SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Aluno: Jovert Nunes Freire
Polo: São João da Boa Vista - APsjo212
Grupo 72 / PCFA
Tutora: Francisco José de Castro
Data: 6 de maio de 2013
Tarefa 3: Motivações que funcionaram.
Motivações extrínsecas:
1) Diplomação - Profissionalmente, o fortalecimento do currículo com um diploma de pós-
graduação oferece uma vantagem desejada. Principalmente para mim, que estou formado há muito
tempo, é uma ótima forma de ampliar as possibilidades no mercado de trabalho.
2) Mercado de Trabalho - A maioria dos alunos no PIGEAD já trabalha ou teve experiência em
educação. Conseqüentemente, essa convivência com pessoas do meio aumentam as possibilidades
de inserção no mercado que almejo, dentro desta área que tanto admiro.
3) Remuneração - Cursar PIGEAD parece-me a peça faltante no meu “quebra cabeça” profissional.
Pretendo atuar na produção de objetos de aprendizagem, pois tenho larga experiência em produção
de filmes, textos, fotos, sons e web design para publicidade, incluindo produção de vídeo aulas.
Motivações intrínsecas:
1) Aprender - Amo entender. Sou um curioso nato e isso independe de qualquer prêmio ou
vantagem que possam me oferecer. Em PIGEAD, aprendo algo que gosto e que atualiza meus
conhecimentos. Isso me motiva a estudar e seguir firme – mesmo quando encontro dificuldades.
2) Ensinar - E amo ensinar, contar histórias empolgantes com finalidades motivadoras. Inventar
jogos e competições. Incentivar a leitura, o desenho, a arte de interpretar, etc. Canalizar a
transmissão do conhecimento de mentes brilhantes para as mentes em formação. Aplicar o saber e
transformar aulas “chatas” em objetos de aprendizagem que despertam a atenção, que motivam o
aluno e resultam em uma aprendizagem prazerosa. Enfim, amo ter a esperança na mudança do
sistema de ensino “frustrante” em algo digno, mantenedor do sorriso na face de cada criança, que,
como eu fui, anseia por aprender e por em prática.
*REFERENCIAIS BIBLIOGRÁFICOS:
ZYNGER, Elisabeth Aizman e outros - Entendendo um pouco mais o processo de aprendizagem -
Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Usabilidade - Acesso em: 19 abr. 2013 e RURATO,
Paulo - Perfis dos Aprendentes no Ensino a Distância - Un. Fernando Pessoa, Portugal -
Disponível em: http://www2.ufp.pt/~lmbg/reserva/phd_pr2005.pdf - Acesso: 1º mai. 2013.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

II Jornades Internet Social - Citilab Cornellà - FTIC - STSI
II Jornades Internet Social - Citilab Cornellà - FTIC - STSIII Jornades Internet Social - Citilab Cornellà - FTIC - STSI
II Jornades Internet Social - Citilab Cornellà - FTIC - STSIXavier de Pedro
 
Como proceder na_biblioteca
Como proceder na_bibliotecaComo proceder na_biblioteca
Como proceder na_bibliotecaÉlio Geadas
 
Cartaz semana da leitura 2013 penafiel sudeste
Cartaz semana da leitura 2013 penafiel sudesteCartaz semana da leitura 2013 penafiel sudeste
Cartaz semana da leitura 2013 penafiel sudestepoletef
 
Como sublinhar bem
Como sublinhar bemComo sublinhar bem
Como sublinhar bemÉlio Geadas
 
Reforma protestante
Reforma protestanteReforma protestante
Reforma protestanteLaris LG
 
Immateriel et longevité des entreprises
Immateriel et longevité des entreprisesImmateriel et longevité des entreprises
Immateriel et longevité des entreprisesMKT FINANCE
 
Acta n°1 de 2013 reunión alcohol y drogas comunal aps
Acta n°1 de 2013 reunión  alcohol y drogas comunal apsActa n°1 de 2013 reunión  alcohol y drogas comunal aps
Acta n°1 de 2013 reunión alcohol y drogas comunal apsJosé Luis Contreras Muñoz
 
