Prof. Jonas AraújoBlog: historiacomfarinha.blogspot.com
RomaAinda “dialogamos” com osantigos romanos, por meio dassuas inúmeras criações como ares pública.Será que a nossa Repúbl...
Períodos de Roma   Roma foi fundada na região do Lácio    pelos latinos, descendentes dos italiotas    (1800 a.C).   Sua...
Região do Lácio em destaque                     na Península ItálicaMonarquia (753 a.C. a 510 a.C)
Monarquia   Conta a tradição que Roma foi fundada    em 753 a.C. pelos gêmeos Rômulo e    Remo.   Foi governada por 7 re...
Procurar mapa                 Parte central                                   do                              Mediterrâneo...
Primeirospovoadores   2000 a.C   Séc.VIII a.C.
“A muito tempo atrás, numa terra distante, logo após a destruição de Troia, Enéias,  apoiado por Vênus e Júpiter, fundou a...
RomaPesquisar sobre a lenda deMarte e Venus
“...Muito tempo depois, Amúlio, irmão deNumítor, invadiu Alba Longa e mandou atirar   no rio Tibre os filhos que a princes...
“... Adultos, voltaram a Alba Longa,derrubaram Amúlio, recolocando no trono da  cidade o velho avô, Numítor, pai de Réa   ...
“...Ao fundar a cidade, Rômulo, protegidodos deuses, traçou no chão as marcas que   norteariam a construção das muralhas; ...
Vênus       MarteFertilidade   Guerra                       Marte, deus                       da guerra e                 ...
A estrutura política
De que maneira ocorreuo crescimento da cidade-    estado de Roma?
Quem passou a viver nas      novas casas, afrequentar os templos e ir   ao mercado comprar        produtos?
A organização do espaço
A urbs     Associação dos      chefes de família      (Pater).       Filhos       Esposa       Escravos       Cliente...
“... O nome pai de família não que dizer que ele tenha filhos: Seu significado é político e   não biológico. Ele é o chefe...
Nos tempos da realezaetrusca   Sistema monárquico, onde os reis eram    eleitos com caráter vitalício.     Ligação espec...
Nos tempos da realezaetrusca   As fontes mais antigas são sobre o rei    Sérvio Túlio (578 a 534 a. C.)     Reforma mili...
O fim da monarquia   Em 509 a.C., uma revolta da    aristocracia expulsou Tarquínio, o    soberbo.     Revolta geral na ...
Na fase republicana, ocorre a expansão do território, por meiode conquistas militares e alianças. Os romanos tambémconsoli...
A república   No séc. V os romanos investiram    esforços na defesa da cidade,    principalmente contra os:     Etruscos...
Vamos por partes...Bateu de frente os interesses de Roma com o de Cartago, cidade do Norteda África,Roma.                 ...
Guerras púnicas                     CatapultasTorres móveis                      Aríetes
Guerras púnicas   Depois de três guerras vencidas pelos    romanos, finalmente em 146 a.C.,    Cartago foi derrotada.   ...
Instituições republicanas:       consolidação
República ou “coisapública”(509 a 27 a. C.)   A sociedade estava dividida em três    classes sociais.     Patricios    ...
•Participam todos os                                  Assembleia                                Assembleia                ...
Os movimentos sociais   Em 493 a.C, centenas de plebeus    rebelados.     Hoplitas - Infantaria do exército romano      ...
Os movimentos sociais   A pressão feita acabou em um acordo    que criou os tribunos da plebe, em 493    a.C.     No iní...
Os movimentos sociais
AssembleiasContiones                     pré-eleitorais            Os Debates eram livres a            participação não de...
Novos direitos   445 a.C. é aprovado ao casamentos    mistos.     Nobilitas – Nobresa-patrício-plebéia   367 a.C é apro...
...Com o correr do tempo, os ricos consideravam-secomo os proprietários incomutáveis (das terrasconquistadas).            ...
A questão da terra   Com o tempo ...                                        Uso                                    comum(...
A questão da terra   No séc II a.C, Roma estava imersa em    guerras e cerca da quinta parte do    cidadãos estava envolv...
