UMJORNALASERVIÇODOPOVO•AnoIII-Ed.QuinzenalNº53-Sexta-Feira,17/07/2015•LagoadaPrata,S.A.doMonte,MoemaeJaparaíba
Cidadão ter...
www.jornalcidademg.com.br
17 a 31 de Julho de 2015
Carta ao Leitor
JULIANO ROSSI • juliano@jornalcidademg.com.br
Opinião2
...
facebook.com/jornalcidademg
17 a 31 de Julho de 2015
EmLagoadaPrataexistemimóveisdealtopadrão,locali-
zadosemáreanobre,que...
www.jornalcidademg.com.br
17 a 31 de Julho de 2015
Aumento na taxa de esgoto assusta
consumidor em Lagoa da Prata
DA REDAÇ...
facebook.com/jornalcidademg
17 a 31 de Julho de 2015 Cotidiano 5
Projeto “O Que Escuta o Seu Coração”
é realizado em Lagoa...
www.jornalcidademg.com.br
17 a 31 de Julho de 2015Cotidiano6
Jovem que comeu minhocas em troca de
dinheiro para sustentar ...
DIA DE COOPERAR:
Operação de combate à dengue
envolve mais de 10 mil pessoas
INFORME PUBLICITÁRIO
	 Acampanhadecombateà
de...
APAELP CEMEIALEXANDREBERNARDESPRIMO CEMEICASTELINHOENCANTADO
CEMEIPROFESSORMOURÃO CEMEISÃOCARLOS CENTROEDUCACIONALTUTORES
...
www.jornalcidademg.com.br
17 a 31 de Julho de 2015Cultura10
Com excesso de público, Adriano Moraes
lança livro em Divinópo...
www.jornalcidademg.com.br
17 a 31 de Julho de 2015Colunistas12
Causos e Prosas
JOSÉ ANTÔNIO • bandeirantes@isimples.com.br...
facebook.com/jornalcidademg
17 a 31 de Julho de 2015 Esportes 13
Lagopratense está entre os
destaques esportivos do
Pan-Am...
www.jornalcidademg.com.br
17 a 31 de Julho de 2015Social14
Estrelando
MICHELE PACHECO • michele@jornalcidademg.com.br
Este...
facebook.com/jornalcidademg
17 a 31 de Julho de 2015 Social 15
Estrelando
MICHELE PACHECO • michele@jornalcidademg.com.br
...
Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano III Nº 53
Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano III Nº 53
Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano III Nº 53
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano III Nº 53

534 visualizações

Publicada em

http://www.jornalcidademg.com.br |
Jornal Cidade - Ano III - Nº 53 - 17 de Julho de 2015
Principais notícias das cidades do centro-oeste mineiro. Notícias de Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte, Moema, Pedra do Indaiá e Japaraíba.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
534
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
155
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano III Nº 53

  1. 1. UMJORNALASERVIÇODOPOVO•AnoIII-Ed.QuinzenalNº53-Sexta-Feira,17/07/2015•LagoadaPrata,S.A.doMonte,MoemaeJaparaíba Cidadão terá acesso à relação de bens dos políticos e valores que eles pagam de IPTU Pág. 03 LAGOA DA PRATA Operação de combate à dengue envolve mais de 10 mil pessoas Pág. 08 LAGOA DA PRATA Pág. 13 Lagopratense está entre os destaques do Pan 2015 Lagopratense Jovem que comeu minhocas em troca de dinheiro para sustentar vício já está em tratamento S. A. DO MONTE Familiaresdavítimadisseramaodelegadoqueora- pazestavasoboefeitodedrogasefoiinduzidoaco- mer os animais. Polícia já identificou três pessoas queparticiparamdovídeo Pág. 06 Aumento na taxa de esgoto assusta consumidor em Lagoa da Prata Arrecadaçãoserádestinadaacustearonovoserviçodetratamentodoesgoto,quecomeçouafuncionar em29dejunho.OutrascidadescobramomesmovaloradotadopeloSAAEemLagoadaPrata. Pág. 04
  2. 2. www.jornalcidademg.com.br 17 a 31 de Julho de 2015 Carta ao Leitor JULIANO ROSSI • juliano@jornalcidademg.com.br Opinião2 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL OSecretárioMunicipaldeDesportosdeLagoadaPrata,Sr.GilfarAlves,eorepre- sentantedeFutebolAmadordoInteriordaFederaçãoMineiradeFutebol,SrEdíl- sonMarques,vemconvocarparaAssembleiaGeraldaLigaMunicipaldeDespor- tosdeLagoadaPrata,aserrealizadanodia11deAgostode2015,nasededaSecre- taria Municipal de Desportos, às 19:00 horas, em primeira convocação, se tiver a maioriaabsolutadeseusmembros,ouàs19:30horas,emsegundaconvocação,com qualquernúmerodepresentesparafimdedeliberaramsobreaseguintepauta: - Eleiçãodepresidenteevice-presidente; - Eleiçãodoconselhofiscal; - Aschapasparaoscargoseletivosdaliga,serãoregistradosnaSecretariadeDes- portos, no dia 10 de Agosto de 2015, das 13:00 às 17:00 horas, acompanhado de re- querimentoderegistroedadocumentaçãopessoaldoscandidatos. -CampeonatoMunicipaldeFutebolAmadordeLagoadaPrata2015. LagoadaPrata,08deJulhode2015. Lagoa da Prata se destaca nos trabalhos do Lions Clube Participantes do Lions Club de Lagoa da Prata fo- ram eleitos para presidirem ostrabalhosnoDistritoLB3, quecompreendemunicípios em Minas Gerais e no Dis- trito Federal. O empresário e radialista Samuel Martins deAlmeida,fundadoredire- torpresidentedaRádioTro- picalAMfoiescolhidocomo onovogovernadordodistri- to. As solenidades de posse aconteceram de 23 a 26 de junho, em Honolulu, no Ha- wai. No local, foram realiza- das convenções, treinamen- to e homenagens. No último final de sema- nafoiavezdePhilipRubens ser empossado como presi- dente distrital do LEO Club, aladoLionsvoltadaaformar jovens líderes na comunida- de e no trabalho voluntário. No dia 9 aconteceu a missa em Ação de Graças na Igre- ja Matriz São Carlos Borro- meu,nodia10acerimôniade possedoLEOClubdeLagoa daPrata,nodia11foirealiza- daumapalestrasobre“Lide- rança e Atitude” e no dia 12 uma palestra motivacional com o coach Henrique Ro- darte. No dia 9 foi a vez do pro- fessor Marcelino Mota ser empossado como presiden- te do Lions Club de Lagoa da Prata. “Minhas expecta- tivas são as melhores pos- síveis, pois terei a honra de presidir um clube cujo go- vernador distrital faz parte do mesmo. O Lions sempre fez muito pela comunidade de Lagoa