Meningite Bacteriana - 2 Ano médio

487 visualizações

Publicada em

Doença

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
487
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Meningite Bacteriana - 2 Ano médio

  1. 1. A meningitemeningocócica é uma infecção que resulta em inchaço e irritação (inflamação) das membranas que revestem o cérebro e a medula espinhal.
  2. 2.  A meningite meningocócica é causada pela bactéria Neisseria meningitidis (tambémconhecida comomeningococo).  A maioria dos casos de meningite meningocócica ocorreemcrianças e adolescentes. O meningococo é a causa mais comum de meningite bacteriana em crianças e a segunda causa mais comum de meningite bacteriana em adultos.  A infecção ocorre commais frequência noinverno ouna primavera.Ela pode causar epidemias locais em internatos, dormitórios estudantis ou bases militares.  Os fatores de risco incluem exposição recenteao meningococo e uma infecção recentedo trato respiratório superior.
  3. 3. Os sintomas costumam se manifestar rapidamentee podem incluir:  Febre alta e calafrios  Alterações do estado mental  Náuseas e vômitos  Áreas roxas, como machucados (púrpura)  Erupções, pontos vermelhos (petéquias)  Sensibilidade à luz(fotofobia)  Dor decabeça forte  Pescoço rígido (meningismo)  Outros sintomas quepodem ocorrer com essa doença:  Agitação  Fontanelas protuberantes  Perda deconsciência  Alimentação deficiente ou irritabilidade emcrianças  Respiração acelerada  Postura incomum com a cabeça e o pescoço arqueados para trás (opistótonos)
  4. 4. Todos os familiares e pessoas próximas (principalmente em ambientes desaúdeoude educação)a alguém comesse tipodemeningite devem começar otratamentocom antibióticos assim que possívelparaimpedirapropagaçãodadoença.Perguntea seumédico sobreisso durantea primeiravisita. Os contatospróximos em casa,na escola ou nacreche devem ser observados paradetectarsinais precoces dadoença assimque oprimeirocasofordiagnosticado.Tenha sempre bons hábitosde higiene, como lavar asmãos antes edepois de trocarfraldasoudepois deusar obanheiro. As vacinas sãoeficazes paracontrolarepidemias. Elas sãoatualmenterecomendadaspara:  Estudantesuniversitários vivendo em dormitóriosnoprimeiroanonauniversidade  Recrutas militares  Pessoas queviajam acertas regiõesdomundo
  5. 5. O tratamento com antibióticos deve ser iniciado o mais rápido possível. A ceftriaxona é um dos antibióticos mais usados para a meningite meningocócica. A penicilina em altas doses também é sempre eficiente. Se o antibiótico não estiver funcionando e seu médico suspeitar de resistência ao antibiótico, o cloranfenicol poderá ser usado Alguns cortocosteroides podem ser usados, especialmente em crianças. As pessoas em contato próximo com alguém com meningite meningocócica devem receber antibióticos para prevenir a infecção. Essas pessoas incluem:  Membros da família  Companheiros de quarto em dormitórios  Aqueles que tenham contato prolongado e próximo com uma pessoa infectada
  6. 6.  Danocerebral  Perda daaudição  Hidrocefalia  Miocardite  Convulsões  Efusãosubdural(acúmulodefluidoentreocrânioeocérebro)
  7. 7. José Flávio EdnandoPhillipy

×