SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Multisan Consultoria, Comércio e Representações Ltda.
Equipe de
Consultoria
                                                  Implementação
                                                    Conjunta

                          Diagnóstico
                          Funções &
                           Negócios

 Planejamento
  Operacional                            Navegador
 Participativo                            Gestão &
                                        Performance
                           Plano de
                          Diretrizes
                         Empresariais



                 Equipes de                  Direção e
                  trabalho                Gerência Sênior
Planejamento Operacional Participativo
• Estabelece um marco de referência para o processo de
  planificação, principalmente quando não há vivência com
  dinâmicas de planejamento estratégico.
• Sob coordenação da consultoria, as próprias equipes de
  trabalho identificam aspectos que mobilizam ou restringem o
  alcance de uma situação desejada.
• Permite iniciar o processo de reposicionamento com o
  envolvimento de profissionais de diversas áreas, perfis,
  responsabilidades e níveis de autoridade.
• Cria um clima favorável para a troca e implementação de
  sugestões e reprodução de práticas internas de sucesso.
• Prepara uma agenda factível de curto prazo, contornando as
  resistências ao planejamento de longo prazo de difícil
  implementação e pouca visibilidade quanto a resultados.
Diagnóstico das Funções e dos Negócios
• Aprofunda a visibilidade quanto às dificuldades e ao
  potencial da empresa para uma efetiva originação de valor.
• A equipe de consultoria desenvolve ações de pesquisa
  baseadas em entrevistas e acesso a documentos, além de
  mapear aspectos relevantes dos principais competidores.
• São identificados os sinais vitais necessários para a
  continuidade das operações e os vetores de mudança para o
  aprimoramento das práticas em uso.
• Sistematiza informações possivelmente já existentes porém
  dispersas nos vários ambientes que compõem a empresa.
• Cria uma visão sistêmica num plano macro que permite
  associar combinações e relações entre as diversas linhas de
  negócio / produto, identificando sinergias e/ou pontos de
  destruição de valor.
Plano de Diretrizes Empresariais
• Define os focos de atenção do time executivo, considerado
  horizonte de tempo compatível com o núcleo do negócio.
• O time executivo elabora declarações de caráter norteador
  / balizador para a condução dos negócios e das atividades
  centrais, conferindo rumo à empresa.
• São formuladas, mediante processo indutivo-dedutivo
  suportado pela consultoria, a direção estratégica (negócio,
  missão, visão, intenção, impulso, etc.), o portfolio estratégico
  (prioridades em produtos e mercados), os objetivos
  estratégicos (metas e prazos), além das linhas de condução
  das operações (políticas e diretrizes).
• Quando associado à discussão de cenários, possibilita a
  construção de alternativas estratégicas e abre espaço para a
  incorporação de estratégias emergentes.
Navegador de Gestão e Performance
• Consolida as informações decorrentes das atividades
  anteriores, permitindo o acompanhamento da implementação,
  a habilitação de responsabilidades e a cobrança de resultados.
• Vincula linhas de desenvolvimento às declarações estratégicas
  e aos objetivos propriamente ditos, caracterizando os
  diversos cursos de ação e indicadores para mensuração da
  performance.
• Traça temas, mapas e placares de originação de valor (BSC)
  considerando os interesses dos diversos públicos que atuam
  sobre a empresa com vistas a melhor alinhamento e equilíbrio.
• Organiza dados e informações necessários à elaboração do
  orçamento operacional e do orçamento de investimentos.
• Cria um pano de fundo para a formalização de planos de
  negócios.
Equipe de
 Consultoria


                             Inteligência
                              Inteligência
                             Competitiva
                              Competitiva