O que o professor de língua portuguesa necessita fazer para desenvolver escr...
O que o professor de língua portuguesa necessita fazer para desenvolver  escr...O que o professor de língua portuguesa necessita fazer para desenvolver  escr...
O que o professor de língua portuguesa necessita fazer para desenvolver escr...Vanessa Aparecida R Anastacio
 
Herramientas y entornos colaborativos (Herramientas 2.0 - 3/4)
Herramientas y entornos colaborativos (Herramientas 2.0 - 3/4)Herramientas y entornos colaborativos (Herramientas 2.0 - 3/4)
Herramientas y entornos colaborativos (Herramientas 2.0 - 3/4)Jordi Graells
 
Matéria Jornal A Critica de Manaus em 26 de novembro de 2005.
Matéria Jornal A Critica de Manaus em 26 de novembro de 2005.Matéria Jornal A Critica de Manaus em 26 de novembro de 2005.
Matéria Jornal A Critica de Manaus em 26 de novembro de 2005.Rodrigo Gadelha
 
L'energia que mou Súria
L'energia que mou SúriaL'energia que mou Súria
L'energia que mou Súriavirusdenespola
 

Destaque (15)

II Jornades Internet Social - Citilab Cornellà - FTIC - STSI
II Jornades Internet Social - Citilab Cornellà - FTIC - STSIII Jornades Internet Social - Citilab Cornellà - FTIC - STSI
II Jornades Internet Social - Citilab Cornellà - FTIC - STSI
 
Como proceder na_biblioteca
Como proceder na_bibliotecaComo proceder na_biblioteca
Como proceder na_biblioteca
 
Cartaz semana da leitura 2013 penafiel sudeste
Cartaz semana da leitura 2013 penafiel sudesteCartaz semana da leitura 2013 penafiel sudeste
Cartaz semana da leitura 2013 penafiel sudeste
 
Como sublinhar bem
Como sublinhar bemComo sublinhar bem
Como sublinhar bem
 
Trasfondo biblia.jpg1
Trasfondo biblia.jpg1Trasfondo biblia.jpg1
Trasfondo biblia.jpg1
 
Reforma protestante
Reforma protestanteReforma protestante
Reforma protestante
 
Immateriel et longevité des entreprises
Immateriel et longevité des entreprisesImmateriel et longevité des entreprises
Immateriel et longevité des entreprises
 
Acta n°1 de 2013 reunión alcohol y drogas comunal aps
Acta n°1 de 2013 reunión  alcohol y drogas comunal apsActa n°1 de 2013 reunión  alcohol y drogas comunal aps
Acta n°1 de 2013 reunión alcohol y drogas comunal aps
 
O que o professor de língua portuguesa necessita fazer para desenvolver escr...
O que o professor de língua portuguesa necessita fazer para desenvolver  escr...O que o professor de língua portuguesa necessita fazer para desenvolver  escr...
O que o professor de língua portuguesa necessita fazer para desenvolver escr...
 
Business Brand Path
Business Brand PathBusiness Brand Path
Business Brand Path
 
Herramientas y entornos colaborativos (Herramientas 2.0 - 3/4)
Herramientas y entornos colaborativos (Herramientas 2.0 - 3/4)Herramientas y entornos colaborativos (Herramientas 2.0 - 3/4)
Herramientas y entornos colaborativos (Herramientas 2.0 - 3/4)
 
Resumo psy
Resumo psyResumo psy
Resumo psy
 
Cahier de texte
Cahier de texteCahier de texte
Cahier de texte
 
Matéria Jornal A Critica de Manaus em 26 de novembro de 2005.
Matéria Jornal A Critica de Manaus em 26 de novembro de 2005.Matéria Jornal A Critica de Manaus em 26 de novembro de 2005.
Matéria Jornal A Critica de Manaus em 26 de novembro de 2005.
 
