VALE A PENA INVESTIR EM TOUROS
GENETICAMENTE SUPERIORES?
Antônio do Nascimento Ferreira Rosa
Embrapa Gado de Corte
WORKSHO...
EMBRAPA GADO DE CORTE
CAMPO GRANDE
MATO GROSSO DO SUL
Missão: Viabilizar soluções tecnológicas sustentáveis
para a cadeia produtiva da pecuária de corte em benefício
da socieda...
PRIMEIROS PASSOS
● 1977: Projeto “Parâmetros genéticos em gado de
corte”;
● 1978: Cooperação com o Escritório Técnico Regi...
● 1987: Primeira avaliação genética – modelos mistos:
ROSA, A.N.; NOBRE, P.R.C.; EUCLIDES FILHO, K.
(EMBRAPA-CNPGC. Docume...
AVALIAÇÃO ECONÔMICA
Complexidade dos fluxos de material genético,
Dificuldade de assessoria na área econômica...
ATUALIZAÇ...
VALE A PENA INVESTIR EM TOUROS
GENETICAMENTE SUPERIORES?
ANTONIO N. ROSA; LUIZ O. C. SILVA; PAULO R. C. NOBRE; ELIAS N. MA...
SEGUNDO ENCONTRO VERDANA NELORE PO
Fazenda Glória do Rio Verde, Camapuã, 25/05/2014
8º. SIMPÓSIO REGIONAL DE AGRONEGÓCIOS
...
ABCZ: 80 ANOS - 7ª. EXPOGENETICA
EXPOGENETICA 2014 – UBERABA, MG
20/08/2014
IMPACTO ECONÔMICO
DO USO DE TOUROS MELHORADORES
RAÇA NELORE
● Valor relativo do touro no rebanho
● Impactos economicos
Reb...
www.infoescola.com
Mecanismos de herança:
Cromossomos - estruturas do núcleo das células
G G A T C T A T G A C ..............
Células Reprodutivas Primárias (diplóides)
Produção de células reprodutivas e fertilização
(ilustração com dois pares de c...
VALOR RELATIVO DO TOURO
PAR TOURO - VACA
Touro: 5 anos de vida útil; Vaca: descarte aos 12 anos.
RELAÇÃO
TOURO : VACA
CONT...
IMPACTO ECONOMICO:
● Rebanho de Cria: reposição de fêmeas / reprodutores;
● Recria e Engorda: valor do animal ao abate.
Di...
Preços pagos por kg de bezerro desmamado - Ano 2014*
peso R$ R$/kg vivo peso R$ R$/kg vivo
jan/14 168 822,91 4,89 153 585,...
VALORES GENÉTICOS
TOUROS SUPERIORES – ATIVOS EM 2014:
DEPs médias para peso à desmama, por safra de
touros
Ano N. Touros DEP
2007 32.155 3,3...
Pesos médios à desmama (240 dias) por rebanho
Rebanhos Machos Fêmeas Média
Plantéis de seleção 206 190 198
Rebanhos de cor...
IMPACTO TOTAL DO TOURO MELHORADOR:
EM kg: DEP + 1/2 (43) = 3,9 + 21,5 = 25,4 kg
EM REAIS: 25 kg * R$5,00 = R$125,00 / anim...
INFERÊNCIAS PARA REBANHOS MAIORES
1. PROGRAMA GENEPLUS/EMBRAPA
157.493 touros ativos (média de 32 mil touros / ano)
2.952....
2. PMGZ, ANCP, Geneplus/Embrapa
● Produtos controlados em 2013: 358.727 *
(estimativa de 450 mil matrizes)
180 mil machos ...
3. REBANHO COMERCIAL NELORE
Demanda anual de touros
● Efetivo com predominância de Nelore: 130 milhões de cab.
● Numero to...
REBANHO COMERCIAL NELORE
400 mil touros / ano
Em cinco anos, com reposição feita só com touros
melhoradores:
2 milhões de ...
... GANHOS ESTIMADOS COM BASE NO
PESO À DESMAMA, APENAS!
+
Ganhos correlacionados:
● ganho de peso pós desmama
● pesos ao ...
→ RETORNO DO INVESTIMENTO:
Selecionadores: estímulo para aumento da produção
de touros
Produtores comerciais: retorno econ...
