Oportunidade de Negócio no Ceará -1

466 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
466
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oportunidade de Negócio no Ceará -1

  1. 1. BRASIL – CEARÁ OPORTUNIDADE DE NEGÓCIOOPORTUNIDADE DE NEGÓCIO CRIAÇÃO CAMARÃO NO CEARÁCRIAÇÃO CAMARÃO NO CEARÁ
  2. 2. “NOS PRÓXIMOS 50 ANOS, A CRIAÇÃO DE PEIXES PODE NOS TRANSFORMAR DE CAÇADORES E COLETORES EM PECUARISTAS MARINHOS. EXATAMENTE COMO HÁ 10.000 ANOS ATRÁS, UMA INOVAÇÃO SEMELHANTE TRANSFORMOU NOSSOS ANCESTRAIS DE CAÇADORES E EXTRATIVISTAS EM AGRICULTORES E PASTORES.” PETER DRUCKER REVISTA EXAME (MARÇO 2000)
  3. 3. Litopenaeus Vannamei A INDÚSTRIA DE CARCINICULTURA BRASILEIRA COMEÇOU A MOSTRAR VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA NA SEGUNDA METADE DOS ANOS 90, COM O CONTROLE DO CICLO REPRODUTIVO DA ESPÉCIE L. Vannamei, COM CONSEQÜENTE AUMENTO DA DISPONIBILIDADE DE PÓS-LARVAS, ASSOCIADO A UMA MELHOR QUALIDADE DAS RAÇÕES BALANCEADAS
  4. 4. AGRONEGÓCIO DO CAMARÃO MARINHOAGRONEGÓCIO DO CAMARÃO MARINHO REPRODUÇÃO • FÊMEAS OVADAS • ECLOSÃO OVOS • LARVAS (EM LABORATÓRIO) PRODUÇÃO • PÓS-LARVAS EM BERÇÁRIOS • ENGORDA EM VIVEIROS • ALIMENTAÇÃO COM RAÇÃO • DESPESCA (NA FAZENDA) BENEFICIAMENTO • SELEÇÃO • EMBALAGEM • CONGELAÇÃO (EM EMPRESAS BENEFICIAMENTO) DISTRIBUIÇÃO 99% EXPORTAÇÃO 1% MERCADO INTERNO GRANDES EMPRESAS MEDIAS EMPRESAS COMPRADORES PRODUTO BRUTO SELECCIONADO BENEFICIADO TÉCNICA DE CRIAÇÃO A ACTIVIDADE DE PRODUÇÃO (CRIAÇÃO/ENGORDA) GERA UM RÁPIDO BENEFICÍCIOA ACTIVIDADE DE PRODUÇÃO (CRIAÇÃO/ENGORDA) GERA UM RÁPIDO BENEFICÍCIO E RETORNO DO CAPITAL INVESTIDOE RETORNO DO CAPITAL INVESTIDO FLUXO DE BENS E SERVIÇOS FLUXO FINANCEIRO E DE INFORMAÇÕES
  5. 5. AGRONEGÓCIO DO CAMARÃO MARINHOAGRONEGÓCIO DO CAMARÃO MARINHO INSUMOS RAÇÃO PÓS-LARVAS EQUIPAMENTOS MEDICAMENTOS PRODUÇÃO EXTRATIVISTA COMERCIAL PEQUENO PORTE MÉDIO PORTE GRANDE PORTE PRODUÇÃO INDIVIDUAL PRODUÇÃO ASSOCIADOS PRODUÇÃO INTEGRADA BENEFICIAMENTO PRODUTOR INDIVIDUAL COOPERATIVAS EMPRESAS INTEGRADORAS DISTRIBUIÇÃO 99% EXPORTAÇÃO 1% MERCADO INTERNO GRANDES EMPRESAS MEDIAS EMPRESAS COMPRADORES PRODUTO BRUTO SELECCIONADO BENEFICIADO FASES DO NEGÓCIO A ACTIVIDADE DE PRODUÇÃO (CRIAÇÃO/ENGORDA) GERA UM RÁPIDO BENEFICÍCIOA ACTIVIDADE DE PRODUÇÃO (CRIAÇÃO/ENGORDA) GERA UM RÁPIDO BENEFICÍCIO E RETORNO DO CAPITAL INVESTIDOE RETORNO DO CAPITAL INVESTIDO FLUXO DE BENS E SERVIÇOS FLUXO FINANCEIRO E DE INFORMAÇÕES
  6. 6. AGRONEGÓCIO DO CAMARÃO MARINHOAGRONEGÓCIO DO CAMARÃO MARINHO INSUMOS RAÇÃO PÓS-LARVAS EQUIPAMENTOS MEDICAMENTOS PRODUÇÃO EXTRATIVISTA COMERCIAL PEQUENO PORTE MÉDIO PORTE GRANDE PORTE PRODUÇÃO INDIVIDUAL PRODUÇÃO ASSOCIADOS PRODUÇÃO INTEGRADA BENEFICIAMENTO PRODUTOR INDIVIDUAL COOPERATIVAS EMPRESAS INTEGRADORAS DISTRIBUIÇÃO HIPERMERCADOS SUPERMERCADOS PEIXARIAS DELICATESSEN RESTAURANTES MERCADOS CENTRAIS GRANDES EMPRESAS PEIXARIAS CONSUMIDOR PREÇO QUALIDADE PRATICIDADE REGULARIDADE AMBIENTE/ ECOLOGIA RECREAÇÃO CADEIA PRODUTIVA E DE CONSUMO AMBIENTE ORGANIZACIONAL: ASSOCIAÇÕES, INFORMAÇÕES, CRÉDITO, PESQUISA, EXTENSÃO, ÓRGÃOS GOVERNAMENTAIS, ORGANIZAÇÕES AMBIENTAIS, ONGs E FIRMAS FLUXO DE BENS E SERVIÇOS FLUXO FINANCEIRO E DE INFORMAÇÕES
  7. 7. 0 100 200 300 400 500 600 700 800 900 ProduçãoemMilToneladas 697.463 606.708 632.451 644.585 632.000 605.900 688.000 695.000 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 Fonte: IBAMA, 2002 EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃOEVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO BRASILEIRA DE PESCADO (CAPTURABRASILEIRA DE PESCADO (CAPTURA)
