SlideShare uma empresa Scribd logo
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS

CONTRIBUIÇÕES DOS CÁLCULOS FINANCEIROS E DAS
INFORMAÇÕES CONTÁBEIS PARA TOMADA DE DECISÃO
NO CONTEXTO ORGANIZACIONAL E COMPORTAMENTAL

Porto Velho
2013
CONTRIBUIÇÕES DOS CÁLCULOS FINANCEIROS E DAS
INFORMAÇÕES CONTÁBEIS PARA TOMADA DE DECISÃO
NO CONTEXTO ORGANIZACIONAL E COMPORTAMENTAL

Trabalho de Tecnologia em Processos Gerenciais
apresentado à Universidade Norte do Paraná UNOPAR, como requisito parcial para a obtenção de
média bimestral nas disciplinas de Matemática
Financeira, Administração Financeira e Orçamentária, e
Contabilidade e Finanças Empresariais.
Orientador: Profª. Helenara Regina Sampaio, Prof.
Edilson G. Moreira e Prof. Regis Garcia.

Porto Velho
2013
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO .............................................................. Erro! Indicador não definido.
2 CONTABILIDADE ......................................................... Erro! Indicador não definido.
2.1 USUÁRIOS DA CONTABILIDADE ......................... Erro! Indicador não definido.
2.2.OBJETIVO DA CONTABILIDADE EM RELAÇÃO À EMPRESA ... Erro! Indicador
não definido.
3 GESTÃO FINANCEIRA ................................................ Erro! Indicador não definido.
3.1. CARACTERISTICAS DO GESTOR FINANCEIRO NO MERCADO
CONTEMPORANEO .................................................... Erro! Indicador não definido.
3.2 A COMPETITIVIDADE AUMENTA A RESPONSABILIDADE DO GESTOR
FINANCEIRO? ............................................................. Erro! Indicador não definido.
4 MATEMÁTICA FINANCEIRA ....................................... Erro! Indicador não definido.
4.1. O QUE SÃO SISTEMAS DE AMORTIZAÇÕES DE DÍVIDAS E OS PRINCIPAIS
UTILIZADOS NO BRASIL ............................................ Erro! Indicador não definido.
4.2 CONTRIBUIÇÃO DO CONHECIMENTO MATEMÁTICO PARA A FORMAÇÃO
PROFISSIONAL .......................................................... Erro! Indicador não definido.
4 CONCLUSÃO ............................................................... Erro! Indicador não definido.
REFERÊNCIAS ................................................................ Erro! Indicador não definido.
3

1 INTRODUÇÃO
Este trabalho tem como objetivo questionarmos e analisarmos a
importância dos conteúdos da contabilidade, da Gestão Financeira e da Matemática
Financeira para a vida das pessoas no dia a dia, e principalmente a utilização
dessas ferramentas na administração e gestão das empresas para a tomada das
decisões em momentos críticos.
4

2 CONTABILIDADE
2.1 USUÁRIOS DA CONTABILIDADE
Os usuários são as pessoas (física ou jurídica) que se utilizam da
Contabilidade, que se interessam pela situação da empresa e buscam nos
instrumentos contábeis as suas respostas, podem ser divididos em usuários internos
e usuários externos.
Usuários internos: são todas as pessoas ou grupo de pessoas relacionadas
com a empresa que tem facilidade de acesso às informações contábeis, tais como:
 Gerentes ou Administradores: para tomada de decisões;
 Funcionários: com interesse em pleitear melhorias;
 Diretoria: para a execução de planejamentos organizacionais.

Usuários Externos: são as pessoas ou grupo de pessoas sem facilidade de
acesso direto às informações, mas que as recebem de publicações das
demonstrações pela entidade, tais como:
 Bancos: interessados nas demonstrações financeira a fim de analisar
a concessão de financiamentos e medir a capacidade de retorno do
capital emprestado;
 Concorrentes: interessados em conhecer a situação da empresa para
poder atuar no mercado;
 Governo: necessita obter informações sobre as receitas e as
despesas para poder atuar sobre o resultado operacional no que
concerne a sua parcela de tributação e planejamento macroeconômico.
 Fornecedores: interessados em conhecer a situação da entidade para
poder continuar ou não as transações comerciais com a entidade, além
de medir a garantia de recebimento futuro;
 Clientes: interessados em medir a integridade da entidade e a garantia
de que seu pedido será atendido nas suas especificações e no tempo
acordado.
O usuário interno principal da informação contábil na entidade
moderna é a alta-administração que pela proximidade à Contabilidade, pode solicitar
a elaboração de relatórios específicos para auxiliar na gestão do negócio.
5