DEMANDA ANUAL: 400 MIL TOUROS
PRODUÇÃO DE MACHOS A DESMAMA: 180 MIL
USANDO TODOS OS MACHOS: 45%
USANDO APENAS SUPERIORES: ...
Objetivos:
Aumentar a produção em 40%;
Dobrar a produtividade!
Metas para 2023:
13,6 milhões de toneladas equivalente-
car...
META PARA A ÁREA DE MELHORAMENTO ANIMAL
Até 2023:
Produção de 252 mil touros selecionados / ano:
Triplicar a produção atua...
N % N % N % N %
Básico (IQGb) 248 23 265 25 211 20 347 32 1.071
Cria (IQGc) 251 23 262 24 228 21 330 31 1.071
Recria (IQGr...
MENSAGEM AO PRODUTOR COMERCIAL:
Além do retorno econômico direto, quanto melhor
o sistema de produção, maior a eficiência
...
Mensagem ao selecionador:
O programa de melhoramento genético dá
resultados!...
-10,00
-5,00
0,00
5,00
10,00
15,00
20,00
Karvadi Chummak Gim Ludy Legat Bitelo Vermut
1955 1965 1976 1980 1985 1995 2000
D...
GADO DE CORTE: O SALTO EM PRODUTIVIDADE
Índices Anos 50 Tecnol.
Atual
ILPF
Natalidade (%) 45-55 >80 90
Mortalidade até a d...
Para ser melhorador,
o touro precisa ser reprodutor.
1. Valor genético;
2. Masculinidade, libido;
3. Funcionalidade, aprum...
MUITO OBRIGADO!
antonio.rosa@embrapa.br
(Jardim, R.D., 2011)
Uft workshop ma_abril_2015_anf_rosa
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Uft workshop ma_abril_2015_anf_rosa

270 visualizações

Publicada em

Uft workshop ma_abril_2015_anf_rosa

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
270
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Uft workshop ma_abril_2015_anf_rosa

  1. 1. VALE A PENA INVESTIR EM TOUROS GENETICAMENTE SUPERIORES? Antônio do Nascimento Ferreira Rosa Embrapa Gado de Corte WORKSHOP SOBRE MELHORAMENTO ANIMAL POTENCIALIDADES: TOCANTINS, PARÁ E MARANHÃO Araguaína, TO, 23 de abril de 2015
  2. 2. EMBRAPA GADO DE CORTE
  3. 3. CAMPO GRANDE MATO GROSSO DO SUL
  4. 4. Missão: Viabilizar soluções tecnológicas sustentáveis para a cadeia produtiva da pecuária de corte em benefício da sociedade brasileira (Desde a fundação, em 1977).
  5. 5. PRIMEIROS PASSOS ● 1977: Projeto “Parâmetros genéticos em gado de corte”; ● 1978: Cooperação com o Escritório Técnico Regional (ETR) da ABCZ em Campo Grande, MT; ● 1982: Convênio ABCZ/Embrapa – nível nacional; ● 1984: Primeira avaliação de touros nelore – Mérito Genético: MARIANTE, A.S.; NOBRE, P.R.C.; SILVA, L.O.C.; ROSA, A. N.; FIGUEIREDO, G.R. (EMBRAPA-CNPGC. Documentos, 18);
  6. 6. ● 1987: Primeira avaliação genética – modelos mistos: ROSA, A.N.; NOBRE, P.R.C.; EUCLIDES FILHO, K. (EMBRAPA-CNPGC. Documentos, 35). Portarias Ministeriais; Arquivo Zootécnico Nacional; Impacto econômico do Programa de Melhoramento: ROSA, A. do N.; PUGA, J.M.P.; COSTA, F.P. Programa de melhoramento genético de gado de corte. Campo Grande, s.ed., 1987. 42p. Base: peso ao sobreano.
  7. 7. AVALIAÇÃO ECONÔMICA Complexidade dos fluxos de material genético, Dificuldade de assessoria na área econômica... ATUALIZAÇÃO SIMPLIFICADA DO IMPACTO ECONÔMICO: 2012 Base: peso à desmama AMPLA DISPONIBILIDADE DE ESTIMATIVAS: Valor genético – DEPs Valor econômico – leilões de gado de corte.
  8. 8. VALE A PENA INVESTIR EM TOUROS GENETICAMENTE SUPERIORES? ANTONIO N. ROSA; LUIZ O. C. SILVA; PAULO R. C. NOBRE; ELIAS N. MARTINS; FERNANDO P. COSTA; ROBERTO A. A. T. Jr.; GILBERTO R. O. MENEZES; CARLOS E. S. FERNANDES.
