SlideShare uma empresa Scribd logo

Gestão Democrática e Culturas

GESTÃO DEMOCRÁTICA

1 de 25
Baixar para ler offline
CURSO:
DIÁLOGOS INTERDISCIPLINARES A
CAMINHO DA AUTORIA
Tema: Gestão Democrática e
Culturas
“De fato estamos vivendo um tempo de crise da utopia. Afirmá-la
novamente se constitui ... num ato pedagógico essencial na
construção da educação do futuro...”
( Gadotti, P. 124)
Gestão Democrática e Culturas
Gestão Democrática e Culturas
Gestão Democrática e Culturas
Gestão Democrática e Culturas
Ditadura: ensina o valor da democracia
Democracia representativa: exercida pelo voto
Democracia participativa: exercida em fóruns:
 amplia o horizonte político emancipador da
Democracia
 “Pressupõe sujeitos históricos conscientes que
lutam por seus direitos e os ampliam, controlam
socialmente a execução desses direitos, sem
deixar de cumprir deveres constitucionais”
 (Caderno 01 - Programa de Fortalecimento dos Conselhos Escolares)
Anúncio

Recomendados

Lei da gestão democrática
Lei da gestão democráticaLei da gestão democrática
Lei da gestão democráticaEunice Portela
 
Experiências com conselhos escolares atuantes
Experiências com conselhos escolares atuantesExperiências com conselhos escolares atuantes
Experiências com conselhos escolares atuantesNajara Nascimento
 
Conselhos escolares uma estratégia de gestão democrática da educação pública.
Conselhos escolares uma estratégia de gestão democrática da educação pública.Conselhos escolares uma estratégia de gestão democrática da educação pública.
Conselhos escolares uma estratégia de gestão democrática da educação pública.Najara Nascimento
 
Conselhos escolares, respeito e valorização do saber e da cultura do estudant...
Conselhos escolares, respeito e valorização do saber e da cultura do estudant...Conselhos escolares, respeito e valorização do saber e da cultura do estudant...
Conselhos escolares, respeito e valorização do saber e da cultura do estudant...UBIRAJARA COUTO LIMA
 
Conselho escolar como espaço de formação humana
Conselho escolar como espaço de formação humanaConselho escolar como espaço de formação humana
Conselho escolar como espaço de formação humanaUBIRAJARA COUTO LIMA
 
OT Fortalecimento dos Conselhos Escolares
OT Fortalecimento dos Conselhos EscolaresOT Fortalecimento dos Conselhos Escolares
OT Fortalecimento dos Conselhos EscolaresClaudia Elisabete Silva
 
Slides conselho escolar
Slides conselho escolarSlides conselho escolar
Slides conselho escolarcezarjeri
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar - EM Profª. Rosa Maria Ma...
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar -  EM Profª. Rosa Maria Ma...Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar -  EM Profª. Rosa Maria Ma...
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar - EM Profª. Rosa Maria Ma...Rosana Maciel
 
Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...
Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...
Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...UBIRAJARA COUTO LIMA
 
Gestão Democrática Ensino Médio UFU 03
Gestão Democrática Ensino Médio UFU 03Gestão Democrática Ensino Médio UFU 03
Gestão Democrática Ensino Médio UFU 03pactoensinomedioufu
 
Conselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da Cidadania
Conselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da CidadaniaConselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da Cidadania
Conselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da CidadaniaUBIRAJARA COUTO LIMA
 
Entidades DemocráTicas
Entidades DemocráTicasEntidades DemocráTicas
Entidades DemocráTicasguestd9852d9
 
Conselhos Escolares
Conselhos EscolaresConselhos Escolares
Conselhos Escolaresguestdb110e
 
Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democráticaappfoz
 
Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]
Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]
Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]guest3da0fb
 
Gestão democrática da escola pública ctba versao final
Gestão democrática da escola pública ctba versao finalGestão democrática da escola pública ctba versao final
Gestão democrática da escola pública ctba versao finalProfessora Josete
 