da Prata. Preten- do dar continuidade, procu- rando ampliar ainda mais os nossostrabalhos”,disseMo- ta. O Jornal Cidade dese- ja sucesso a esses três lago- pratenses na condução dos trabalhos do Lions Club. Sa- muel Martins, com sua larga experiênciadeserviçospres- tadospormeiodoclube,cer- tamentefaráumtrabalhono- távelàfrentedodistrito.Phi- lipeMarcelinosãojovensli- deranças que conquistaram os seus espaços por mérito e prestarão relevantes contri- buições à comunidade. Dr.WantuildeAlmeida(sóciofundadordoLionsemLagoadaPrataegovernadordis- tritalem2000/2001,Samuel,MarcelinoePhilip Foto:JulianoRossi Pinga-Fogo contato@jornalcidademg.com.br Moradora alega não ter visto obra divulgada e realizada pela Prefeitura de S. A. do Monte Morador do bairro Santa Helena afirma que a ASCALP não tem realizado a coleta seletiva no local Resposta: “A pavimentação no Mangabeiras foi dividida em duas etapas: Mangabeiras I e Manga- beiras II. Já foi concluída a primeira etapa (Mangabeiras I). A segunda etapa (Mangabeiras II) está em fase de conclusão da licitação para início dos serviços”, informou a assessoria de comunicaçãodaPrefeituradeSantoAntôniodoMonte. Resposta: Em resposta ao cidadão a assessoria de comunicação da prefeitura afirmou que entrou em contatocomaAscalpesolicitoumaioratençãoao bairroSanta Helena, mas,segundoaasso- ciação,elesestãofazendoacoletadevidamente. A manicure Júnia Garcia publicou em uma página do Facebook a sua indignação diantedeumapublicaçãofei- tapelaAssessoriadeComuni- cação da Prefeitura de Santo Antônio do Monte. Segundo ela,aprefeiturapublicouque estava fazendo obra no local. Maseladizqueatéomomen- to não viu nada. “Quer publi- car o obra na página da pre- feitura,primeiroconcretize!!! Lourival Lopes é ferrovi- árioaposentadoemoradordo bairroSantaHelena.Elerecla- maqueaAssociaçãodosCata- dores de Lagoa da Prata (AS- CALP)nãotemrealizadoaco- letadosresíduosemseubair- ro. Em parceria com a Prefei- tura,aASCALPestárecolhen- doolixorecicláveldesde16de fevereiro.“AquinobairroSan- taHelenaacoletaeraprogra- mada para toda quita-feira e MoronobairroMangabeirasI eatéagoranãoviobranenhu- ma”,afirmou. não coletam há mais de dois meses.Estádifícil!Mantendo a regularidade e a assiduida- dejáédifícilparaapopulação se adaptar, imagine relaxan- do desse jeito! Depois, vem essa falácia “ESSE GOVER- NO FAZ... Um governo novo, um governo do povo”. Tenha paciênciané...Cumpramvos- sas palavras e promessas que ficarámaisfácileducarocida- dão”,reclamoulourival. JúniaGarcia-Moradora doBairroMangabeirasI S. A. DO MONTE LAGOA DA PRATA LourivalLopes-Morador doBairroSantaHelena
  3. 3. facebook.com/jornalcidademg 17 a 31 de Julho de 2015 EmLagoadaPrataexistemimóveisdealtopadrão,locali- zadosemáreanobre,quesãotributadoscomomesmova- lordoIPTUdeumaresidênciadebaixopadrão,embairro afastadodaregiãocentral. Fotos:Imagensilustrativas Política 3 Cidadão terá acesso à relação de bens dos políticos e valores que eles pagam de IPTU DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br LAGOA DA PRATA POLÊMICA NareuniãodaCâmaraMu- nicipaldeLagoadaPratadodia 6dejulhoosvereadoresEdmar Nunes(PDT)eAdrianoMora- es(PV)apresentaramàcasaum requerimentosolicitandoàpre- sidênciaquedivulguenositedo Legislativoarelaçãodosbens detodososparlamentares,in- clusiveovalordoImpostoPre- dialTerritorialUrbano(IPTU) queelespagampelosseusimó- veis.Namesmasessão,averea- doraCidaMarcelinoapresen- tou um requerimento esten- dendoquetambémfossemdi- vulgadososbensdoprefeito,vi- ceesecretáriosmunicipais. O valor cobrado do IPTU em Lagoa da Prata - que é um dos menores da região - foi a tônicanadiscussãodosreque- rimentos.Em2013,ogoverno municipaltentoureadequara cobrançadoimpostoetornou públicaaaberraçãoeinjustiça tributáriacobradanoIPTU.No modeloatualedefasado,uma mansãoemáreanobredacida- depodesertributadapelomes- movalordeumimóveldebai- xo padrão em bairro afastado docentro,contrariandoalógi- cadequequempossuiresidên- ciademaiorvalordeveriapa- garmaisimposto,equemtem imóveldemenorvalor,pagaria menos.Naépoca,oprojetode readequação do IPTU provo- coumuitapolêmicaaopropor, deumasóvez,umelevadoau- mentodoimposto.Otextofoi enviado à Câmara e os verea- dores poderiam fazer ajustes eadequarosvaloresàrealida- de.Masnãoofizeram.Ospar- lamentaresdeLagoadaPrata seomitiramnumdosprincipais projetosquetramitaramnoLe- gislativodesde2013.Perderam aoportunidadedecorrigiruma injustiçatributáriahistóricae, consequentemente,oferecerao municípiomaisrecursospara investiremsaúde,educaçãoe outrasáreas.Apenasovereador PauloRobertoPereirapropôs emendas para ajustar o texto, queforamrefutadaspelosde- maiscolegas. ÂNIMOSEXALTADOS Todos os vereadores que discutiram os requerimentos se posicionaram favoráveis à divulgaçãodosbensdospolíti- cosnositedaCâmaraMunici- pal.EdmarNunescitouovalor dasuaprópriacasaparamos- traraimportânciadoreajuste doIPTU.“Aminharesidência é avaliada no valor de 250 mil a400milreais.Nocadastroda prefeituraelaestáavaliadaem 18 mil reais. Então está tendo algum erro e nós também es- tamosparticipandodele.Éim- portanteareadequaçãodoIP- TU,paraquetenhajustiçaeo pagamentosejaproporcional”, disseNunes. Adriano Moraes afirmou que,comadivulgaçãodosbens dospolíticos,apopulaçãoterá maiscondiçõesdeavaliarotra- balhodosvereadores.