A questão da terra   No séc. II vários reformadores tentaram    mudar a distribuição das terras.     Irmãos Tibérios e C...
Os textos antigos romanos indicam a existencia deescravos já no séc. V a.C., especialmente por dívidasnão pagas, motivo de...
A escravidão   Essa mão de obra aumentou em função    da expansão territorial e também pela    concentração de terras.   ...
A questão da terra   Ergastulum, uma prisão onde os    escravos ficavam acorrentados.   Espartacus era trácio, foi solda...
Crise política   Permanência do êxodo         Os governantes    rural.                        assumiram o direito de    ...
Muito obrigado!!!!!                 Jonas Araújo.    e-mail: jr-jonas.ufam@hotmail.com         twitter.com/jonasojuara    ...
Referências http://canelicha.blogspot.com.br/2010_10_01_arc MACHADO, Ronilde Rocha. História:  Ensino Médio, 1º Série. B...
Os romanos e sua experiência republicana
Os romanos e sua experiência republicana
Os romanos e sua experiência republicana
Os romanos e sua experiência republicana
Os romanos e sua experiência republicana
Os romanos e sua experiência republicana
Os romanos e sua experiência republicana
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Os romanos e sua experiência republicana

1.525 visualizações

Publicada em

H11 - Identificar registros de práticas de grupos sociais no tempo e no espaço.
H12 - Analisar o papel da justiça como instituição na organização das sociedades.
H13 - Analisar a atuação dos movimentos sociais que contribuíram para mudanças ou rupturas em processos de disputa pelo poder.

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Os romanos e sua experiência republicana

  1. 1. Prof. Jonas AraújoBlog: historiacomfarinha.blogspot.com
  2. 2. RomaAinda “dialogamos” com osantigos romanos, por meio dassuas inúmeras criações como ares pública.Será que a nossa República ésemelhante à romana?O que há de comum entre essasduas experiências tão distantes?O que nos diferencia?Como os romanos viveram suaexperiência?Como nós vivemos a nossa?
  3. 3. Períodos de Roma Roma foi fundada na região do Lácio pelos latinos, descendentes dos italiotas (1800 a.C). Sua história é dividida em três períodos:  Monarquia (753 a.C. a 510 a.C)  República (509 a.C. a 27 a.C)  Império (27 a.C. a 476 d.C)
  4. 4. Região do Lácio em destaque na Península ItálicaMonarquia (753 a.C. a 510 a.C)
  5. 5. Monarquia Conta a tradição que Roma foi fundada em 753 a.C. pelos gêmeos Rômulo e Remo. Foi governada por 7 reis  4 foram latinos e sabinos  3 etruscos. Os portos naturais eram ruins, porém o solo era fértil.
  6. 6. Procurar mapa Parte central do Mediterrâneo. Roma: espaço e ocupação (Lácio)
  7. 7. Primeirospovoadores 2000 a.C Séc.VIII a.C.
  8. 8. “A muito tempo atrás, numa terra distante, logo após a destruição de Troia, Enéias, apoiado por Vênus e Júpiter, fundou a cidade de Lavínio. Seu filho, Ascânio, fundou, mais tarde, Alba Longa e seu primogênito, Numítor, reinou sobre a cidade...”
  9. 9. RomaPesquisar sobre a lenda deMarte e Venus
  10. 10. “...Muito tempo depois, Amúlio, irmão deNumítor, invadiu Alba Longa e mandou atirar no rio Tibre os filhos que a princesa da cidade, Réa Sílvia, tivera com o deus da Guerra, Marte. Os meninos, Rômulo e Remo, teriam sido salvos e amamentados por uma loba...”
  11. 11. “... Adultos, voltaram a Alba Longa,derrubaram Amúlio, recolocando no trono da cidade o velho avô, Numítor, pai de Réa Sílvia. Receberam, como prêmio, a permissão de fundar uma cidade às margens do rio Tibre: Roma...”