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...KATIA CAVALCANTI
 
Projeto Voto Consciente e Cidadania - Eleições na Escola
Projeto Voto Consciente e Cidadania - Eleições na EscolaProjeto Voto Consciente e Cidadania - Eleições na Escola
Projeto Voto Consciente e Cidadania - Eleições na Escolaelianegeraldo
 
Conselho Escolar e Aprendizagem na Escola
Conselho Escolar e Aprendizagem na EscolaConselho Escolar e Aprendizagem na Escola
Conselho Escolar e Aprendizagem na EscolaUBIRAJARA COUTO LIMA
 
Caderno 10 – conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento ...
Caderno 10 – conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento ...Caderno 10 – conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento ...
Caderno 10 – conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento ...Najara Nascimento
 
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.Najara Nascimento
 
GestãO DemocráTica
GestãO DemocráTicaGestãO DemocráTica
GestãO DemocráTicaguest0c0b6b
 

Mais procurados (18)

Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar - EM Profª. Rosa Maria Ma...
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar -  EM Profª. Rosa Maria Ma...Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar -  EM Profª. Rosa Maria Ma...
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar - EM Profª. Rosa Maria Ma...
 
Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...
Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...
Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...
 
Gestão Democrática Ensino Médio UFU 03
Gestão Democrática Ensino Médio UFU 03Gestão Democrática Ensino Médio UFU 03
Gestão Democrática Ensino Médio UFU 03
 
Conselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da Cidadania
Conselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da CidadaniaConselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da Cidadania
Conselhos Escolares, DemocratizaçãO Da Escola E ConstruçãO Da Cidadania
 
Entidades DemocráTicas
Entidades DemocráTicasEntidades DemocráTicas
Entidades DemocráTicas
 
Conselhos Escolares
Conselhos EscolaresConselhos Escolares
Conselhos Escolares
 
Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democrática
 
Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]
Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]
Conselhos+Escolares+ +Sapucaia[1]
 
Gestão democrática da escola pública ctba versao final
Gestão democrática da escola pública ctba versao finalGestão democrática da escola pública ctba versao final
Gestão democrática da escola pública ctba versao final
 
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...
 
Projeto Voto Consciente e Cidadania - Eleições na Escola
Projeto Voto Consciente e Cidadania - Eleições na EscolaProjeto Voto Consciente e Cidadania - Eleições na Escola
Projeto Voto Consciente e Cidadania - Eleições na Escola
 
Apresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da EscolaApresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da Escola
 
C O N A E
C O N A EC O N A E
C O N A E
 
Conselho Escolar
Conselho EscolarConselho Escolar
Conselho Escolar
 
Conselho Escolar e Aprendizagem na Escola
Conselho Escolar e Aprendizagem na EscolaConselho Escolar e Aprendizagem na Escola
Conselho Escolar e Aprendizagem na Escola
 
Caderno 10 – conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento ...
Caderno 10 – conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento ...Caderno 10 – conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento ...
Caderno 10 – conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento ...
 
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
 
GestãO DemocráTica
GestãO DemocráTicaGestãO DemocráTica
GestãO DemocráTica
 

Destaque

Gestão democrática e a autonomia da escola
Gestão democrática e aautonomia da escolaGestão democrática e aautonomia da escola
Gestão democrática e a autonomia da escolaCEEJA VILHENA
 
Caderno 5 – conselho escolar, gestão democrática da educação e escolha do dir...
Caderno 5 – conselho escolar, gestão democrática da educação e escolha do dir...Caderno 5 – conselho escolar, gestão democrática da educação e escolha do dir...
Caderno 5 – conselho escolar, gestão democrática da educação e escolha do dir...Najara Nascimento
 
3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...
3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...
3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...Paulo Lima
 
Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democráticaguestba32bfa
 
Gestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da EducaçãoGestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da Educaçãoregicenci
 

Destaque (6)

Gestão democrática e a autonomia da escola
Gestão democrática e aautonomia da escolaGestão democrática e aautonomia da escola
Gestão democrática e a autonomia da escola
 
Caderno 5 – conselho escolar, gestão democrática da educação e escolha do dir...
Caderno 5 – conselho escolar, gestão democrática da educação e escolha do dir...Caderno 5 – conselho escolar, gestão democrática da educação e escolha do dir...
Caderno 5 – conselho escolar, gestão democrática da educação e escolha do dir...
 