“Ocida- dãovaiverserealmentesomos pessoascoerentesepraticamos aquiloquefalamosaqui.Temos quemudaressanossapostura dedemagogia,falarumacoisae praticaroutra.Issovaimostrar paraapopulaçãooquantoesta- mospagandodeIPTU”,disse. OvereadorNatinho(PDT) concordou com a divulgação dos bens e sugeriu que uma nova lei do IPTU deveria ser discutidapelaCâmara,embo- raem2013,duranteatramita- çãodalei,eleeoutrossetepar- lamentares se omitiram e re- jeitaramoprojetosempropor nenhumaemendaoualteração. “Achoqueestácorretoopedi- do (de divulgação dos bens). Acredito que a legislação tem quepassarporessacasa.Tudo queestásendocobradoestána leide1991.Setemquemudara lei,quesemudealei.Concor- doplenamente,estoucomtudo prontoaqui,escritura,IPTU’s, a minha conta eu vou prestar agora,nãotenhonadaaescon- der”,argumentouNatinho,que sedefendeuafirmandoquepa- gaovalorqueomunicípioco- brapeloimposto. O vereador Paulo Pereira (DEM)rebateuNatinho.“Vou serobrigadoadiscordardevo- cêsquandodizemquepagamo quealeimanda.Qualdosverea- doresqueestádefendendoesta posiçãoapresentouumaemen- dasequerparaesteprojetofi- carplausíveleserbomparato- domundo?Então,émuitofácil falarquepagaoquealeiman- daapartirdomomentoquevo- cêfazpartedalei.Vocêpode- ria mudar essa história e não mudou.Agora,émuitofácilfa- larquepagaoqueéjusto.Virou ascostasparaumanecessidade domunicípioeagorasedefen- defalandoquepagaoquealei manda”. PauloRobertoPereiradisse queumnovoprojetodereade- quaçãodoIPTUnãoserávota- donestalegislatura,queseen- cerraem2016.“Talvezopróxi- mo prefeito queira rediscutir em2017.Equandoissoaconte- cer,queosvereadoresqueesti- veremnessacasatenhammais consciênciaeencaremissoco- mo uma coisa necessária. Na maioria dos municípios, o IP- TUéumafontederecursomui- tointeressanteparaomunicí- pio.AquiemLagoanãoé.Nós precisamoscolocarordemnis- so.Existemcasasbemlocaliza- dasebemvalorizadaspagando uma mixaria, o mesmo valor queumacasamuitosimples”, afirmou. Vereador Natinho diz que paga o IPTU que a lei determina. Paulo Ro- bertorebate:“Vocêpode- riamudaressahistóriae nãomudou.Virouascos- tas para uma necessida- dedomunicípio”
  4. 4. www.jornalcidademg.com.br 17 a 31 de Julho de 2015 Aumento na taxa de esgoto assusta consumidor em Lagoa da Prata DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br LAGOA DA PRATA Oaumentosúbitonatari- fadeesgotocobradapeloSer- viçoAutônomodeÁguaeEs- gotodeLagoadaPrata(SAAE) pegouoscontribuintesdesur- presa.Ataxa,queanteseracal- culadasobreovalorde30%do consumodeágua,foiindexada sobre90%paracustearonovo serviçodetratamentodoesgo- to,que,deacordocomoSAAE, começouafuncionarregular- mentenodia29dejunho.Para oconsumidor,oaumentoreal da tarifa foi de 200% e gerou inúmeros protestos por parte dapopulação. BrancaElviraestádesem- pregadaereclamaqueterádi- ficuldades em gerir o orça- mento doméstico. “Que ab- surdo.Eucuidodaminhacasa. Um aumento desse só irá me descontrolar,jáquefoiinespe- radoeestousememprego”. JáomecânicoUilliamCa- lazans reclamou que o SAAE deveria ter informado ante- cipadamente como seria fei- ta essa cobrança. “Eles colo- cam uma taxa abusiva e nem comunica os lagopratenses. Achoqueelesdevemumaex- plicação à população”, recla- ma. MariaAparecidaCarvalho fezamesmareclamação:“Não teveavisosobreoaumento.Na minha casa não fica ninguém durante o dia e somos quatro pessoas.Comopodeumacon- tade29reaispassarpara72re- ais?”,disse. Outros municípios da re- gião que já tratam o esgoto também cobram a taxa pelo serviço na mesma proporção adotadapeloSAAEemLagoa da Prata, de 90% do gasto de água do contribuinte, como é o caso de Santo Antônio do Monte e Bom Despacho, que sãoatendidospelaCopasa. De acordo com o diretor do SAAE, Antônio Sampaio, o custo mensal do funciona- mento da ETE ficará em tor- no de 220 mil reais. “Este cál- culo é aproximado, pois é um serviçonovo,aindanãoexpe- rimentado. Tomamos como base o que gastamos no SA- AEetentamosnosaproximar ao máximo da realidade. Es- se custo implica a contrata- ção de 25 funcionários, con- sumodeenergiaelétrica,pro- dutosquímicos,locaçãodeca- minhão,locaçãoderetroesca- vadeira,manutençãodaETEe dasestaçõeselevatórias,labo- ratórios,gastodeenergiaetu- do isso precisa funcionar du- rante24horas”,afirmouSam- paio.Odiretorressaltouqueo valordaáguanãotevereajus- te nenhum e o que está sendo cobradoéparacustearonovo serviço. TRATAMENTODO ESGOTO Os resíduos produzidos pela população de Lagoa da PrataeramlançadosnaLagoa Verde,amaiordomunicípio. Comotratamentodosre- síduosnaETE,aáguaserálan- çadaLagoaVerdecom96%de pureza.“Aspessoaspensam:o que eu vou ganhar com isso? Não está fazendo diferença naminhavida.Masfazadife- rença sim. Faz diferença para as próximas gerações, faz di- ferençaparaadespoluiçãoda LagoaVerde,dorioJacaré,do rioSãoFrancisco,doscórregos Chico Silveira e Chico Félix”, defendeSampaio. A implantação da Esta- ção de Tratamento de Esgo- to foi custeada com recursos do governo federal e faz par- tedeumasériedeinvestimen- tosfeitosaolongodabaciado RioSãoFrancisco.Aobracus- tou32,5milhõesdereais,mas cabeaomunicípioamanuten- çãodoserviço. Emnotaenviadaàimprensa,aassessoriadoSAAEinformaque a instalação da ETE é uma exigência do Governo Federal para todososmunicípiosbrasileiros.Tiresuasdúvidas: •PORQUEACONTAVEIOALTAESTEMÊS? Um serviço novo foi acrescentado à conta: o tratamento do es- goto.Eistoimplicaaumentodecustos. •QUEAUMENTODECUSTOSÉESTE? ParaaETEfuncionar,teremosquecontratarmaisdevinteno- vos funcionários. Há um gasto enorme de energia, pois todo o sistemaéelétrico.Sabemosqueaenergiasubiumuitonosúlti- mosmeses.Háaindaocustocomamanutençãodetodoosiste- maemfuncionamento. • COMO CONSUMIDOR, PORQUE TENHO QUE PAGAR PORESTESERVIÇO? Cadacidadãoqueébeneficiadotemocompromissodecontri- buircomonovobenefício,queérateadoentretodos. •SEÉUMAOBRADOGOVERNOFEDERAL,PORQUEO GOVERNOFEDERALNÃOBANCA? O governo Federal entrou com a construção da