SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Baixar para ler offline
Coaching:
A busca da melhoria
do seu desempenho
profissional
Jorge M. Covacs
Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 2
Propósito:
- Apoiar na atuação
profissional, em desafios
operacionais
específicos do trabalho.
Papel do mentor:
- Compartilhar
conhecimento e
experiências.
Experiência (Mentor)
- Conhecimento notório e
experiência na área de
atuação – poder ser uma
referência para o
orientado.
Propósito:
- Escolha profissional. As
habilidades, preferências,
valores pessoais e o que é
demandado e oferecido no
tipo de trabalho procurado.
Papel do conselheiro:
- Auxiliar na tomada de
decisões do aconselhado
Experiência (Conselheiro)
- Experiente em gestão de
carreiras. Convém ter bom
domínio em processos
de recrutamento e seleção
estratégica em RH.
Propósito:
- Desenvolver competências,
melhorar o desempenho do
profissional.
Papel do coach:
- Processo de identificar pontos
fortes e fatores limitantes no
desempenho, plano de ações.
Experiência (Coach)
- Excelente domínio na área
comportamental, em tópicos como
Motivação, Inteligência
Emocional, Avaliação por
Competências e Formaçao de
Equipes (Liderança)
Executive CoachingCounselingMentoring
Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 3
Posições Iniciais
Inexperientes
Executivos
Experientes
COACHING
MENTORING
(Adaptado de FERREIRA; DUTRA; 2013)
MAIOR
COMPLEXIDADE
MENOR
COMPLEXIDADE
COUNSELING
Coaching, Mentoring, Counseling
Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 4
Código de Ética
• Apresentar-se de forma clara e fidedigna, declarando com exatidão
a formação e experiência que tem como coach.
• Suspender ou terminar os serviços prestados de coaching no caso
de surgir problemas pessoais que interfiram negativamente na
prestação de serviços.
• Manter confidencialidade armazenando com segurança e
eliminando todos os registros das sessões, inclusive arquivos
eletrônicos, conforme acordado com o coachee.
• Respeitar as leis e regulamentos aplicáveis de cada local.
• Diversidade e inclusão: não discriminar por idade, raça, orientação
de gênero, etnia, orientação sexual, religião, origem nacional ou
portadores de necessidades especiais.
• Buscar o autodesenvolvimento de forma continuada.
Adaptado de http://www.icf-sp.org/icf-sp.php?id=16
Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 5
Processo de Coaching (G.R.O.W.)
GOAL
REALITY
OPTIONS
WHAT
/
WRAP
UP
O que se pretende
atingir ao final da
sessão de coaching?
Qual a situação atual
e quais os principais
desafios?
Plano de ações;
definir cronograma
e follow-up; avaliar
O que se pode fazer
para promover a
mudança desejada? John Whitmore (1996)
Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 6
• O que pretende atingir no
curto prazo?
• O que pretende atingir no
longo prazo?
• Quais o níveis de controle e
influencia para poder
atingir o seu objetivo?
• Qual (is) critérios permitem
saber se você atingiu o seu
objetivo?
• CONTRATAÇÃO
• RAPPORT
• VISÃO
• MISSÃO
• VALORES
Pontos a observar
Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 7
• O que está acontecendo
especificamente agora? (o
quê, quando, onde, como,
com que frequencia)
• Quem está envolvido
(direta e indiretamente?
• Como isto o afeta?
• ESCUTA ATIVA
• PERGUNTAS PODEROSAS
• REFORMULAÇÃO
Pontos a observar
Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 8
• Quais a(s) alternativa(s) ;
abordagem(ns) mais ade-