Cap 3 gestao_democratica
Cap 3 gestao_democraticaCap 3 gestao_democratica
Cap 3 gestao_democratica
 
3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...
3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...
3. Gestão escolar democrática e gestão escolar participativa - Prof. Dr. Paul...
 
Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democrática
 
Gestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da EducaçãoGestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da Educação
 

Semelhante a Gestão Democrática e Culturas

Slaid rosam maura gestão escolar
Slaid rosam maura gestão escolarSlaid rosam maura gestão escolar
Slaid rosam maura gestão escolarGessica Francimaira
 
Gestão democrática na escola pública
Gestão democrática na escola públicaGestão democrática na escola pública
Gestão democrática na escola públicaUlisses Vakirtzis
 
Formação dos Conselhos Escolares!
Formação dos Conselhos Escolares!Formação dos Conselhos Escolares!
Formação dos Conselhos Escolares!Cleiber De Meireles
 
1. CE e sua organização na UE
1. CE e sua organização na UE1. CE e sua organização na UE
1. CE e sua organização na UESandra Luccas
 
Colegiados e Projeto de Vida.pptx
Colegiados e Projeto de Vida.pptxColegiados e Projeto de Vida.pptx
Colegiados e Projeto de Vida.pptxDANIELADEOLIVEIRA34
 
Gestão democrática da escola pública município
Gestão democrática da escola pública municípioGestão democrática da escola pública município
Gestão democrática da escola pública municípionilvacirilo
 
apresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.ppt
apresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.pptapresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.ppt
apresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.pptZoraide6
 
Órgãos Colegiados: Conselho de Classe
Órgãos Colegiados:   Conselho de ClasseÓrgãos Colegiados:   Conselho de Classe
Órgãos Colegiados: Conselho de ClasseAdilson P Motta Motta
 
Entidades DemocráTicas
Entidades DemocráTicasEntidades DemocráTicas
Entidades DemocráTicasguestd9852d9
 
Grêmio estudantil maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil   maestro andrea nuzziGrêmio estudantil   maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil maestro andrea nuzziJessica Ferrarese
 
Grêmio estudantil maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil   maestro andrea nuzziGrêmio estudantil   maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil maestro andrea nuzziJessica Ferrarese
 
Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1
Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1
Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1Leila Schimith
 
Conae eixo v apresentação power point
Conae eixo v   apresentação power pointConae eixo v   apresentação power point
Conae eixo v apresentação power pointberedacosta
 
Desafio redes de escolas solidárias Márcia Moussalen
Desafio redes de escolas solidárias   Márcia MoussalenDesafio redes de escolas solidárias   Márcia Moussalen
Desafio redes de escolas solidárias Márcia MoussalenRede Brasil Voluntario
 
5. Conselho Escolar Ida
5. Conselho Escolar Ida5. Conselho Escolar Ida
5. Conselho Escolar IdaSandra Luccas
 

Semelhante a Gestão Democrática e Culturas (20)

Slaid rosam maura gestão escolar
Slaid rosam maura gestão escolarSlaid rosam maura gestão escolar
Slaid rosam maura gestão escolar
 
Gestão democrática na escola pública
Gestão democrática na escola públicaGestão democrática na escola pública
Gestão democrática na escola pública
 
Formação dos Conselhos Escolares!
Formação dos Conselhos Escolares!Formação dos Conselhos Escolares!
Formação dos Conselhos Escolares!
 
Gestão democrática
Gestão democráticaGestão democrática
Gestão democrática
 
1. Palestra Ida
1. Palestra Ida1. Palestra Ida
1. Palestra Ida
 
1. CE e sua organização na UE
1. CE e sua organização na UE1. CE e sua organização na UE
1. CE e sua organização na UE
 
Colegiados e Projeto de Vida.pptx
Colegiados e Projeto de Vida.pptxColegiados e Projeto de Vida.pptx
Colegiados e Projeto de Vida.pptx
 
Gestão democrática da escola pública município
Gestão democrática da escola pública municípioGestão democrática da escola pública município
Gestão democrática da escola pública município
 
apresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.ppt
apresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.pptapresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.ppt
apresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.ppt
 
