SAIBA SE VOCÊ É COMPASSIVO.
Notando o comportamento dos discípulos diante de situações de fome Jesus via
neles que não tin...
Quando alguém é movido de compaixão por outra pessoa é difícil que este
sentimento seja meramente humano, pois Deus escrev...
"E, Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e possuído de íntima compaixão para
com ela, curou os seus enfermos." (Mateus ...
isso tocando trombeta para todos verem e só se sentem usados por Deus quando podem
fazer por alguém que possa dar algo em ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Saiba Se Você é Compassivo

283 visualizações

Publicada em

Saiba Se Você é Compassivo

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
283
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Saiba Se Você é Compassivo

  1. 1. SAIBA SE VOCÊ É COMPASSIVO. Notando o comportamento dos discípulos diante de situações de fome Jesus via neles que não tinham fé para realizar milagres, a ponto de proverem para o povo o alimento que necessitavam. Os discípulos não tinham alimento espiritual, como a fé, para crer que Deus iria provê o alimento, somente viam com os olhos carnais, olhavam as circunstâncias. Como alimentar uma multidão? Isso não os deixava perceber que dando graças todo alimento era provido para todos. A palavra do Senhor nos diz que Jesus se compadecia das multidões, não só porque eram como ovelhas que não tinham um pastor, mas pela fome que afligia suas almas. Jesus não se perguntava se elas mereciam ou não o alimento que Ele daria, mas ele simplesmente se compadecia delas (Mateus 15:32). Compadecer-se ou ter compaixão significa condoer-se, sentir a dor do outro, como se fosse a sua própria dor. Pense no que você faria para acabar com sua dor, é o que você deve fazer pelo próximo, pelo seu irmão, pelo aflito. Muitas das vezes é fácil pensarmos que Deus quer corrigir as pessoas quando passam por necessidades do que pensar em colocar mão em nossos bolsos para suster a necessidade do próximo, seja ele irmão ou não. E algum de vós lhes disser: Ide em paz, aquentai-vos e fartai-vos; e não lhes derdes as coisas necessárias para o corpo, que proveito virá daí? (Tiago 2:16). O Senhor Jesus nos ensina a orar para que o alimento não nos falte na mesa, mas se ele falta, o Senhor nos diz que jamais mendigaríamos o pão e salmista testifica sobre isso dizendo: Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua semente a mendigar o pão. (Salmo 37:25) Se essa promessa é real, e eu creio que ela é vida para aqueles que creem, Jesus irá provê no tempo da sua bondade infinita aos necessitados, dependentes e humildes a sua bênção, porque é compassivo e essa é uma característica D’Ele. Os Samaritanos
  2. 2. Quando alguém é movido de compaixão por outra pessoa é difícil que este sentimento seja meramente humano, pois Deus escreveu no DNA do homem “boas obras”, como ensina o apóstolo Paulo em sua carta aos Efésios 2:10 para pudéssemos andar nelas. Por isso o próprio Senhor Jesus ao contar a parábola do bom samaritano, ensinava aos judeus que uma pessoa boa poderia ser também samaritano, mostrando a eles que a bondade de Deus é independente de classe social. Isto ele dizia, pois, os judeus não se davam com os samaritanos. Haja vista também um dos que 10 leprosos que voltaram para agradecer ao Senhor Jesus, era samaritano. Em uma dessas ocasiões disseram que Jesus tinhas demônios, por isso tinham razão em chama-lo de samaritano, tal a desavença dos judeus com este povo. Os samaritanos eram um povo judeu que ao longo dos anos vividos entre a divisão do reino de Norte, com as nove tribos de Israel e a volta do povo da Babilônia para Jerusalém ficaram na terra de Samaria durante os setenta anos e acabaram durante este tempo de misturando com povos de outras nações. Quando Neemias volta para Jerusalém para reconstrução dos muros, este povo é identificado por eles como samaritanos, cuja identidade judia havia sido perdida durante o tempo que os judeus ficaram na Babilônia, por terem se misturado com outros povos, por esta causa Neemias não permiti que eles participem da restauração de Jerusalém, por serem agora como gentios e pagãos para eles até os dias hoje. O Amor... Esse sentimento provém do SENHOR da compaixão. Não confunda sentimento de compaixão com intenção em proveito próprio, esperando algo em troca, aguardando uma recompensa no final. Amai, porém, os vossos inimigos, fazei o bem e emprestai, sem esperar nenhuma paga; será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo. Pois ele é benigno até para com os ingratos e maus. (Lucas 6:35) Ora, o que Deus está dizendo? Esta nos dizendo que, se Ele consegui ser bom e fiel até aqueles que são infiéis, ingratos e maus quando praticam a justiça, que dirá conosco que procuramos como filhos amados de Deus andar na verdade. Esse sentimento de recompensa em favor próprio não passam de orgulho, vaidade e avareza. Se alguém faz algo por você em tempos determinados ou oportunos para ela, veja que proveito essa pessoa quer, ou o que você espera obter. A compaixão e o amor de Deus não têm fundo de moeda de troca. Quando Jesus avistou o samaritano, a palavra de Deus nos diz que o Senhor se moveu de intima compaixão, por causa da dor daquele homem. "Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou ao pé dele e, vendo-o, moveu-se de íntima compaixão;" (Lucas 10:33) "Então Jesus, movido de íntima compaixão, tocou-lhes nos olhos, e logo viram; e eles o seguiram." (Mateus 20:34)