quada(s) para enfrentar /
superar o(s) desafio(s)?
• Quem poderia ajudar /
apoiar?
• Quais os recursos
demandados por cada
alternativa ?
• Quais os riscos envolvidos
em cada alternativa
• CHOICE THEORY (Glasser)
• ANALISE TRANSACIONAL (Berne)
• MOTIVOS SOCIAIS (McClelland)
• ESTILOS PESSOAIS (MBTI; DISC)
• ESTILOS LIDERANÇA (Adizes, Blanchard)
• INTELIGENCIA EMOCIONAL(Goleman)
Alguns Recursos
Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 9
• Qual a alternativa /
abordagem escolhida?
• Quando precisamente irá
iniciar e concluir cada um
dos passos da decisão
tomada?
• Existe algum tipo de
resistência em relação a
cada um destes passos?
• Quem precisará ser
envolvido? Como fará isto?
• METAS “SMART”
• CRENÇAS LIMITADORAS
Pontos a observar
Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 10
10
Maturidade Profissional
“Capacidade e disposição de uma pessoa em assumir a
responsabilidade de dirigir seu próprio
comportamento em relação a uma função, objetivo ou
tarefa específica a ser realizada.
Neste sentido um indivíduo ou um grupo não é maduro
ou imaturo num sentido total “
(Hersey & Blanchard)
Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng.
INFORMAÇÃO
• DADOS
• INSTRUÇÕES
CONHECIMENTO
• REPERTÓRIO
• CONEXÃO
PRÁTICA MONITORADA
• PROCEDIMENTOS PASSO A PASSO
• KNOW WHAT
EXECUÇÃO AUTÔNOMA
• DOMÍNIO - CAPACIDADE DECISÃO
• KNOW HOW
11
Maturidade
Habilidades superiores,
mas falta confiança
Habilidades
Baixa limitadas
Maturidade
M2
M1
M4
M3
TEMPO21 43
COMPLEXIDADE
MATURIDADE
(Hersey & Blanchard)
Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 12
12
Pensamentos
“Aquilo que persistimos em fazer se torna mais fácil, não porque a
natureza da tarefa tenha mudado, mas porque nossa capacidade de
realizá-la aumentou.” (Ralph Waldo Emerson)
“Ninguém pode te ferir sem o teu consentimento.”
(Eleanor Roosevelt)
“Nossa liberdade definitiva é o direito e o poder de decidir como
qualquer pessoa ou qualquer coisa fora de nós mesmos nos
afetará.” (Stephen R. Covey)
“Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então,
não é um modo de agir, mas um hábito.” (Aristóteles)
Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 13
Jorge M. Covacs, MSc, MEng
Mestre em Psicologia da Saúde (UMESP, 2006), Master of
Engineering (Brigham Young University, 1982); Engenheiro
Mecânico de Aeronáutica (Instituto Tecnológico de
Aeronáutica, 1978).
Professional Program on Innovation (Massachusetts Institute of Technology,
2011), Certificate Program in Executive Management – Project Management
(University of La Verne, 2010), Personal & Executive Coaching (Integrated
Coaching Institute, 2009), Choice Theory Basic Intensive Training (William
Glasser Institute, 2018), Qualificado para aplicar e dar devolutivas do MBTI –
Myer Briggs Type Indicator (Fellipelli, 2009).
Exerceu funções executivas em empresas multinacionais em Gestão Estratégica
de Recursos Humanos, Gestão da Qualidade, Gestão de Processos e de Projetos.
Professor convidado em cursos de MBA e Especialização em módulos voltados a
Gestão de Pessoas, Liderança e Formação de Equipes de Alto Desempenho,
Gestão do Conhecimento e Aprendizagem Organizacional, e Fatores Humanos
na Qualidade. Foi Consultor Associado à Korn Ferry Hay Group (2004 a 2016).
Email: covacs@jcovacs.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ap 1 conheça a si mesmo
Ap 1   conheça a si mesmoAp 1   conheça a si mesmo
Ap 1 conheça a si mesmoFlavio Freitas
 