2.2 OBJETIVO DA CONTABILIDADE EM RELAÇÃO À EMPRESA
Em Economia, foi proposto de a Contabilidade ser um sistema inserido dentro
dos sistemas econômicos maiores, como o das Empresas (Microeconomia) e
dos governos (Macroeconomia). Dessa forma passou a ser visto com
naturalidade

o

uso

da Matemática e

da Estatística para

obtenção

e

interpretação das informações contábeis.
Em Administração, surgiu a proposta de um sistema baseado em princípios
contábeis, capaz de organizar a atividade para fins de atender a padronização
da informação contábil e de outras necessidades dos administradores.
Para os administradores, o interesse nos dados contábeis atinge um
grau de profundidade e analise, bem como de frequência, muito maior do que para
os demais usuários. De fato, só eles os agentes responsáveis pelas tomadas de
decisões dentro de cada organização a que pertencem. Note-se que as informações
fornecidas pela Contabilidade não se limitam, como julgam muitos, ao Balanço
Patrimonial e à Demonstração de Resultados. Além desses demonstrativos básicos
e finais de um período contábil, a Contabilidade fornece aos administradores um
fluxo continuo de informações sobre os mais variados aspectos da gestão financeira
e econômica das empresas. O gestor que sabe usar a informação contábil, e que
conhece suas limitações, dispõe de um poderoso instrumental de trabalho que lhe
permite tomar decisões visando o futuro com maior segurança, bem como
conhecendo a situação atual e o grau de acerto e impropriedade de suas decisões
anteriores.

3. GESTÃO FINANCEIRA

3.1

CARACTERÍSTICAS

DO

GESTOR

FINANCEIRO

NO

MERCADO

CONTEMPORÂNEO.
O objetivo do Gestor Financeiro, assim como de toda a gestão, é
maximizar a riqueza do acionista a longo prazo, dado um nível de risco. Esse é o
6

objetivo maior e não mudou, devendo se apresentar como a função econômica
objetivo para todas as decisões empresariais, particularmente aquelas mais afeitas
à responsabilidade do Gestor Financeiro: decisões de financiamento, decisões de
investimento e decisões operacionais em seus aspectos econômicos.
O que mudou foi à forma como o Gestor Financeiro e a área de
Finanças busca atingir seus objetivos.
Em qualquer época, a boa liderança, os custos baixos e o
atendimento das necessidades do cliente (interno ou externo) sempre foram e serão
o passaporte para a boa gestão. No departamento de Finanças isso não é diferente.
Hoje, o Gestor Financeiro precisa liderar sua equipe para que todos
“saiam” do silo funcional (departamento Finanças) e literalmente “entrem” nos
negócios e se comprometam com os objetivos, adquirindo um entendimento
detalhado das operações e, partir daí, aumente a competitividade do negócio.
Melhorar os processos decisórios na empresa é condição imprescindível para a
competitividade e essa função tornou–se a “menina dos olhos” do Gestor Financeiro.

3.2 A COMPETITIVIDADE AUMENTA A RESPONSABILIDADE DO GESTOR
FINANCEIRO?
Sim, aumenta. Diariamente surgem novas empresas aumentando a
competitividade entre elas. Com o crescimento da competitividade aumenta também
a responsabilidade dos gestores que são responsáveis pelas decisões financeiras
das suas respectivas empresas.
O sucesso ou declínio de uma empresa depende na maior parte das
decisões de seus administradores. Escolhas erradas podem resultar em uma
exclusão do mercado competitivo e também a falência. Por esse motivo as
empresas buscam cada vez mais aperfeiçoarem suas gestões. Para tanto, utilizamse de ferramentas, dentre elas o fluxo de caixa.
7

4. MATEMÁTICA FINANCEIRA
4.1 O QUE SÃO SISTEMAS DE AMORTIZAÇÕES DE DIVIDAS E OS PRINCIPAIS
UTILIZADOS NO BRASIL
A amortização é um processo financeiro pelo qual uma dívida ou
obrigação é paga progressivamente por meio de parcelas de modo que ao término
do prazo estipulado o débito seja liquidado. Essas parcelas ou prestações são a
soma de duas partes: a amortização ou devolução do principal emprestado e os
juros correspondentes aos saldos do empréstimo ainda não amortizado.
Entre os principais e mais utilizados sistemas de amortização de
empréstimos, temos o Sistema de Amortização Francês (conhecido também como
Tabela Price), o Sistema de Amortizações Constantes (SAC), Sistema de
Amortização Americano e o Sistema Misto, conhecido como Sistema de
Amortizações Crescentes (Sacre).
No Brasil os principais Sistemas de Amortizações utilizados são
Sistema de Amortização

Francês (Price) e Sistema de Amortizações

Constantes (SAC).