obra, no valor de 32,5 milhões de reais, mas a manutenção é responsabilida- dedoMunicípio. • SE A RESPONSABILIDADE DE MANUTENÇÃO É DO MUNICÍPIO,PORQUEEUESTOUPAGANDOAOINVÉS DAPREFEITURA? Cada cidadão é diretamente beneficiado com o funcionamen- todaETEetambéméoresponsáveldiretopelodescartedoes- gotonarede,poiscadacidadãoproduzoseuesgoto.Ocidadão pagapeloqueelegeradeesgoto. •EUNÃOPEDIENEMQUERIAAETE.PORQUE DEVOPAGAR? Comojárespondemosanteriormente,estaéumaexigênciado Governo Federal para despoluição de rios e córregos, que terá consequência imediata na diminuição de doenças, na melho- ria do meio ambiente, que se refletirá, de forma positiva, dire- tamenteemnósenaspróximasgerações. •COMOEUFAÇOPARAPAGARMENOS? O custo do esgoto está ligado ao gasto de água. Quanto mais se gasta água, mais se paga de esgoto, pois quase toda água gas- taemumaresidênciaretornaànaturezaemformadeesgoto. •COMOSECHEGOUAESTEVALORPARAOAUMENTO? Aquiéprecisoqueseesclareçamaisumavez:nãohouveaumen- to.Houveumacréscimodeumnovoserviçoquenãotinha:otra- tamentodoesgoto.Aáguanãosofreunenhumacréscimo,bas- ta verificar na conta. A cobrança que se processa é por um no- voserviço.Quantoaopercentual,foilevadoemcontaonúme- ro de funcionários, o custo de manutenção, o gasto com ener- giaedemaisdespesasnecessáriasaofuncionamentodaETE. Arrecadação será des- tinada a custear o novo serviço de tratamento do esgoto, que começou a funcionar em 29 de ju- nho. Outras cidades co- bram o mesmo valor adotado pelo SAAE em LagoadaPrata. PERGUNTASERESPOSTASSOBRE ACOBRANÇADATAXADEESGOTO UilliamCalazans Mecânico BrancaElvira Desempregada Cotidiano4 Ataxa,queanteseracalculadasobreovalorde30%doconsumodeágua,foiindexada sobre90%paracustearonovoserviçodetratamentodoesgoto.
  5. 5. facebook.com/jornalcidademg 17 a 31 de Julho de 2015 Cotidiano 5 Projeto “O Que Escuta o Seu Coração” é realizado em Lagoa da Prata DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br LAGOA DA PRATA Entreosdias3e6dejunho foi realizado o projeto “O que escutaoseucoração”nasesco- lasmunicipais.Ainiciativatem oobjetivodeabordar,pormeio damúsica,temascomoviolên- cia,ostentação,desvalorização damulhereinfância.Cercade 1.600alunosdoensinofunda- mentalparticiparamdoproje- to. De acordo com Mariana Aparecida Vargas Azevedo, umadasidealizadorasdopro- jeto,aaçãoprovocoumudan- ça na rotina dos estudantes. “Apósostrabalhos,euacredi- toquecercade80%dosalunos entenderamapropostaepara- ramdeouvirereproduzirmú- sicascomletrasinapropriadas para crianças. E o importan- te é que a mudança não ficou apenasnoambienteescolar,a mudança aconteceu em casa. Alunos me contaram que al- guns pais apagaram músicas deseuscelularesejogaramfo- racd’squecontinhammúsicas quenadaacrescentavamassu- asvidaseàvidaseseusfilhos”, afirmou. COMOSURGIUO PROJETO Marianacontaqueaideia veioespontaneamentequando observouoconteúdodasmú- sicas ofertado para as crian- ças.“Desde2014estounopro- jetodeaulademúsicadaBan- daLiraSãoCarlos,juntamen- tecomaSecretariadeEduca- ção.Esseano,aoorganizarmos umroteiroanual,nós,profes- sores, começamos trabalhar letrasdasmúsicascomosalu- nos.Foiaíquemeveioàcabeça aideiadetrabalharoqueeles escutam.Eupasseiparaeleso queelesgostamdeouvirepro- pusomesmoparaeles.Fiquei decepcionadacomasmúsicas que eles trouxeram. Quando fui pesquisar as letras dessas músicas eu senti a necessida- dedefazerumaintervenção”, destacou. Azevedo conta que para usufruir dos temas propostos aosalunostevequefazervárias modificações em algumas le- trasdemúsica.“Claroquenão tevecomotrazerasletrascomo eramparaaescola,ondehavia palavrasimpróprias.Entãoeu ia substituindo e mostrando. Eles perceberam a quantida- dedeintervençõesqueeutive que fazer na letra para passar emsaladeaulaeficaramcho- cados.Umafrasequeouvimos jáficagravada”,afirmou. Oprojetoensinaqueamú- sica é muito importante, mas eladeveserouvidaeinterpre- tada.“Conseguimosaprender muitacoisa,mastambémtem o lado negativo, precisamos prestar atenção naquilo que ouvimosecantamos.Oobjeti- vodoprojetoéfazerascrianças voltaremàsraízes,ouviraqui- loqueforbom,emumdosrap’s apresentadospelosalunosdi- ziaassim‘sevocêprocuraoar- tista,oartistapodesevocê’.O queeuquerodespertarnelesé anecessidadedeouvirumaboa música,masqueelestambém podemfazeressaboamúsica”, frisou. OgarotodeS.A.doMontesofredeDistrofiaMuscu- larProgressivaDuchenne,umadoençadegenerati- vaque,senãotratadaatempo,podelevaràmorte Kaykyaoladodospais,JulianaeEwerton Diretora Maria Cristina, Mariana, Secretária de Educa- çãoPauleneAndradeediretorageralJanaínadeOliveira. EscolaAfonsoGoulartEscolaMonteiroLobato Bingo beneficente em prol do Kayky será realizado em Lagoa da Prata Em prol do Kayky, fami- liareseamigosseunirampara fazer uma campanha em La- goa da Prata e arrecadar fun- dos através de um bingo pa- ra que ele possa seguir com o seu tratamento. Kayky en- frenta uma doença chamada Distrofia Muscular Progres- siva Duchene, que ainda não possui cura. Para amenizar a progressãodadoença,elefaz um tratamento com células tronco na Tailândia . O even- toaconteceránodia8deagos- to, no Centro Catequético, a partir das 19 horas. Os convi- tes antecipados poderão ser adquiridospelostelefones (37)99193959/98387886. •BRADESCO-KaykyMeloMendonçaSilva Agência:2456-2 | Conta:1003958-4 •CAIXA -KaykyMeloMendonçaSilva Agência:2743 | Operação:013 | ContaPoupança:10109-2 AjudeoKaykyaarrecadarodinheiropara oseutratamento!Contribuaatravésdas seguintescontasbancárias: Foto:Arquivopessoal Foto:JéssicaRibeiro