Gestão e Liderança de Pessoas - Aulas 1 e 2
Gestão e Liderança de Pessoas - Aulas 1 e 2Gestão e Liderança de Pessoas - Aulas 1 e 2
Gestão e Liderança de Pessoas - Aulas 1 e 2Wandick Rocha de Aquino
 
S R A Bernadete MotivaçãO
S R A  Bernadete    MotivaçãOS R A  Bernadete    MotivaçãO
S R A Bernadete MotivaçãOtaniamaciel
 
Liderança e motivação
Liderança e motivaçãoLiderança e motivação
Liderança e motivaçãoRodneync
 
TESTE DE AUTOCONHECIMENTO
TESTE DE AUTOCONHECIMENTOTESTE DE AUTOCONHECIMENTO
TESTE DE AUTOCONHECIMENTORael Bispo
 
Treinamentos Comportamentais - Psicóloga Patrícia Sena
Treinamentos Comportamentais - Psicóloga Patrícia SenaTreinamentos Comportamentais - Psicóloga Patrícia Sena
Treinamentos Comportamentais - Psicóloga Patrícia SenaPatrícia Sena
 
Motivação de equipes nas organizações
Motivação de equipes nas organizaçõesMotivação de equipes nas organizações
Motivação de equipes nas organizaçõesViviane Carolina
 
Comunicação mais eficaz com o modelo DiSC
Comunicação mais eficaz com o modelo DiSCComunicação mais eficaz com o modelo DiSC
Comunicação mais eficaz com o modelo DiSCmiguelcabral
 
Lições de liderança - O monge e o executivo
Lições de liderança - O monge e o executivoLições de liderança - O monge e o executivo
Lições de liderança - O monge e o executivoCursos Profissionalizantes
 
Competencias de lideranca
Competencias de liderancaCompetencias de lideranca
Competencias de liderancaIsaac Martins
 
inMBA - Tema Liderança - Aula 1
inMBA - Tema Liderança - Aula 1inMBA - Tema Liderança - Aula 1
inMBA - Tema Liderança - Aula 1Marcus Pimenta
 
Treinamento de liderança desenvolvido por Jorge Antonio Pereira
Treinamento de liderança desenvolvido por Jorge Antonio PereiraTreinamento de liderança desenvolvido por Jorge Antonio Pereira
Treinamento de liderança desenvolvido por Jorge Antonio PereiraHélder Emiliano de Souza
 
Motivação e liderança
Motivação e liderançaMotivação e liderança
Motivação e liderançaLuiz Aquino
 
Liderança e comportamento organizacional
Liderança e comportamento organizacionalLiderança e comportamento organizacional
Liderança e comportamento organizacionalRicardo Albuquerque
 

Mais procurados (20)

Ap 1 conheça a si mesmo
Ap 1   conheça a si mesmoAp 1   conheça a si mesmo
Ap 1 conheça a si mesmo
 
Gestão e Liderança de Pessoas - Aulas 1 e 2
Gestão e Liderança de Pessoas - Aulas 1 e 2Gestão e Liderança de Pessoas - Aulas 1 e 2
Gestão e Liderança de Pessoas - Aulas 1 e 2
 
S R A Bernadete MotivaçãO
S R A  Bernadete    MotivaçãOS R A  Bernadete    MotivaçãO
S R A Bernadete MotivaçãO
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Perfil comportamental
Perfil comportamentalPerfil comportamental
Perfil comportamental
 
Liderança e motivação
Liderança e motivaçãoLiderança e motivação
Liderança e motivação
 
TESTE DE AUTOCONHECIMENTO
TESTE DE AUTOCONHECIMENTOTESTE DE AUTOCONHECIMENTO
TESTE DE AUTOCONHECIMENTO
 
Liderança e motivação
Liderança e motivaçãoLiderança e motivação
Liderança e motivação
 
Treinamentos Comportamentais - Psicóloga Patrícia Sena
Treinamentos Comportamentais - Psicóloga Patrícia SenaTreinamentos Comportamentais - Psicóloga Patrícia Sena
Treinamentos Comportamentais - Psicóloga Patrícia Sena
 
Motivação de equipes nas organizações
Motivação de equipes nas organizaçõesMotivação de equipes nas organizações
Motivação de equipes nas organizações
 
Comunicação mais eficaz com o modelo DiSC
Comunicação mais eficaz com o modelo DiSCComunicação mais eficaz com o modelo DiSC
Comunicação mais eficaz com o modelo DiSC
 
