SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
EXERCÍCIOS MENDEL




              PROF. JOSELITO
UFRGS 2007
Em genética, o cruzamento-teste é utilizado para
determinar:
(A) o número de genes responsável por uma
característica.
(B) o padrão de herança de uma característica.
(C) a recessividade de uma característica.
(D) o grau de penetrância de uma característica.
(E) a homozigose ou a heterozigose de um gene
dominante.
UFRGS 2007
        Em uma espécie de peixes de aquário, aparecem três padrões distintos de
        coloração na nadadeira dorsal: negra, rajada e amarela. Esses padrões são
        resultantes da combinação de três diferentes alelos de um mesmo loco. No
        quadro abaixo, estão representados três cruzamentos entre peixes com
        padrões de coloração distintos para nadadeiras e suas respectivas gerações
        F1 e F2.




Se um macho da F1 do cruzamento 3 cruza com uma fêmea da F1 do cruzamento
1, quais as proporções de coloração das nadadeiras dorsais esperadas para os
descendentes?
A) 50% de indivíduos com nadadeiras negras e 50% com nadadeiras rajadas.
B) 75% de indivíduos com nadadeiras negras e 25% com nadadeiras amarelas.
C) 75% de indivíduos com nadadeiras negras e 25% com nadadeiras rajadas.
D) 50% de indivíduos com nadadeiras negras e 50% com nadadeiras amarelas.
E) 100% de indivíduos com nadadeiras negras.
UFRGS 2004
• João e Maria estão pensando em ter um filho. João tem um irmão
  albino e uma irmã com pigmentação normal. Seus pais não são
  albinos, porém João tem uma tia paterna albina e um primo, por
  parte de mãe, com a mesma característica. Já Maria tem um avô
  materno e uma irmã albinos e um irmão com pigmentação normal.
  Os pais de Maria também têm pigmentação normal. Que
  informações permitem avaliar com maior precisão as chances de
  João e Maria terem um filho albino?

•   (A) O fenótipo da irmã de João e o genótipo do avô de Maria.
•   (B) O genótipo da tia de João e o genótipo do irmão de Maria.
•   (C) O fenótipo do irmão de João e o fenótipo da irmã de Maria.
•   (D) O genótipo do primo de João e o fenótipo da mãe de Maria.
•   (E) O fenótipo do pai de João e o genótipo do pai de Maria.
UFRGS 2003
• Considere as seguintes afirmações sobre alguns conceitos
  fundamentais utilizados em genética.
• I - Alelo recessivo é aquele inibido pela ação de outro
  alelo, denominado dominante.
• II - Cromossomos homólogos são os que apresentam genes que
  codificam as mesmas características e que pareiam durante a
  meiose.
• I I I - Genótipo é a descrição da constituição genética de um
  organismo; é um conceito relativo a um determinado gene ou a um
  conjunto de genes.
• Quais estão corretas?
• (A) Apenas I I .
• (B) Apenas I e I I .
• (C) Apenas I e I I I .
• (D) Apenas II e I I I .
• (E) I, II e III.
UFRGS 2003
• Camundongos com genótipo homozigoto
  recessivo   têm    coloração    cinzenta.     Os
  heterozigotos são amarelos, e os homozigotos
  dominantes      morrem     no      início     do
  desenvolvimento     embrionário.      De     um
  experimento de cruzamento entre animais
  amarelos, resultaram 120 descendentes. O
  número provável de descendentes cinzentos é:
• A)30.
• B) 40.
• C) 60.
• D) 80.
• E) 120.
(UFC – 2005)
•   Gregor Mendel, considerado o pai ou fundador da genética clássica, realizou
    experimentos com plantas produtoras de ervilhas. Para demonstrar suas
    hipóteses, Mendel usou este tipo de vegetal porque:



