A AVALIAÇÃO DAAPRENDIZAGEM COMO UM     PRINCÍPIO NO DESENVOLVIMENTO DA        AUTORIA          JULIANA NERY ORENHA SOUZA
PlanejamentoPara obter bons resultados, é preciso terobjetivos bem definidos, açõesdiversificadas e avaliar o processo.
InvestigarNa prática escolar, nosso objetivo é que nossoseducandos aprendam e, por aprender, sedesenvolvam. A avaliação da...
AvaliarO papel do professor, é possibilitar oconhecimento, e o ato de avaliar é investigarse essas possibilidades estão se...
ProfessorA prática docente está intimamente ligada aauto avaliação, pois é a partir dos dadoscoletados nestas investigaçõe...
MudançasHoje, como educadores, sabemos daimportância de adquirir novosconhecimentos e precisamos nos esforçarpara que os a...
REFERÊNCIAS:   HOFFMAN, Jussara. Avaliação formativa ou avalição mediadora? In: O   jogo do contrário em avaliação. Porto ...
Avaliação
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Avaliação

959 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
959
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Avaliação

  1. 1. A AVALIAÇÃO DAAPRENDIZAGEM COMO UM PRINCÍPIO NO DESENVOLVIMENTO DA AUTORIA JULIANA NERY ORENHA SOUZA
  2. 2. PlanejamentoPara obter bons resultados, é preciso terobjetivos bem definidos, açõesdiversificadas e avaliar o processo.
  3. 3. InvestigarNa prática escolar, nosso objetivo é que nossoseducandos aprendam e, por aprender, sedesenvolvam. A avaliação da aprendizagem está aserviço desse projeto de ação e configura-se comoum ato de investigar a qualidade da aprendizagemdos educandos, a fim de diagnosticar impasses econsequentemente, se necessário, propor soluçõesque viabilizem os resultados satisfatórios desejados.Significa investigar e, com base nos conhecimentosproduzidos, tomar decisões de intervenção quandonecessário. (LUCKESI, 2011, p. 175)
  4. 4. AvaliarO papel do professor, é possibilitar oconhecimento, e o ato de avaliar é investigarse essas possibilidades estão sendo bemempregadas e absorvidas pelos alunos.
  5. 5. ProfessorA prática docente está intimamente ligada aauto avaliação, pois é a partir dos dadoscoletados nestas investigações, que oprofessor tem solidez e dimensão daeficiência do seu planejamento, comodeterminados métodos didáticos seadequam aos alunos, e possíveis falhas quedevem ser constantemente corrigidas.
  6. 6. MudançasHoje, como educadores, sabemos daimportância de adquirir novosconhecimentos e precisamos nos esforçarpara que os alunos também a compreendam.Por esta razão, as formas de avaliar aconstrução do conhecimento tem prioridadee com certeza deve ser considerada noplanejamento de novas atividades.
  7. 7. REFERÊNCIAS: HOFFMAN, Jussara. Avaliação formativa ou avalição mediadora? In: O jogo do contrário em avaliação. Porto Alegre: Mediação, 2005. LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem na escola: investigação e intervenção. In: Avaliação da aprendizagem componente do ato pedagógico. 1. ed. São Paulo: Cortez, 2011. SILVA, Janssen Felipe da. Introdução: Avaliação do ensino e aprendizagem numa perspectiva formativa reguladora. In: SILVA, Janssen Felipe da (Org.). Práticas avaliativas e aprendizagens significativas: em diferentes áreas do currículo. Porto Alegre: Mediação, 2003.Imagens:ImagensGoogle ImagensDicas de apresentação: apresentaçãohttp://www.outrojeito.com.br/apresentacoes/regras-basicas-para-uma-boa-apresentachttp://www.trabalhosabnt.com/apresentacao-slides-power-point

×