  8. 8. 0 50 100 150 200 250 MilToneladas Aqüicultura 3.789 46.203 60.722 87.674 93.000 139.100 172.000 204.000 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 Fonte: IBAMA, 2002 EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO DAEVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO DA AQÜICULTURA BRASILEIRA (CULTIVO)AQÜICULTURA BRASILEIRA (CULTIVO)
  9. 9. EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃOEVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO BRASILEIRA DE CAMARÃO CULTIVADOBRASILEIRA DE CAMARÃO CULTIVADO Total (em mil toneladas) Total Proj. (em mil toneladas) FONTE: ABCC 3,5 7,2 15 25 40 60 80 105 150 0 20 40 60 80 100 120 140 160 PRODUÇÃO(EMTONELADAS) 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 ANO
  10. 10. 1.000,00 1.400,00 1.800,00 2.200,00 2.600,00 3.000,00 3.400,00 MilhõesdeR$ PIB PESQUEIRO 2.925,39 2.638,53 2.757,46 2.812,27 2.678,55 2.664,66 3.036,56 3.077,33 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 Fonte: DPA/SARC/MAPA, 2002 EVOLUÇÃO DA RENDA DO SETOREVOLUÇÃO DA RENDA DO SETOR PESQUEIRO NACIONAL (CAPTURA)PESQUEIRO NACIONAL (CAPTURA)
  11. 11. Per fil tec no lóg ico e P esp ec tiva sd aC rc inic ul tur a na Re giã oN or des te PRODUÇÃO MUNDIAL DE CAMARÃOPRODUÇÃO MUNDIAL DE CAMARÃO 2001 / 20052001 / 2005 Tailândia 300.000 80.000 3.750 350.000 100.000 3.500 China 250.000 220.000 1.136 350.000 320.000 1.094 Indonésia 168.000 151.000 1.113 441.000 396.375 1.113 Vietnã 120.000 240.000 500 200.000 350.000 571 Índia 100.000 150.000 667 200.000 170.000 1.176 Bangladesh 63.000 140.000 450 90.000 200.000 450 Equador 45.000 80.000 563 90.000 150.000 600 Brasil 40.000 8.500 4.706 150.000 25.000 6.000 México 26.000 28.000 929 40.000 40.000 1.000 Honduras 15.000 14.000 1.071 16.000 16.000 1.000 Outros 139.840 170.711 819 250.366 278.185 900 FONTE: GAA Produção (T) Área em Produção (ha) Produtividade (kg/ha/ano) Produção (T) Área em Produção (ha) Produtividade (kg/ha/ano) Total 1.266.840 1.282.211 988 2.177.366 2.045.560 1.064 Principais Países Produtores 2001 Estimativa para 2005 DESDEDESDE 20022002 O BRASIL , COMO BRASIL , COM 60.128 T,60.128 T, TORNOU-SE O MAIOR PRODUTOR DA AMÉRICA LATINA,TORNOU-SE O MAIOR PRODUTOR DA AMÉRICA LATINA, ALÉM DE DETER O NÍVEL MÉDIO DE PRODUTIVIDADE MAIS ELEVADO COMALÉM DE DETER O NÍVEL MÉDIO DE PRODUTIVIDADE MAIS ELEVADO COM 5.5 TN/HA/ANO5.5 TN/HA/ANO..
  12. 12. DADOS BRASIL CHINA COSTA 8.500 Km 18.000 Km ÁREA DE MANGUES 1.400.000 ha 100.000 ha PRODUÇÃO DE CAMARÃO CULTIVADO 60 mil ton 310 mil ton ÁREA DE VIVEIROS DE CAMARÃO 11.016 ha 268.400 ha PRODUÇÃO DE PESCADOS MARINHO 400 mil ton 15 milhões de ton PRODUÇÃO DE MARICULTURA 15 mil ton 12 milhões de ton PRODUÇÃO DE AQUICULTURA 175 mil ton 16 milhões de ton PRODUÇÃO TOTAL DE PESCADO 650 mil ton 43 milhões de ton RELAÇÃO ENTRE A PRODUÇÃO DARELAÇÃO ENTRE A PRODUÇÃO DA CHINA E O BRASIL - 2002CHINA E O BRASIL - 2002
  13. 13. PRINCIPAIS MERCADOS MUNDIAISPRINCIPAIS MERCADOS MUNDIAIS PARA CAMARÃO 2003PARA CAMARÃO 2003 401000 t 420.000 t 405.000 t A EXPORTAÇÃO BRASILEIRA, COM 60.128 TN/2002, TEM-SE DESTINADO EXCLUSIVAMENTE AOS MERCADOS EUROPEU E NORTE-AMERICANO.
  14. 14. BRASIL – CEARÁ OPORTUNIDADE DE NEGÓCIOOPORTUNIDADE DE NEGÓCIO CRIAÇÃO CAMARÃO NO CEARÁCRIAÇÃO CAMARÃO NO CEARÁ

×