  6. 6. www.jornalcidademg.com.br 17 a 31 de Julho de 2015Cotidiano6 Jovem que comeu minhocas em troca de dinheiro para sustentar vício já está em tratamento DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br S. A. DO MONTE A Polícia Civil de San- to Antônio do Monte está in- vestigandoocasodojovemde 24 anos que sofreu constran- gimentoaoserexpostonasre- des sociais comendo minho- cas. Ele estava sob o efeito de drogas e foi induzido por al- guns homens que lhe ofere- ceram dinheiro se ingerisse osanimais. Novídeodivulgadonain- ternet, os autores debocham deVladsonSantanaCostaeo incentivam a comer cada vez mais. Após revolta da popu- lação e do vídeo ter viraliza- do nas redes sociais, a Polí- cia Civil abriu, no dia 9 de ju- lho,umTermoCircunstancia- dodeOcorrência(TCO)para descobrirquemsãoaspesso- assuspeitasdeinduzir,filmar edivulgaraimagemdojovem. Embora não se saiba quantas pessoas participaram do cri- me, os investigadores já con- firmaram ter conhecimento daidentidadedetrêsdossus- peitos. A vítima compareceu na Delegacia de Santo Antônio do Monte e declarou ser usu- ária de drogas e que na hora dagravaçãoestavasoboefeito de crack. “Ele comentou que aceitou comer as minhocas emtrocadeumdinheiropor- queusariaparasustentaroví- cio.Eledissetambémosapeli- dos de alguns dos suspeitos”, informou a escrivã Raiany SousaementrevistaaoG1. Depois de ter sido ouvi- do, o jovem, que tem passa- gem por crime de lesão cor- poralgrave,foiliberadoedei- xouolocalacompanhadopor parentes.Aindasegundoaes- crivã, os responsáveis por ele informaram que pretendem encaminhá-lo a uma clínica de reabilitação para que pos- saselivrardovícioemdrogas. “Comoavítimanãofoiforça- da a comer as minhocas, mas sim, convencida a isso, acre- dito que o delegado observe a questão do constrangimen- to ao qual o jovem foi expos- tocomadivulgaçãodovídeo”, acrescentouSousa. Apóstergeradocomoção nomunicípio,avítimafoien- caminhadaparaaComunida- deTerapêuticaFéeEsperan- ça,ondefaráotratamentopa- raselivrardovício. DeacordocomoCaboAl- ves e o Tenente Harley, o fato chegouatéelesatravésdasre- dessociais,masatéomomen- to não foi registrado nenhum boletimdeocorrência. O Jornal Cidade entrou em contato com a Delegacia de Polícia Civil de Santo An- tônio do Monte, mas até o fe- chamentodestaediçãoodele- gadonãofoiencontradopara falarsobreocaso. SegundoJoséAntônio,di- retor da Comunidade Tera- pêuticaFéeEsperança,asitu- açãodavítimafoihumilhante. “A história começou com ele pedindo1realparabeberpin- gaeosrapazesquefizeramis- so aproveitaramavulnerabi- lidadedele.Eleestásesentin- do muito humilhado, mas es- tá reagindo e aceitando mui- to bem o tratamento. Acredi- toqueeleeradependentequí- micohádezanos”,afirmou. O diretor ainda explicou comochegouatéojovem.“Eu já o conheço há muito anos, inclusive já internei ele há um tempo. Como recebi o ví- deoquisiratrásdele,masan- tes que isso acontecesse, ele nosprocurou.Elecansoudes- sa vida e hoje quer ser exem- ploparaoseufilho”,destacou. José Antônio também comentousobreaatitudedas pessoasquefizeramissocom avítima.“Opiordetudoéque eles não são jovens, são ho- mens formados, homens que já deveriam ter mais consci- ência. Se a pessoa dá dinhei- ro ela não está ajudando. Há muitojulgamentosobreosde- pendentes e ex-dependentes químicos, mas as pessoas de- vem levar em consideração o fato de ter uma família por trás dele”, disse o diretor da clínca. Familiaresdavítimadis- seramaodelegadoqueo rapazestavasoboefeito de drogas e foi induzido a comer os animais. Po- lícia já identificou três pessoas que participa- ramdovídeo Vladson fará sua recuperação na Comunidade Terapêu- ticaFéeEsperança JoséAntônio,diretordaCo- munidadeTerapêuticaFée Esperança Foto:JoséAntônio-C.T.F.E Untitled-1 1 26/05/15 09:52
  7. 7. DIA DE COOPERAR: Operação de combate à dengue envolve mais de 10 mil pessoas INFORME PUBLICITÁRIO Acampanhadecombateà dengue realizada pelas agên- cias do Sicoob em Lagoa da Prata(LagoacredeCredipra- ta), em parceria com 21 esco- las,foiumsucesso.Ainiciativa envolveu mais de 10 mil pes- soas e mobilizou um exército de crianças que semearam a esperançadequeumdiapos- samoserradicaressadoença. O fechamento da opera- ção de combate à dengue foi realizadonodia4dejulho,no SalãoDivinaGula.Nestadata, oSistemaOCEMG(Sindicato e Organização das Coopera- tivas do Estado de Minas Ge- rais) comemora o Dia de Co- operar – Dia C. Trata-se de um movimento estimulador dasolidariedadedascoopera- tivas e familiares para trans- formar a realidade da comu- nidade. O projeto nasceu em MinasGeraisehojeérealiza- do por cooperativas em todo oBrasil. Neste ano, Lagoacred e Crediprataanalisaramosnú- meros elevados de casos de dengue em Lagoa da Prata e decidiram trabalhar juntas, em parceria com escolas mu- nicipais, estaduais e particu- lares,queforamresponsáveis pelosucessodasações. HOMENAGENS A cerimônia de encerra- mento da campanha teve iní- ciocomaapresentaçãodaor- questradaAscult(Associação CulturaldeJaparaíba),forma- da por dezenas de crianças e adolescentes. Regidas pelo maestro Jordane, os peque- nosmúsicosexecutaramoHi- noNacionalBrasileiroegran- desclássicosdamúsica,como o tema do filme “O Fantasma daÓpera”. De acordo com os dire- tores do Sicoob Lagoacred e Crediprata,aoperaçãofoium sucessograçasaparceriarea- lizadaentreascooperativase oempenhodas21escolasque participaram do projeto, jun- tamente com os seus profes- sores,diretoresealunos.