•   A) o androceu e o gineceu estão presentes numa mesma flor, o que facilita a
    ocorrência da autofecundação.
•   B) a semente apresenta apenas dois cotilédones, que absorvem as reservas
    alimentares para a nutrição do embrião e o desenvolvimento das ervilhas.
•   C) as características anatômicas das suas flores facilitam a fecundação cruzada e
    assim possibilitam a observação das características genéticas puras.
•   D) os grãos de pólen são transferidos para o estigma de um mesmo estróbilo, já que
    as folhas modificadas situam-se muito próximas umas das outras.
•   E) o número de descendentes por geração é pequeno e as gerações são longas, o
    que facilita a observação das características da flor e da semente.
(UFC – 2004)
    Alguns estudos com gêmeos idênticos mostraram que o QI, a
    altura e os talentos artísticos podem ser diferentes entre esses
    indivíduos. A melhor explicação para essas diferenças é que:

•   A) a hereditariedade e o ambiente não possuem influência
•   sobre a expressão dos fenótipos.
•   B) o ambiente e os genes interagem no desenvolvimento e
•   expressão das características herdadas.
•   C) o genótipo dos gêmeos depende da interação da dieta e
•   do controle hormonal.
•   D) as características QI, altura e talentos artísticos
•   dependem apenas do ambiente.
•   E) os alelos responsáveis por essas características possuem
•   efeito fenotípico múltiplo.
(UFC – 2003)
 No heredograma ao lado, a criança II–1 tem fibrose cística, uma
 doença causada por um alelo recessivo autossômico.




As probabilidades de que sua irmã (II–2) não afetada seja carreadora ou não
carreadora da fibrose cística são, respectivamente:
A) zero, 1/4
B) 1/4, 1/2
C) 2/3, 1/3
D) 1/2, 1/4
(UFC – 2002)
• Numere a segunda coluna de acordo com a primeira, associando os conceitos aos
  respectivos termos.
• I – Genoma            III – Fenótipo
• II – Crossing over     IV – Alelo
• V – Gene
• ( ) troca de fragmentos de cromossomos homólogos na primeira divisão da
  meiose.
• ( ) conjunto de genes organizados nos cromossomos.
• ( ) segmento do DNA capaz de transcrever uma molécula de RNA.
• ( ) atuam sobre a mesma característica, mas não são obrigatoriamente iguais.
• ( ) conjunto de características detectáveis de um indivíduo.
• A seqüência correta é:
• A) II, I, V, IV e III
• B) III, II, I, V e IV
• C) II, I, III, V e IV
• D) IV, II, I, III e V
• E) I, II, V, IV e III
(UFC – 98)
• Nos seus experimentos realizados com ervilha, Mendel pôde:

• A) Deduzir que a transmissão de características só acontece em
  ervilha;
• B) Entender que a transmissão de características acontece de
  uma geração para outra, através de fatores segregantes;
• C) Compreender que os fatores hereditários transmitidos
• estavam localizados em estruturas cormossômicas homólogas.
• D) Concluir que a transmissão de características não acontece por
  fatores hereditários
• E) Concluir que cada característica é determinada por 2 (dois) ou
  mais pares de fatores.
(UECE – 2006.1)
• Se num cruzamento teste encontramos a proporção
  fenotípica 1:1, isto é 50% da progênie com fenótipo
  dominante e 50% com fenótipo recessivo, podemos
  concluir corretamente que:

•   A) o genótipo do indivíduo testado era homozigoto;
•   B) o genótipo do indivíduo testado era heterozigoto;
•   C) ambos os genótipos dos indivíduos cruzados eram
•   homozigotos;
•   D) ambos os genótipos dos indivíduos cruzados eram
•   heterozigotos.
(UECE - 2005.1)
• Sobre o albinismo podemos afirmar corretamente, que
  se trata de uma doença de pele:


• A) causada pelo gasto de toda a melanina, ocasionada
  pela exposição contínua ao sol;
• B) de origem fúngica, resultando na despigmentação da
• pele, pelo consumo da melanina por fungos;
• C) metabólica hereditária, resultando de disfunção
  gênica na produção de melanina
• D) metabólica alimentar, resultando de uma
  alimentação
• pobre no aminoácido tirosina
FIM!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Interaçao genica
Interaçao genica Interaçao genica
Interaçao genica
UERGS
 
Mutações cromossômicas
Mutações cromossômicasMutações cromossômicas
Mutações cromossômicas
Thiago Faria
 
A diversidade de processos reprodutivos dos animais
A diversidade de processos reprodutivos dos animaisA diversidade de processos reprodutivos dos animais
A diversidade de processos reprodutivos dos animais
David_Costa_30
 
