Resumo (1)

194 visualizações

Publicada em

res

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
194
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resumo (1)

  1. 1. Como escrever 1.º deves ler bem o texto e sublinhar as ideias ou informação mais importante; 2.º divide o texto em sequências lógicas; 3.º escreve notas à margem do texto que possam vir a auxiliar-te no resumo; 4.º diz por palavras tuas o que leste, usando sinónimos e respeitando a ordem das informações no texto; 5.º não copies o texto, nem faças citações; 6.º relê o resumo e faz a auto-correcção.
  2. 2. TEXTO A RESUMIR RESUMO Antes da descoberta da penicilina, as pessoas podiam morrer com uma simples ferida ou, até, de uma comum constipação. Parece impossível, mas é verdade! Quinze anos depois da sua descoberta, os resultados estavam à vista: foram salvas 1,5 milhões de pessoas só nos Estados Unidos. Durante a 2ª Guerra Mundial, a penicilina salvou milhares de soldados feridos com infeções. Abriu-se o caminho para a utilização de antibióticos na medicina, o que levou à descoberta da cura de inúmeras doenças anteriormente consideradas mortais como a pneumonia, a escarlatina, a meningite e a tuberculose. In Expressinho, 6 de Agosto de 2011 (92 palavras) Antigamente as constipações e as feridas provocavam muitas mortes, mas a descoberta da penicilina veio atenuar este problema. Nos Estados Unidos, muitas pessoas foram salvas e, durante a 2ª Guerra Mundial, muitos soldados feridos foram curados, graças à penicilina. Tal facto possibilitou a descoberta da cura de outras doenças, com antibióticos. (52 palavras Quinze anos depoisQuinze anos depoisQuinze anos depoisQuinze anos depois Na actualidadeNa actualidadeNa actualidadeNa actualidade
  3. 3. ◊ Também é um texto abreviado, (mais curto), onde deves usar as tuas palavras para narrares o que leste, de forma pessoal, pela ordem que te lembras. ◊ Podes usar a 3.ª pessoa – O autor refere que ... ou Segundo o autor … Na opinião de …. O autor refere que …. ◊ Não deves fazer transcrições ou citações do texto , mas podes colocar exemplos. ◊ O reconto é um texto mais livre e pode ser oral (dizes em poucas palavras o que consideras mais importante e o que te recordas daquilo que leste.) ◊ Também é um texto abreviado, (mais curto), onde deves usar as tuas palavras para narrares o que leste, de forma pessoal, pela ordem que te lembras. ◊ Podes usar a 3.ª pessoa – O autor refere que ... ou Segundo o autor … Na opinião de …. O autor refere que …. ◊ Não deves fazer transcrições ou citações do texto , mas podes colocar exemplos. ◊ O reconto é um texto mais livre e pode ser oral (dizes em poucas palavras o que consideras mais importante e o que te recordas daquilo que leste.)
  4. 4. Actividade de escrita Proponho que resumas o texto informativo que se segue (em 60 palavras) Projecto Terra do Futuro na Quibala, Kwanza-Sul O Projecto “Terra do Futuro” foi criado em Setembro de 2009, no município da Quibala, província do Kwanza-Sul, com o objectivo de formar jovens empresários agrícolas. Desde que o governador Serafim do Prado colocou a primeira pedra até hoje, o projecto cresceu e conta agora com as primeiras dez fazendas de 250 hectares, das 60 previstas, a produzirem arroz, milho, feijão, trigo e soja. "Nesta primeira fase do projecto, podemos apresentar à sociedade as primeiras dez fazendas em fase inicial de produção, com as respectivas habitações, condições sociais e logística para o desenvolvimento do projecto", disse o director-geral do “Terra do Futuro”, Manuel João, um dos promotores da iniciativa, juntamente com Serafim do Prado e Paixão Franco. Durante dois anos de formação, os jovens, na sua maioria estudantes de agronomia e oriundos de famílias humildes, aprenderam e receberam dos técnicos nacionais e estrangeiros conhecimentos sobre o sistema de gestão agrícola e plantio, inoculação de bactérias, fixadores de nitrogénio em soja e feijão, conservação do solo, qualidade ambiental, marketing, empreendedorismo e planeamento e controlo. […] Serafim do Prado afirmou estar feliz, porque desde 2009 até à data presente, nenhum dos jovens que iniciaram o projecto abandonou a formação. […] Consultado online em 10/06/2015 e adaptado - http://www.terradofuturo.com/noticias/noticias-do-projecto/projecto- terra-do-futuro-na-quibala,-kwanza-sul.
  5. 5. Sugestão de resumo O projecto para formar jovens empresários agrícolas “Terra do Futuro” existe, desde 2009, no município da Quibala. O governador fala de progressos, pois já tem dez fazendas a produzir arroz, milho, feijão, trigo e soja e prevê sessenta. Foram construídas habitações e há condições para o avanço do projecto, apoiado pelo director-geral do “Terra do Futuro”. Há dois anos que os jovens estudantes de agronomia, vindos de famílias pobres, aprendem com técnicos angolanos e estrangeiros conhecimentos de gestão agrícola e plantação, introdução de bactérias no meio e outros processos agrícolas, como manutenção dos terrenos, qualidade ambiental, marketing, empreendedorismo e planeamento e controlo. (95 palavras)
  6. 6. Sugestão de resumo O projecto para formar jovens empresários agrícolas “Terra do Futuro” existe, desde 2009, no município da Quibala. O governador fala de progressos, pois já tem dez fazendas a produzir arroz, milho, feijão, trigo e soja e prevê sessenta. Foram construídas habitações e há condições para o avanço do projecto, apoiado pelo director-geral do “Terra do Futuro”. Há dois anos que os jovens estudantes de agronomia, vindos de famílias pobres, aprendem com técnicos angolanos e estrangeiros conhecimentos de gestão agrícola e plantação, introdução de bactérias no meio e outros processos agrícolas, como manutenção dos terrenos, qualidade ambiental, marketing, empreendedorismo e planeamento e controlo. (95 palavras)

×