“Ho- je está difícil encontrar al- guémquenãotenhaumapes- soacontaminadapeladoença na família e estamos perden- do essa guerra . Então busca- mospromoverumeventoque façaadiferençaemnossasvi- das.Fazeressacampanhaem parceriacomaCrediprataeas escolas foi muito importante para mostrarmos à socieda- de que todos podem unir pa- ra poder fazer algo que seja para o bem comum. Fazendo em parceria, temos mais for- ça.AparceriadaCredipratae Lagoacred não para por aqui. Acadaseismesesfaremosno- vos trabalhos dessa natureza paraquetenhamosumresul- tado positivo no futuro”, dis- seodiretordoLagoacred,Nil- sonBessas. “Se fizéssemos esta ação sozinhos, não teríamos essa força. As cooperativas têm o objetivo de promover o de- senvolvimento financeiro das pessoas e da comunida- de. Mas, muito mais impor- tantedoqueisso,éodesenvol- vimento social. As cooperati- vas realmente tem um com- promissosocial.Nestaopera- çãodecombateàdengue,bus- camos envolver a comunida- de. Temos feito várias parce- rias nesse sentimento, mas, com certeza, essa foi a maior delas.Apartirdaqui,faremos outras parcerias. O combate à dengue é responsabilidade de todos”, afirmou o diretor do Crediprata, Antônio Cla- ret. Nasequência,todasases- colas,pormeiodeseusrepre- sentantes,receberamumaho- menagem dos diretores das cooperativas Antônio Claret, NilsonBessas,IvoGontijo,Jú- lioVazeJoséRezende. Participaram da cerimô- nia Thiago Martins, da rádio Tropical,AdircileneLeríuda, daEscolaMunicipalMontei- ro Lobato, Wender Silva, da RádioVeredas, eosecretário municipal de saúde, Geraldo de Almeida, que também su- geriu apresentar o projeto à SecretariaEstadual.“Gostaria desugeriressetrabalhoparao GovernodoEstado,elevando Lagoa da Prata como exem- plo no combate à dengue pa- radisseminarmosessainicia- tiva para outros municípios. Quero parabenizar a Lagoa- cred e Crediprata e, em espe- cial, as diretoras, professoras efuncionáriosdasescolas.In- felizmentetivemosumamor- tepordengueaquinacidadee existemoutrosdoiscasossen- doinvestigados.Sãoperdasir- reparáveis. Só com o envolvi- mentodapopulaçãoe,princi- palmente,comoenvolvimen- todascrianças,podemosmu- dar essa situação”, ressaltou Almeida. Lagoacred e Crediprata prestamhomenagemàs 21escolasqueparticipa- ramdacampanha Foto:LindomarFotógrafo DiretoresecolaboradoresdoSicoobCrediprataeSicoobLagoacredGeraisaoladodosrepresentantesdasescolasparticipantesdacampanha. GeraldodeAlmeidaOrquestradaAscult DiretoresJúlioVaz,IvoGontijo,NilsonBessas,AntônioClareteJoséRezende.
  8. 8. APAELP CEMEIALEXANDREBERNARDESPRIMO CEMEICASTELINHOENCANTADO CEMEIPROFESSORMOURÃO CEMEISÃOCARLOS CENTROEDUCACIONALTUTORES COLÉGIOEDUC.ÁGUIADEPRATA(EnsinoInfantil) COLÉGIOÁGUIADEPRATA(EnsinoFundamental) ESCOLAESTADUALCHICOREZENDE ESCOLAESTADUALDONATILOSA E.ESTADUALDRARNALDOFARIADETAVARES ESCOLAESTADUALHELENAAPARECIDA ESCOLAESTADUALJOSÉTEOTÔNIODECASTRO ESCOLAESTADUALMONSENHORALFREDODOHR E.ESTADUALNOSSASENHORADEGUADALUPE ESCOLAESTADUALVIRGÍNIOPERILO ESCOLAMUNICIPALMONTEIROLOBATO ESCOLAMUNICIPALPROF.AFONSOGOULART ESCOLAMUNICIPALPROF.JOÃOFERNANDES ESCOLAPRESBITERIANA IMAM
  9. 9. www.jornalcidademg.com.br 17 a 31 de Julho de 2015Cultura10 Com excesso de público, Adriano Moraes lança livro em Divinópolis DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br LAGOA DA PRATA O escritor e sociólo- go Adriano Moraes lançou o seu livro “Caminho à So- briedade” em Divinópo- lis. O evento foi realizado no dia 25 de junho no Tea- tro Usina Gravatá, que re- cebeu um público acima de sua capacidade de lotação. “Fui até autuado pelo Corpo de Bombeiros pelo excesso depessoas,masfiqueimuito feliz por ver o quanto o pú- blico foi receptivo. O even- to superou todas as minhas expectativas e os livros que eu disponibilizei no dia não foram suficientes para aten- der a todos”, afirmou. O evento contou com apresentações artísticas e musicais da orquestra Acor- des do Monte, do Coral da Fundação Embaré, do Coral da Comunidade Terapêu- tica São Francisco de As- sis, do Coral Magnificar da Igreja Assembleia de Deus, dos músicos Juliano Rossi, Dênis Lélis e Cacá e dos pa- lestrantes Ronaldo Viana (coordenador geral do Pro- grama Papo Legal) e Rui Fa- ria Campos, presidente do conselho municipal anti- drogas e presidente da Ca- sa Dia. CAMINHO À SOBRIEDADE O escritor Adriano, que ésociólogo,contaqueaobra é fruto de seus estudos nos últimos vinte anos sobre o comportamento huma- no, suas dependência e co- -dependências. “Para hoje promover este tipo de even- to passamos por uma longa caminhada ao lado de pes- soas que têm o comprome- timento e querem dar a sua contribuição para mudar a realidade que eles veem e não concordam”, destacou. O livro foi escrito atra- vés das músicas que foram ministradas pelo próprio autor em diversos grupos de ajuda mútua, inclusive no Amor Exigente. “Como eu falo no livro, a música é o encontro com o belo. Se vo- cê fala do belo, mas não você não leva o belo, ele fica abs- trato”, frisou. Moraes também agra- deceu a ajuda que recebeu de seus amigos. “Não posso deixar de agradecer a todos que compareceram, muitos saíram de longe e fizeram questão de ficar até o final. E aos palestrantes Rui e Ro- naldo, que são pessoas fan- tásticas”, afirmou. LIVRO NAS ESCOLAS O autor está levando o seu projeto para as esco- las. “Meu objetivo é tentar inverter o papel. Agora, fi- lhos também educarão os pais, reeducando-os pais para o caminho da família e de Deus. A tecnologia tem tirado o tempo que investi- mos em Deus e na família. É preciso resgatar os valo- res fundamentais da famí- lia através dos filhos”, afir- mou. Deacordocomaorgani- zaçãodoevento,cercade 500pessoascomparece- ramaoTeatroUsinaGra- vatá, que tem capacida- depara300lugares JulianoRossi CoraldaFundaçãoEmbaré NilsonBessas(DiretordoSicoobLagoacred,AdrianoMoraes,integrantesdaASFERe MarquinhoClementino(vereadordeDivinópolis). CoraldaComunidadeTerapêuticaSãoFranciscodeAssisseapresentaparagrande públiconoTeatroUsinaGravatáemDivinópolis Fotos:JulianoRossi