Lei de morgan, linkage, ligação fatorial
Lei de morgan, linkage, ligação fatorialLei de morgan, linkage, ligação fatorial
Lei de morgan, linkage, ligação fatorial
César Milani
 
(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos
Hugo Martins
 
Herança dos cromossomos sexuais
Herança dos cromossomos sexuaisHerança dos cromossomos sexuais
Herança dos cromossomos sexuais
César Milani
 

Mais procurados (20)

Interaçao genica
Interaçao genica Interaçao genica
Interaçao genica
 
Aula 07 núcleo e cromossomos
Aula 07   núcleo e cromossomosAula 07   núcleo e cromossomos
Aula 07 núcleo e cromossomos
 
Mutações cromossômicas
Mutações cromossômicasMutações cromossômicas
Mutações cromossômicas
 
Grupos sanguineos
Grupos sanguineosGrupos sanguineos
Grupos sanguineos
 
Mutações cromossômicas estruturais
Mutações cromossômicas estruturaisMutações cromossômicas estruturais
Mutações cromossômicas estruturais
 
A diversidade de processos reprodutivos dos animais
A diversidade de processos reprodutivos dos animaisA diversidade de processos reprodutivos dos animais
A diversidade de processos reprodutivos dos animais
 
Lei de morgan, linkage, ligação fatorial
Lei de morgan, linkage, ligação fatorialLei de morgan, linkage, ligação fatorial
Lei de morgan, linkage, ligação fatorial
 
Probabilidade genética
Probabilidade genética Probabilidade genética
Probabilidade genética
 
Genética: Noções de Hereditariedade
Genética: Noções de HereditariedadeGenética: Noções de Hereditariedade
Genética: Noções de Hereditariedade
 
Epistasia
EpistasiaEpistasia
Epistasia
 
Reprodução Assexuada
Reprodução AssexuadaReprodução Assexuada
Reprodução Assexuada
 
(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos
 
2ª lei de mendel
2ª lei de mendel2ª lei de mendel
2ª lei de mendel
 
Segunda Lei de Mendel
Segunda Lei de MendelSegunda Lei de Mendel
Segunda Lei de Mendel
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Genética 2 e-3e
Genética 2 e-3eGenética 2 e-3e
Genética 2 e-3e
 
Teoria sintética da evolução
Teoria sintética da evoluçãoTeoria sintética da evolução
Teoria sintética da evolução
 
Mutações
Mutações Mutações
Mutações
 
Herança dos cromossomos sexuais
Herança dos cromossomos sexuaisHerança dos cromossomos sexuais
Herança dos cromossomos sexuais
 
9 evolucionismo
9  evolucionismo9  evolucionismo
9 evolucionismo
 

Destaque

Exercícios resolvidos
Exercícios resolvidosExercícios resolvidos
Exercícios resolvidos
Egas Armando
 
Stc7 dr3 central nuclear_josé simões.
Stc7 dr3 central nuclear_josé simões.Stc7 dr3 central nuclear_josé simões.
Stc7 dr3 central nuclear_josé simões.
Jose Simoes
 
Mat numeros inteiros slides
Mat numeros inteiros slidesMat numeros inteiros slides
Mat numeros inteiros slides
trigono_metria
 
Ciência e controvérsias públicas
Ciência e controvérsias públicasCiência e controvérsias públicas
Ciência e controvérsias públicas
Jose Coelho
 
O que é o adn
O que é o adnO que é o adn
O que é o adn
stcnsaidjv
 
Guião stc7 e clc7 dr3(proposta)
Guião stc7 e  clc7 dr3(proposta)Guião stc7 e  clc7 dr3(proposta)
Guião stc7 e clc7 dr3(proposta)
Belmira Lourenço
 
Stc7 dr1 fundamentos_dna_josé simões
Stc7 dr1 fundamentos_dna_josé simõesStc7 dr1 fundamentos_dna_josé simões
Stc7 dr1 fundamentos_dna_josé simões
Jose Simoes
 
ficha elaborada na disciplina de STC
ficha elaborada na disciplina de STCficha elaborada na disciplina de STC
ficha elaborada na disciplina de STC
mariajoao500
 
