O PRIMEIRO MANDAMENTO: Deus o centro de nossas vidas

1.113 visualizações

Publicada em

Uma breve exposição do Primeiro Mandamento da Lei de Deus sob a ótica do Catecismo Maior de Westminster.

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

O PRIMEIRO MANDAMENTO: Deus o centro de nossas vidas

  1. 1. Prof.João Ricardo Ferreira de França joaoricardoferreiradefranca@hotmail.com www.ipdepiripiri.blogspot.com DEUS O CENTROCENTRO DE NOSSAS VIDAS ““Não terás outros deuses diante de mim.”Não terás outros deuses diante de mim.” Êxodo 20.3Êxodo 20.3 IGREJA PRESBITERIANA DE PIRIPIRI - PIIGREJA PRESBITERIANA DE PIRIPIRI - PI Os Dez de Mandamentos
  2. 2. Introdução: Estamos vivendo dias em que a lei de Deus tem sido de fato rejeitada. A forte ênfase dispensacionalista tem levado assim. Hoje nós vamos começar a trabalhar o primeiro mandamento da Lei de Deus.  Que trata especificamente de quem é Deus. Aqui neste mandamento Deus deve ser visto como o centro de nossas vidas, é nisto que nos concentraremos nesta noite.
  3. 3. I – OS DEVERES NO 1º MANDAMENTO.I – OS DEVERES NO 1º MANDAMENTO. ( Catecismo Maior de Westminster,( Catecismo Maior de Westminster, perg.104).perg.104). 104. Quais são os deveres exigidos no primeiro mandamento? Os deveres exigidos no primeiro mandamento são: conhecer e reconhecer Deus como único verdadeiro Deus e nosso Deus; cultuá-lo e glorificá-lo como tal, pensar e meditar nÊle, lembrar-nos dÊle, altamente apreciá-lo, honrá-lo, adorá-lo, escolhê-lo, amá-lo, desejá-lo e temê-lo; crer nÊle, confiando, esperando, deleitando-nos e regozijando-nos nÊle; ter zêlo por Ele; invocá-lo, dando-Lhe todo louvor e agradecimentos, prestando-Lhe toda a obediência e submissão do homem todo; ter cuidado de O agradar em tudo, e tristeza quando Ele é ofendido em qualquer coisa; e andar humildemente com Ele. A exposição dos dez mandamentos, contida nas questões 104 a 148, é deduzida dos mandamentos mesmos e das “Regras” estabelecidas na questão 99. Os textos abaixo das especificações são para demonstrar que elas concordam com o ensino geral das Escrituras.  Êx 14:31; Dt.6:5;26:17; Js 24:22; I Cr 28:9; Ne 13:8; Is 8:13;26:4;43:10;45:23; Jr 7:23;14:22;31:18; Sl 12:11;18:1,2; 29:2;32:11;37:4;63:6;73:25;95:6-7;119:135;130:7; Ec 12:1; Mq. 6:8; Mt 1:67;3:16;4:10;29:2; Rm. 12:11; Fp 4:6; Tg 4:7; I Jo 3:22.
  4. 4. I – OS DEVERES NO 1º MANDAMENTO.I – OS DEVERES NO 1º MANDAMENTO. ( Catecismo Maior de Westminster,( Catecismo Maior de Westminster, perg.104).perg.104). Os mandamentos começam com uma tônica negativa “não” - ‫- א‬o‫ֹל‬ֹֽֽ֣ -o uso deste advérbio de negação nos ensina que não trata-se de uma mera negação, mas é um negação enfática: Nunca! em outras palavras, não trata-se de algo opcional O que é proibido aqui? ~yrIßøxea ~yhi’îl{a/ •^l.-hy<)h.Yi - trazer cativo para nós deuses outros. O substantivo “~yhi’îl{a” não é usado para descrever o Deus criador, então, como aqui o mesmo substantivo é usado para descrever outros “deuses” que não o Criador?
  5. 5. OS DEVERES DO PRIMEIRO MANDAMENTO 1. Conhecer e Reconhecer a Deus: ele diz que não dever ter outros deuses – no texto hebraico seria “não terás tu” ele individualiza o povo da aliança A realidade ensinada aqui no mandamento é que apenas Deus deve ser conhecido como de fato Deus requer de cada um de nós é que ele seja reconhecido como nosso Deus - 1 Crônicas 28.9 1.1 Ele deve ser visto como Deus Único Dt.26.17 1.2 Ele deve ser contemplado como Deus verdadeiro: A falsidade dar-se também no campo religioso, muitas vezes estamos servindo a um Deus que não é verdadeiro.
