Administração financeira e orçamentaria 2013

458 visualizações

Publicada em

Descrever de forma clara e objetiva as fazes da Administração Financeira e Orçamentaria para apresentação em modulo final de 4º semestre de do Curso de Bacharel em ADM.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Administração financeira e orçamentaria 2013

  1. 1. TRABALHO EM GRUPO 4º SEMESTRE 2013POLO TEIXEIRA DE FREITAS-BA.
  2. 2. TRABALHO EM GRUPO 4º SEMESTRE 2013POLO TEIXEIRA DE FREITAS-BA. Tutor em sala Isaias Reis Barreto.
  3. 3. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTARIA
  4. 4. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTARIA UM ESTUDO DA FARMACIA BOM PREÇO
  5. 5. INTEGRANTES DO GRUPO
  6. 6. AMANDA BRITO SENA INTEGRANTES DO GRUPO
  7. 7. AMANDA BRITO SENA GISLENE SANTANA ALVES FAGUNDES INTEGRANTES DO GRUPO
  8. 8. AMANDA BRITO SENA GISLENE SANTANA ALVES FAGUNDES JANAINA VIEIRA LIMA INTEGRANTES DO GRUPO
  9. 9. AMANDA BRITO SENA GISLENE SANTANA ALVES FAGUNDES JANAINA VIEIRA LIMA JOEDSON LIMA DO COUTO INTEGRANTES DO GRUPO
  10. 10. AMANDA BRITO SENA GISLENE SANTANA ALVES FAGUNDES JANAINA VIEIRA LIMA JOEDSON LIMA DO COUTO RAMON RIBEIRO DE OLIVEIRA INTEGRANTES DO GRUPO
  11. 11. AMANDA BRITO SENA GISLENE SANTANA ALVES FAGUNDES JANAINA VIEIRA LIMA JOEDSON LIMA DO COUTO RAMON RIBEIRO DE OLIVEIRA WALBER CAMPANATI DE SOUZA INTEGRANTES DO GRUPO
  12. 12. AMANDA BRITO SENA GISLENE SANTANA ALVES FAGUNDES JANAINA VIEIRA LIMA JOEDSON LIMA DO COUTO RAMON RIBEIRO DE OLIVEIRA WALBER CAMPANATI DE SOUZA WANDA MERCEDES DOS SANTOS INTEGRANTES DO GRUPO
  13. 13. INTRODUÇÃO
  14. 14. PARA COLOCAR EM PRÁTICA TODAS ESSAS AÇÕES COMPREENDIDAS NOS CONCEITOS QUE ABORDAREMOS A SEGUIR, FOI FEITA UMA ENTREVISTA NA FARMÁCIA BOM PREÇO, ONDE BUSCAMOS IDENTIFICAR OS FATORES QUE NOS APROXIMASSEM TANTO DO COTIDIANO DAS EMPRESAS COMO DO BOM DESEMPENHO QUE PRETENDEMOS ALCANÇAR EXERCENDO A FUNÇÃO DE ADMINISTRADORES. INTRODUÇÃO
  15. 15. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA
  16. 16. QUANDO ESTUDAMOS ACERCA DA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA, NOS DEPARAMOS COM AS SEGUINTES ABORDAGENS QUE NOS AUXILIA A COMPREENDER SUAS FUNÇÕES, COMO: ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA
  17. 17. O AMBIENTE E SEUS OBJETIVOS, OU SEJA, ÁREA DE ATUAÇÃO DAS FINANÇAS, COMO TAMBÉM DO ADMINISTRADOR, ALÉM DE SUAS FUNÇÕES BÁSICAS, METAS, COMPROMISSOS, DECISÕES FINANCEIRAS, ORÇAMENTO DE CAPITAL ASSIM COMO SUAS TÉCNICAS DE ANÁLISES, O PLANEJAMENTO FINANCEIRO SEJA ELE A LONGO PRAZO OU A CURTO PRAZO, PREVISÕES DE VENDAS, DEMONSTRAÇÕES DE RESULTADOS, CAPITAL DE GIRO, O ORÇAMENTO OPERACIONAL E TODOS OS SEUS DESDOBRAMENTOS, PLANOS FINANCEIROS ENTRE MUITOS OUTROS FATORES QUE COMPÕEM AS COMPETÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA.
  18. 18. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA DIREITO TRIBUTÁRIO: CONCEITO DE DIREITO TRIBUTÁRIO A TRIBUTAÇÃO É, NA VERDADE, UM INSTRUMENTO DA SOCIEDADE NO ESTADO DE DIREITO DEMOCRÁTICO PARA JOÃO MARCELO ROCHA (2009, P. 4) O DIREITO TRIBUTÁRIO “É O RAMO DIDATICAMENTE AUTÔNOMO DO DIREITO QUE ESTUDA AS RELAÇÕES JURÍDICAS ENTRE O ESTADO E O CONTRIBUINTE, RELATIVAS A INSTITUIÇÃO, FISCALIZAÇÃO E ARRECADAÇÃO DE TRIBUTOS”.