4.2 CONTRIBUIÇÃO DO CONHECIMENTO MATEMÁTICO PARA A FORMAÇÃO
PROFISSIONAL
O mercado de trabalho exige profissionais atentos, criativos,
polivalentes, portanto, a matemática tem como objetivo promover uma educação que
coloque nos coloque em contato com desafios que possam desenvolver soluções
com responsabilidade, compromisso, possibilitando a identificação de seus direitos e
deveres.
8

3 CONCLUSÃO
Como observamos, o principal objetivo da contabilidade dentro de
uma empresa é de fornecer informações detalhada da “saúde” econômica da
empresa. Porém ela não trabalha sozinha temos também a Gestão Financeira. A
Gestão Financeira é compreendida como um conjunto de ações e procedimentos
administrativos, que envolve desde o planejamento e controle das atividades da
empresa, visando maximizar os resultados esperados, tantos econômicos e
financeiros que são decorrentes das atividades operacionais .
Nos dias de hoje, se buscamos compreender o mundo a nossa volta
é necessário que saibamos algo sobre a Matemática Financeira, pois ela
estádiretamente ligada as nossas vidas, principalmente quando o assunto édinheiro.
9

REFERÊNCIAS

PRADO, Claudio R. do, "Princípios contábeis e sua aplicabilidade". Curitiba PR.
Editora Prado.
VENCESLAU, Fábio Ygor N. A importância do planejamento no processo de
gestão. Belém, 2007, 22 f. Monografia (Especialização em Contabilidade e
Controladoria) Faculdade de Estudos Avançados do Pará. Belém, 2007.
MARQUES, Claudiomiro José, Introdução à Contabilidade. Claudiomiro José
Marques, Luiz Fernando Soares da Silva, Marcelo Resquetti Tarifa. – São Paulo:
Pearson Education do Brasil, 2009.
BAZOLI, Thiago Nunes. Administração Financeira e Orçamentária. Thiago Nunes
Bazoli, Joenice Leandro Diniz dos Santos. - São Paulo: Pearson Education do
Brasil, 2013.
SAMANEZ, Carlos Patrício. Matemática Financeira – 4ª Ed. – São Paulo: Pearson
Prentice Hall, 2007.
Disponível: http://www.fiap.com.br/2012/01/10/fiapx/artigos/o-novo-papel-do-gestorfinanceiro-nas-empresas/. Acessado em 09/10/2013.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apostila de controladoria (1)
Apostila de controladoria (1)Apostila de controladoria (1)
Apostila de controladoria (1)
090774
 
Monografia análise das demonstrações financeiras como instrumento de verifi...
Monografia   análise das demonstrações financeiras como instrumento de verifi...Monografia   análise das demonstrações financeiras como instrumento de verifi...
Monografia análise das demonstrações financeiras como instrumento de verifi...
Universidade Pedagogica
 
Um olhar a vida finaeira da empresa cap 3
Um olhar a vida finaeira da empresa cap 3Um olhar a vida finaeira da empresa cap 3
Um olhar a vida finaeira da empresa cap 3
Conduril Sucursal Angola
 
controladoria
controladoriacontroladoria
controladoria
InformaGroup
 
Produção textual administração financeira - mercado de capitais - direito t...
Produção textual   administração financeira - mercado de capitais - direito t...Produção textual   administração financeira - mercado de capitais - direito t...
Produção textual administração financeira - mercado de capitais - direito t...
Raffaela Bonfim
 
Controladoria: a ferramenta amiga dos Empreendedores
Controladoria: a ferramenta amiga dos EmpreendedoresControladoria: a ferramenta amiga dos Empreendedores
Controladoria: a ferramenta amiga dos Empreendedores
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Apostila financeira 2 (1)
Apostila financeira 2 (1)Apostila financeira 2 (1)
Apostila financeira 2 (1)
Rita de Cassia
 
Apresentao Monografia
Apresentao MonografiaApresentao Monografia
Apresentao Monografia
Revista Super
 
Apostila de controladoria
Apostila de controladoriaApostila de controladoria
Apostila de controladoria
Nerinhoo Nery
 
MBA em Controladoria - Aula 1 - Introdução e Conceitos de Investimentos e Pro...
MBA em Controladoria - Aula 1 - Introdução e Conceitos de Investimentos e Pro...MBA em Controladoria - Aula 1 - Introdução e Conceitos de Investimentos e Pro...
MBA em Controladoria - Aula 1 - Introdução e Conceitos de Investimentos e Pro...
Kenneth Corrêa
 