  3. 3. "E, Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e possuído de íntima compaixão para com ela, curou os seus enfermos." (Mateus 14:14) Jesus também nos ensina que nem os alimentos, nem as vestes são mais importantes do que a vida, por esta causa Jesus disse a Satanás que nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus. (Mateus 6:25 / Lucas 4:4). Quem tem duas túnicas? Jesus nos ensina, falo isso para crentes, a levar a cruz não só nossa, mas muitas vezes ajudar o irmão carregar cruz dele também. Simão, ajudou o Senhor a terminar de levar a cruz (Mateus 27:32). O que é carregar a cruz do irmão com ele? É comprometer- se a ajudá-lo, se não puder com pão, com oração, com correção, com as armas que você tenha em mãos. Digo que algumas dessas coisas nós temos! Mas alguns preferem encolher as mãos, os lábios, o bolso, e principalmente o bolso, para muitos é melhor julgar do que ajudar. Mas não vá pegar única túnica que tem e dar a seu irmão e você ficar nu, porque cobris a vida do teu irmão e a tua fica nua, escarnecendo e blasfemando o nome de Jesus, procure quem não tenha duas túnicas para dar uma (Lucas 3:11). Conheço um homem que em dado momento Deus lhe deu a oportunidade de ter duas blusas de frio. E na igreja tinha um irmão que sempre ia para reuniões da congregação com mesma blusa de frio surrada. Aquele homem foi tocado pelo Espírito Santo a dar uma de suas blusas. Quando aquele irmão menos esperava foi abençoado com uma blusa seminova que aquele homem recentemente tinha comprado. Qual efeito isso causou naquele homem que recebeu a bênção? Eu não sei. Sei que ele não recusou a bênção de seu irmão. Mas o importante para mim foi saber que Deus queria usar vida daquele para abençoar a vida do outro, ele não ficou se perguntando, se ninguém estava vendo aquilo, como tanta gente com mais condições de fazer não viam. Deus não conseguia encontrar na igreja pessoas sensíveis para perceber que todos os cultos aquele irmão ia com mesma blusa de frio surrada aos olhos de todos, somente uma pessoa pôde e quis perceber isso. Muitas vezes não é que Deus não mostra, falamos as vezes como se culpa fosse do Senhor Jesus, ele mostra, mas as pessoas costumam somente dar alguma coisa a alguém somente quando podem também receber algo em troca. Precisamos mudar nossas e ter em nossas vidas características de um servo fiel, e começar a refletir o verdadeiro caráter de Cristo, como o Senhor nos ensina em seu sermão do monte (veja nosso estudo bíblico sobre As 9 Características do Servo Fiel). Nem vejo também no ensinamento de Jesus dizendo que precisaríamos ser tocados para tomarmos ações está, disse simplesmente que se tivéssemos duas coisas procurássemos dar uma a que víssemos que precisasse e da mesma forma com alimento. Quem tiver duas túnicas, reparta com o que não tem, e quem tiver alimentos, faça da mesma maneira (Lucas 3:11). Estas coisas fazem a separação entre homens que tem compaixão, que é um sentimento divino e pessoas hipócritas que pensam que são compassivas. Por esta causa o apóstolo Tiago diz: não diga a teu vai em paz aquecei-vos e fartai-vos, sem antes lhe fornecer o que precisa. Nestas coisas que falamos, umas das coisas que desagrada a Deus é a exaltação, que é um dos pilares da queda, pois a maioria das pessoas, com raras exceções, fazem
  4. 4. isso tocando trombeta para todos verem e só se sentem usados por Deus quando podem fazer por alguém que possa dar algo em troca. Nosso Deus não envergonha ninguém, por esta causa podemos pedir sabedoria a Ele para não entristecer a quem quer seja. Uma coisa é Deus querer nos humilhar para que Ele mesmo possa nos exaltar e outra é nós querermos fazer isso no lugar de Deus, ou ainda, querermos tocar trombeta ao estendermos a mão para alguém. Este sentimento é ainda mais perigoso, é aquele lá no fundo do nosso íntimo, aguardando que o outro seja agradecido, cuidado com esse sentimento, certamente se decepcionará. Para não sermos crentes que não tem sabor em nossas vidas precisamos mudar nossas atitudes e forma de agir (veja nosso estudo sobre O Sal sem sabor.) Em resumo, dê que o Senhor te recompensará, compadeça-se, porque quando você precisar se compadecerão de você também. Faça, sem querer receber nada em troca, e receberá da parte de Deus sua porção. Autor: João Henrique

×