               Cenários e
               Prospectiva


                                             Inovação
Elaboração
 Conjunta

                                                        Equipes de
                                                         trabalho
Inteligência Competitiva
• Identifica, por meio de busca e coleta, as variáveis-chave do
  negócio com vistas à caracterização de práticas e fontes de
  vantagem competitiva dos principais atores em um negócio ou
  mercado.
• Sistematiza o processo de obtenção, armazenagem e
  recuperação de dados para processamento interno e difusão
  aos tomadores de decisão.
• Define modelos, calendários e responsabilidades pelo
  fornecimento e pela análise das informações sensíveis.
• Estabelece prioridades e hierarquia para acesso ao
  conhecimento gerado.
• Propõe medidas de proteção e/ou dissuasão visando a
  preservar o posicionamento competitivo.
Cenários e Prospectiva
• Integra informações e visões decorrentes tanto da teoria
  quanto das práticas em uso para a identificação de trajetórias
  de mudança no ambiente em que a empresa está inserida.
• Estabelece tendências e identifica impactos em relação à
  atual posição ocupada por um determinado ator da cadeia de
  negócios.
• Oferece alternativas de curso de ação conforme se dá a
  evolução dos mercados atendidos e/ou possíveis
  transformações na base tecnológica que suporta o negócio.
• Caracteriza situações de (des) equilíbrio de expectativas e de
  poder de mobilização entre os diversos atores com base em
  temas sensíveis para a ocupação de posições competitivas
  mais vantajosas.
Inovação
• Sistematiza o procedimento corporativo de captação e
  difusão tecnológica voltado ao aprimoramento de produtos e
  atividades.
• Integra redes e processos de geração de conhecimento
  externas e internas.
• Estabelece processos internos de validação de investimentos
  e de registro de capital intelectual.
• Acompanha a evolução dos intangíveis detidos pela empresa
  sob o ponto de vista de valor de mercado e posicionamento
  competitivo.
• Identifica fontes de financiamento e de cooperação
  tecnológica para as diversas verticais de negócio.
• Promove o ambiente interno de intercâmbio de idéias e
  sugestões.
Direção,
Gerência Sênior e
   Consultoria

                    Plano Diretor de RH

   Balanço de
   Balanço de                                        Estrutura
                                                     Estrutura
  Expectativas
  Expectativas                                      e Recursos
                                                    e Recursos
                        Visão
                        Visão      Alinhamento
                                   Alinhamento
                     Estratégica
                     Estratégica   de Processos
                                   de Processos
     Análise
     Análise                                      Procedimentos
                                                  Procedimentos
    Ambiental
    Ambiental                                       de Gestão
                                                    de Gestão



                     Profissionalização
                                                  Equipes de trabalho e
                                                       Consultoria
Plano Diretor de RH
• Consolida as políticas e diretrizes que parametrizam todos os
  processos e procedimentos de recursos humanos na empresa,
  tendo por base visões das expectativas de todos os atores e
  análise das melhores práticas de mercado.
• Possibilita vincular linhas de desenvolvimento, programas e
  projetos às políticas e diretrizes, bem como desdobrar a
  implementação das linhas de desenvolvimento conforme a
  existência de recursos, estrutura e mecanismos de gestão.
• Estabelece as condições básicas para a criação de um
  orçamento integrado, associando headcount de cada unidade
  com as iniciativas de desenvolvimento e mobilização
  corporativa.
• Define premissas para normatização e comunicação,
  facilitando o alinhamento de expectativas entre empregados e
  empresa.
Profissionalização
• Define focos para orientação e desenvolvimento profissional
  com base nas competências afins aos negócios da empresa.
• Proporciona uma visão ampla das diversas possibilidades de
  combinação de conteúdos, públicos-alvo e respectivos meios
  de disseminação.
• Diferencia graus de expertise por conteúdo para exercício de
  funções com complexidade distintas, permitindo hierarquizar
  níveis de certificação e estabelecer padrões de desempenho
  esperado para cada cargo.
• Tipifica trilhas de encarreiramento por área e pontos de
  controle a serem confirmados mediante procedimentos de
  avaliação de potencial e de orientação profissional.
• Prioriza tópicos de mobilização da força de trabalho a serem
  desenvolvidos mediante ações de endomarketing.
Resumé


José Francisco de Carvalho Rezende

Formação
• Doutor em Administração (UFRJ-COPPEAD 2006)
• Mestre em Inteligência Competitiva (FR-TOULON 2001)
• Especialista em Planejamento e Controle (UFRJ-COPPEAD 1988)
• Administrador (UERJ-FAF 1986)
• Autor do livro Balanced Scorecard e a gestão do capital intelectual:
  alcançando a gestão balanceada da performance (Rio de Janeiro: Editora
  Campus, 2003).