Ebitda edson jales
Ebitda edson jalesEbitda edson jales
Ebitda edson jales
Edson Jales
 
TCC Contabilidade Gerencial - Carolina & Robson
TCC Contabilidade Gerencial - Carolina & RobsonTCC Contabilidade Gerencial - Carolina & Robson
TCC Contabilidade Gerencial - Carolina & Robson
Robson Tella
 
Controladoria nas organizaçõesO surgimento da contraoladoria nas organizações
Controladoria nas organizaçõesO surgimento da contraoladoria nas organizaçõesControladoria nas organizaçõesO surgimento da contraoladoria nas organizações
Controladoria nas organizaçõesO surgimento da contraoladoria nas organizações
Sandro José Silva
 
Controladoria estratégica e orçamentaria
Controladoria estratégica e orçamentariaControladoria estratégica e orçamentaria
Controladoria estratégica e orçamentaria
Alexandre Pereira
 
Apresentação Colombo Consultoria
Apresentação Colombo ConsultoriaApresentação Colombo Consultoria
Contabilidade basica
Contabilidade basicaContabilidade basica
Contabilidade basica
jfsead
 
Demonstracoes financeiras como instrumento de gestão análise financeira para ...
Demonstracoes financeiras como instrumento de gestão análise financeira para ...Demonstracoes financeiras como instrumento de gestão análise financeira para ...
Demonstracoes financeiras como instrumento de gestão análise financeira para ...
Universidade Pedagogica
 
Controladoria 2008.2
Controladoria 2008.2Controladoria 2008.2
Controladoria 2008.2
zeramento contabil
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
Eliene Botelho
 

Mais procurados (19)

Apostila de controladoria (1)
Apostila de controladoria (1)Apostila de controladoria (1)
Apostila de controladoria (1)
 
Monografia análise das demonstrações financeiras como instrumento de verifi...
Monografia   análise das demonstrações financeiras como instrumento de verifi...Monografia   análise das demonstrações financeiras como instrumento de verifi...
Monografia análise das demonstrações financeiras como instrumento de verifi...
 
Um olhar a vida finaeira da empresa cap 3
Um olhar a vida finaeira da empresa cap 3Um olhar a vida finaeira da empresa cap 3
Um olhar a vida finaeira da empresa cap 3
 
controladoria
controladoriacontroladoria
controladoria
 
Produção textual administração financeira - mercado de capitais - direito t...
Produção textual   administração financeira - mercado de capitais - direito t...Produção textual   administração financeira - mercado de capitais - direito t...
Produção textual administração financeira - mercado de capitais - direito t...
 
Controladoria: a ferramenta amiga dos Empreendedores
Controladoria: a ferramenta amiga dos EmpreendedoresControladoria: a ferramenta amiga dos Empreendedores
Controladoria: a ferramenta amiga dos Empreendedores
 
Apostila financeira 2 (1)
Apostila financeira 2 (1)Apostila financeira 2 (1)
Apostila financeira 2 (1)
 
Apresentao Monografia
Apresentao MonografiaApresentao Monografia
Apresentao Monografia
 
Apostila de controladoria
Apostila de controladoriaApostila de controladoria
Apostila de controladoria
 
MBA em Controladoria - Aula 1 - Introdução e Conceitos de Investimentos e Pro...
MBA em Controladoria - Aula 1 - Introdução e Conceitos de Investimentos e Pro...MBA em Controladoria - Aula 1 - Introdução e Conceitos de Investimentos e Pro...
MBA em Controladoria - Aula 1 - Introdução e Conceitos de Investimentos e Pro...
 
Ebitda edson jales
Ebitda edson jalesEbitda edson jales
Ebitda edson jales
 
TCC Contabilidade Gerencial - Carolina & Robson
TCC Contabilidade Gerencial - Carolina & RobsonTCC Contabilidade Gerencial - Carolina & Robson
TCC Contabilidade Gerencial - Carolina & Robson
 
Controladoria nas organizaçõesO surgimento da contraoladoria nas organizações
Controladoria nas organizaçõesO surgimento da contraoladoria nas organizaçõesControladoria nas organizaçõesO surgimento da contraoladoria nas organizações
Controladoria nas organizaçõesO surgimento da contraoladoria nas organizações
 
Controladoria estratégica e orçamentaria
Controladoria estratégica e orçamentariaControladoria estratégica e orçamentaria
Controladoria estratégica e orçamentaria
 
Apresentação Colombo Consultoria
Apresentação Colombo ConsultoriaApresentação Colombo Consultoria
Apresentação Colombo Consultoria
 
Contabilidade basica
Contabilidade basicaContabilidade basica
Contabilidade basica
 
Demonstracoes financeiras como instrumento de gestão análise financeira para ...
Demonstracoes financeiras como instrumento de gestão análise financeira para ...Demonstracoes financeiras como instrumento de gestão análise financeira para ...
Demonstracoes financeiras como instrumento de gestão análise financeira para ...
 