Gestão e Liderança_Prof. Randes
Gestão e Liderança_Prof. RandesGestão e Liderança_Prof. Randes
Gestão e Liderança_Prof. Randes
 
Lições de liderança - O monge e o executivo
Lições de liderança - O monge e o executivoLições de liderança - O monge e o executivo
Lições de liderança - O monge e o executivo
 
Competencias de lideranca
Competencias de liderancaCompetencias de lideranca
Competencias de lideranca
 
inMBA - Tema Liderança - Aula 1
inMBA - Tema Liderança - Aula 1inMBA - Tema Liderança - Aula 1
inMBA - Tema Liderança - Aula 1
 
Treinamento de liderança desenvolvido por Jorge Antonio Pereira
Treinamento de liderança desenvolvido por Jorge Antonio PereiraTreinamento de liderança desenvolvido por Jorge Antonio Pereira
Treinamento de liderança desenvolvido por Jorge Antonio Pereira
 
Conceitos de Liderança
Conceitos de LiderançaConceitos de Liderança
Conceitos de Liderança
 
Motivação e liderança
Motivação e liderançaMotivação e liderança
Motivação e liderança
 
Feedback
FeedbackFeedback
Feedback
 
Liderança e comportamento organizacional
Liderança e comportamento organizacionalLiderança e comportamento organizacional
Liderança e comportamento organizacional
 

Semelhante a Coaching: o processo de melhoria do desempenho profissional.

Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança lider coach, feedback, des ...
Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança   lider coach, feedback, des ...Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança   lider coach, feedback, des ...
Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança lider coach, feedback, des ...Janaina Ferreira
 
Coaching em liderança - Julio Pereira
Coaching em liderança - Julio PereiraCoaching em liderança - Julio Pereira
Coaching em liderança - Julio PereiraArmin Caldas
 
Sofia Calheiros-Coaching-5W
Sofia Calheiros-Coaching-5WSofia Calheiros-Coaching-5W
Sofia Calheiros-Coaching-5WSofia Calheiros
 
A atitude positiva é uma escolha
A atitude positiva é uma escolhaA atitude positiva é uma escolha
A atitude positiva é uma escolhaFabio Scussolino
 
IX Compartilhando Experiências - O gestor como líder-coach na execução da est...
IX Compartilhando Experiências - O gestor como líder-coach na execução da est...IX Compartilhando Experiências - O gestor como líder-coach na execução da est...
IX Compartilhando Experiências - O gestor como líder-coach na execução da est...Izabela Rasera
 
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.JosineiPeres
 
Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"
Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"
Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"Manuela Selas
 
Lider coach palestra FTEC 2013
Lider coach palestra FTEC 2013Lider coach palestra FTEC 2013
Lider coach palestra FTEC 2013Ivana M T Hilgert
 
FERRAMENTAS DE COACHING PARA CONDUÇÃO DE EQUIPES.pptx
FERRAMENTAS DE COACHING PARA CONDUÇÃO DE EQUIPES.pptxFERRAMENTAS DE COACHING PARA CONDUÇÃO DE EQUIPES.pptx
FERRAMENTAS DE COACHING PARA CONDUÇÃO DE EQUIPES.pptxAlessandroTrappel
 
Coaching - Maximizando Resultados Pessoais e Profissionais
Coaching - Maximizando Resultados Pessoais e ProfissionaisCoaching - Maximizando Resultados Pessoais e Profissionais
Coaching - Maximizando Resultados Pessoais e ProfissionaisIBC Coaching
 
Rascunho Ead avaliação de desempenho
Rascunho Ead avaliação de desempenhoRascunho Ead avaliação de desempenho
Rascunho Ead avaliação de desempenhoRonaldo Moura
 
Career Business Mentor Coach
Career Business Mentor CoachCareer Business Mentor Coach
Career Business Mentor CoachCarolina M. Luize
 
Gestão de Pessoas em Projetos
Gestão de Pessoas em ProjetosGestão de Pessoas em Projetos
Gestão de Pessoas em ProjetosGUGP SUCESU-RS
 

Semelhante a Coaching: o processo de melhoria do desempenho profissional. (20)

Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança lider coach, feedback, des ...
Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança   lider coach, feedback, des ...Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança   lider coach, feedback, des ...
Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança lider coach, feedback, des ...
 
