Seminário

193 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
193
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminário

  1. 1. Seminário Grupo 1
  2. 2. INTRODUÇÃO: Em sua obra, Platão (428-347 a.C.) declara que todas as questões relativas ao ser humano são pautadas pela oposição entre natureza e cultura.
  3. 3. Sócrates, citado por Platão, também dá a entender que existe uma ordenação inteligível no universo, que as atitudes do homem individual devem levar em conta o fato de ele ser parte integrante desse universo maior, que é a natureza física.
  4. 4. I. A PROPOSTA DO DIÁLOGO PLATÔNICO TIMEU (GR. Τίμαιος) 1. Um deus artesão (Demiurgo, gr. δημιουργός) cria a totalidade da natureza, usando modelos inteligíveis (as ideias ou formas), a partir de um material sem forma. 2. Um universo imperfeito, onde os seres são vistos como imagens de modelos perfeitos. 3. O universo físico que é impregnado de racionalidade, determinado por formas que o delimitam e que também indicam suas possibilidades; 4. Um universo que perde, ao longo de sua existência, as determinações inteligíveis que fazem com que sejam o que são. 5. Um universo onde os seres humanos e sua cultura, com sua vida e sua morte, coexistem.
  5. 5. II. A COMPEENSÃO UNIFICADA DA ESPÉCIE HUMANA 1. A unificação se dá devido a essência inteligível da natureza humana (homem e mulher) 2. Significa a possibilidade de pensar sobre a diferença na semelhança, ou sobre a multiplicidade (natureza física) na unidade (natureza inteligível).
  6. 6. CONCLUSÃO: Para Sócrates, que tinha a filosofia ou dialética, com a ciência que tem como objeto último as formas inteligíveis, a educação dada às crianças, que tem sido apresentada de maneira superficial, deve ser mostrada de modo a lhes dar uma visão de conjunto do parentesco dos ensinamentos uns com os outros e com a natureza do ser.

×