Atribuições
• Gerente Executivo Administração e Recursos Humanos (Cobra Tecnologia –
  2006 – 2008)
• Gerente Executivo de Estratégia Corporativa (Banco do Brasil 1999 – 2000)
• Gerente Executivo de Desenvolvimento Profissional (Banco do Brasil 1996 –
  1999)
• Assessor da Presidência Planejamento Empresarial (Banco do Brasil 1990 –
  1996)
Resumé


José Francisco de Carvalho Rezende

Realizações
• Metodologia geral de planejamento corporativo Banco do Brasil
• Modelo de gestão colegiada programa de ajustes Banco do Brasil
• Processo, grade e rede de treinamento corporativo Banco do Brasil
• Gestão do desempenho profissional Banco do Brasil
• TV Corporativa Banco do Brasil
• Programa Profissionalização Banco do Brasil
• Formação de gestores e executivos Banco do Brasil
• Inteligência competitiva Banco do Brasil
• Plano de cargos, carreiras e salários Cobra Tecnologia
• Concursos públicos Cobra Tecnologia
• Headcount Cobra Tecnologia

Consultoria em Estratégia Empresarial e Recursos Humanos
• Turismo, Tecnologia da Informação, Seguros Auto, Seguros Saúde,
  Engenharia & Projetos, Comunicação

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Balanced Scorecard (Bsc) kaplan
Balanced Scorecard (Bsc) kaplanBalanced Scorecard (Bsc) kaplan
Balanced Scorecard (Bsc) kaplanRenan Miranda
 
Balanced Scorecard e a Gestão Estratégica_Mestrado_Tidd2011_Maymone_20110518
Balanced Scorecard e a Gestão Estratégica_Mestrado_Tidd2011_Maymone_20110518Balanced Scorecard e a Gestão Estratégica_Mestrado_Tidd2011_Maymone_20110518
Balanced Scorecard e a Gestão Estratégica_Mestrado_Tidd2011_Maymone_20110518Diego Maymone
 
Bsc e mapas estratégicos
Bsc e mapas estratégicosBsc e mapas estratégicos
Bsc e mapas estratégicosSandra Gamito
 
MBA Gestão de Negócios II
MBA Gestão de Negócios IIMBA Gestão de Negócios II
MBA Gestão de Negócios IIguest5301f7
 
Stratec - Módulo Gestão Estratégica (Software)
Stratec - Módulo Gestão Estratégica (Software)Stratec - Módulo Gestão Estratégica (Software)
Stratec - Módulo Gestão Estratégica (Software)Stratec Informática
 
Gestão Estratégica
Gestão EstratégicaGestão Estratégica
Gestão EstratégicaIFGe
 
A Valorizacao das Praticas de Recursos Humanos no Desempenho Organizacional
A Valorizacao das Praticas de Recursos Humanos no Desempenho OrganizacionalA Valorizacao das Praticas de Recursos Humanos no Desempenho Organizacional
A Valorizacao das Praticas de Recursos Humanos no Desempenho OrganizacionalAquilino Felizardo
 

Mais procurados (20)

Como montar um BSC para TI !
Como montar um BSC para TI !Como montar um BSC para TI !
Como montar um BSC para TI !
 
