia da fossa craniana posterior FCP
Anatomia da fossa craniana posterior FCP
 
Alimentando Seu Bebê - Manual da Alimentação dos 6 meses a 1 Ano
Alimentando Seu Bebê - Manual da Alimentação dos 6 meses a 1 AnoAlimentando Seu Bebê - Manual da Alimentação dos 6 meses a 1 Ano
Alimentando Seu Bebê - Manual da Alimentação dos 6 meses a 1 Ano
 
Exame Físico Neurológico - Revendo Tópicos Essenciais em Neurologia Clínica
Exame Físico Neurológico - Revendo Tópicos Essenciais em Neurologia ClínicaExame Físico Neurológico - Revendo Tópicos Essenciais em Neurologia Clínica
Exame Físico Neurológico - Revendo Tópicos Essenciais em Neurologia Clínica
 
1. slides batson 2015 juanzambon
1. slides batson 2015 juanzambon1. slides batson 2015 juanzambon
1. slides batson 2015 juanzambon
 
Guia neurologico de bolso neuroliga ulbra
Guia neurologico de bolso neuroliga ulbraGuia neurologico de bolso neuroliga ulbra
Guia neurologico de bolso neuroliga ulbra
 
8. rx do trauma de coluna rx do trauma
8. rx do trauma de coluna  rx do trauma8. rx do trauma de coluna  rx do trauma
8. rx do trauma de coluna rx do trauma
 
7. volume de fluido peritoneal mahmud 2005
7. volume de fluido peritoneal   mahmud 20057. volume de fluido peritoneal   mahmud 2005
7. volume de fluido peritoneal mahmud 2005
 
7. trauma abdominal ribas filho 2008
7. trauma abdominal   ribas filho 20087. trauma abdominal   ribas filho 2008
7. trauma abdominal ribas filho 2008
 
7. texto trauma abdome masella 2012
7. texto trauma abdome masella 20127. texto trauma abdome masella 2012
7. texto trauma abdome masella 2012
 
6. aula patrícia juan sobre trauma de face
6. aula patrícia juan sobre trauma de face6. aula patrícia juan sobre trauma de face
6. aula patrícia juan sobre trauma de face
 
5. tórax e risco de morte rx do trauma
5. tórax e risco de morte rx do trauma5. tórax e risco de morte rx do trauma
5. tórax e risco de morte rx do trauma
 
5. teste sobre tórax rx do trauma
5. teste sobre tórax  rx do trauma5. teste sobre tórax  rx do trauma
5. teste sobre tórax rx do trauma
 
5. autopsia pericardio e tamponamento rx do trauma
5. autopsia   pericardio e tamponamento  rx do trauma5. autopsia   pericardio e tamponamento  rx do trauma
5. autopsia pericardio e tamponamento rx do trauma
 
4. radiologia cervical rx do trauma
4. radiologia cervical  rx do trauma4. radiologia cervical  rx do trauma
4. radiologia cervical rx do trauma
 
4. quarta apresentação pescoço rx do trauma
4. quarta apresentação   pescoço  rx do trauma4. quarta apresentação   pescoço  rx do trauma
4. quarta apresentação pescoço rx do trauma
 
3. terceira apresentação fraturas patologicas rx do trauma
3. terceira apresentação fraturas patologicas  rx do trauma3. terceira apresentação fraturas patologicas  rx do trauma
3. terceira apresentação fraturas patologicas rx do trauma
 