Gestao de equipas
Gestao de equipasGestao de equipas
Gestao de equipas
 
Coaching em liderança - Julio Pereira
Coaching em liderança - Julio PereiraCoaching em liderança - Julio Pereira
Coaching em liderança - Julio Pereira
 
Sofia Calheiros-Coaching-5W
Sofia Calheiros-Coaching-5WSofia Calheiros-Coaching-5W
Sofia Calheiros-Coaching-5W
 
A atitude positiva é uma escolha
A atitude positiva é uma escolhaA atitude positiva é uma escolha
A atitude positiva é uma escolha
 
IX Compartilhando Experiências - O gestor como líder-coach na execução da est...
IX Compartilhando Experiências - O gestor como líder-coach na execução da est...IX Compartilhando Experiências - O gestor como líder-coach na execução da est...
IX Compartilhando Experiências - O gestor como líder-coach na execução da est...
 
Coaching Educativo - Projecto Fénix
Coaching Educativo - Projecto FénixCoaching Educativo - Projecto Fénix
Coaching Educativo - Projecto Fénix
 
Personalidade valores e atitudes
Personalidade valores e atitudesPersonalidade valores e atitudes
Personalidade valores e atitudes
 
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
 
Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"
Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"
Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"
 
Liderando para o engajamento da equipe
Liderando para o engajamento da equipeLiderando para o engajamento da equipe
Liderando para o engajamento da equipe
 
Lider coach palestra FTEC 2013
Lider coach palestra FTEC 2013Lider coach palestra FTEC 2013
Lider coach palestra FTEC 2013
 
Apostila Completa Autoliderança.pdf
Apostila Completa Autoliderança.pdfApostila Completa Autoliderança.pdf
Apostila Completa Autoliderança.pdf
 
Coaching
CoachingCoaching
Coaching
 
FERRAMENTAS DE COACHING PARA CONDUÇÃO DE EQUIPES.pptx
FERRAMENTAS DE COACHING PARA CONDUÇÃO DE EQUIPES.pptxFERRAMENTAS DE COACHING PARA CONDUÇÃO DE EQUIPES.pptx
FERRAMENTAS DE COACHING PARA CONDUÇÃO DE EQUIPES.pptx
 
Coaching - Maximizando Resultados Pessoais e Profissionais
Coaching - Maximizando Resultados Pessoais e ProfissionaisCoaching - Maximizando Resultados Pessoais e Profissionais
Coaching - Maximizando Resultados Pessoais e Profissionais
 
Rascunho Ead avaliação de desempenho
Rascunho Ead avaliação de desempenhoRascunho Ead avaliação de desempenho
Rascunho Ead avaliação de desempenho
 
Career Business Mentor Coach
Career Business Mentor CoachCareer Business Mentor Coach
Career Business Mentor Coach
 
Leader Coach
Leader CoachLeader Coach
Leader Coach
 
Gestão de Pessoas em Projetos
Gestão de Pessoas em ProjetosGestão de Pessoas em Projetos
Gestão de Pessoas em Projetos
 

Mais de Jorge Covacs

Balanced scorecard - recurso para a gestão da carreira profissional
Balanced scorecard -  recurso para a gestão da carreira profissionalBalanced scorecard -  recurso para a gestão da carreira profissional
Balanced scorecard - recurso para a gestão da carreira profissionalJorge Covacs
 
Planejamento de carreira, para jovens
Planejamento de carreira, para jovensPlanejamento de carreira, para jovens
Planejamento de carreira, para jovensJorge Covacs
 
Empreendedorismo e inovacao o perfil do empreendedor e o plano de negocios
Empreendedorismo e inovacao   o perfil do empreendedor e o plano de negociosEmpreendedorismo e inovacao   o perfil do empreendedor e o plano de negocios
Empreendedorismo e inovacao o perfil do empreendedor e o plano de negociosJorge Covacs
 