PAEX - Parceiros para a excelência
PAEX - Parceiros para a excelênciaPAEX - Parceiros para a excelência
PAEX - Parceiros para a excelência
 
Balanced Scorecard (Bsc) kaplan
Balanced Scorecard (Bsc) kaplanBalanced Scorecard (Bsc) kaplan
Balanced Scorecard (Bsc) kaplan
 
Balanced Scorecard e a Gestão Estratégica_Mestrado_Tidd2011_Maymone_20110518
Balanced Scorecard e a Gestão Estratégica_Mestrado_Tidd2011_Maymone_20110518Balanced Scorecard e a Gestão Estratégica_Mestrado_Tidd2011_Maymone_20110518
Balanced Scorecard e a Gestão Estratégica_Mestrado_Tidd2011_Maymone_20110518
 
BSC - Balanced Scorecard
BSC - Balanced ScorecardBSC - Balanced Scorecard
BSC - Balanced Scorecard
 
Bsc e mapas estratégicos
Bsc e mapas estratégicosBsc e mapas estratégicos
Bsc e mapas estratégicos
 
Balanced Scorecard
Balanced ScorecardBalanced Scorecard
Balanced Scorecard
 
Balanced Scored Card
Balanced Scored CardBalanced Scored Card
Balanced Scored Card
 
MBA Gestão de Negócios II
MBA Gestão de Negócios IIMBA Gestão de Negócios II
MBA Gestão de Negócios II
 
Balanced Scorecard - Conceito
Balanced Scorecard - ConceitoBalanced Scorecard - Conceito
Balanced Scorecard - Conceito
 
Planejamento Estrategico com BSC
Planejamento Estrategico com BSCPlanejamento Estrategico com BSC
Planejamento Estrategico com BSC
 
Balanced ScoreCard - Os desafios da Implantação e Fatores Críticos de Sucesso
Balanced ScoreCard - Os desafios da Implantação e Fatores Críticos de SucessoBalanced ScoreCard - Os desafios da Implantação e Fatores Críticos de Sucesso
Balanced ScoreCard - Os desafios da Implantação e Fatores Críticos de Sucesso
 
Balanced Scorecard
Balanced ScorecardBalanced Scorecard
Balanced Scorecard
 
Stratec - Módulo Gestão Estratégica (Software)
Stratec - Módulo Gestão Estratégica (Software)Stratec - Módulo Gestão Estratégica (Software)
Stratec - Módulo Gestão Estratégica (Software)
 
Gestão Estratégica
Gestão EstratégicaGestão Estratégica
Gestão Estratégica
 
Lideranca
LiderancaLideranca
Lideranca
 
Bsc
BscBsc
Bsc
 
BSC - Balanced Scorecard
BSC - Balanced ScorecardBSC - Balanced Scorecard
BSC - Balanced Scorecard
 
A Valorizacao das Praticas de Recursos Humanos no Desempenho Organizacional
A Valorizacao das Praticas de Recursos Humanos no Desempenho OrganizacionalA Valorizacao das Praticas de Recursos Humanos no Desempenho Organizacional
A Valorizacao das Praticas de Recursos Humanos no Desempenho Organizacional
 
Balanced scorecard
Balanced scorecardBalanced scorecard
Balanced scorecard
 

Semelhante a Planejamento estratégico participativo para consultoria

Lanto Institucional Maio 2010
Lanto Institucional Maio 2010Lanto Institucional Maio 2010
Lanto Institucional Maio 2010fnimer
 
Dheka - Apresentacao Institucional
Dheka - Apresentacao InstitucionalDheka - Apresentacao Institucional
Dheka - Apresentacao Institucionaldheka
 
Praxis Consultoria em Recursos Humanos - Apresentação geral
Praxis Consultoria em Recursos Humanos - Apresentação geralPraxis Consultoria em Recursos Humanos - Apresentação geral
Praxis Consultoria em Recursos Humanos - Apresentação geralKleber D. Leal
 
BPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - Nicholas
BPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - NicholasBPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - Nicholas
BPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - NicholasLecom Tecnologia
 
PAEX Fundação Dom Cabral | FDC
PAEX Fundação Dom Cabral | FDCPAEX Fundação Dom Cabral | FDC
PAEX Fundação Dom Cabral | FDCFernando Madalosso
 