Lista maio 2012 respondida - vários assuntos de genética.
Lista maio 2012 respondida - vários assuntos de genética.Lista maio 2012 respondida - vários assuntos de genética.
Lista maio 2012 respondida - vários assuntos de genética.
Ionara Urrutia Moura
 
S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas
S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas
S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas
I.Braz Slideshares
 
Multiplicação e divisão de números inteiros
Multiplicação e divisão de números inteirosMultiplicação e divisão de números inteiros
Multiplicação e divisão de números inteiros
marina_cordova
 
Introduçao a genetica
Introduçao a geneticaIntroduçao a genetica
Introduçao a genetica
emibio
 

Destaque (20)

Exercícios resolvidos
Exercícios resolvidosExercícios resolvidos
Exercícios resolvidos
 
Lista exercícios 1 genética 2014 3 ano
Lista exercícios 1 genética 2014 3 anoLista exercícios 1 genética 2014 3 ano
Lista exercícios 1 genética 2014 3 ano
 
Exercícios sobre Divisão Celular
Exercícios sobre Divisão Celular Exercícios sobre Divisão Celular
Exercícios sobre Divisão Celular
 
Stc7 dr3 central nuclear_josé simões.
Stc7 dr3 central nuclear_josé simões.Stc7 dr3 central nuclear_josé simões.
Stc7 dr3 central nuclear_josé simões.
 
Principios basicos de genetica
Principios basicos de geneticaPrincipios basicos de genetica
Principios basicos de genetica
 
Mat numeros inteiros slides
Mat numeros inteiros slidesMat numeros inteiros slides
Mat numeros inteiros slides
 
Conceitos básicos de genética
Conceitos básicos de genéticaConceitos básicos de genética
Conceitos básicos de genética
 
Ciência e controvérsias públicas
Ciência e controvérsias públicasCiência e controvérsias públicas
Ciência e controvérsias públicas
 
STC7
STC7STC7
STC7
 
O que é o adn
O que é o adnO que é o adn
O que é o adn
 
Números inteiros relativos multiplicação e divisão
Números inteiros relativos multiplicação e divisãoNúmeros inteiros relativos multiplicação e divisão
Números inteiros relativos multiplicação e divisão
 
Guião stc7 e clc7 dr3(proposta)
Guião stc7 e  clc7 dr3(proposta)Guião stc7 e  clc7 dr3(proposta)
Guião stc7 e clc7 dr3(proposta)
 
Stc7 dr1 fundamentos_dna_josé simões
Stc7 dr1 fundamentos_dna_josé simõesStc7 dr1 fundamentos_dna_josé simões
Stc7 dr1 fundamentos_dna_josé simões
 
ficha elaborada na disciplina de STC
ficha elaborada na disciplina de STCficha elaborada na disciplina de STC
ficha elaborada na disciplina de STC
 
Lista maio 2012 respondida - vários assuntos de genética.
Lista maio 2012 respondida - vários assuntos de genética.Lista maio 2012 respondida - vários assuntos de genética.
Lista maio 2012 respondida - vários assuntos de genética.
 
S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas
S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas
S.T.C 7 - Ciência e Controvérsias Públicas
 
Exercicios resolvidos Biologia Geral e Genética
Exercicios resolvidos Biologia Geral e GenéticaExercicios resolvidos Biologia Geral e Genética
Exercicios resolvidos Biologia Geral e Genética
 
Conceitos basicos em genetica
 Conceitos basicos em genetica Conceitos basicos em genetica
Conceitos basicos em genetica
 
Multiplicação e divisão de números inteiros
Multiplicação e divisão de números inteirosMultiplicação e divisão de números inteiros
Multiplicação e divisão de números inteiros
 
Introduçao a genetica
Introduçao a geneticaIntroduçao a genetica
Introduçao a genetica
 

Semelhante a Exercícios mendel

Plano itihane x
Plano itihane xPlano itihane x
Plano itihane x
itihane
 
3S_ exercicios genetica com resposta
3S_ exercicios genetica  com resposta3S_ exercicios genetica  com resposta
3S_ exercicios genetica com resposta
Ionara Urrutia Moura
 