Controladoria 2008.2
Controladoria 2008.2Controladoria 2008.2
Controladoria 2008.2
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 

Semelhante a Contribuições dos cálculos financeiros e das informações contábeis para tomada de decisão no contexto organizacional e comportamental

Contabilidade gerencial 2008.2
Contabilidade gerencial 2008.2Contabilidade gerencial 2008.2
Contabilidade gerencial 2008.2
zeramento contabil
 
Contabiliade gerencial
Contabiliade gerencialContabiliade gerencial
Contabiliade gerencial
zeramento contabil
 
O papel e o ambiente da administracao financeira
O papel e o ambiente da administracao financeiraO papel e o ambiente da administracao financeira
O papel e o ambiente da administracao financeira
Reidene Oliveira
 
Apostila de controladoria (1)
Apostila de controladoria (1)Apostila de controladoria (1)
Apostila de controladoria (1)
090774
 
Trabalho 4° orçamento
Trabalho 4° orçamentoTrabalho 4° orçamento
Trabalho 4° orçamento
Sabrina Gomes Gomes
 
Gestão Empresarial.pdf
Gestão Empresarial.pdfGestão Empresarial.pdf
Gestão Empresarial.pdf
Ernesto Thurmann
 
1a aula conceitos
1a aula   conceitos1a aula   conceitos
1a aula conceitos
Elbaborgess
 
Gestão do fluxo de caixa aplicado ao Microempreendedor individual
Gestão do fluxo de caixa aplicado ao Microempreendedor individualGestão do fluxo de caixa aplicado ao Microempreendedor individual
Gestão do fluxo de caixa aplicado ao Microempreendedor individual
Bianca Carro Gonzaga
 
Contabilidade gerencial capitulo i
Contabilidade gerencial capitulo iContabilidade gerencial capitulo i
Contabilidade gerencial capitulo i
Ariovaldo Silva
 
20091 apost topic_v_-_control
20091 apost topic_v_-_control20091 apost topic_v_-_control
20091 apost topic_v_-_control
zeramento contabil
 
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptxA Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
N contabilidade gerencial
N contabilidade gerencialN contabilidade gerencial
N contabilidade gerencial
razonetecontabil
 
Apostila afo
Apostila afoApostila afo
Apostila afo
zeramento contabil
 
Contabilidade gerencial
Contabilidade gerencialContabilidade gerencial
Contabilidade gerencial
razonetecontabil
 
Introdução a Administração Financeira.pptx
Introdução a Administração Financeira.pptxIntrodução a Administração Financeira.pptx
Introdução a Administração Financeira.pptx
AlexLeao4
 
Atps administração financeira
Atps administração financeiraAtps administração financeira
Atps administração financeira
Wandercy Sousa
 
Projeto integrador ii parte inicial
Projeto integrador ii   parte inicialProjeto integrador ii   parte inicial
Projeto integrador ii parte inicial
Marcilio Roberto Ferreira
 
Fundamentos de contabilidade de custos 01
Fundamentos de contabilidade de custos 01Fundamentos de contabilidade de custos 01
Fundamentos de contabilidade de custos 01
razonetecontabil
 
modulo_16_-_controlo_oramental.pptx
modulo_16_-_controlo_oramental.pptxmodulo_16_-_controlo_oramental.pptx
modulo_16_-_controlo_oramental.pptx
SoniaMoreira44
 
Gestao financeira01
Gestao financeira01Gestao financeira01
Gestao financeira01
Rafaella Damazio Favero
 

Semelhante a Contribuições dos cálculos financeiros e das informações contábeis para tomada de decisão no contexto organizacional e comportamental (20)

Contabilidade gerencial 2008.2
Contabilidade gerencial 2008.2Contabilidade gerencial 2008.2
Contabilidade gerencial 2008.2
 
Contabiliade gerencial
Contabiliade gerencialContabiliade gerencial
Contabiliade gerencial
 
O papel e o ambiente da administracao financeira
O papel e o ambiente da administracao financeiraO papel e o ambiente da administracao financeira
O papel e o ambiente da administracao financeira
 