PortfóLio Way Nova VersãO 2009
PortfóLio Way   Nova VersãO 2009PortfóLio Way   Nova VersãO 2009
PortfóLio Way Nova VersãO 2009Luciana Pagnossin
 
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...EloGroup
 
Apresentação diagnóstico stratec
Apresentação diagnóstico   stratecApresentação diagnóstico   stratec
Apresentação diagnóstico stratecPriscila Nogueira
 
CONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdf
CONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdfCONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdf
CONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdfssuser6de5b4
 

Semelhante a Planejamento estratégico participativo para consultoria (20)

Lanto Institucional Maio 2010
Lanto Institucional Maio 2010Lanto Institucional Maio 2010
Lanto Institucional Maio 2010
 
Ta10
Ta10Ta10
Ta10
 
Apresentação SupriQual junho 2014
Apresentação SupriQual junho 2014Apresentação SupriQual junho 2014
Apresentação SupriQual junho 2014
 
Apresentação SupriQual
Apresentação SupriQualApresentação SupriQual
Apresentação SupriQual
 
Dheka - Apresentacao Institucional
Dheka - Apresentacao InstitucionalDheka - Apresentacao Institucional
Dheka - Apresentacao Institucional
 
Como Desenhar Os Processos Corporativos
Como Desenhar Os Processos CorporativosComo Desenhar Os Processos Corporativos
Como Desenhar Os Processos Corporativos
 
Praxis Consultoria em Recursos Humanos - Apresentação geral
Praxis Consultoria em Recursos Humanos - Apresentação geralPraxis Consultoria em Recursos Humanos - Apresentação geral
Praxis Consultoria em Recursos Humanos - Apresentação geral
 
Apresentação Oportunitta Consultoria
Apresentação Oportunitta ConsultoriaApresentação Oportunitta Consultoria
Apresentação Oportunitta Consultoria
 
BPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - Nicholas
BPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - NicholasBPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - Nicholas
BPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - Nicholas
 
PAEX Fundação Dom Cabral | FDC
PAEX Fundação Dom Cabral | FDCPAEX Fundação Dom Cabral | FDC
PAEX Fundação Dom Cabral | FDC
 
PortfóLio Way Nova VersãO 2009
PortfóLio Way   Nova VersãO 2009PortfóLio Way   Nova VersãO 2009
PortfóLio Way Nova VersãO 2009
 
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
 
Rh estratégico
Rh estratégicoRh estratégico
Rh estratégico
 
Assessoria Empresarial
Assessoria EmpresarialAssessoria Empresarial
Assessoria Empresarial
 
FMZ Consulting
FMZ ConsultingFMZ Consulting
FMZ Consulting
 
Bsc notas de aula
Bsc notas de aulaBsc notas de aula
Bsc notas de aula
 
Balanced scorecard
Balanced scorecardBalanced scorecard
Balanced scorecard
 
Aula3 mod
Aula3 modAula3 mod
Aula3 mod
 
Apresentação diagnóstico stratec
Apresentação diagnóstico   stratecApresentação diagnóstico   stratec
Apresentação diagnóstico stratec
 
CONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdf
CONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdfCONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdf
CONSULTORIA EMPRESARIAL - PASSOS.pdf
 