Escolhas: Assumindo o controle de si mesmo. (Choice Theory)
Escolhas: Assumindo o controle de si mesmo. (Choice Theory)Escolhas: Assumindo o controle de si mesmo. (Choice Theory)
Escolhas: Assumindo o controle de si mesmo. (Choice Theory)Jorge Covacs
 
Adversidade, estratégias de enfrentamento no trabalho covacs 2016
Adversidade, estratégias de enfrentamento no trabalho   covacs 2016Adversidade, estratégias de enfrentamento no trabalho   covacs 2016
Adversidade, estratégias de enfrentamento no trabalho covacs 2016Jorge Covacs
 
Método para análise e melhoria de processos
Método para análise e melhoria de processosMétodo para análise e melhoria de processos
Método para análise e melhoria de processosJorge Covacs
 
Visão Sistêmica - Uma competência gerencial.
Visão Sistêmica - Uma competência gerencial.Visão Sistêmica - Uma competência gerencial.
Visão Sistêmica - Uma competência gerencial.Jorge Covacs
 
Seminário sobre Criatividade e Inovação
Seminário sobre Criatividade e InovaçãoSeminário sobre Criatividade e Inovação
Seminário sobre Criatividade e InovaçãoJorge Covacs
 
Palestra sobre Empregabilidade
Palestra sobre Empregabilidade Palestra sobre Empregabilidade
Palestra sobre Empregabilidade Jorge Covacs
 
Leader as a Coach: Impact on Employee’s Commitment- Lean & Six Sigma World Co...
Leader as a Coach: Impact on Employee’s Commitment- Lean & Six Sigma World Co...Leader as a Coach: Impact on Employee’s Commitment- Lean & Six Sigma World Co...
Leader as a Coach: Impact on Employee’s Commitment- Lean & Six Sigma World Co...Jorge Covacs
 
Gestão de Pessoas • Seminário Internacional SAPIA 2013 • Covacs
Gestão de Pessoas • Seminário Internacional SAPIA 2013 • CovacsGestão de Pessoas • Seminário Internacional SAPIA 2013 • Covacs
Gestão de Pessoas • Seminário Internacional SAPIA 2013 • CovacsJorge Covacs
 

Mais de Jorge Covacs (11)

Balanced scorecard - recurso para a gestão da carreira profissional
Balanced scorecard -  recurso para a gestão da carreira profissionalBalanced scorecard -  recurso para a gestão da carreira profissional
Balanced scorecard - recurso para a gestão da carreira profissional
 
Planejamento de carreira, para jovens
Planejamento de carreira, para jovensPlanejamento de carreira, para jovens
Planejamento de carreira, para jovens
 
Empreendedorismo e inovacao o perfil do empreendedor e o plano de negocios
Empreendedorismo e inovacao   o perfil do empreendedor e o plano de negociosEmpreendedorismo e inovacao   o perfil do empreendedor e o plano de negocios
Empreendedorismo e inovacao o perfil do empreendedor e o plano de negocios
 
Escolhas: Assumindo o controle de si mesmo. (Choice Theory)
Escolhas: Assumindo o controle de si mesmo. (Choice Theory)Escolhas: Assumindo o controle de si mesmo. (Choice Theory)
Escolhas: Assumindo o controle de si mesmo. (Choice Theory)
 
Adversidade, estratégias de enfrentamento no trabalho covacs 2016
Adversidade, estratégias de enfrentamento no trabalho   covacs 2016Adversidade, estratégias de enfrentamento no trabalho   covacs 2016
Adversidade, estratégias de enfrentamento no trabalho covacs 2016
 
Método para análise e melhoria de processos
Método para análise e melhoria de processosMétodo para análise e melhoria de processos
Método para análise e melhoria de processos
 
Visão Sistêmica - Uma competência gerencial.
Visão Sistêmica - Uma competência gerencial.Visão Sistêmica - Uma competência gerencial.
Visão Sistêmica - Uma competência gerencial.
 