  12. 12. “...Ao fundar a cidade, Rômulo, protegidodos deuses, traçou no chão as marcas que norteariam a construção das muralhas; Remo enciumado, pois os deuses falavamapenas a seu irmão, saltou sobe as marcas, augurando que as cidade seria invadida. Enraivecido, Rômulo matou o irmão, tornando-se o primeiro rei de Roma. Estávamos no ano de 753 a.C...” (Virgilio, em Eneída)
  13. 13. Vênus MarteFertilidade Guerra Marte, deus da guerra e regente do signo de áries. Vênus, deusa do amor e da fertilidade regente do signo de Libra
  14. 14. A estrutura política
  15. 15. De que maneira ocorreuo crescimento da cidade- estado de Roma?
  16. 16. Quem passou a viver nas novas casas, afrequentar os templos e ir ao mercado comprar produtos?
  17. 17. A organização do espaço
  18. 18. A urbs  Associação dos chefes de família (Pater).  Filhos  Esposa  Escravos  ClientesCIVITAS - uma coletividade formadapelo conjunto das pessoas a quemera atribuída a condição de cidadãos.
  19. 19. “... O nome pai de família não que dizer que ele tenha filhos: Seu significado é político e não biológico. Ele é o chefe da família, o varão que nela manda. Se um menino perder o pai e o avô, pode ser pater aindabebê. Será “pai”de sua mãe, de sua avó, tios e irmãos...”(RIBEIRO, 2001)
  20. 20. Nos tempos da realezaetrusca Sistema monárquico, onde os reis eram eleitos com caráter vitalício.  Ligação especial com os deuses. ○ Delimita o espaço sagrado da cidade e proclama a justiça.  Áugure – Interrogava os deuses para saber o que era direito, para obter sinais e interpretá-los.
  21. 21. Nos tempos da realezaetrusca As fontes mais antigas são sobre o rei Sérvio Túlio (578 a 534 a. C.)  Reforma militar – admiti os plebeus ricos que conseguissem financiar seus equipamentos.  Comitia Centuriata ○ Os Plebeus deveriam possuir uma quantia superior a 11 000 ases.
  22. 22. O fim da monarquia Em 509 a.C., uma revolta da aristocracia expulsou Tarquínio, o soberbo.  Revolta geral na região do Lácio.  Tárquinio tomava decisões sem consultar os patres
  23. 23. Na fase republicana, ocorre a expansão do território, por meiode conquistas militares e alianças. Os romanos tambémconsolidaram suas instituições políticas. Mas o que mais marcaresse período é a luta por direitos e a reforma agrária
  24. 24. A república No séc. V os romanos investiram esforços na defesa da cidade, principalmente contra os:  Etruscos, itálicos, sabinos, volcos e équos. No final séc. II a.C praticamente toda a península itálica estava sob o controle romano.
  25. 25. Vamos por partes...Bateu de frente os interesses de Roma com o de Cartago, cidade do Norteda África,Roma. Cartago.
  26. 26. Guerras púnicas CatapultasTorres móveis Aríetes
  27. 27. Guerras púnicas Depois de três guerras vencidas pelos romanos, finalmente em 146 a.C., Cartago foi derrotada. Foi a partir de então que os romanos passaram a utilizar a escravidão por prisioneiros de guerra.
  28. 28. Instituições republicanas: consolidação
  29. 29. República ou “coisapública”(509 a 27 a. C.) A sociedade estava dividida em três classes sociais.  Patricios  Plebeus  Clientes  Escravos
  30. 30. •Participam todos os Assembleia Assembleia cidadãos Senado Tributa Centuriata •Aprovam as leis e elegem os magistrados(composto de 300membros)•Dirige a políticaexterna e interna.•Controla a atuação Censoresdos magistrados. Assembleia Curiata•Propõe as leis Edis (Eleitos a cada 5 anos) (Eleitos anualmente) •Fazem o recenseamento da população Ordem •Cuidam da arrecadação de impostos e obras públicas Religiosa •Supervisionaram os Assembléia serviços públicos •Responsáveis pelos bons costumes Popular Pretores Administram a justiça Questores (Eleitos anualmente) (Eleitos anualmente) 2 Cônsules •Comandam o •Administram o Exército Tribunos da tesouro público •Coordenam a vida Plebe pública (Eleitos anualmente) •Podem anular as decisões contrárias (Escolhidos para um período de 6 meses) aos interesses da •Escolhidos pelos cônsules em circunstâncias plebe extraordinárias, têm poderes absolutos. Ditadores
  31. 31. Os movimentos sociais Em 493 a.C, centenas de plebeus rebelados.  Hoplitas - Infantaria do exército romano X  Cavaleiros – Combatiam a cavalo. Retirada do Monte Sagrado, fora dos limites do ager romanus, em 494 a.C
  32. 32. Os movimentos sociais A pressão feita acabou em um acordo que criou os tribunos da plebe, em 493 a.C.  No início os TRIBUNOS DA PLEBE eram dois, chegando a dez ao longo do tempo.