Planejamento estratégico participativo para consultoria

  • 1. Multisan Consultoria, Comércio e Representações Ltda.
  • 2. Equipe de Consultoria Implementação Conjunta Diagnóstico Funções & Negócios Planejamento Operacional Navegador Participativo Gestão & Performance Plano de Diretrizes Empresariais Equipes de Direção e trabalho Gerência Sênior
  • 3. Planejamento Operacional Participativo • Estabelece um marco de referência para o processo de planificação, principalmente quando não há vivência com dinâmicas de planejamento estratégico. • Sob coordenação da consultoria, as próprias equipes de trabalho identificam aspectos que mobilizam ou restringem o alcance de uma situação desejada. • Permite iniciar o processo de reposicionamento com o envolvimento de profissionais de diversas áreas, perfis, responsabilidades e níveis de autoridade. • Cria um clima favorável para a troca e implementação de sugestões e reprodução de práticas internas de sucesso. • Prepara uma agenda factível de curto prazo, contornando as resistências ao planejamento de longo prazo de difícil implementação e pouca visibilidade quanto a resultados.
  • 4. Diagnóstico das Funções e dos Negócios • Aprofunda a visibilidade quanto às dificuldades e ao potencial da empresa para uma efetiva originação de valor. • A equipe de consultoria desenvolve ações de pesquisa baseadas em entrevistas e acesso a documentos, além de mapear aspectos relevantes dos principais competidores. • São identificados os sinais vitais necessários para a continuidade das operações e os vetores de mudança para o aprimoramento das práticas em uso. • Sistematiza informações possivelmente já existentes porém dispersas nos vários ambientes que compõem a empresa. • Cria uma visão sistêmica num plano macro que permite associar combinações e relações entre as diversas linhas de negócio / produto, identificando sinergias e/ou pontos de destruição de valor.
  • 5. Plano de Diretrizes Empresariais • Define os focos de atenção do time executivo, considerado horizonte de tempo compatível com o núcleo do negócio. • O time executivo elabora declarações de caráter norteador / balizador para a condução dos negócios e das atividades centrais, conferindo rumo à empresa. • São formuladas, mediante processo indutivo-dedutivo suportado pela consultoria, a direção estratégica (negócio, missão, visão, intenção, impulso, etc.), o portfolio estratégico (prioridades em produtos e mercados), os objetivos estratégicos (metas e prazos), além das linhas de condução das operações (políticas e diretrizes). • Quando associado à discussão de cenários, possibilita a construção de alternativas estratégicas e abre espaço para a incorporação de estratégias emergentes.
  • 6. Navegador de Gestão e Performance • Consolida as informações decorrentes das atividades anteriores, permitindo o acompanhamento da implementação, a habilitação de responsabilidades e a cobrança de resultados. • Vincula linhas de desenvolvimento às declarações estratégicas e aos objetivos propriamente ditos, caracterizando os diversos cursos de ação e indicadores para mensuração da performance. • Traça temas, mapas e placares de originação de valor (BSC) considerando os interesses dos diversos públicos que atuam sobre a empresa com vistas a melhor alinhamento e equilíbrio. • Organiza dados e informações necessários à elaboração do orçamento operacional e do orçamento de investimentos. • Cria um pano de fundo para a formalização de planos de negócios.
  • 7. Equipe de Consultoria Inteligência Inteligência Competitiva Competitiva Cenários e Prospectiva Inovação Elaboração Conjunta Equipes de trabalho
  • 8. Inteligência Competitiva • Identifica, por meio de busca e coleta, as variáveis-chave do negócio com vistas à caracterização de práticas e fontes de vantagem competitiva dos principais atores em um negócio ou mercado. • Sistematiza o processo de obtenção, armazenagem e recuperação de dados para processamento interno e difusão aos tomadores de decisão. • Define modelos, calendários e responsabilidades pelo fornecimento e pela análise das informações sensíveis. • Estabelece prioridades e hierarquia para acesso ao conhecimento gerado. • Propõe medidas de proteção e/ou dissuasão visando a preservar o posicionamento competitivo.