Seminário sobre Criatividade e Inovação
Seminário sobre Criatividade e InovaçãoSeminário sobre Criatividade e Inovação
Seminário sobre Criatividade e Inovação
 
Palestra sobre Empregabilidade
Palestra sobre Empregabilidade Palestra sobre Empregabilidade
Palestra sobre Empregabilidade
 
Leader as a Coach: Impact on Employee’s Commitment- Lean & Six Sigma World Co...
Leader as a Coach: Impact on Employee’s Commitment- Lean & Six Sigma World Co...Leader as a Coach: Impact on Employee’s Commitment- Lean & Six Sigma World Co...
Leader as a Coach: Impact on Employee’s Commitment- Lean & Six Sigma World Co...
 
Gestão de Pessoas • Seminário Internacional SAPIA 2013 • Covacs
Gestão de Pessoas • Seminário Internacional SAPIA 2013 • CovacsGestão de Pessoas • Seminário Internacional SAPIA 2013 • Covacs
Gestão de Pessoas • Seminário Internacional SAPIA 2013 • Covacs
 

Coaching: o processo de melhoria do desempenho profissional.

  • 1. Coaching: A busca da melhoria do seu desempenho profissional Jorge M. Covacs
  • 2. Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 2 Propósito: - Apoiar na atuação profissional, em desafios operacionais específicos do trabalho. Papel do mentor: - Compartilhar conhecimento e experiências. Experiência (Mentor) - Conhecimento notório e experiência na área de atuação – poder ser uma referência para o orientado. Propósito: - Escolha profissional. As habilidades, preferências, valores pessoais e o que é demandado e oferecido no tipo de trabalho procurado. Papel do conselheiro: - Auxiliar na tomada de decisões do aconselhado Experiência (Conselheiro) - Experiente em gestão de carreiras. Convém ter bom domínio em processos de recrutamento e seleção estratégica em RH. Propósito: - Desenvolver competências, melhorar o desempenho do profissional. Papel do coach: - Processo de identificar pontos fortes e fatores limitantes no desempenho, plano de ações. Experiência (Coach) - Excelente domínio na área comportamental, em tópicos como Motivação, Inteligência Emocional, Avaliação por Competências e Formaçao de Equipes (Liderança) Executive CoachingCounselingMentoring
  • 3. Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 3 Posições Iniciais Inexperientes Executivos Experientes COACHING MENTORING (Adaptado de FERREIRA; DUTRA; 2013) MAIOR COMPLEXIDADE MENOR COMPLEXIDADE COUNSELING Coaching, Mentoring, Counseling
  • 4. Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 4 Código de Ética • Apresentar-se de forma clara e fidedigna, declarando com exatidão a formação e experiência que tem como coach. • Suspender ou terminar os serviços prestados de coaching no caso de surgir problemas pessoais que interfiram negativamente na prestação de serviços. • Manter confidencialidade armazenando com segurança e eliminando todos os registros das sessões, inclusive arquivos eletrônicos, conforme acordado com o coachee. • Respeitar as leis e regulamentos aplicáveis de cada local. • Diversidade e inclusão: não discriminar por idade, raça, orientação de gênero, etnia, orientação sexual, religião, origem nacional ou portadores de necessidades especiais. • Buscar o autodesenvolvimento de forma continuada. Adaptado de http://www.icf-sp.org/icf-sp.php?id=16
  • 5. Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 5 Processo de Coaching (G.R.O.W.) GOAL REALITY OPTIONS WHAT / WRAP UP O que se pretende atingir ao final da sessão de coaching? Qual a situação atual e quais os principais desafios? Plano de ações; definir cronograma e follow-up; avaliar O que se pode fazer para promover a mudança desejada? John Whitmore (1996)
  • 6. Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 6 • O que pretende atingir no curto prazo? • O que pretende atingir no longo prazo? • Quais o níveis de controle e influencia para poder atingir o seu objetivo? • Qual (is) critérios permitem saber se você atingiu o seu objetivo? • CONTRATAÇÃO • RAPPORT • VISÃO • MISSÃO • VALORES Pontos a observar