Gestão escolar .pptx
Gestão escolar .pptxGestão escolar .pptx
Gestão escolar .pptx
 
Órgãos Colegiados: Conselho de Classe
Órgãos Colegiados:   Conselho de ClasseÓrgãos Colegiados:   Conselho de Classe
Órgãos Colegiados: Conselho de Classe
 
Entidades DemocráTicas
Entidades DemocráTicasEntidades DemocráTicas
Entidades DemocráTicas
 
Grêmio estudantil maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil   maestro andrea nuzziGrêmio estudantil   maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil maestro andrea nuzzi
 
Grêmio estudantil maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil   maestro andrea nuzziGrêmio estudantil   maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil maestro andrea nuzzi
 
Grêmio estudantil
Grêmio estudantilGrêmio estudantil
Grêmio estudantil
 
Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1
Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1
Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Conae eixo v apresentação power point
Conae eixo v   apresentação power pointConae eixo v   apresentação power point
Conae eixo v apresentação power point
 
Desafio redes de escolas solidárias Márcia Moussalen
Desafio redes de escolas solidárias   Márcia MoussalenDesafio redes de escolas solidárias   Márcia Moussalen
Desafio redes de escolas solidárias Márcia Moussalen
 
5. Conselho Escolar Ida
5. Conselho Escolar Ida5. Conselho Escolar Ida
5. Conselho Escolar Ida
 

Último

2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfRuannSolza
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 