Apostila de controladoria (1)
Apostila de controladoria (1)Apostila de controladoria (1)
Apostila de controladoria (1)
 
Trabalho 4° orçamento
Trabalho 4° orçamentoTrabalho 4° orçamento
Trabalho 4° orçamento
 
Gestão Empresarial.pdf
Gestão Empresarial.pdfGestão Empresarial.pdf
Gestão Empresarial.pdf
 
1a aula conceitos
1a aula   conceitos1a aula   conceitos
1a aula conceitos
 
Gestão do fluxo de caixa aplicado ao Microempreendedor individual
Gestão do fluxo de caixa aplicado ao Microempreendedor individualGestão do fluxo de caixa aplicado ao Microempreendedor individual
Gestão do fluxo de caixa aplicado ao Microempreendedor individual
 
Contabilidade gerencial capitulo i
Contabilidade gerencial capitulo iContabilidade gerencial capitulo i
Contabilidade gerencial capitulo i
 
20091 apost topic_v_-_control
20091 apost topic_v_-_control20091 apost topic_v_-_control
20091 apost topic_v_-_control
 
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptxA Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
 
N contabilidade gerencial
N contabilidade gerencialN contabilidade gerencial
N contabilidade gerencial
 
Apostila afo
Apostila afoApostila afo
Apostila afo
 
Contabilidade gerencial
Contabilidade gerencialContabilidade gerencial
Contabilidade gerencial
 
Introdução a Administração Financeira.pptx
Introdução a Administração Financeira.pptxIntrodução a Administração Financeira.pptx
Introdução a Administração Financeira.pptx
 
Atps administração financeira
Atps administração financeiraAtps administração financeira
Atps administração financeira
 
Projeto integrador ii parte inicial
Projeto integrador ii   parte inicialProjeto integrador ii   parte inicial
Projeto integrador ii parte inicial
 
Fundamentos de contabilidade de custos 01
Fundamentos de contabilidade de custos 01Fundamentos de contabilidade de custos 01
Fundamentos de contabilidade de custos 01
 
modulo_16_-_controlo_oramental.pptx
modulo_16_-_controlo_oramental.pptxmodulo_16_-_controlo_oramental.pptx
modulo_16_-_controlo_oramental.pptx
 
Gestao financeira01
Gestao financeira01Gestao financeira01
Gestao financeira01
 

Contribuições dos cálculos financeiros e das informações contábeis para tomada de decisão no contexto organizacional e comportamental