  10. 10. www.jornalcidademg.com.br 17 a 31 de Julho de 2015Colunistas12 Causos e Prosas JOSÉ ANTÔNIO • bandeirantes@isimples.com.br www.pharlab.com.br facebook.com/pharlab @Pharlab Anuncio Jornal Cidade Familia2.indd 1 14/07/15 10:07 O causo da Égua Roxa Euestudavaatardeepa- ra trabalhar tinha que ser de manhã, naquela época só ti- nha trabalho na roça ou na fábricadefoguete,quetinha que ter dezoito anos. O meu recurso foi na roça mesmo. Arrumei um serviço com o Zagalo, para entregar leite na cidade, e a entrega era feita na tal égua roxa. No primeiro dia, o tal de pobre não tem vez, por azar meu já tive que atravessar um cór- rego dos Ferreiras, num frio eumachuvaechegueienso- pado igual um pinto molha- do. O Zagalo já me pergun- tou porque eu estava atrasa- do, e eu fui explicar que era por causa do córrego. Ele já jogou um cabresto na minha mão e falou que a égua de le- var leite na cidade era a ro- xa e que poderia buscar ela nopastinhodebaixoporque ele era mansa. Eu fui buscar a égua no pasto de capim gordura. Foi virandouma“pregança”nas minhas pernas, e na hora que eu cheguei perto, essa égua me meteu um coice e saiu correndo. Caí de costas com o cabresto, e com medo aproximei dela e de novo ela me mandou os “pés”. Eu fi- quei pensando que o Zagalo tinha me falado que ela era mansinha e resolvi tentar mais uma vez. Peguei o cabresto, man- dei em cima do lombo dela e fui para o curral. Quando o Zagalo me viu já quis saber porque eu tinha demorado. Fui explicar para ele que a égua que ele falou que era mansa dava muito coice. Na hora que ele acabou de tirar o leite e nós coloca- mos as latas em cima do ar- reio dessa égua, eu montei e saí do curral. Para passar no “corguinho” ela já nadando, na cidade foi outra labuta. Quandochegoupertodobo- teco do Zé do Tião, a égua tinha um problema que o Zagalo não falou comigo, a danada não podia ver lona preta nem guarda-chuva e no dia esta chovendo. Isso era um trauma da época que a égua trabalhava na olaria. Na cidade, de repente o Silvio do Nenzito deu uma sacudida no guarda-chuva e essa égua disparou a dar coice, as latas de leite vo- aram e eu fui atrás de cara no chão e ela continuou pu- lando no meio da rua. Com muito custo o Tião, o Zico Cabral, o Lico, o Lobeira, o Geleia e um tontos no meio, conseguiram segurar a tal égua, vai passar aperto des- se tanto. Com ela já dominada me mandaram montar, mas eu já estava todo “esclaravra- do”, nesse meio tempo o lei- te já tinha derramado e eu já estava nas “últimas”. Mas eu tinha que montar nessa éguadenovo,quasetodosos fregueses ficaram sem leite, eu tive que voltar e passar no Corguinho outra vez de- baixo de chuva, eu e a égua passamos nadando. Quando chegou na ro- ça, eu fale com o Zagalo du- as coisas: você falou que a égua era mansa e ela come- çou me dando coice lá nos pastinho. Você não me falou que ela não podia ver guar- da-chuva. Muito obrigado pelo serviço, fico à toa, mas desse jeito não serve. Perdi o dia, perdi o ser- viço, e ainda machuquei pra danar nessa égua roxa. Oh, vida pelejada! Fotos:Ass.Com.CâmaraS.A.Monte Rádio Samonte FM recebe Moção de Aplausos Noúltimodia06naCâma- raMunicipaldeS.A.doMonte foientregueMoçãodeAplausos, deautoriadovereadorMartim Rodrigues,àRádioSamonteFM pelosseteanosdeeficienteservi- çoprestadoàpopulaçãodomu- nicípio, levando informações, notícias, músicas versáteis, de maneirasimples,objetivaemui- tobom humor.Representando aDiretoria,receberamamoção JoséAntônio “Locutor”eSonia Valéria,Gerenteadministrativo. Naocasiãofoiagradecidoao vereadorMarcosAntôniodaSil- va,os votosdecongratulaçõesá RádioSamonteFm,emdesta- que ao locutor José Antônio e todososfuncionáriospeloaten- dimentonotadez.
  11. 11. facebook.com/jornalcidademg 17 a 31 de Julho de 2015 Esportes 13 Lagopratense está entre os destaques esportivos do Pan-Americano 2015 Lagoa da Prata é destaque emcompetiçõesestaduais, nacionais e internacionais AatletaNúbiaSoares,na- tural de Lagoa da Prata, está entre os atletas que vão parti- cipardoPan2015,queaconte- ceráapartirde10dejulho,em Toronto no Canadá. A atleta faráasuaprimeiradisputano dia21dejulho.Desde2004ela competepeloClubedeAtletis- mo BM&FBOVESPA, locali- zado na cidade de São Caeta- Nos dias 4 e 5 de julho a delegação de atle- tasdeskatedeLagoadaPrataparticipoudo 7º Campeonato de Skate da cidade de Divi- nópolis. Destaque para o atleta Guilherme Santos, que representou muito bem nossa cidade conseguindo o 3º lugar. Também nos dias 4 e 5 aconteceu em São Paulo o Campeonato Brasileiro de Atletis- mo Juvenil, com a participação das atletas AlexandraPimenta(medalhadebronzeno dardo), Rúbia Soares (medalha de bronze no disco) e Núbia Soares (medalha de ouro no salto triplo). A atleta Núbia Soares, que começou no “Programa Correndo para o Futuro”, da SecretariadeDesportos,seráintegranteda delegaçãobrasileiraquedisputaráosJogos Pan-Americano de Toronto, no Canadá, de 10 a 26 de Julho. AdelegaçãodekaratêdeLagoadaPratapar- ticipounodia05dejulhodaEtapaEstadual de Karatê na cidade de Santana da Vargem - MG. Ao todo, participaram mais de 300 atletas de 23 cidades. Lagoa da Prata parti- cipou com 22 atletas e conquistou 7 meda- lhasdeouro,5medalhasdepratae6meda- lhas de bronze. Destaque para a atleta Ma- ria Eduarda (foto) que conquistou 2 meda- lhas de ouro. Entreosdias09e12deJulho,okaratecaIa- goJúniovenceuoCampeonatoPan-ameri- cano de Karatê na Argentina. APOIO: JornalCidade,PadariaPãoQuenteCentro,Lan- chesdaHora,ManiadePelúcia,MPBordados, Recorte,StúdioViverMelhor,SalãoBelezaRe- novada,EstaçãodoCorpo,NutriSport,MixVa- riedades,CacauShow,RosaChá,VereadorCa- bo Nunes, Vereador Di-Gianne, Casa Útil, Fá- brica Mili, Floricultura Dedo Verde, Ciça En- xovais, Alquimia, Aline Aviamentos, Livraria Paroquial,SempreBela,MarinaTecidos,Mãe daIgreja,MerceariaMultiCoisas,AndréaRou- pas,DirceCosméticos,GilfarAlves,Comercial IBM, Loja do Neu, professores e funcionários dasecretariadedesportos. nodoSul,emSãoPaulo. Essa será a primeira vez que a Núbia disputará os Jo- gos Pan-Americanos. Ela es- táemperíododerecuperação deumalesãonosdoisjoelhos, mas já treina normalmente e espera um bom resultado. Núbiaesperafazeramarcade 14,20m em Toronto, que é ín- dice para a disputa dos Jogos OlímpicosdoRio,em2016. “Eu tive microfissura nos tendõesdosdoisjoelhos, mas o problema já está resolvido. Vai ser meu primeiro Pana- mericanoadulto,eminhapri- meiraseleçãoadultatambém. Espero fazer uma boa marca, porque eu sempre salto bem quando tem atletas fortes na competição”, afirma a lago- pratense. AlémdeNúbia,MinasGe- raisenviarámaisdetrintaatle- tas.Algunsparaalcançarore- conhecimento do público e outros para buscar um lugar maisaltonopódioemedalhas. Soares disputará na cate- goriasaltotriplo.Em2014,ela superou,duranteadisputado TroféuBrasil,arecordistaKei- laCosta,setevezescampeãda modalidadeerecordistabrasi- leiranosaltotriplo. SAIBAMAIS: Filha de Jairo Aparecido SoareseRosângelaAparecida Soares,Núbiafoiintegrantedo programa de atletismo “Cor- rendo para o Futuro”, da Se- cretaria Municipal de Espor- tesdeLagoadaPrata,coman- dado pelo professor e treina- dorAbelMendes.Elaestáem primeirolugarnorankingsu- lamericano entre os atletas que nasceram em 1996 e ba- teuorecordemineirodossal- tospormaisdecincovezesem 2012.Possuimaisde40meda- lhas de ouro em competições estudantis regionais, estadu- ais,internacionaisenacionais. DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br LAGOA DA PRATA Foto:AgênciaLuz/BM&FBOVESPA Foto:Sec.EsportesLP KaratecaMariaEduarda
  12. 12. www.jornalcidademg.com.br 17 a 31 de Julho de 2015Social14 Estrelando MICHELE PACHECO • michele@jornalcidademg.com.br Esteano oArraiádaImpactusseránodia 19deJulhoparafecharoprimeirosemes- tre. Vista sua roupa de quadrilha e venha dançar, brincar, comer e se divertir... Ha- verá brincadeiras, teatro, comidas típicas emuitadança.Todarendaarrecadadase- rá destinada aos custos dos nossos alunos que representam Lagoa da Prata em via- gensparafestivaiscompetitivosnacionais. ARRAIÁ IMPACTUS Otemafoicircoeoniverfoimeu!Porque otemaCirco???Muitaspessoasmepergunta- ram:porquê?Ocircoéumlugarqueaspesso- asentrameesquecemdosproblemas,doner- vosismo,oestressevaiemboraearisadavem espontânea.Omalabaristabrincacomolimite doseucorpo,igualfazemosemnossodiaadia. Equilibrarafamília,otrabalho,amigos,carrei- ra, estudo e academia, mas nem percebemos oquantosomosmalabaristasemcontrolartu- do.Eoprincipaléopalhaçoquefazasbrinca- deirasbobaseengraçadassemmaldades.Ain- dadigoqueéaprimeiraeaúltimafestadesse modelo. #NiverdaBaranga2015 é para ficar nahistória. Agradeçoàminhafamília,queme apoiou,eaosparceirosquesão:Tatau(Espaço BoraBoraCafé),DanielaPedrosa(Decoração), Floricultura Viverde (Arranjos), Alexandre Couto(Luz), Salgados(QuitandaDusAnjus, SaraeJoice, Bolo(MarcelaSilva),KitRessa- ca (Luciana,MarianaPintoFiuzaeLetíciaFi- úza), Cabine Fotográfica (Alison de Moura), Roupa(ValmirJúnior)Make:DanielaDuarte eoShowSauloMoraisebandaqueabraçaram essacausaefeztudocommuitocarinho.Mui- toobrigadaatodososamigosqueentraramde corpo e alma e transformaram um sonho em realidade. Agora as pessoas que receberam o conviteenãocompareceram,sóumapalavra adizer,oumelhor,escrever:Perderam! NIVER DA BARANGA Confira todas as fotos no site: www.jornalcidademg.com.br
  13. 13. facebook.com/jornalcidademg 17 a 31 de Julho de 2015 Social 15 Estrelando MICHELE PACHECO • michele@jornalcidademg.com.br Gabriela, 12 anos, é filha da Letícia. Descobriu seu talen- toaindanovinhaejáestábri- lhando nos palcos com sua dança.Émesmoumaprince- sa e merece os mimos da sua mãe! Continue assim, com essa garra e força, pois talen- to você tem de sobra. Agora é só dedicar e aprender cada vezmais! Odia11dejulhofoiumanoitemuitoespecialparaumacolabo- radoradaequipedoJornalCidade.IaraDuarteédiagramadora desteveículodecomunicaçãoesurpreendeuatodoscomuma lindacerimôniadecasamentocheiadeemoçõeseumafestade arromba. QueJesussempreestejapresenteaoseuladonãosó nosmomentosdealegria,masnosmomentosdifíceistambém. Que Maria cubra com seu manto sagrado, proteja sua união e quesejammuitofelizes. Que sucesso!!! O que foi a apresenta- çãodessesmeninos.Quetalento!Que músicas boas! Eles tocaram muito e arrasaramnopalcoprincipal.Bom,na minhaopinião,foiumadasmelhores apresentações, e deveria ter ficado mais tempo para fechar a noite com o rock, mas como diz o ditado: Santo deCasanãofazmilagre.Parabénspe- labelíssimaapresentaçãoVitinho,Da- videDereck.Vocêstêmtalentodeso- bra!Precisamosvalorizaremprimei- rolugaraspessoasquefazemacultu- radanossacidade! O Nilder está formando em medicina! Fezestágionacida- deetodosquetiveramaopor- tunidadedeconviverficaram encantadoscomsuasimplici- dade,humildadee,principal- mente, boa vontade em aju- daraspessoas.Jáéumgrande profissionalquetemumfutu- ro brilhante pela frente, além deserumgato.Oquevaiterde mulheres passando mal para serem atendidas pelo doutor nãoestáescritonahistória!!! PEQUENA BAILARINA NOITE MÁGICA BANDA VOLTA ELÉTRICA DOUTOR NILDER

×