L'energia que mou Súria
L'energia que mou SúriaL'energia que mou Súria
L'energia que mou Súria
 

Semelhante a Dcfa tarefa 3 três motivações que funcionaram final jvt

12 ARTIGO TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INC...
12 ARTIGO TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INC...12 ARTIGO TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INC...
12 ARTIGO TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INC...SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 3 TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INCL...
ARTIGO 3 TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INCL...ARTIGO 3 TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INCL...
ARTIGO 3 TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INCL...SimoneHelenDrumond
 
Ativ 1 suilan_cem
Ativ 1 suilan_cemAtiv 1 suilan_cem
Ativ 1 suilan_cemsuilancosta
 
Apostila jogos na matematica
Apostila   jogos na matematicaApostila   jogos na matematica
Apostila jogos na matematicaMarcia MMs
 
Modulo 4 texto multimodal - O ambiente escolar como espaço educativo para a p...
Modulo 4 texto multimodal - O ambiente escolar como espaço educativo para a p...Modulo 4 texto multimodal - O ambiente escolar como espaço educativo para a p...
Modulo 4 texto multimodal - O ambiente escolar como espaço educativo para a p...Weruska Dutra
 
Desafios para um professor reflexivo
Desafios para um professor reflexivoDesafios para um professor reflexivo
Desafios para um professor reflexivoClaudio Ribeiro
 
Motivação nas Escolas Profissionais F.R. de Moçambique ( Por: Francisco da Cr...
Motivação nas Escolas Profissionais F.R. de Moçambique ( Por: Francisco da Cr...Motivação nas Escolas Profissionais F.R. de Moçambique ( Por: Francisco da Cr...
Motivação nas Escolas Profissionais F.R. de Moçambique ( Por: Francisco da Cr...wilkerfilipel
 
Desenvolvimento de competências em Webdesigner
Desenvolvimento de competências em WebdesignerDesenvolvimento de competências em Webdesigner
Desenvolvimento de competências em WebdesignerJulio Gomes
 
Atividade avaliativa final
Atividade avaliativa finalAtividade avaliativa final
Atividade avaliativa finalordele
 
O Meu Portefólio/Tic no Ensino-Apendizagem
O Meu Portefólio/Tic no Ensino-ApendizagemO Meu Portefólio/Tic no Ensino-Apendizagem
O Meu Portefólio/Tic no Ensino-ApendizagemAgostinho NSilva
 
Manual Para O Sucesso Academico Na Engenharia
Manual Para O Sucesso Academico Na EngenhariaManual Para O Sucesso Academico Na Engenharia
Manual Para O Sucesso Academico Na EngenhariaRoderlei Presznhuk
 

Semelhante a Dcfa tarefa 3 três motivações que funcionaram final jvt (20)

12 ARTIGO TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INC...
12 ARTIGO TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INC...12 ARTIGO TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INC...
12 ARTIGO TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INC...
 
ARTIGO 3 TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INCL...
ARTIGO 3 TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INCL...ARTIGO 3 TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INCL...
ARTIGO 3 TECNOLOGIA EDUCACIONAL QUAL O PAPEL E A APLICAÇÃO NA PRÁTICA DA INCL...
 
Ativ 1 suilan_cem
Ativ 1 suilan_cemAtiv 1 suilan_cem
Ativ 1 suilan_cem
 
Apostila jogos na matematica
Apostila   jogos na matematicaApostila   jogos na matematica
Apostila jogos na matematica
 
Apresentação em ead
Apresentação em eadApresentação em ead
Apresentação em ead
 
Modulo 4 texto multimodal - O ambiente escolar como espaço educativo para a p...
Modulo 4 texto multimodal - O ambiente escolar como espaço educativo para a p...Modulo 4 texto multimodal - O ambiente escolar como espaço educativo para a p...
Modulo 4 texto multimodal - O ambiente escolar como espaço educativo para a p...
 