  9. 9. SEGUNDO ENCONTRO VERDANA NELORE PO Fazenda Glória do Rio Verde, Camapuã, 25/05/2014 8º. SIMPÓSIO REGIONAL DE AGRONEGÓCIOS Sinop, MT, 10/06/2014 DIA DE CAMPO E FEIRA DE TOUROS NELORE E SENEPOL Fazenda BAMA – Juara, MT, 16/08/2014
  10. 10. ABCZ: 80 ANOS - 7ª. EXPOGENETICA EXPOGENETICA 2014 – UBERABA, MG 20/08/2014
  11. 11. IMPACTO ECONÔMICO DO USO DE TOUROS MELHORADORES RAÇA NELORE ● Valor relativo do touro no rebanho ● Impactos economicos Rebanhos de seleção Rebanhos comerciais Programas de Melhoramento Rebanhos de corte – base Nelore ● Potencial de resposta à seleção
  12. 12. www.infoescola.com Mecanismos de herança: Cromossomos - estruturas do núcleo das células G G A T C T A T G A C ........... _________________________________________________ _________________________________________________ C C T A G A T A C T G .......... DNA: Filamentos de açúcar e fosfato Nucleotídeos: Adenina (A) ---- Timina (T) Guanina (G) ---- Citosina (C)
  13. 13. Células Reprodutivas Primárias (diplóides) Produção de células reprodutivas e fertilização (ilustração com dois pares de cromossomos) Espermatozóide (célula haplóide) Óvulo (apenas 1 viável) (célula haplóide) Óvulo fertilizado  Embrião (célula diplóide)
  14. 14. VALOR RELATIVO DO TOURO PAR TOURO - VACA Touro: 5 anos de vida útil; Vaca: descarte aos 12 anos. RELAÇÃO TOURO : VACA CONTRIBUIÇÃO NO GENOMA DA PROGÊNIE CONTRIBUIÇÃO DO TOURO Touro Vaca 1 : 1 5 / 2 8 / 2 0,4 vezes menor 1 : 12 60 / 2 8 / 2 7,5 vezes maior 1 : 25 125 / 2 8 / 2 15,6 vezes maior 1 : 40 200 / 2 8 / 2 25 vezes maior Impacto na mudança genética da população Relação Resposta à seleção* 1 : 20 84% 1 : 40 88% * h 2 = 0,30; 20% de reposição; Rosa & Torres, dados não publicados.
  15. 15. IMPACTO ECONOMICO: ● Rebanho de Cria: reposição de fêmeas / reprodutores; ● Recria e Engorda: valor do animal ao abate. Dificuldade de estimação: Programas de melhoramento: Coleta de dados de machos até 18 meses de idade Exercício: base no peso à desmama: ● Estimativa de valor de mercado: R$ / kg de peso vivo ● Estimativas de valor genético dos touros
  16. 16. Preços pagos por kg de bezerro desmamado - Ano 2014* peso R$ R$/kg vivo peso R$ R$/kg vivo jan/14 168 822,91 4,89 153 585,71 3,82 fev/14 173 876,56 5,07 166 648,82 3,92 mar/14 184 918,89 5,00 170 664,03 3,90 abr/14 182 987,39 5,41 176 753,93 4,29 mai/14 185 984,63 5,33 169 750,71 4,45 jun/14 185 989,18 5,35 170 730,09 4,29 jul/14 182 969,69 5,34 168 704,67 4,19 ago/14 175 967,83 5,54 167 695,85 4,18 set/14 179 992,00 5,55 164 706,33 4,31 out/14 177 1.055,64 5,97 164 722,07 4,41 nov/14 167 1.105,86 6,62 164 794,88 4,86 dez/14 174 1.174,00 6,75 154 777,73 5,04 Média 178 987,05 5,57 165 711,24 4,31 Macho FêmeaMês Média (machos e fêmeas): R$4,94 ~ R$5,00 * www.correadacosta.com.br – cerca de 100.000 animais comercializados VALORES DE MERCADO
  17. 17. VALORES GENÉTICOS
  18. 18. TOUROS SUPERIORES – ATIVOS EM 2014: DEPs médias para peso à desmama, por safra de touros Ano N. Touros DEP 2007 32.155 3,3 2008 30.633 3,5 2009 31.314 3,8 2010 32.439 4,2 2011 30.952 4,5 Totais 157.493 3,9
