3 teoria do fogo

6.155 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.155
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
215
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3 teoria do fogo

  1. 1. Estudos dos fenômenos químicos e físicos da combustão
  2. 2. PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOPREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIOS COMBATE AO INCÊNDIO
  3. 3. PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO PREVENÇÃO DE INCÊNDIO: Conhecimento da natureza da combustão como forma de aplicar métodos preventivos;
  4. 4. PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO COMBATE A INCÊNDIO: Equipamentos e técnicas de extinção de incêndios.
  5. 5. A COMBUSTÃO“Reação química capaz de produzir calor, acompanhada ou não da produção de luz” Lavoisier
  6. 6. TEMPO x TEMPERATURA
  7. 7. TEORIA DO FOGO A reação de combustão é exotérmica e auto-sustentada, após a partida inicial, é mantida pelo calor produzido durante o processamento da reação. C + O2 => CO2 + 97,2 Kcal/Mol
  8. 8. ELEMENTOS ESSENCIAIS DA COMBUSTÃO COMBUSTÍVEL COMBURENTE CALOR REAÇÃO EM CADEIA
  9. 9. COMBUSTÍVELQualquer material capaz de queimar, ou seja, entrar em combustão; Combustíveis sólidos: Papel, madeira, fibras em geral; Combustíveis líquidos: Gasolina, diesel, álcool, querosene; Combustíveis gasosos: GLP, metano, acetileno;
  10. 10. Combustível sólido
  11. 11. Combustível Líquido
  12. 12. Combustível Gasoso
  13. 13. COMBUSTÍVEL PONTO DE FULGOR PONTO DE COMBUSTÃO PONTODE IGNIÇÃO
  14. 14. PONTO DE FULGOR PONTO DE FULGOR - É a temperatura mínima, onde os corpos combustíveis começam a liberar vapores capazes de entrar em combustão através do contato com uma fonte externa de calor. Entretanto, a chama não se mantém devido à insuficiência de vapores.
  15. 15. PONTO DE COMBUSTÃO PONTO DE COMBUSTÃO - É a temperatura mínima, na qual os gases desprendidos dos corpos combustíveis, ao entrarem em contato com uma fonte externa de calor, entram em combustão e continuam a queimar.
  16. 16. PONTO DE IGNIÇÃO PONTO DE IGNIÇÃO - É a temperatura mínima, na qual os gases desprendidos dos combustíveis, entram em combustão apenas pelo contato com o oxigênio do ar, independente de qualquer fonte externa de calor.
  17. 17. COMBUSTÍVEL
  18. 18. COMBURENTE“Como se o fogo respirasse, sem oxigênio não há combustão”
  19. 19. COMBURENTE AR AMBIENTE:78% de NITROGÊNIO21% de OXIGÊNIO01% de OUTROS GASES
  20. 20. COMBURENTE RELAÇÃO OXIGÊNIO X COMBUSTÃO Teor de O2 > 16% : Combustão Completa 8% < O2 > 16% : Combustão Incompleta Teor de O2 < 8 % : Não há Combustão
  21. 21. Combustão Completa
  22. 22. Combustão Incompleta
  23. 23. EXPLOSÃO AMBIENTAL (CORTINA DE FOGO)Penetração repentina de oxigênio em ambiente fechado, onde aconcentração de calor e saturação de gases inflamáveis, propiciam atmosfera explosiva.
  24. 24. Cortina de Fogo – Backdraft
  25. 25. Cortina de Fogo – Backdraft
  26. 26. CALOREnergia necessária ao início da reação de combustão
  27. 27. CALORCONDUÇÃOCONVECÇÃOIRRADIAÇÃO
  28. 28. CONDUÇÃOTransmissão do calorpelo contato direto damatéria, de molécula amolécula, através deum meio material poronde o calor sepropagará.
  29. 29. CONVECÇÃOTransmissão do calorque ocorre de baixopara cima, provocadapela diferença dedensidade entre o ar eos produtos aquecidosda combustão.
  30. 30. IRRADIAÇÃOTransmissão do calor através de ondas eletromagnéticas, irradiadas dos corpos em combustão.
  31. 31. MÉTODOS DE EXTINÇÃO DE INCÊNDIO RESFRIAMENTO ABAFAMENTO ISOLAMENTO EXTINÇÃO QUÍMICA
  32. 32. RESFRIAMENTOAbsorção do calor em uma reação de combustão até que a temperatura do sistema esteja abaixo do ponto de combustão;
  33. 33. ABAFAMENTORedução do percentual de oxigênio em uma reação de combustão, abaixo de 8%.
  34. 34. ISOLAMENTORetirada do combustível que esteja em contato, ou nas proximidades, de uma reação de combustão.
  35. 35. EXTINÇÃO QUÍMICA Interrupção da reação em cadeia da combustão, através da adição de compostos capazes de combinarem-se quimicamente com os radicais livres dos combustíveis.
  36. 36. CLASSES DE INCÊNDIOA : Fogo em combustíveis sólidosB : Fogo em Líquidos combustíveisC : Fogo em Equipamentos elétricosD : Fogo em Metais Pirofóricos
  37. 37. CLASSES DE INCÊNDIO“A” Fogo em combustíveis sólidos: papel, madeira, tecido, couro (material orgânico em geral).
  38. 38. FOGO CLASSE “A”
  39. 39. CLASSES DE INCÊNDIO“B” Fogo em Líquidos combustíveis: gasolina, álcool, diesel (derivados de petróleo)
  40. 40. FOGO CLASSE “B”
  41. 41. CLASSES DE INCÊNDIO“C” Fogo em Equipamentos elétricos energizados Não usar água!
  42. 42. FOGO CLASSE “C”
  43. 43. CLASSES DE INCÊNDIO“D” Fogo em metais pirofóricos: magnésio, carbureto, zircônio, titânio... Não usar água!
  44. 44. FOGO CLASSE “D”
  45. 45. "Quem não espera vencer, já está vencido." José de Alencar

×