Gestão Democrática e Culturas

  • 1. CURSO: DIÁLOGOS INTERDISCIPLINARES A CAMINHO DA AUTORIA Tema: Gestão Democrática e Culturas “De fato estamos vivendo um tempo de crise da utopia. Afirmá-la novamente se constitui ... num ato pedagógico essencial na construção da educação do futuro...” ( Gadotti, P. 124)
  • 6. Ditadura: ensina o valor da democracia Democracia representativa: exercida pelo voto Democracia participativa: exercida em fóruns:  amplia o horizonte político emancipador da Democracia  “Pressupõe sujeitos históricos conscientes que lutam por seus direitos e os ampliam, controlam socialmente a execução desses direitos, sem deixar de cumprir deveres constitucionais”  (Caderno 01 - Programa de Fortalecimento dos Conselhos Escolares)
  • 7. Gestão democrática está associada à função social da escola: Construir conhecimentos (socialização de saberes); Construir/reafirmar atitudes e valores; Construir identidades; Formar o cidadão capaz de provocar mudanças na sociedade em que vive. Objetivo: Tornar o aluno participativo, crítico, ético e solidário Solidariedade: “Dir Compromisso pelo qual as pessoas se obrigam umas pelas outras e cada uma delas por todas. Sociol Condição grupal resultante da comunhão de atitudes e sentimentos, de modo a constituir o grupo unidade sólida, capaz de resistir às forças exteriores e mesmo de tornar-se ainda mais firme em face da oposição vinda de fora” (Dicionário Michaelis)
  • 8. Gestão democrática/Qualidade  Democratização das ações do estado;  Conselho representa a vontade da comunidade na formulação das políticas, normas educacionais e nas decisões dos dirigentes;  Cogestão/continuação de políticas públicas de sucesso;  Participação: tomar para si; ser sujeito ativo;
  • 9. Constituição Federal (1988)  Art. 205. A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.
  • 10.  Art. 206. O ensino será ministrado com base nos seguintes princípios: VI - gestão democrática do ensino público, na forma da lei;  LDB (9394/96) Art. 3º. O ensino será ministrado com base nos seguintes princípios: III - pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas; VIII - gestão democrática do ensino público, na forma desta Lei e da legislação dos sistemas de ensino;
  • 11.  XI - vinculação entre a educação escolar, o trabalho e as práticas sociais ART. 12º  Os estabelecimentos de ensino, respeitadas as normas comuns e as de seu sistema de ensino, terão a incumbência de: I - elaborar e executar sua proposta pedagógica; VI – articular-se com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade com a escola; VII - informar os pais e responsáveis sobre a frequência e o rendimento dos alunos, bem como sobre a execução da proposta pedagógica;
  • 12.  Art. 14º. Os sistemas de ensino definirão as normas da gestão democrática do ensino público na educação básica, de acordo com as suas peculiaridades e conforme os seguintes princípios: I - participação dos profissionais da educação na elaboração do projeto pedagógico da escola; II - participação das comunidades escolar e local em conselhos escolares ou equivalentes.
  • 13. Estatuto da Criança e do Adolescente Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 Art. 53. A criança e o adolescente têm direito à educação, visando ao pleno desenvolvimento de sua pessoa, preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho, assegurando-se-lhes: III – direito de contestar critérios avaliativos, podendo recorrer às instâncias escolares superiores; IV – direito de organização e participação em entidades estudantis; Parágrafo único. É direito dos pais ou responsáveis ter ciência do processo pedagógico, bem como participar da definição das propostas educacionais.
  • 14. FÓRUNS DE DEMOCRACIA PARTICIPATIVA NA ESCOLA:  APM Art. 2º - A APM respeitada a legislação vigente, se propõe: I - auxiliar a unidade educacional a atingir seus objetivos educacionais, contribuindo para a construção do seu Projeto Pedagógico; II - representar as aspirações da comunidade e dos pais dos alunos, junto à unidade educacional; III - constituir-se elo de ligação entre equipe escolar, família e, comunidade, contribuindo para: a) o diálogo e a ação conjunta; b) o diagnóstico e a solução de problemas relativos à inter- relação dos diversos grupos. (...)
  • 15.  CONSELHO DE ESCOLA: Conselhos: forma de democracia participativa; voz da sociedade para debater planejamento, implementação e gestão de políticas públicas. LEI Nº 14.660, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2007 Art. 117. O Conselho de Escola é um colegiado com função Deliberativa e direcionada à defesa dos interesses dos educandos e das finalidades e objetivos da educação pública do Município de São Paulo.
  • 16. Art. 118. Compete ao Conselho de Escola: I - discutir e adequar, no âmbito da unidade educacional, as diretrizes da política educacional estabelecida pela Secretaria Municipal de Educação e complementá-las naquilo que as especificidades locais exigirem; II - definir as diretrizes, prioridades e metas de ação da escola para cada período letivo, que deverão orientar a elaboração do Plano Escolar;