7. espaços anatômicos do abdome rx do trauma

  • 1. Curso de Medicina TraumANATOMIA Anatomia através do Rx do trauma Espaços anatômicos do abdome 2014 Leão HZ (Professor de Morfologia – ULBRA) Juan Zambon (Acadêmico de Medicina – ULBRA) Patrícia Comberlato (Acadêmica de Odontologia – PUCRS) Quino
  • 4. v e r t escapular e escapular b r a l transição transição lombar 1 Supraescapular 2 Escapular 3 Infraescapular 4 Lombar 5 Vertebral 6 Glútea 7 Sacral
  • 5. Dorso –linha biescapular, linhas axilares posteriores e crista ilíaca. Flanco – entre a linha axilar ant e post , do sexto intercosto até a crista ilíaca Anterior ou frontal – linhas axilares ant, linha mamilar e sínfise púbica inferiormente.
  • 6. Elson e Kapitt, 2004 . O abdome pode ser dividido em três regiões: • cavidade peritoneal • retroperitônio e • cavidade pélvica. Cada região é sede de estruturas que podem ser acometidas pelo trauma
  • 7.
  • 8. Backhouse, 1989 e Prometheus Quadrantes O umbigo situa-se no ponto médio da linha xifopúbica e é esperado na altura da L4.
  • 9. Whelan, 2006 O desenho mostra que estatura e ganho de peso (aumento do IMC), interfere na posição do umbigo e não deve ser referência como ponto médio na linha xifopúbica.
  • 10. Com as linhas medioclaviculares (ou hemiclaviculares), subcostal e transtubercular, podemos dividir o abdome em nove regiões. FotoCesarSantos 1- hipocôndrio; 2- lateral ou flanco 3- inguinal; 4- epigástrica 5- umbilical; 6- suprapúbica 1 2 3 4 5 6 Whitaker, 2006.
  • 11. Hipocôndrio direito Fígado e vesícula biliar Flexura hepática do cólon Rim direito Suprarrenal direita Epigástrio Fígado Estômago e piloro Cólon transverso e omento Duodeno e pâncreas Rins e suprarrenais Aorta e linfonodos Hipocôndrio esquerdo Fígado e estômago Flexura esplênica do cólon Baço e cauda do pâncreas Rim esquerdo Suprarrenal esquerda Flanco direito (região lombar direita) Lobo hepático de Riedel Cólon ascendente Intestino delgado Rim direito Região umbilical (mesogástrio) Estômago e duodeno Cólon transverso (muito variado) e Omento Úraco Intestino delgado Aorta e linfonodos Flanco esquerdo (região lombar esquerda) Cólon descendente Intestino delgado Rim esquerdo Fossa ilíaca direita (fossa inguinal direita) Ceco Apêndice vermiforme Linfonodos Suprapúbica (hipogástrio) Intestino delgado Flexura sigmóide Bexiga distendida, úraco Útero gravídico e anexos Fossa ilíaca esquerda (fossa inguinal esquerda) Flexura sigmóide Linfonodos CONTEÚDO NORMALMENTE ESPERADO NAS REGIÕES ABDOMINAIS Tradução livre de Kinirons-Ellis, 2011
  • 12. Cavidade peritoneal • A cavidade peritoneal inclui órgãos fixados por dobras do peritônio: • Mesocólons • Mesentério • Omentos • Alguns ligamentos
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 19. Esquema representando as raízes das dobras peritoneais Identifique • ligamento falciforme • ligamento redondo • omento menor • mesocólon transverso • mesentério • mesocólon sigmóide • goteiras parietocólicas
  • 22. Incisão marginal do bordo costal Laparotomia mediana Incisão alternativa (apendicetomia) Laparotomia mediana superior (gastrectomia, pancreatectomia) Incisão pararretal - ao lado do reto do abdome - (sigmoidectomia) Laparotomia mediana inferior Incisão inguinal Pfannenstiel (órgãos pélvicos) Incisões cirúrgicas
  • 23. Wood, 2010. fígado omento < forame estômago bolsa < cólon T omento > íleo esôfago aorta tronco celíaco pâncreas duodeno jejuno reto A cavidade peritoneal pode ser dividida em dois compartimentos: • andar superior contém o diafragma, fígado, estômago, baço e cólon transverso • andar inferior contém o cólon sigmóide, jejuno e íleo
  • 26.
  • 32. Espaços da região abdominal alta (supracólica). Identifique : • subfrênico esquerdo • omental • subhepático esquerdo • subfrênico direito • bolsa hepatorrenal Clavien, 2007.
  • 33.
  • 34. r Esquema demonstrando a possibilidade de escorrer líquido do espaço de Morrison para o fundo de saco pélvico (reto vesical ou retovaginal). Sauerland, 1994.
  • 35. Peritoneal compartments in which abscesses commonly form. Coronally reconstructed CT of the abdomen and pelvis. 1, subphrenic space; 2, lesser sac; 3, subhepatic space (Morison pouch); 4, right paracolic gutter; 5, left paracolic gutter; 6, rectouterine space in this female patient (rectovesical space in males). Yamada, 2009.
  • 36. Peritoneal compartments in which abscesses commonly form. Midline sagittally reconstructed CT of the abdomen and pelvis. 1, subphrenic space; 2, lesser sac; 6, rectouterine space in this female patient (rectovesical space in males). Yamada, 2009.
  • 37. Peritoneal compartments in which abscesses commonly form. Right paramidline sagittally reconstructed CT of the abdomen and pelvis. 1, subphrenic space; 3, subhepatic space (Morison pouch); Yamada, 2009.
  • 38. Retroperitônio • O retroperitônio contém os rins, os ureteres, o pâncreas, o duodeno e o cólon em suas porções retroperitoneais, além da aorta e veia cava inferior. Lesões de vísceras retroperitoneais são difíceis de serem reconhecidas, pois é uma área remota para o exame físico e não avaliada pelo lavado peritoneal diagnóstico.
  • 39. Zonas do retroperitônio na laparotomia Zona 1: vasos centrais como aorta e cava inferior Zona 2: inclui rins e glândulas suprarrenais Zona 3: retorperitônio associado com vasos pélvicos
  • 40.
  • 41.
  • 42.
  • 44. As costelas protegem os polos superiores dos rins. O ângulo costovertebral é formado pela margem inferior da costela 12 e os processos articulares das vértebras lombares. Neste espaço, chamado ângulo costovertebral, podemos avaliar a sensibilidade dolorosa dos rins.
  • 45. Cavidade pélvica A pelve acomoda em seu arcabouço ósseo • a bexiga, • o reto, • o útero, • genitália feminina e • os vasos ilíacos.
  • 46.
  • 48. 1 m reto do abdome 6 próstata 11 corpo cavernoso 2 sacro 7 uretra prostática 12 corpo esponjoso 3 bexiga 8 recesso retovesical 13 bulbo peniano 4 púbis 9 reto 14 esfíncter anal externo 5 espaço perivesical 10 glande 15 canal anal de Retzius 16 cóccix 17 testículo
  • 50. 1 vértebras lombares; 2 aorta; 3 m. reto do abdome; 4 reto; 5 útero; 6 cavidade uterina e canal cervical; 7 cérvix ou colo uterino; 8 fórnice vaginal posterior; 9 ligamento anococcígeo; 10 fórnice vaginal anterior; 11 recesso vesicouterino; 12 bexiga; 13 sínfise púbica; 14 espaço perivesical de Retzius; 15 vagina; 16 corpo perineal, diafragma urogenital; 17 sacro.
  • 51.
  • 52. Após as incisões pelas linhas mediana e umbilical, os “flaps” abdominais podem ser rebatidos e fixados por pinças. Este procedimento expõe os órgãos abdominais sem necessidade de afastadores. No tórax, entretanto, é necessário um retrator esternal. Humar, 2005.