  19. 19. Pesos médios à desmama (240 dias) por rebanho Rebanhos Machos Fêmeas Média Plantéis de seleção 206 190 198 Rebanhos de corte 161 150 155 IMPACTO DO TOURO MELHORADOR DEP – Rebanhos de seleção: 3,9 kg Defasagem genética: 43 kg Rebanhos de seleção – Rebanhos comerciais
  20. 20. IMPACTO TOTAL DO TOURO MELHORADOR: EM kg: DEP + 1/2 (43) = 3,9 + 21,5 = 25,4 kg EM REAIS: 25 kg * R$5,00 = R$125,00 / animal APLICAÇÃO DA RENDA EXTRA DE BEZERROS PARA REPOSIÇÃO DE TOUROS N. Matrizes Bez. / ano Ganho Extra Touros/reposição* Balanço Positivo 100 75 9.375,00 1 2.375,00 200 150 18.750,00 2 4.750,00 400 300 37.500,00 3 16.500,00 600 450 56.250,00 5 21.250,00 1000 750 93.750,00 8 37.750,00 * Valor (50@) 7.000,00 Relação touro : vaca 1:25; Taxa de desmama: 75% Fontes: Sumário Geneplus Nelore 2014; Correa da Costa Leilões Rurais, 2014.
  21. 21. INFERÊNCIAS PARA REBANHOS MAIORES 1. PROGRAMA GENEPLUS/EMBRAPA 157.493 touros ativos (média de 32 mil touros / ano) 2.952.994 produtos 369 milhões de reais / ano! __________________________________________ * Relação touro : vaca: 1:25; taxa de desmama: 75%.
  22. 22. 2. PMGZ, ANCP, Geneplus/Embrapa ● Produtos controlados em 2013: 358.727 * (estimativa de 450 mil matrizes) 180 mil machos a desmama ● 50% destes superiores com DEP semelhante a do Geneplus: 90.000 touros 5 gerações em atividade: 450.000 touros __________________________________________________________________ * ABCZ, 2014 – Relatório 2013; JOSAHKIAN, 2014, comunicação pessoal. 8.437.500 produtos * R$125,00 = 1,05 bilhões de reais / ano
  23. 23. 3. REBANHO COMERCIAL NELORE Demanda anual de touros ● Efetivo com predominância de Nelore: 130 milhões de cab. ● Numero total de matrizes (42%): 55 milhões ● Inseminação artificial: 4 milhões de vacas → Matrizes em monta natural: 51 milhões → Touros ativos: 2 milhões → Demanda anual: 400 mil touros _______________________________________________________________________________ Fontes: MAPA, IBGE, ANUALPEC, ABCZ, ASBIA, 2014 (CARRARA, T. ); JOSAHKIAN, L. A., 2014.
  24. 24. REBANHO COMERCIAL NELORE 400 mil touros / ano Em cinco anos, com reposição feita só com touros melhoradores: 2 milhões de touros 7.500.000 produtos * R$125,00 = 937 milhões de reais / ano 37,5 milhões de produtos * R$125,00 = 4,7 bilhões de reais / ano! (apenas raça Nelore...)
  25. 25. ... GANHOS ESTIMADOS COM BASE NO PESO À DESMAMA, APENAS! + Ganhos correlacionados: ● ganho de peso pós desmama ● pesos ao sobreano e ao abate ● precocidade de acabamento ● conformação frigorífica ● redução da idade de abate ● redução da idade à primeira cria...
  26. 26. → RETORNO DO INVESTIMENTO: Selecionadores: estímulo para aumento da produção de touros Produtores comerciais: retorno econômico; produtividade, renda. Cadeia produtiva e sociedade, em geral Indústria, serviços, mercado interno melhor atendido, competitividade no mercado externo..., geração de divisas para o país. MAS ESTE BENEFÍCIO DE 4,7 BILHÕES DE REAIS AINDA NÃO ESTÁ GARANTIDO...