  6. 6. 2. O Mandamento nos exige o culto e Glorificação a Deus como tal: O primeiro mando nos obriga ao culto a Deus - salmo 95:6-7 A centralidade de Deus é vista quando diz “não terás outros deuses “diante de minha face” - “y;n"©)P'-l[;”-[AL-PANEY]. Algumas verdades se desprendem aqui: 1. Que estamos sempre diante da face de Deus:1. Que estamos sempre diante da face de Deus: Não importa se estamos em outro país, cidade ou mesmo região, estamos sempre diante da face de Deus. A nossa vida é para Deus. É para glorificá-lo, este mandamento nos levar a pensar nisso que forma profunda. Por mais que estejamos em outro lugar, estamos diante do soberano do universo.
  7. 7. 2. Que Deus é onipresente:2. Que Deus é onipresente: Esta é outra verdade que aprendemos com a expressão “y;n"©)P'-l[;” isto significa que ele sempre está nos vendo em nossas transgressões 3. RESULTADOS DISTO:3. RESULTADOS DISTO: a)a)O Pensar em Deus:O Pensar em Deus: Quando o mandamento nos diz que não devemos ter outras divindades diante da face de Deus, está nos obrigando a ocupar a nossa mente, nutrir a nossa mente somente com Deus. (Malaquias 3:16) b)b)Meditar em Deus:Meditar em Deus: A meditação em Deus é reconhecê-lo como o único centro de nossas vidas, o nosso Sumo Bem. (Salmo 63:6)
  8. 8. II – OS PECADOS QUE SÃO PROIBIDOS NESTEII – OS PECADOS QUE SÃO PROIBIDOS NESTE MANDAMENTOMANDAMENTO (Catecismo Maior de Westminster perg.105)(Catecismo Maior de Westminster perg.105) 105. Quais são os pecados proibidos no primeiro mandamento? Os pecados proibidos no primeiro mandamento são - o ateísmo, negar ou não ter um Deus; a idolatria - ter ou adorar mais de um Deus, ou qualquer outra associação em lugar do verdadeiro Deus; o não tê-lo e não confessá-lo como Deus, e nosso Deus; a omissão ou negligência de qualquer coisa devida a Ele, exigida neste mandamento; a ignorância, o esquecimento, as más concepções, as falsas opiniões, os pensamentos indignos e ímpios quanto a Ele;
  9. 9. a pesquisa audaz e curiosa de seus segredos; toda profanidade, e toda aversão contra Deus; o egoísmo, o espírito interesseiro e toda aplicação desordenada e imoderada de nosso entendimento, vontade ou afetos para outras coisas, e o desviá-los de Deus, em tudo ou em parte; a vã credulidade, a incredulidade, a heresia, as crenças errôneas, a desconfiança e o desespero; a resistência obstinada e a insensibilidade sob os juízos de Deus; a dureza de coração e a soberba; a presunção; a segurança carnal; o tentar a Deus; o uso de meios ilícitos; a confiança nos meios lícitos; os deleites e gozos carnais; um zelo corrupto, cego e indiscreto; a tibieza e o desalento nas coisas de Deus; o alienar-nos e o apostatar de Deus; o orar ou prestar qualquer culto religioso a santos, anjos ou qualquer outra criatura; todos os pactos e todas as consultas feitas ao diabo; o dar ouvidos às suas sugestões; o fazer os homens senhores da nossa fé e consciência;
  10. 10.  fazer pouco caso e desprezar a Deus e aos mandamentos; o resistir e entristecer o seu Espírito; o descontentamento e impaciência com as suas dispensações; o acusá-lo estultamente dos males com que Ele nos aflige; e o atribuir o louvor de qualquer bem que somos, temos ou podemos fazer à fortuna, aos ídolos, a nós mesmos, ou a qualquer outra criatura. Dt 8:17,27;29:29;32:15; Lv 20:6; Ez 14:5;37:11; Dn 4:30; 5:23; Hc 1:16; I Sm 2:29;28:7-11, comparado com I Cr 10:13,14; II Sm 12:9; Pv 13:13; Jr 2:27-28,32;4:22;5:3;13:15;17:5; Sl 14:1;19:13;50:21,22;73:2,3;78:22;81:11; Is.1:4,5;43:22-23; Os 4:1-6,12; Mt 4:7;23:9; Lc 9:54,55; Jo 16:2; At 5:3;7:51;17:23,29;28:9; Rm 1:25,30;2:5;3:8;10:2; II Tm 3:2,4; Ef 4:30; Tt 1:16;3:1; Fp 2:21; Cl 2:18;3:2,5; I Ts 1:9; I Jo 2:15;4:1; Hb 3:12;12:16; Ef 4:30; Gl 4:17;5:20; Sf 1:12; II Tm 3:2,4; Ap 3:1,16;19:10.
  11. 11. OS Pecados proibido neste Mandamento Este mandamento não apenas nos ordena o que devemos fazer, mas também nos indica o que não devemos fazer. O mandamento condena determinadas atitudes que o homem tem tomado em relação a Deus e a sua revelação na Lei dos Dez Mandamentos. Que pecados são condenados no primeiro mandamento?