PARA 3S_ LISTA COMPLETA DE EXERCÍCIOS DE GENÉTICA _ COM RESPOSTA
PARA 3S_ LISTA COMPLETA DE  EXERCÍCIOS DE GENÉTICA _ COM RESPOSTAPARA 3S_ LISTA COMPLETA DE  EXERCÍCIOS DE GENÉTICA _ COM RESPOSTA
PARA 3S_ LISTA COMPLETA DE EXERCÍCIOS DE GENÉTICA _ COM RESPOSTA
Ionara Urrutia Moura
 
3S Lista exercicios genética maio_sem resposta
3S   Lista  exercicios  genética maio_sem resposta3S   Lista  exercicios  genética maio_sem resposta
3S Lista exercicios genética maio_sem resposta
Ionara Urrutia Moura
 
Exercícios complementares genética 2012
Exercícios complementares genética 2012Exercícios complementares genética 2012
Exercícios complementares genética 2012
colegioitatiba
 

Semelhante a Exercícios mendel (20)

Bio02 livro-propostos
Bio02 livro-propostosBio02 livro-propostos
Bio02 livro-propostos
 
Plano itihane x
Plano itihane xPlano itihane x
Plano itihane x
 
Ficha de trabalho hereditariedade
Ficha de trabalho hereditariedadeFicha de trabalho hereditariedade
Ficha de trabalho hereditariedade
 
Exercícios de genética 3º
Exercícios de genética 3ºExercícios de genética 3º
Exercícios de genética 3º
 
Lista 2 exercicios_genetica_ com resposta
Lista  2 exercicios_genetica_ com respostaLista  2 exercicios_genetica_ com resposta
Lista 2 exercicios_genetica_ com resposta
 
3S_ exercicios genetica com resposta
3S_ exercicios genetica  com resposta3S_ exercicios genetica  com resposta
3S_ exercicios genetica com resposta
 
PARA 3S_ LISTA COMPLETA DE EXERCÍCIOS DE GENÉTICA _ COM RESPOSTA
PARA 3S_ LISTA COMPLETA DE  EXERCÍCIOS DE GENÉTICA _ COM RESPOSTAPARA 3S_ LISTA COMPLETA DE  EXERCÍCIOS DE GENÉTICA _ COM RESPOSTA
PARA 3S_ LISTA COMPLETA DE EXERCÍCIOS DE GENÉTICA _ COM RESPOSTA
 
Lista2exerciciosgeneticacomresposta
Lista2exerciciosgeneticacomresposta Lista2exerciciosgeneticacomresposta
Lista2exerciciosgeneticacomresposta
 
1ª Lei de Mendel
1ª Lei de Mendel1ª Lei de Mendel
1ª Lei de Mendel
 
Testes de genética prof. poty
Testes de genética   prof. potyTestes de genética   prof. poty
Testes de genética prof. poty
 
Exercicio de genetica
Exercicio de geneticaExercicio de genetica
Exercicio de genetica
 
3S Lista exercicios genética maio_sem resposta
3S   Lista  exercicios  genética maio_sem resposta3S   Lista  exercicios  genética maio_sem resposta
3S Lista exercicios genética maio_sem resposta
 
8 ano exercicio fundamentos_de_genetica
8 ano exercicio fundamentos_de_genetica8 ano exercicio fundamentos_de_genetica
8 ano exercicio fundamentos_de_genetica
 
Biologia 12
Biologia 12Biologia 12
Biologia 12
 
Td de revisão de genetica
Td de revisão de geneticaTd de revisão de genetica
Td de revisão de genetica
 
Exercícios de genética – 1ª lei de mendel
Exercícios de genética – 1ª lei de mendelExercícios de genética – 1ª lei de mendel
Exercícios de genética – 1ª lei de mendel
 
Genetica -1ª lei de mendel
Genetica -1ª lei de mendelGenetica -1ª lei de mendel
Genetica -1ª lei de mendel
 
Exercícios complementares genética 2012
Exercícios complementares genética 2012Exercícios complementares genética 2012
Exercícios complementares genética 2012
 
Exercícios de genética
Exercícios de genéticaExercícios de genética
Exercícios de genética
 
Lista 2 exercicios_genetica_ com resposta
Lista  2 exercicios_genetica_ com respostaLista  2 exercicios_genetica_ com resposta
Lista 2 exercicios_genetica_ com resposta
 