Apresentação p as salvador do sul
Apresentação p as salvador do sulApresentação p as salvador do sul
Apresentação p as salvador do sul
 
EducaçãO A DistâNcia
EducaçãO A DistâNciaEducaçãO A DistâNcia
EducaçãO A DistâNcia
 
10 2 teor_com
10 2 teor_com10 2 teor_com
10 2 teor_com
 
Sindrome de down 2
Sindrome de down 2Sindrome de down 2
Sindrome de down 2
 
O Desafio de ser um professor reflexivo
O Desafio de ser um professor reflexivoO Desafio de ser um professor reflexivo
O Desafio de ser um professor reflexivo
 
Desafios para um professor reflexivo
Desafios para um professor reflexivoDesafios para um professor reflexivo
Desafios para um professor reflexivo
 
Apresentação p as sapiranga1
Apresentação p as sapiranga1Apresentação p as sapiranga1
Apresentação p as sapiranga1
 
Motivação nas Escolas Profissionais F.R. de Moçambique ( Por: Francisco da Cr...
Motivação nas Escolas Profissionais F.R. de Moçambique ( Por: Francisco da Cr...Motivação nas Escolas Profissionais F.R. de Moçambique ( Por: Francisco da Cr...
Motivação nas Escolas Profissionais F.R. de Moçambique ( Por: Francisco da Cr...
 
Desenvolvimento de competências em Webdesigner
Desenvolvimento de competências em WebdesignerDesenvolvimento de competências em Webdesigner
Desenvolvimento de competências em Webdesigner
 
Atividade avaliativa final
Atividade avaliativa finalAtividade avaliativa final
Atividade avaliativa final
 
O Meu Portefólio/Tic no Ensino-Apendizagem
O Meu Portefólio/Tic no Ensino-ApendizagemO Meu Portefólio/Tic no Ensino-Apendizagem
O Meu Portefólio/Tic no Ensino-Apendizagem
 
Portifólio
Portifólio Portifólio
Portifólio
 
Manual Para O Sucesso Academico Na Engenharia
Manual Para O Sucesso Academico Na EngenhariaManual Para O Sucesso Academico Na Engenharia
Manual Para O Sucesso Academico Na Engenharia
 
Dicas para elaborar_um_plano_de_aula
Dicas para elaborar_um_plano_de_aulaDicas para elaborar_um_plano_de_aula
Dicas para elaborar_um_plano_de_aula
 

Mais de Jovert Freire

Cv jovert nunesfreire2016
Cv jovert nunesfreire2016Cv jovert nunesfreire2016
Cv jovert nunesfreire2016Jovert Freire
 
UMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
UMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIAUMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
UMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIAJovert Freire
 
PÔSTER: UMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂ...
PÔSTER: UMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂ...PÔSTER: UMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂ...
PÔSTER: UMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂ...Jovert Freire
 
Mtc tarefa 7 - cronograma - final jvt
Mtc   tarefa 7 - cronograma - final jvtMtc   tarefa 7 - cronograma - final jvt
Mtc tarefa 7 - cronograma - final jvtJovert Freire
 
Mtc tarefa 6 - metodologia - final jvt
Mtc   tarefa 6 - metodologia - final jvtMtc   tarefa 6 - metodologia - final jvt
Mtc tarefa 6 - metodologia - final jvtJovert Freire
 
Mtc tarefa 5 - esquema e resumo - final jvt
Mtc   tarefa 5 - esquema e resumo - final jvtMtc   tarefa 5 - esquema e resumo - final jvt
Mtc tarefa 5 - esquema e resumo - final jvtJovert Freire
 
Mtc tarefa 4 - anteprojeto do projeto final de curso pós-graduação em pigea...
Mtc   tarefa 4 - anteprojeto do projeto final de curso pós-graduação em pigea...Mtc   tarefa 4 - anteprojeto do projeto final de curso pós-graduação em pigea...
Mtc tarefa 4 - anteprojeto do projeto final de curso pós-graduação em pigea...Jovert Freire
 