  27. 27. DEMANDA ANUAL: 400 MIL TOUROS PRODUÇÃO DE MACHOS A DESMAMA: 180 MIL USANDO TODOS OS MACHOS: 45% USANDO APENAS SUPERIORES: 22%
  28. 28. Objetivos: Aumentar a produção em 40%; Dobrar a produtividade! Metas para 2023: 13,6 milhões de toneladas equivalente- carcaça; Capacidade de suporte das pastagens: De 1,3 para 2,3 cab./ha
  29. 29. META PARA A ÁREA DE MELHORAMENTO ANIMAL Até 2023: Produção de 252 mil touros selecionados / ano: Triplicar a produção atual! DIRETRIZES 1. Apoio aos programas de melhoramento; 2. Apoio a transferência de tecnologia; 3. Incentivo a aquisição de touros e matrizes superiores 4. Estruturação de bases de dados. SERÁ QUE DÁ PRA CHEGAR LÁ?
  30. 30. N % N % N % N % Básico (IQGb) 248 23 265 25 211 20 347 32 1.071 Cria (IQGc) 251 23 262 24 228 21 330 31 1.071 Recria (IQGrc) 243 23 244 23 240 22 344 32 1.071 Reprodução (IQGrp) 232 22 221 21 258 24 360 34 1.071 Número e percentual de touros por classe de percentil (População Ativa) e índice * * Sumário Geneplus Nelore, Novembro de 2014 Total IQGb = 5%*TMM + 20%*PD + 15%*TMD + 20%*PS+ 20%*GPD + 5%*CFS + 5%*PES + 10%*IPP IQGc = 15%*PM + 15%*TMM + 35%*PD + 20%*TMD + 15%*CFD IQGrc = 35%PS + 40%GPD + 25%CFS IQGrp = 60%*PES + 40%*IPP Elite Superior Regular InferiorIndice TOUROS COM SÊMEN DISPONÍVEL TOUROS SUPERIORES P/ MONTA NATURAL / ANO: Programas de melhoramento: 90-100 mil
  31. 31. MENSAGEM AO PRODUTOR COMERCIAL: Além do retorno econômico direto, quanto melhor o sistema de produção, maior a eficiência reprodutiva... melhor a relação custo : benefício! Custo relativo da prenhez em monta natural em função do preço do touro e da taxa de prenhez do rebanho* Preço do Touro Taxa de prenhez (%) 50 60 70 80 90 30@ +22 100 -14 -23 -32 40@ +72 +45 +23 +9 -5 70@ +168 +122 +90 +68 +5 * Custo da prenhez de touros de 28@, taxa de 60% = 100. Adaptado de Amaral et. al., 2003.
  32. 32. Mensagem ao selecionador: O programa de melhoramento genético dá resultados!...
  33. 33. -10,00 -5,00 0,00 5,00 10,00 15,00 20,00 Karvadi Chummak Gim Ludy Legat Bitelo Vermut 1955 1965 1976 1980 1985 1995 2000 DEP´s REPRODUTOR EVOLUÇÃO DOS VALORES DE PREDIÇÃO DE DEP’S Maternal Desmama Sobreano Touro Karvadi Chummak Gim Ludy Legat Bitelo Vermut Maternal 0,4 -1,2 -1,1 2,3 1,1 -0,2 -0,5 Desmama -5,8 -3,4 5,8 8,7 7,0 11,2 12,0 Sobreano -7,6 -3,8 7,0 10,0 8,8 13,7 14,1
  34. 34. GADO DE CORTE: O SALTO EM PRODUTIVIDADE Índices Anos 50 Tecnol. Atual ILPF Natalidade (%) 45-55 >80 90 Mortalidade até a desmama (%) 19 4 2,7 Taxa de desmama (%) 45 75 80 Mortalidade pós-desmama (%) 10 2 1 Idade à primeira cria (anos) 4 2-3 2-3 Intervalo de partos (meses) 22 14 12 Idade média de abate (anos) 4-5 2,5 1,5 Taxa de lotação (an./ha) 0,07-0,25 1,6 3,0 Fonte: Zimmer e Euclides (1997); Pereira (2003), CPAP (2006); Kichel et al., 2013.
  35. 35. Para ser melhorador, o touro precisa ser reprodutor. 1. Valor genético; 2. Masculinidade, libido; 3. Funcionalidade, aprumos; 4. Capacidade fecundante; 5. Características raciais; 6. Harmonia, conformação frigorífica: Avaliação Genética + Avaliação Zootécnica e Funcional www.racador.com.br
  36. 36. MUITO OBRIGADO! antonio.rosa@embrapa.br (Jardim, R.D., 2011)

×