Mais de Joselito Oliveira Neto (11)

Apresentação reino fungi e reino monera
Apresentação reino fungi e reino moneraApresentação reino fungi e reino monera
Apresentação reino fungi e reino monera
 
Simularce
SimularceSimularce
Simularce
 
T.d vírus
T.d vírusT.d vírus
T.d vírus
 
T.D CITOLOGIA
T.D CITOLOGIAT.D CITOLOGIA
T.D CITOLOGIA
 
1°leidemendel
1°leidemendel1°leidemendel
1°leidemendel
 
Virus um grupo a parte
Virus  um grupo a parteVirus  um grupo a parte
Virus um grupo a parte
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Genética 01
Genética 01Genética 01
Genética 01
 
Genetica 01- Introdução
Genetica 01- Introdução Genetica 01- Introdução
Genetica 01- Introdução
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
 

Exercícios mendel

  • 1. EXERCÍCIOS MENDEL PROF. JOSELITO
  • 2. UFRGS 2007 Em genética, o cruzamento-teste é utilizado para determinar: (A) o número de genes responsável por uma característica. (B) o padrão de herança de uma característica. (C) a recessividade de uma característica. (D) o grau de penetrância de uma característica. (E) a homozigose ou a heterozigose de um gene dominante.
  • 3. UFRGS 2007 Em uma espécie de peixes de aquário, aparecem três padrões distintos de coloração na nadadeira dorsal: negra, rajada e amarela. Esses padrões são resultantes da combinação de três diferentes alelos de um mesmo loco. No quadro abaixo, estão representados três cruzamentos entre peixes com padrões de coloração distintos para nadadeiras e suas respectivas gerações F1 e F2. Se um macho da F1 do cruzamento 3 cruza com uma fêmea da F1 do cruzamento 1, quais as proporções de coloração das nadadeiras dorsais esperadas para os descendentes? A) 50% de indivíduos com nadadeiras negras e 50% com nadadeiras rajadas. B) 75% de indivíduos com nadadeiras negras e 25% com nadadeiras amarelas. C) 75% de indivíduos com nadadeiras negras e 25% com nadadeiras rajadas. D) 50% de indivíduos com nadadeiras negras e 50% com nadadeiras amarelas. E) 100% de indivíduos com nadadeiras negras.
  • 4. UFRGS 2004 • João e Maria estão pensando em ter um filho. João tem um irmão albino e uma irmã com pigmentação normal. Seus pais não são albinos, porém João tem uma tia paterna albina e um primo, por parte de mãe, com a mesma característica. Já Maria tem um avô materno e uma irmã albinos e um irmão com pigmentação normal. Os pais de Maria também têm pigmentação normal. Que informações permitem avaliar com maior precisão as chances de João e Maria terem um filho albino? • (A) O fenótipo da irmã de João e o genótipo do avô de Maria. • (B) O genótipo da tia de João e o genótipo do irmão de Maria. • (C) O fenótipo do irmão de João e o fenótipo da irmã de Maria. • (D) O genótipo do primo de João e o fenótipo da mãe de Maria. • (E) O fenótipo do pai de João e o genótipo do pai de Maria.
  • 5. UFRGS 2003 • Considere as seguintes afirmações sobre alguns conceitos fundamentais utilizados em genética. • I - Alelo recessivo é aquele inibido pela ação de outro alelo, denominado dominante. • II - Cromossomos homólogos são os que apresentam genes que codificam as mesmas características e que pareiam durante a meiose. • I I I - Genótipo é a descrição da constituição genética de um organismo; é um conceito relativo a um determinado gene ou a um conjunto de genes. • Quais estão corretas? • (A) Apenas I I . • (B) Apenas I e I I . • (C) Apenas I e I I I . • (D) Apenas II e I I I . • (E) I, II e III.
  • 6. UFRGS 2003 • Camundongos com genótipo homozigoto recessivo têm coloração cinzenta. Os heterozigotos são amarelos, e os homozigotos dominantes morrem no início do desenvolvimento embrionário. De um experimento de cruzamento entre animais amarelos, resultaram 120 descendentes. O número provável de descendentes cinzentos é: • A)30. • B) 40. • C) 60. • D) 80. • E) 120.
