PARENTES DIFÍCEISSergito Souza CavalcântiFormatação: VAL RUAS
Procure compreender e perdoar incompreensões,ciúmes e a intolerância de todos aqueles que a DivinaProvidência colocou sob ...
Nem sempre nossos parentes são nossosamigos. O grande sábio Salomão já dizia que:“...há amigo mais chegado que um irmão.”
A abençoada lei de amor e justiça, que é areencarnação, nos proporciona quitar débitos com osmesmos adversários de ontem, ...
No lar, ao lado de almas queridas, encontramostambém antigos desafetos, que a sabedoria divinacoloca ao nosso lado com opo...
Diante do parente mais difícil, necessário se faz oexercício da compreensão, da paciência e perdão.“Reconciliai-vos o mais...
Aproveite a oportunidade de caminharem juntos,pois talvez ao longo do percurso encontrarão omomento mais adequado e propíc...
Emmanuel nos alerta que: Toda antipatia, aparentemente amais justa, deve morrer para dar lugar à simpatia.Perdoe sempre, p...
A outra face só nos será revelada quando estivermosno mundo espiritual. Por isso, muitas vezes pensamosser vítimas quando,...
Nunca se esqueça de que não tem os parentes quesonhou e sim aqueles que merece. Estamos situadosna família certa, junto da...
Esforce-se para amá-los, tendo para com eles, osnobres sentimentos de perdão, da tolerância, daresignação e da paciência.
haja egoísmo, porque Tu nos animas. Que não hajarancor, porque Tu nos perdoas. Que não hajaabandono, porque Tu estás conno...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Parentes difíceis

522 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
522
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Parentes difíceis

  1. 1. PARENTES DIFÍCEISSergito Souza CavalcântiFormatação: VAL RUAS
  2. 2. Procure compreender e perdoar incompreensões,ciúmes e a intolerância de todos aqueles que a DivinaProvidência colocou sob o meso teto que o seu.
  3. 3. Nem sempre nossos parentes são nossosamigos. O grande sábio Salomão já dizia que:“...há amigo mais chegado que um irmão.”
  4. 4. A abençoada lei de amor e justiça, que é areencarnação, nos proporciona quitar débitos com osmesmos adversários de ontem, vivendo hoje conoscosob o mesmo teto na condição de pais, mães, filhos,irmãos e cunhados...
  5. 5. No lar, ao lado de almas queridas, encontramostambém antigos desafetos, que a sabedoria divinacoloca ao nosso lado com oportunidade dereconciliação e resgate.
  6. 6. Diante do parente mais difícil, necessário se faz oexercício da compreensão, da paciência e perdão.“Reconciliai-vos o mais depressa possível com o vosso adversário,enquanto estais a caminho”, aconselhou Jesus.
  7. 7. Aproveite a oportunidade de caminharem juntos,pois talvez ao longo do percurso encontrarão omomento mais adequado e propício para estareconciliação.
  8. 8. Emmanuel nos alerta que: Toda antipatia, aparentemente amais justa, deve morrer para dar lugar à simpatia.Perdoe sempre, pois à carne só enxergamos uma faceda moeda de nossas existências.
  9. 9. A outra face só nos será revelada quando estivermosno mundo espiritual. Por isso, muitas vezes pensamosser vítimas quando, na realidade, somos algozes.
  10. 10. Nunca se esqueça de que não tem os parentes quesonhou e sim aqueles que merece. Estamos situadosna família certa, junto das pessoas mais adequadas ànossa evolução.
  11. 11. Esforce-se para amá-los, tendo para com eles, osnobres sentimentos de perdão, da tolerância, daresignação e da paciência.
  12. 12. haja egoísmo, porque Tu nos animas. Que não hajarancor, porque Tu nos perdoas. Que não hajaabandono, porque Tu estás connosco. Que saibamoscaminhar para Ti em nossa rotina diária. Que cadamanhã seja o inicio de mais um dia de entrega a Ti,Senhor. Que cada noite nos encontre ainda maisunidos no amor. Faz, Senhor, das nossasvidas que quiseste unir, páginas repletas com a tualuz. Faz Senhor, dos nossos filhos o que Tu anseias.Ajuda-nos a educá-los e orientá-los pelos Teuscaminhos. Que nos esforcemos no consolo mútuo. Quefaçamos do amor um motivo para amar-Te mais. Quepossamos dar o melhor de nós mesmos para sermosfelizes no lar. Que, ao amanhecer o grande dia deirmos ao Teu encontro, nos concedas estarmos unidospara sempre a Ti.

×