  12. 12. 1. O Ateísmo: O que é o ateísmo? Não outra coisa senão a negação de Deus. O mandamento não só proíbe o Ter outro deus, mas também proíbe-nos de negar o legítimo e verdadeiro Deus. Estamos livres deste tipo de pecado? A Resposta é Não! Nós muitas vezes somos ateus; pois, queridos existe dois tipos de ateísmo: O prático e teórico. O ateísmo prático resume-se no fato de que nós tomamos muitas de nossas decisões sem pedir orientação a Deus. Um texto que nos fala sobre isso é Salmo 14.1 – “o mestre de canto. Salmo de Davi Diz o insensato no seu coração: Não há Deus. Corrompem-se e praticam abominação; já não há quem faça o bem.”.
  13. 13. ”. 2. A Idolatria Outro pecado que é proibido aqui neste mandamento é a idolatria. a Bíblia acentua isso de forma clara - Jeremias 2:27-28 A idolatria é algo abominável aos olhos de Deus. A invocação de qualquer ser que não seja Deus é uma flagrante manifestação de rebeldia contra este mandamento.
  14. 14. 3. A Ignorância Quando o homem decide ignorar a Deus; não deseja conhecê-lo. E de que forma isso ocorre? Na rejeição de Sua palavra. Quando não lemos, não ouvimos a pregação, a exposição da Palavra de Deus (Jeremias 4:22) A igreja hoje peca contra esta mandamento porque não busca conhecer este nosso Deus Oséias 4:1-6
  15. 15.   4. A Heresia  O primeiro mandamento condena toda e qualquer heresia a respeito de sua pessoa e revelação. Isso incluí todas as nossas falsas opiniões sobre Deus e a sua palavra.  As falsas concepções estão de fato destruindo a unidade da Igreja de Cristo. No texto de Paulo em Gálatas 5.20 a palavra “facções” no texto grego é “ai`re,seij” ou seja, toda facção religiosa sustenta as mais gritantes heresias e concepções equivocadas a respeito de Deus e de sua palavra. É pecado contra o primeiro mandamento tem uma falsa doutrina sobre Deus. Qual é a nossa atitude para com aqueles que sustem heresias.  Não pode ser outra senão a que nos ordena Paulo em Tito 3.10 “deixa-o”, pois, o herege não tem comunhão com os santos, ou seja, com a Igreja que proclama fielmente a Lei de Deus. Pois, toda falsa doutrina vai gerar desconfiança no crente e cair em desespero e não confiar mais na providência de Deus.
  16. 16. III – O PRIMEIRO MANDAMENTOIII – O PRIMEIRO MANDAMENTO E A PROVIDÊNCIA DE DEUSE A PROVIDÊNCIA DE DEUS  A grande verdade aprendida neste mandamento é a providência de Deus. Pois, somos ensinados por Deus aqui que apenas ele, e somente ele de fato cuida de nós.  Isto significa que devemos elevar os nossos corações a ele, pois, somente nele encontramos repouso seguro. Pois, não existe outro Deus em quem devemos depositar as nossas orações.  Quando se nos diz “diante de minha face” implica em não confiarmos em nossas próprias forças pelo que somos ou pelo que possuímos, e atribuírmos tudo o que temos e somos a nós somente; mas, se nos ensina aqui que apenas Deus e somente ele deve receber a glória em tudo o que temos e somos.  Isto nos impele para outra verdade, é que tudo o que fazemos na escola, no trabalho na faculadade ele está sendo glorificado. Ou seja, em tudo estamos servindo a Deus (1 Co.10.30). Deus está sempre diante de nós; e nós, estamos sempre diante dele, pois, tudo o que fazemos ou deixamos de fazer ele está vendo (Hb. 4.13). Diante disso que aplicações podemos tirar deste mandamento?   
  17. 17. CONCLUSÃO:CONCLUSÃO: 1. Que Deus se revelou a nós para ser Conhecido e Reconhecido: não foi do seu agrado ficar escondido, mas quis revelar-se ao homem. 2. Que é nosso dever viver par tê-lo como nosso único e verdadeiro Deus: A revelação de Deus nos conduz para termos o autêntico conhecimento de Deus, então, é nosso dever tê-lo como o centro de nossa vida. 3. Devemos viver com a perspectiva de que sempre estamos diante de Deus: Não importa onde estejamos, pois, ele é o nosso Deus soberanos; e a nossa vida visa glorificá-lo. Vivamos uma vida que vise apenas a glória de Deus neste mundo.

×