  • 7. (UFC – 2005) • Gregor Mendel, considerado o pai ou fundador da genética clássica, realizou experimentos com plantas produtoras de ervilhas. Para demonstrar suas hipóteses, Mendel usou este tipo de vegetal porque: • A) o androceu e o gineceu estão presentes numa mesma flor, o que facilita a ocorrência da autofecundação. • B) a semente apresenta apenas dois cotilédones, que absorvem as reservas alimentares para a nutrição do embrião e o desenvolvimento das ervilhas. • C) as características anatômicas das suas flores facilitam a fecundação cruzada e assim possibilitam a observação das características genéticas puras. • D) os grãos de pólen são transferidos para o estigma de um mesmo estróbilo, já que as folhas modificadas situam-se muito próximas umas das outras. • E) o número de descendentes por geração é pequeno e as gerações são longas, o que facilita a observação das características da flor e da semente.
  • 8. (UFC – 2004) Alguns estudos com gêmeos idênticos mostraram que o QI, a altura e os talentos artísticos podem ser diferentes entre esses indivíduos. A melhor explicação para essas diferenças é que: • A) a hereditariedade e o ambiente não possuem influência • sobre a expressão dos fenótipos. • B) o ambiente e os genes interagem no desenvolvimento e • expressão das características herdadas. • C) o genótipo dos gêmeos depende da interação da dieta e • do controle hormonal. • D) as características QI, altura e talentos artísticos • dependem apenas do ambiente. • E) os alelos responsáveis por essas características possuem • efeito fenotípico múltiplo.
  • 9. (UFC – 2003) No heredograma ao lado, a criança II–1 tem fibrose cística, uma doença causada por um alelo recessivo autossômico. As probabilidades de que sua irmã (II–2) não afetada seja carreadora ou não carreadora da fibrose cística são, respectivamente: A) zero, 1/4 B) 1/4, 1/2 C) 2/3, 1/3 D) 1/2, 1/4
  • 10. (UFC – 2002) • Numere a segunda coluna de acordo com a primeira, associando os conceitos aos respectivos termos. • I – Genoma III – Fenótipo • II – Crossing over IV – Alelo • V – Gene • ( ) troca de fragmentos de cromossomos homólogos na primeira divisão da meiose. • ( ) conjunto de genes organizados nos cromossomos. • ( ) segmento do DNA capaz de transcrever uma molécula de RNA. • ( ) atuam sobre a mesma característica, mas não são obrigatoriamente iguais. • ( ) conjunto de características detectáveis de um indivíduo. • A seqüência correta é: • A) II, I, V, IV e III • B) III, II, I, V e IV • C) II, I, III, V e IV • D) IV, II, I, III e V • E) I, II, V, IV e III
  • 11. (UFC – 98) • Nos seus experimentos realizados com ervilha, Mendel pôde: • A) Deduzir que a transmissão de características só acontece em ervilha; • B) Entender que a transmissão de características acontece de uma geração para outra, através de fatores segregantes; • C) Compreender que os fatores hereditários transmitidos • estavam localizados em estruturas cormossômicas homólogas. • D) Concluir que a transmissão de características não acontece por fatores hereditários • E) Concluir que cada característica é determinada por 2 (dois) ou mais pares de fatores.
  • 12. (UECE – 2006.1) • Se num cruzamento teste encontramos a proporção fenotípica 1:1, isto é 50% da progênie com fenótipo dominante e 50% com fenótipo recessivo, podemos concluir corretamente que: • A) o genótipo do indivíduo testado era homozigoto; • B) o genótipo do indivíduo testado era heterozigoto; • C) ambos os genótipos dos indivíduos cruzados eram • homozigotos; • D) ambos os genótipos dos indivíduos cruzados eram • heterozigotos.
  • 13. (UECE - 2005.1) • Sobre o albinismo podemos afirmar corretamente, que se trata de uma doença de pele: • A) causada pelo gasto de toda a melanina, ocasionada pela exposição contínua ao sol; • B) de origem fúngica, resultando na despigmentação da • pele, pelo consumo da melanina por fungos; • C) metabólica hereditária, resultando de disfunção gênica na produção de melanina • D) metabólica alimentar, resultando de uma alimentação • pobre no aminoácido tirosina
  • 14. FIM!