  • 9. Cenários e Prospectiva • Integra informações e visões decorrentes tanto da teoria quanto das práticas em uso para a identificação de trajetórias de mudança no ambiente em que a empresa está inserida. • Estabelece tendências e identifica impactos em relação à atual posição ocupada por um determinado ator da cadeia de negócios. • Oferece alternativas de curso de ação conforme se dá a evolução dos mercados atendidos e/ou possíveis transformações na base tecnológica que suporta o negócio. • Caracteriza situações de (des) equilíbrio de expectativas e de poder de mobilização entre os diversos atores com base em temas sensíveis para a ocupação de posições competitivas mais vantajosas.
  • 10. Inovação • Sistematiza o procedimento corporativo de captação e difusão tecnológica voltado ao aprimoramento de produtos e atividades. • Integra redes e processos de geração de conhecimento externas e internas. • Estabelece processos internos de validação de investimentos e de registro de capital intelectual. • Acompanha a evolução dos intangíveis detidos pela empresa sob o ponto de vista de valor de mercado e posicionamento competitivo. • Identifica fontes de financiamento e de cooperação tecnológica para as diversas verticais de negócio. • Promove o ambiente interno de intercâmbio de idéias e sugestões.
  • 11. Direção, Gerência Sênior e Consultoria Plano Diretor de RH Balanço de Balanço de Estrutura Estrutura Expectativas Expectativas e Recursos e Recursos Visão Visão Alinhamento Alinhamento Estratégica Estratégica de Processos de Processos Análise Análise Procedimentos Procedimentos Ambiental Ambiental de Gestão de Gestão Profissionalização Equipes de trabalho e Consultoria
  • 12. Plano Diretor de RH • Consolida as políticas e diretrizes que parametrizam todos os processos e procedimentos de recursos humanos na empresa, tendo por base visões das expectativas de todos os atores e análise das melhores práticas de mercado. • Possibilita vincular linhas de desenvolvimento, programas e projetos às políticas e diretrizes, bem como desdobrar a implementação das linhas de desenvolvimento conforme a existência de recursos, estrutura e mecanismos de gestão. • Estabelece as condições básicas para a criação de um orçamento integrado, associando headcount de cada unidade com as iniciativas de desenvolvimento e mobilização corporativa. • Define premissas para normatização e comunicação, facilitando o alinhamento de expectativas entre empregados e empresa.
  • 13. Profissionalização • Define focos para orientação e desenvolvimento profissional com base nas competências afins aos negócios da empresa. • Proporciona uma visão ampla das diversas possibilidades de combinação de conteúdos, públicos-alvo e respectivos meios de disseminação. • Diferencia graus de expertise por conteúdo para exercício de funções com complexidade distintas, permitindo hierarquizar níveis de certificação e estabelecer padrões de desempenho esperado para cada cargo. • Tipifica trilhas de encarreiramento por área e pontos de controle a serem confirmados mediante procedimentos de avaliação de potencial e de orientação profissional. • Prioriza tópicos de mobilização da força de trabalho a serem desenvolvidos mediante ações de endomarketing.
  • 14. Resumé José Francisco de Carvalho Rezende Formação • Doutor em Administração (UFRJ-COPPEAD 2006) • Mestre em Inteligência Competitiva (FR-TOULON 2001) • Especialista em Planejamento e Controle (UFRJ-COPPEAD 1988) • Administrador (UERJ-FAF 1986) • Autor do livro Balanced Scorecard e a gestão do capital intelectual: alcançando a gestão balanceada da performance (Rio de Janeiro: Editora Campus, 2003). Atribuições • Gerente Executivo Administração e Recursos Humanos (Cobra Tecnologia – 2006 – 2008) • Gerente Executivo de Estratégia Corporativa (Banco do Brasil 1999 – 2000) • Gerente Executivo de Desenvolvimento Profissional (Banco do Brasil 1996 – 1999) • Assessor da Presidência Planejamento Empresarial (Banco do Brasil 1990 – 1996)
  • 15. Resumé José Francisco de Carvalho Rezende Realizações • Metodologia geral de planejamento corporativo Banco do Brasil • Modelo de gestão colegiada programa de ajustes Banco do Brasil • Processo, grade e rede de treinamento corporativo Banco do Brasil • Gestão do desempenho profissional Banco do Brasil • TV Corporativa Banco do Brasil • Programa Profissionalização Banco do Brasil • Formação de gestores e executivos Banco do Brasil • Inteligência competitiva Banco do Brasil • Plano de cargos, carreiras e salários Cobra Tecnologia • Concursos públicos Cobra Tecnologia • Headcount Cobra Tecnologia Consultoria em Estratégia Empresarial e Recursos Humanos • Turismo, Tecnologia da Informação, Seguros Auto, Seguros Saúde, Engenharia & Projetos, Comunicação