  33. 33. Os movimentos sociais
  34. 34. AssembleiasContiones pré-eleitorais Os Debates eram livres a participação não dependia de critérios prévios de participação Clientes- Utilizados como massa de manobra pelos patrícios.
  35. 35. Novos direitos 445 a.C. é aprovado ao casamentos mistos.  Nobilitas – Nobresa-patrício-plebéia 367 a.C é aprovado as leis Licínias- sextas  Eleição de um consul patrício e outro plebeu.  Regulação e exploração da terra
  36. 36. ...Com o correr do tempo, os ricos consideravam-secomo os proprietários incomutáveis (das terrasconquistadas). (APIANO, “As guerras civis”, In: Rouland, Norbert. O. Cit., p152)
  37. 37. A questão da terra Com o tempo ... Uso comum(pastos) Ager Terras públicas publicus Pequenos lotes(agricultores) PATRÍCIO S
  38. 38. A questão da terra No séc II a.C, Roma estava imersa em guerras e cerca da quinta parte do cidadãos estava envolvida.  Quando os camponeses regressavam já haviam perdido a posse da terra. ○ Dívidas ○ AbandonoSe não tem terras em suas localidades o que fazer? Vamos a Roma!!!
  39. 39. A questão da terra No séc. II vários reformadores tentaram mudar a distribuição das terras.  Irmãos Tibérios e Caio Graco Projeto de Reforma agrária(MST romano) 3.Nenhuma família poderia possuir mais de cinquenta hectares das terras conquistadas (25 pelo chefe de família e 12,5 como parte para até dois filhos). 4.As extensões de terra que excedessem essa quantidade seriam redistribuídas aos pobres, em lotes de, no máximo, um hectare e meio. 5.Os proprietários das terras excedentes, confiscadas, seriam indenizados por eventuais benfeitorias realizadas (questão não consensual em textos antigos)
  40. 40. Os textos antigos romanos indicam a existencia deescravos já no séc. V a.C., especialmente por dívidasnão pagas, motivo de queixas constantes dos plebeus
  41. 41. A escravidão Essa mão de obra aumentou em função da expansão territorial e também pela concentração de terras.  Alguns ganhavam a liberdade.  Os filhos dos libertos podiam se candidatar a cargos públicos.  Os libertos poderiam voltar a ser reescravizados
  42. 42. A questão da terra Ergastulum, uma prisão onde os escravos ficavam acorrentados. Espartacus era trácio, foi soldado antes de escravo. Em 73 a.C., liderou a fuga de um grupo de escravos de uma escola de gladiadores.  Derrotado por Licínio Crasso 71 a.C.
  43. 43. Crise política Permanência do êxodo  Os governantes rural. assumiram o direito de  Superpopulação urbana se apropriar dos produtos. Desemprego  Os cidadãos eram dispensados de pagar Plebs frumentária impostosProblemas sociais Concentração de poder
  44. 44. Muito obrigado!!!!! Jonas Araújo. e-mail: jr-jonas.ufam@hotmail.com twitter.com/jonasojuara historiacomfarinha.blogspot.com
  45. 45. Referências http://canelicha.blogspot.com.br/2010_10_01_arc MACHADO, Ronilde Rocha. História: Ensino Médio, 1º Série. Brasília: CIB – Cisbrasil, 2005.

×