  19. 19. A EXTRA FISCALIDADE EM SENTIDO PRÓPRIO ENGLOBA AS NORMAS JURÍDICO-FISCAIS DE TRIBUTAÇÃO (IMPOSTOS E AGRAVAMENTOS DE IMPOSTOS) E DE NÃO TRIBUTAÇÃO (BENEFÍCIOS FISCAIS) CUJA FUNÇÃO PRINCIPAL NÃO É A OBTENÇÃO DE RECEITAS OU DE UMA POLÍTICA DE RECEITAS, MAS A PERSECUÇÃO DE OBJETIVOS ECONÔMICO-SOCIAIS (NABAIS, 1998, P. 695 APUD PAUSEN, 2010, P. 15). O SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL É CONSTITUÍDO POR NORMAS JURÍDICAS ESTITUÍDAS PELA CONSTITUIÇÃO FEDERAL E EMENDAS CONSTITUCIONAIS; PELAS LEIS COMPLEMENTARES; PELAS LEIS ORDINÁRIAS; PELAS CONSTITUIÇÕES ESTADUAIS; PELAS LEIS FEDERAIS, ESTADUAIS E MUNICIPAIS; ALÉM DAS RESOLUÇÕES DO SENADO FEDERAL E DECRETOS.
  20. 20. Entrevista. " A empresa entrevistada é uma farmácia de pequeno porte, a 1 ano e meio no mercado e com uma filial a 6 meses. Farmácia Bom Preço Os excedentes de caixa não são aplicados de imediato por motivo de altas e baixas nas vendas, precisando sempre ter algum dinheiro em mãos para algum imprevisto. Desta maneira as variações do mercado não nos atingem com tanta intensidade. Quando necessário captar recursos para cobrir o caixa, trabalhamos com prazos maiores e redução de preços (Promoções em curto prazo) para aumentar a captação de recursos no caixa. Desta maneira evita a captação de recursos em bancos e despesas com taxas e juros.
  21. 21. Os lucros na maioria das vezes é aplicado em compras de mercadorias a vista para reforçar o estoque. Tenho vontade de aplicar em títulos do tesouro, por serem de baixo risco e podendo ser resgatado a qualquer momento. A um rigoroso controle nos pagamentos de tributos, pois farmácia para ter certos tipos de convênios, como farmácia popular precisa estar em dia com seus impostos.
  22. 22. Analisedasinformações. Naquestãodosexcedentesdecaixa,vejoqueadecisãodesegurarosrecursoparacobrirasemergênciasestácorreta. Comdinheiroemcaixaevitaopagamentodejuroscomempréstimosemergenciais.Mashádesetomarcuidadoparanãoperdercomumvolumederecursosparado.
  23. 23. Abaixadecaixasemprevedeserconsideradacomumapossibilidadevistoqueovarejotemaltasebaixas, envolvidaspelospagamentosdaempresaslocais, pagamentodofuncionalismopúblicoentreoutras. Paragarantirummaiorvolumederecursonocaixa,deve- seconsiderarabrirconveniocomórgãospúblicos,empresasdemaiorrenomeecommaistempodemercado,semprecomacautela.Estetipodeparceriagaranteumavolumedevendasconsiderável.Deve-seconsideraradiversificaçãodonegóciocomaimplantaçãodeumaáreavoltadaaperfumariaecosméticosquerendemumamargemdelucromuitoboaatraídoumnúmeromaiordeclientesinteressadosemoutrosprodutoalémdemedicamentos. Analisedasinformações.
  24. 24. Analisedasinformações. Reinvestiroslucrosindicaqueadecisãodeinvestiremcrescimentoestáclaraecondiscomamaioriadasempresasdoramo.Énecessário. Casotenharecursossuficientesparainvestirnomercadofinanceiro,acreditoqueestejacertoinvestindoemtítulosdotesourodemonstradoserconservadoroumoderadocomoinvestidor.
  25. 25. Fim Ate 2014 no 5º semestre

×