  • 7. Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 7 • O que está acontecendo especificamente agora? (o quê, quando, onde, como, com que frequencia) • Quem está envolvido (direta e indiretamente? • Como isto o afeta? • ESCUTA ATIVA • PERGUNTAS PODEROSAS • REFORMULAÇÃO Pontos a observar
  • 8. Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 8 • Quais a(s) alternativa(s) ; abordagem(ns) mais ade- quada(s) para enfrentar / superar o(s) desafio(s)? • Quem poderia ajudar / apoiar? • Quais os recursos demandados por cada alternativa ? • Quais os riscos envolvidos em cada alternativa • CHOICE THEORY (Glasser) • ANALISE TRANSACIONAL (Berne) • MOTIVOS SOCIAIS (McClelland) • ESTILOS PESSOAIS (MBTI; DISC) • ESTILOS LIDERANÇA (Adizes, Blanchard) • INTELIGENCIA EMOCIONAL(Goleman) Alguns Recursos
  • 9. Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 9 • Qual a alternativa / abordagem escolhida? • Quando precisamente irá iniciar e concluir cada um dos passos da decisão tomada? • Existe algum tipo de resistência em relação a cada um destes passos? • Quem precisará ser envolvido? Como fará isto? • METAS “SMART” • CRENÇAS LIMITADORAS Pontos a observar
  • 10. Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 10 10 Maturidade Profissional “Capacidade e disposição de uma pessoa em assumir a responsabilidade de dirigir seu próprio comportamento em relação a uma função, objetivo ou tarefa específica a ser realizada. Neste sentido um indivíduo ou um grupo não é maduro ou imaturo num sentido total “ (Hersey & Blanchard)
  • 11. Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. INFORMAÇÃO • DADOS • INSTRUÇÕES CONHECIMENTO • REPERTÓRIO • CONEXÃO PRÁTICA MONITORADA • PROCEDIMENTOS PASSO A PASSO • KNOW WHAT EXECUÇÃO AUTÔNOMA • DOMÍNIO - CAPACIDADE DECISÃO • KNOW HOW 11 Maturidade Habilidades superiores, mas falta confiança Habilidades Baixa limitadas Maturidade M2 M1 M4 M3 TEMPO21 43 COMPLEXIDADE MATURIDADE (Hersey & Blanchard)
  • 12. Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 12 12 Pensamentos “Aquilo que persistimos em fazer se torna mais fácil, não porque a natureza da tarefa tenha mudado, mas porque nossa capacidade de realizá-la aumentou.” (Ralph Waldo Emerson) “Ninguém pode te ferir sem o teu consentimento.” (Eleanor Roosevelt) “Nossa liberdade definitiva é o direito e o poder de decidir como qualquer pessoa ou qualquer coisa fora de nós mesmos nos afetará.” (Stephen R. Covey) “Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um modo de agir, mas um hábito.” (Aristóteles)
  • 13. Jorge M. Covacs, M.Sc., M.Eng. 13 Jorge M. Covacs, MSc, MEng Mestre em Psicologia da Saúde (UMESP, 2006), Master of Engineering (Brigham Young University, 1982); Engenheiro Mecânico de Aeronáutica (Instituto Tecnológico de Aeronáutica, 1978). Professional Program on Innovation (Massachusetts Institute of Technology, 2011), Certificate Program in Executive Management – Project Management (University of La Verne, 2010), Personal & Executive Coaching (Integrated Coaching Institute, 2009), Choice Theory Basic Intensive Training (William Glasser Institute, 2018), Qualificado para aplicar e dar devolutivas do MBTI – Myer Briggs Type Indicator (Fellipelli, 2009). Exerceu funções executivas em empresas multinacionais em Gestão Estratégica de Recursos Humanos, Gestão da Qualidade, Gestão de Processos e de Projetos. Professor convidado em cursos de MBA e Especialização em módulos voltados a Gestão de Pessoas, Liderança e Formação de Equipes de Alto Desempenho, Gestão do Conhecimento e Aprendizagem Organizacional, e Fatores Humanos na Qualidade. Foi Consultor Associado à Korn Ferry Hay Group (2004 a 2016). Email: covacs@jcovacs.com.br