Mtc tarefa 3 - lista de bibliografias - final jvt
Mtc   tarefa 3 - lista de bibliografias - final jvtMtc   tarefa 3 - lista de bibliografias - final jvt
Mtc tarefa 3 - lista de bibliografias - final jvtJovert Freire
 
Mtc tarefa 1 definição da área do tema para formação de grupo de estudo - f...
Mtc tarefa 1   definição da área do tema para formação de grupo de estudo - f...Mtc tarefa 1   definição da área do tema para formação de grupo de estudo - f...
Mtc tarefa 1 definição da área do tema para formação de grupo de estudo - f...Jovert Freire
 
Mtc tarefa 2 - definição do grupo de trabalho - final jvt
Mtc   tarefa 2 - definição do grupo de trabalho - final jvtMtc   tarefa 2 - definição do grupo de trabalho - final jvt
Mtc tarefa 2 - definição do grupo de trabalho - final jvtJovert Freire
 
Gcd atividade 6 curso de marketing digital - planejamento micro curso - fin...
Gcd atividade 6   curso de marketing digital - planejamento micro curso - fin...Gcd atividade 6   curso de marketing digital - planejamento micro curso - fin...
Gcd atividade 6 curso de marketing digital - planejamento micro curso - fin...Jovert Freire
 
Gcd atividade 5 curso de marketing digital - equipe multidisciplinar - fina...
Gcd atividade 5   curso de marketing digital - equipe multidisciplinar - fina...Gcd atividade 5   curso de marketing digital - equipe multidisciplinar - fina...
Gcd atividade 5 curso de marketing digital - equipe multidisciplinar - fina...Jovert Freire
 
Gcd atividade 1 - pesquisa programas ea d - final jvt
Gcd   atividade 1 - pesquisa programas ea d - final jvtGcd   atividade 1 - pesquisa programas ea d - final jvt
Gcd atividade 1 - pesquisa programas ea d - final jvtJovert Freire
 
Gcd atividade 4 pesquisa e avaliação do polo uab sjbv - final jvt
Gcd atividade 4   pesquisa e avaliação do polo uab sjbv - final jvtGcd atividade 4   pesquisa e avaliação do polo uab sjbv - final jvt
Gcd atividade 4 pesquisa e avaliação do polo uab sjbv - final jvtJovert Freire
 
Gcd atividade 3 - apresentação slide - conhecendo a cead - final jvt
Gcd   atividade 3 - apresentação slide - conhecendo a cead - final jvtGcd   atividade 3 - apresentação slide - conhecendo a cead - final jvt
Gcd atividade 3 - apresentação slide - conhecendo a cead - final jvtJovert Freire
 
Gcd atividade 2 - representação gráfica - final jvt
Gcd   atividade 2 - representação gráfica - final jvtGcd   atividade 2 - representação gráfica - final jvt
Gcd atividade 2 - representação gráfica - final jvtJovert Freire
 
Devemos avaliar a memorização de conceitos
Devemos avaliar a memorização de conceitosDevemos avaliar a memorização de conceitos
Devemos avaliar a memorização de conceitosJovert Freire
 
Tanto esperava de ti, meu mestre!
Tanto esperava de ti, meu mestre!Tanto esperava de ti, meu mestre!
Tanto esperava de ti, meu mestre!Jovert Freire
 
Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...
Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...
Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...Jovert Freire
 
Avmc tarefa semana 3 recursos de aprendizagem youtube final jvt
Avmc tarefa semana 3 recursos de aprendizagem youtube final jvtAvmc tarefa semana 3 recursos de aprendizagem youtube final jvt
Avmc tarefa semana 3 recursos de aprendizagem youtube final jvtJovert Freire
 

Mais de Jovert Freire (20)

Cv jovert nunesfreire2016
Cv jovert nunesfreire2016Cv jovert nunesfreire2016
Cv jovert nunesfreire2016
 
UMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
UMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIAUMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
UMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
 
PÔSTER: UMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂ...
PÔSTER: UMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂ...PÔSTER: UMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂ...
PÔSTER: UMA INVESTIGAÇÃO DO USO DE REDES SOCIAIS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO A DISTÂ...
 