  • 17. III - elaborar e aprovar o Plano Escolar e acompanhar a sua execução; IV - participar da avaliação institucional da escola face às diretrizes, prioridades e metas estabelecidas; VII - analisar, aprovar e acompanhar projetos pedagógicos propostos pela equipe escolar ou pela comunidade escolar, para serem desenvolvidos na escola; VIII - arbitrar impasses de natureza administrativa e pedagógica, esgotadas as possibilidades de solução pela Equipe Escolar; IX - propor alternativas para solução de problemas de natureza pedagógica e administrativa, tanto aqueles detectados pelo próprio Conselho, como os que forem a ele encaminhados;
  • 18. Segundo a legislação municipal, o C.E. tem função:  Deliberativa: definir, deliberar, aprovar, elaborar  Consultiva: opinar, emitir parecer, discutir,  Fiscal: fiscalizar, acompanhar, supervisionar, aprovar a prestação de contas.  Mobilizadora: apoiar, avaliar, promover, estimular a participação de toda a escola nos projetos de interesse comum. Ex: definir e fiscalizar a aplicação dos recursos destinados à escola e discutir o projeto político- pedagógico com a direção e os educadores (as).
  • 19. Conselho: •Mediador entre a gestão e a comunidade escolar; Tem sentido pleno na gestão democrática •Exercício de cidadania/democracia participativa; •Espaço de decisão política; •Voz da comunidade/sociedade; •Exercício de gestão democrática/poder coletivo •Responsabilidade com a coisa pública; •Pertencimento/ empoderamento •Garantia do controle /qualidade social da educação; •Espaço democrático ainda não ocupado
  • 20.  Responsabilidades do C.E.  Assumir, fiscalizar e responsabilizar-se pela escola como serviço público;  Transparência nas eleições e ações;  Formação continuada dos conselheiros;  Currículo e avaliações coerentes;  Planejamento e execução compartilhados;  Finalidade: educação democrática e emancipadora.
  • 21. CRECE (Conselho Regional de Conselhos Escolares – em implantação) Art. 2º - O Conselho de Representantes dos Conselhos de Escola – CRECE é um colegiado, de caráter deliberativo, que tem como finalidade o fortalecimento dos Conselhos de Escola e a ampliação do processo democrático nas unidades educacionais e nas diferentes instâncias decisórias visando à melhoria da qualidade social da educação, respeitada a pertinente legislação em vigor.
  • 22. GRÊMIO ESTUDANTIL: Lei 7398/85 Art . 1º - Aos estudantes dos estabelecimentos de ensino de 1º e 2º graus fica assegurada a organização de Estudantes como entidades autônomas representativas dos interesses dos estudantes secundaristas com finalidades educacionais, culturais, cívicas esportivas e sociais. § 2º - A organização, o funcionamento e as atividades dos Grêmios serão estabelecidos nos seus estatutos, aprovados em Assembléia Geral do corpo discente de cada estabelecimento de ensino convocada para este fim. § 3º - A aprovação dos estatutos, e a escolha dos dirigentes e dos representantes do Grêmio Estudantil serão realizadas pelo voto direto e secreto de cada estudante observando-se no que couber, as normas da legislação eleitoral.
  • 23. Outras formas de organização:  Grupos de ex-alunos;  Amigos da escola;  Comissões divididas por assuntos como na EMEF Desembargador Amorim Lima – DRE Butantan “As Comissões, no Amorim, são feitas por pais, amigos e professores da escola. Elas atuam de várias formas e em várias frentes. Veja algumas delas: - Comunicação - Alimentação - Biblioteca - Bazar - Festa Junina e prendas - Latinhas Para que o projeto pedagógico do Amorim continue vivo e rendendo frutos, o trabalho das Comissões precisa ser intenso.” (Publicado em 17/03/2014 por mcarini) Fonte: http://amorimlima.org.br/2014/03/conheca-as-comissoes-do-amorim-e-faca- parte/ acesso em 03/10/15
  • 24. O que se ganha? •Decisões compartilhadas •Sensação de pertencimento •Valorização do ensino- aprendizagem •Respeito à escola •Fortalecimento da equipe gestora •Controle social •Fortalecimento da democracia
  • 25. ANTUNES, Ângela. Aceita um Conselho? São Paulo: Cortez, 2008. BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Conselhos escolares: democratização da escola e construção da cidadania. Brasília, DF, 2004. (Caderno 1) BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica Conselho Escolar e a aprendizagem na escola (caderno 02) BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988. _______. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional: Lei n. 9.394/ 96. ________. Estatuto da Criança e do adolescente Lei 8069/90 _______. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional: Lei n. 9.394/ 96. São Paulo Prefeitura Municipal -Estatuto do magistérioLEI Nº 14.660/2007 FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia – Saberes necessários à prática educativa. 43ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011 GADOTTI , Moacir e Romão José E. ( orgs.) Autonomia da Escola princípios e propostas 4ª edição, São Paulo, Cortez: Instituto Paulo Freire,2001 LIMA, Licínio C. Organização Escolar e Democracia Radical. São Paulo: Cortez, 2002 LÜCK, Heloisa. A Gestão Participativa na Escola. Petrópolis: Editora Vozes, 2006 ____________.A evolução da gestão educacional, a partir de mudança paradigmática Revista Gestão em Rede, no. 03, nov, 1997, p. 13-18 disponível em http://www.cedhap.com.br/publico/ge_GestaoEscolar_02.pdf PARO, Vítor Henrique. Gestão Democrática da Escola Pública. São Paulo: Ática, 2000

Notas do Editor

  1. Fonte:http://portal.mec.gov.br/ Acesso em 25/06/12
  2. Fonte:http://portal.mec.gov.br/ Acesso em 25/06/12 (adaptado)
  3. Fonte:http://portal.mec.gov.br/ Acesso em 25/06/12
  4. Fonte:http://portal.mec.gov.br/ Acesso em 25/06/12