A Interiorização da Ocupação Colonial Portuguesa.

5.482 visualizações

Publicada em

A Interiorização da Ocupação Colonial Portuguesa.
Prof. Medeiros - www.historiasdomedeiros.blogspot.com

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.482
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.649
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
73
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Interiorização da Ocupação Colonial Portuguesa.

  1. 1. www.historiasdomedeiros.blogspot.com
  2. 2. A Ampliação do Território Português na América do Sul A expansão da ocupação portuguesa para além da divisão determinada em 1494 pelo Tratado de Tordesilhas foi gradativa e resultou da articulação entre vários fatores:
  3. 3. A Ampliação do Território Português na América do Sul A expansão da ocupação portuguesa para além da divisão determinada em 1494 pelo Tratado de Tordesilhas foi gradativa e resultou da articulação entre vários fatores:  o “descaso” espanhol;  a União Ibérica (1580-1640);  a pecuária;  a busca das drogas do sertão;  a mineração;  a necessidade de defesa (ocupação) – litoral norte e região sul;  o bandeirismo: Entradas, Bandeiras, Monções e Sertanismo de Contrato;  o aldeamento religioso (reduções ou missões jesuíticas).
  4. 4. O “descaso” espanhol
  5. 5. A União Ibérica 1580-1640
  6. 6. A extração das Drogas do Sertão
  7. 7. A Mineração
  8. 8. 1584 – Filipéia de Nossa Senhora das Neves (hoje João Pessoa); 1597 – Forte dos Reis Magos (hoje Natal); 1612 – Forte de São Luís (hoje São Luís); 1613 – Forte de Nossa Senhora do Amparo (hoje Fortaleza); 1616 – Forte Presépio de Santa Maria de Belém (hoje Belém). A Defesa do Litoral Norte
  9. 9. O Bandeirismo Entradas Bandeiras Monções Sertanismo de Contrato
  10. 10. As Missões Jesuíticas
  11. 11. Os Tratados de Limites Toda a movimentação de interiorização do continente provocou mudanças na antiga divisão, definida em 1494 pelo Tratado de Tordesilhas. Para acertar a nova partilha, foram assinados outros tratados entre Portugal e Espanha.
  12. 12. 1713 - 1o Tratado de Utrecht: definiu o Rio Oiapoque como fronteira entre o Brasil e a Guiana Francesa; 1715 - 2o Tratado de Utrecht: reafirmava o direito de Portugal sobre a Colônia do Sacramento; 1750 - Tratado de Madri: estabeleceu o princípio do uti possidetis.
  13. 13. Marco do Jauro, hoje na praça central de Cáceres-MT.
  14. 14. O Marco do Jauru é um monumento histórico, localizado no município de Cáceres, em Mato Grosso. Feito em Lisboa, de pedra de lioz, o marco foi trazido desmontado ao Brasil, sendo montado e plantado à margem do rio Jauru, em 18 de janeiro de 1754 pelo 1º Governador e Capitão-General da Capitania de Mato Grosso, Dom Antônio Rolim de Moura Tavares. A peça arquitetônica, seccionada em duas partes, portuguesa e espanhola, foi erguida com a finalidade de demarcar a fronteira territorial, estabelecida pelo Tratado de Madri, entre os domínios espanhóis e portugueses na América do Sul, e selou o fim das disputas territoriais entre os dois países na América. Em 2 de fevereiro de 1883, pela iniciativa do então Tenente-Coronel Antônio Maria Coelho, o marco foi levado para o Largo da Matriz, hoje Praça Barão do Rio Branco, em frente à Catedral de São Luís, em Cáceres. Em Maio 2009, após oito anos de investigações de uma equipe multidisciplinar, liderado pelo historiador Sandro Miguel da Silva Paula, sargento do Exército, com a participação de geógrafos, historiadores, cartógrafos do Exército, engenheiros e professores da área de pesquisa, foi achado o sítio original do marco, situado a 544m da boca do rio Jauru, seguindo as indicações do matemático Francisco José Lacerda e Almeida e do astrônomo Antonio Pires da Silva Pontes Leme, que entre 1.780 e 1.790 realizaram uma expedição de Vila Bela da Santíssima Trindade (MT) a Capitania de São Paulo.
  15. 15. 1777 - Tratado de Santo Ildefonso: reafirmou a posse da Colônia do Sacramento pela Espanha, que passava também a ter domínio sobre Sete Povos das Missões. Ao Norte, ratificava a fronteira marcada pelo rio Oiapoque; 1801 - Tratado de Badajoz: incorporou Sete Povos das Missões ao território brasileiro.
  16. 16. A Caminho das Gerais Após recuperar sua autonomia em relação à Espanha, Portugal deparou-se com uma grave crise econômica provocada pela falta de recursos para manter as importações. Pressionado por essa crise, o governo metropolitano decidiu incentivar a busca de metais preciosos no Brasil e, na segunda metade do século XVII, fez promessas de vantagens financeiras para quem encontrasse ouro e outras riquezas minerais.

×