Mtc tarefa 7 - cronograma - final jvt
Mtc   tarefa 7 - cronograma - final jvtMtc   tarefa 7 - cronograma - final jvt
Mtc tarefa 7 - cronograma - final jvt
 
Mtc tarefa 6 - metodologia - final jvt
Mtc   tarefa 6 - metodologia - final jvtMtc   tarefa 6 - metodologia - final jvt
Mtc tarefa 6 - metodologia - final jvt
 
Mtc tarefa 5 - esquema e resumo - final jvt
Mtc   tarefa 5 - esquema e resumo - final jvtMtc   tarefa 5 - esquema e resumo - final jvt
Mtc tarefa 5 - esquema e resumo - final jvt
 
Mtc tarefa 4 - anteprojeto do projeto final de curso pós-graduação em pigea...
Mtc   tarefa 4 - anteprojeto do projeto final de curso pós-graduação em pigea...Mtc   tarefa 4 - anteprojeto do projeto final de curso pós-graduação em pigea...
Mtc tarefa 4 - anteprojeto do projeto final de curso pós-graduação em pigea...
 
Mtc tarefa 3 - lista de bibliografias - final jvt
Mtc   tarefa 3 - lista de bibliografias - final jvtMtc   tarefa 3 - lista de bibliografias - final jvt
Mtc tarefa 3 - lista de bibliografias - final jvt
 
Mtc tarefa 1 definição da área do tema para formação de grupo de estudo - f...
Mtc tarefa 1   definição da área do tema para formação de grupo de estudo - f...Mtc tarefa 1   definição da área do tema para formação de grupo de estudo - f...
Mtc tarefa 1 definição da área do tema para formação de grupo de estudo - f...
 
Mtc tarefa 2 - definição do grupo de trabalho - final jvt
Mtc   tarefa 2 - definição do grupo de trabalho - final jvtMtc   tarefa 2 - definição do grupo de trabalho - final jvt
Mtc tarefa 2 - definição do grupo de trabalho - final jvt
 
Gcd atividade 6 curso de marketing digital - planejamento micro curso - fin...
Gcd atividade 6   curso de marketing digital - planejamento micro curso - fin...Gcd atividade 6   curso de marketing digital - planejamento micro curso - fin...
Gcd atividade 6 curso de marketing digital - planejamento micro curso - fin...
 
Gcd atividade 5 curso de marketing digital - equipe multidisciplinar - fina...
Gcd atividade 5   curso de marketing digital - equipe multidisciplinar - fina...Gcd atividade 5   curso de marketing digital - equipe multidisciplinar - fina...
Gcd atividade 5 curso de marketing digital - equipe multidisciplinar - fina...
 
Gcd atividade 1 - pesquisa programas ea d - final jvt
Gcd   atividade 1 - pesquisa programas ea d - final jvtGcd   atividade 1 - pesquisa programas ea d - final jvt
Gcd atividade 1 - pesquisa programas ea d - final jvt
 
Gcd atividade 4 pesquisa e avaliação do polo uab sjbv - final jvt
Gcd atividade 4   pesquisa e avaliação do polo uab sjbv - final jvtGcd atividade 4   pesquisa e avaliação do polo uab sjbv - final jvt
Gcd atividade 4 pesquisa e avaliação do polo uab sjbv - final jvt
 
Gcd atividade 3 - apresentação slide - conhecendo a cead - final jvt
Gcd   atividade 3 - apresentação slide - conhecendo a cead - final jvtGcd   atividade 3 - apresentação slide - conhecendo a cead - final jvt
Gcd atividade 3 - apresentação slide - conhecendo a cead - final jvt
 
Gcd atividade 2 - representação gráfica - final jvt
Gcd   atividade 2 - representação gráfica - final jvtGcd   atividade 2 - representação gráfica - final jvt
Gcd atividade 2 - representação gráfica - final jvt
 
Devemos avaliar a memorização de conceitos
Devemos avaliar a memorização de conceitosDevemos avaliar a memorização de conceitos
Devemos avaliar a memorização de conceitos
 
Tanto esperava de ti, meu mestre!
Tanto esperava de ti, meu mestre!Tanto esperava de ti, meu mestre!
Tanto esperava de ti, meu mestre!
 
Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...
Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...
Avmc tarefa semana 5 e 6 Tarefa das Semanas 5 e 6 criando um curso no ambient...
 
Avmc tarefa semana 3 recursos de aprendizagem youtube final jvt
Avmc tarefa semana 3 recursos de aprendizagem youtube final jvtAvmc tarefa semana 3 recursos de aprendizagem youtube final jvt
Avmc tarefa semana 3 recursos de aprendizagem youtube final jvt
 

Último

UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdfLabor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdfemeio123
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfrarakey779
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaIlda Bicacro
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxGraycyelleCavalcanti
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaaCarolineFrancielle
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxSolangeWaltre
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaLuanaAlves940822
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 

Último (20)

UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdfLabor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 

Dcfa tarefa 3 três motivações que funcionaram final jvt

  • 1. Aluno: Jovert Nunes Freire Polo: São João da Boa Vista - APsjo212 Grupo 72 / PCFA Tutora: Francisco José de Castro Data: 6 de maio de 2013 Tarefa 3: Motivações que funcionaram. Motivações extrínsecas: 1) Diplomação - Profissionalmente, o fortalecimento do currículo com um diploma de pós- graduação oferece uma vantagem desejada. Principalmente para mim, que estou formado há muito tempo, é uma ótima forma de ampliar as possibilidades no mercado de trabalho. 2) Mercado de Trabalho - A maioria dos alunos no PIGEAD já trabalha ou teve experiência em educação. Conseqüentemente, essa convivência com pessoas do meio aumentam as possibilidades de inserção no mercado que almejo, dentro desta área que tanto admiro. 3) Remuneração - Cursar PIGEAD parece-me a peça faltante no meu “quebra cabeça” profissional. Pretendo atuar na produção de objetos de aprendizagem, pois tenho larga experiência em produção de filmes, textos, fotos, sons e web design para publicidade, incluindo produção de vídeo aulas. Motivações intrínsecas: 1) Aprender - Amo entender. Sou um curioso nato e isso independe de qualquer prêmio ou vantagem que possam me oferecer. Em PIGEAD, aprendo algo que gosto e que atualiza meus conhecimentos. Isso me motiva a estudar e seguir firme – mesmo quando encontro dificuldades. 2) Ensinar - E amo ensinar, contar histórias empolgantes com finalidades motivadoras. Inventar jogos e competições. Incentivar a leitura, o desenho, a arte de interpretar, etc. Canalizar a transmissão do conhecimento de mentes brilhantes para as mentes em formação. Aplicar o saber e transformar aulas “chatas” em objetos de aprendizagem que despertam a atenção, que motivam o aluno e resultam em uma aprendizagem prazerosa. Enfim, amo ter a esperança na mudança do sistema de ensino “frustrante” em algo digno, mantenedor do sorriso na face de cada criança, que, como eu fui, anseia por aprender e por em prática. *REFERENCIAIS BIBLIOGRÁFICOS: ZYNGER, Elisabeth Aizman e outros - Entendendo um pouco mais o processo de aprendizagem - Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Usabilidade - Acesso em: 19 abr. 2013 e RURATO, Paulo - Perfis dos Aprendentes no Ensino a Distância - Un. Fernando Pessoa, Portugal - Disponível em: http://www2.ufp.pt/~lmbg/reserva/phd_pr2005.pdf - Acesso: 1º mai. 2013.