  • 1. SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS CONTRIBUIÇÕES DOS CÁLCULOS FINANCEIROS E DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS PARA TOMADA DE DECISÃO NO CONTEXTO ORGANIZACIONAL E COMPORTAMENTAL Porto Velho 2013
  • 2. CONTRIBUIÇÕES DOS CÁLCULOS FINANCEIROS E DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS PARA TOMADA DE DECISÃO NO CONTEXTO ORGANIZACIONAL E COMPORTAMENTAL Trabalho de Tecnologia em Processos Gerenciais apresentado à Universidade Norte do Paraná UNOPAR, como requisito parcial para a obtenção de média bimestral nas disciplinas de Matemática Financeira, Administração Financeira e Orçamentária, e Contabilidade e Finanças Empresariais. Orientador: Profª. Helenara Regina Sampaio, Prof. Edilson G. Moreira e Prof. Regis Garcia. Porto Velho 2013
  • 3. SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO .............................................................. Erro! Indicador não definido. 2 CONTABILIDADE ......................................................... Erro! Indicador não definido. 2.1 USUÁRIOS DA CONTABILIDADE ......................... Erro! Indicador não definido. 2.2.OBJETIVO DA CONTABILIDADE EM RELAÇÃO À EMPRESA ... Erro! Indicador não definido. 3 GESTÃO FINANCEIRA ................................................ Erro! Indicador não definido. 3.1. CARACTERISTICAS DO GESTOR FINANCEIRO NO MERCADO CONTEMPORANEO .................................................... Erro! Indicador não definido. 3.2 A COMPETITIVIDADE AUMENTA A RESPONSABILIDADE DO GESTOR FINANCEIRO? ............................................................. Erro! Indicador não definido. 4 MATEMÁTICA FINANCEIRA ....................................... Erro! Indicador não definido. 4.1. O QUE SÃO SISTEMAS DE AMORTIZAÇÕES DE DÍVIDAS E OS PRINCIPAIS UTILIZADOS NO BRASIL ............................................ Erro! Indicador não definido. 4.2 CONTRIBUIÇÃO DO CONHECIMENTO MATEMÁTICO PARA A FORMAÇÃO PROFISSIONAL .......................................................... Erro! Indicador não definido. 4 CONCLUSÃO ............................................................... Erro! Indicador não definido. REFERÊNCIAS ................................................................ Erro! Indicador não definido.
  • 4. 3 1 INTRODUÇÃO Este trabalho tem como objetivo questionarmos e analisarmos a importância dos conteúdos da contabilidade, da Gestão Financeira e da Matemática Financeira para a vida das pessoas no dia a dia, e principalmente a utilização dessas ferramentas na administração e gestão das empresas para a tomada das decisões em momentos críticos.
  • 5. 4 2 CONTABILIDADE 2.1 USUÁRIOS DA CONTABILIDADE Os usuários são as pessoas (física ou jurídica) que se utilizam da Contabilidade, que se interessam pela situação da empresa e buscam nos instrumentos contábeis as suas respostas, podem ser divididos em usuários internos e usuários externos. Usuários internos: são todas as pessoas ou grupo de pessoas relacionadas com a empresa que tem facilidade de acesso às informações contábeis, tais como:  Gerentes ou Administradores: para tomada de decisões;  Funcionários: com interesse em pleitear melhorias;  Diretoria: para a execução de planejamentos organizacionais. Usuários Externos: são as pessoas ou grupo de pessoas sem facilidade de acesso direto às informações, mas que as recebem de publicações das demonstrações pela entidade, tais como:  Bancos: interessados nas demonstrações financeira a fim de analisar a concessão de financiamentos e medir a capacidade de retorno do capital emprestado;  Concorrentes: interessados em conhecer a situação da empresa para poder atuar no mercado;  Governo: necessita obter informações sobre as receitas e as despesas para poder atuar sobre o resultado operacional no que concerne a sua parcela de tributação e planejamento macroeconômico.  Fornecedores: interessados em conhecer a situação da entidade para poder continuar ou não as transações comerciais com a entidade, além de medir a garantia de recebimento futuro;  Clientes: interessados em medir a integridade da entidade e a garantia de que seu pedido será atendido nas suas especificações e no tempo acordado. O usuário interno principal da informação contábil na entidade moderna é a alta-administração que pela proximidade à Contabilidade, pode solicitar a elaboração de relatórios específicos para auxiliar na gestão do negócio.
  • 6. 5 2.2 OBJETIVO DA CONTABILIDADE EM RELAÇÃO À EMPRESA Em Economia, foi proposto de a Contabilidade ser um sistema inserido dentro dos sistemas econômicos maiores, como o das Empresas (Microeconomia) e dos governos (Macroeconomia). Dessa forma passou a ser visto com naturalidade o uso da Matemática e da Estatística para obtenção e interpretação das informações contábeis. Em Administração, surgiu a proposta de um sistema baseado em princípios contábeis, capaz de organizar a atividade para fins de atender a padronização da informação contábil e de outras necessidades dos administradores. Para os administradores, o interesse nos dados contábeis atinge um grau de profundidade e analise, bem como de frequência, muito maior do que para os demais usuários. De fato, só eles os agentes responsáveis pelas tomadas de decisões dentro de cada organização a que pertencem. Note-se que as informações fornecidas pela Contabilidade não se limitam, como julgam muitos, ao Balanço Patrimonial e à Demonstração de Resultados. Além desses demonstrativos básicos e finais de um período contábil, a Contabilidade fornece aos administradores um fluxo continuo de informações sobre os mais variados aspectos da gestão financeira e econômica das empresas. O gestor que sabe usar a informação contábil, e que conhece suas limitações, dispõe de um poderoso instrumental de trabalho que lhe permite tomar decisões visando o futuro com maior segurança, bem como conhecendo a situação atual e o grau de acerto e impropriedade de suas decisões anteriores. 3. GESTÃO FINANCEIRA 3.1 CARACTERÍSTICAS DO GESTOR FINANCEIRO NO MERCADO CONTEMPORÂNEO. O objetivo do Gestor Financeiro, assim como de toda a gestão, é maximizar a riqueza do acionista a longo prazo, dado um nível de risco. Esse é o
  • 7. 6 objetivo maior e não mudou, devendo se apresentar como a função econômica objetivo para todas as decisões empresariais, particularmente aquelas mais afeitas à responsabilidade do Gestor Financeiro: decisões de financiamento, decisões de investimento e decisões operacionais em seus aspectos econômicos. O que mudou foi à forma como o Gestor Financeiro e a área de Finanças busca atingir seus objetivos. Em qualquer época, a boa liderança, os custos baixos e o atendimento das necessidades do cliente (interno ou externo) sempre foram e serão o passaporte para a boa gestão. No departamento de Finanças isso não é diferente. Hoje, o Gestor Financeiro precisa liderar sua equipe para que todos “saiam” do silo funcional (departamento Finanças) e literalmente “entrem” nos negócios e se comprometam com os objetivos, adquirindo um entendimento detalhado das operações e, partir daí, aumente a competitividade do negócio. Melhorar os processos decisórios na empresa é condição imprescindível para a competitividade e essa função tornou–se a “menina dos olhos” do Gestor Financeiro. 3.2 A COMPETITIVIDADE AUMENTA A RESPONSABILIDADE DO GESTOR FINANCEIRO? Sim, aumenta. Diariamente surgem novas empresas aumentando a competitividade entre elas. Com o crescimento da competitividade aumenta também a responsabilidade dos gestores que são responsáveis pelas decisões financeiras das suas respectivas empresas. O sucesso ou declínio de uma empresa depende na maior parte das decisões de seus administradores. Escolhas erradas podem resultar em uma exclusão do mercado competitivo e também a falência. Por esse motivo as empresas buscam cada vez mais aperfeiçoarem suas gestões. Para tanto, utilizamse de ferramentas, dentre elas o fluxo de caixa.
  • 8. 7 4. MATEMÁTICA FINANCEIRA 4.1 O QUE SÃO SISTEMAS DE AMORTIZAÇÕES DE DIVIDAS E OS PRINCIPAIS UTILIZADOS NO BRASIL A amortização é um processo financeiro pelo qual uma dívida ou obrigação é paga progressivamente por meio de parcelas de modo que ao término do prazo estipulado o débito seja liquidado. Essas parcelas ou prestações são a soma de duas partes: a amortização ou devolução do principal emprestado e os juros correspondentes aos saldos do empréstimo ainda não amortizado. Entre os principais e mais utilizados sistemas de amortização de empréstimos, temos o Sistema de Amortização Francês (conhecido também como Tabela Price), o Sistema de Amortizações Constantes (SAC), Sistema de Amortização Americano e o Sistema Misto, conhecido como Sistema de Amortizações Crescentes (Sacre). No Brasil os principais Sistemas de Amortizações utilizados são Sistema de Amortização Francês (Price) e Sistema de Amortizações Constantes (SAC). 4.2 CONTRIBUIÇÃO DO CONHECIMENTO MATEMÁTICO PARA A FORMAÇÃO PROFISSIONAL O mercado de trabalho exige profissionais atentos, criativos, polivalentes, portanto, a matemática tem como objetivo promover uma educação que coloque nos coloque em contato com desafios que possam desenvolver soluções com responsabilidade, compromisso, possibilitando a identificação de seus direitos e deveres.
  • 9. 8 3 CONCLUSÃO Como observamos, o principal objetivo da contabilidade dentro de uma empresa é de fornecer informações detalhada da “saúde” econômica da empresa. Porém ela não trabalha sozinha temos também a Gestão Financeira. A Gestão Financeira é compreendida como um conjunto de ações e procedimentos administrativos, que envolve desde o planejamento e controle das atividades da empresa, visando maximizar os resultados esperados, tantos econômicos e financeiros que são decorrentes das atividades operacionais . Nos dias de hoje, se buscamos compreender o mundo a nossa volta é necessário que saibamos algo sobre a Matemática Financeira, pois ela estádiretamente ligada as nossas vidas, principalmente quando o assunto édinheiro.
  • 10. 9 REFERÊNCIAS PRADO, Claudio R. do, "Princípios contábeis e sua aplicabilidade". Curitiba PR. Editora Prado. VENCESLAU, Fábio Ygor N. A importância do planejamento no processo de gestão. Belém, 2007, 22 f. Monografia (Especialização em Contabilidade e Controladoria) Faculdade de Estudos Avançados do Pará. Belém, 2007. MARQUES, Claudiomiro José, Introdução à Contabilidade. Claudiomiro José Marques, Luiz Fernando Soares da Silva, Marcelo Resquetti Tarifa. – São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2009. BAZOLI, Thiago Nunes. Administração Financeira e Orçamentária. Thiago Nunes Bazoli, Joenice Leandro Diniz dos Santos. - São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2013. SAMANEZ, Carlos Patrício. Matemática Financeira – 4ª Ed. – São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007. Disponível: http://www.fiap.com.br/2012/01/10/fiapx/artigos/o-novo-papel-do-gestorfinanceiro-nas-empresas/. Acessado em 09/10/2013.