PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EDUCACIONAL – ESPECIALIZAÇÃO <ul><ul><li>GESTÃO DEMOCRÁTICA: RESGATANDO OS VALORES HUM...
PROBLEMA <ul><ul><li>É possível, no contexto educacional da Gestão Democrática Participativa, acreditar que todos juntos t...
OBJETIVO GERAL <ul><ul><li>Analisar, orientar e definir informações sobre o surgimento histórico do Ensino Religioso e sua...
OBJETIVOS ESPECIFICOS <ul><li>Valorizar o pluralismo e a diversidade cultural presente na sociedade brasileira. </li></ul>...
OBJETIVOS ESPECIFICOS <ul><li>Analisar o papel das tradições religiosas na estruturação e manutenção das diferentes cultur...
CITAÇÃO <ul><ul><li>“  Trata, na verdade, de superar a tradicional 'aula' de religião, que era muito mais catequese e dout...
METODOLOGIA <ul><li>Abordagem Qualitativa. </li></ul><ul><li>Análise Documental: Lei de Diretrizes e Bases LDB(1996) para ...
ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA <ul><ul><li>CAPÍTULO 1 – A TRAJETÓRIA DO ENSINO RELIGIOSO NA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA. </li...
ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA Constituição de 1988 – Lei 9.475/97(LDB) “ O Ensino Religioso, de matrícula facultativa, é parte i...
ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA § 2º – Os sistemas de ensino ouvirão entidade civil, constituída pelas diferentes denominações rel...
ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA 1.2 – Regulamentação do Ensino Religioso. “ O Ensino Religioso deve, antes de tudo, fundamentar-se...
ORGANIZAÇÃO DA PEAQUISA CAPÍTULO 2 – DIRETRIZES PEDAGÓGICAS DO ENSINO RELIGIOSO. 2.1 – Identidade Pedagógica do Ensino Rel...
ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA 2.2 – Parâmetros Currículares Nacionais do Ensino Religioso. “ Valorizar o pluralismo e a diversid...
ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA 2.3 – O Ensino Religioso como Área de Conhecimento. “ Em todas as escolas deverá ser garantida a i...
ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA saúde, sexualidade, vida familiar e social, meio ambiente, trabalho, ciência e tecnologia, cultura...
ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA 2.4 – Relação: Gestão Democrática e o Ensino Religioso. O Ensino Religioso é consolidado pela Gest...
CONCLUSÃO A Democracia exige a existência de um espaço público onde sejam debatidas de forma pluralista os grandes problem...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICA <ul><li>BRASIL. Constituição (1988).  Constituição da república Federativa do Brasil:  promulgad...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS <ul><li>Brasil . Curitiba: Champagnat, 2004. </li></ul><ul><li>CÂMARA DA EDUCAÇÃO BÁSICA.  Pare...
REFERÊNCIAS BIBLIOGÁFICAS <ul><li>PCNER.  Parâmetros Currículares do Ensino Religioso.  São Paulo, SP: Ed. Ave Maria 3ª ed...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mono.odp jocilaineGestão democrática: Resgatando os Valores Humanos do Ensino Religioso nas Escolas Públicas

1.696 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.696
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mono.odp jocilaineGestão democrática: Resgatando os Valores Humanos do Ensino Religioso nas Escolas Públicas

  1. 1. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EDUCACIONAL – ESPECIALIZAÇÃO <ul><ul><li>GESTÃO DEMOCRÁTICA: RESGATANDO OS VALORES HUMANOS DO ENSINO RELIGIOSO NAS ESCOLAS PÚBLICAS </li></ul></ul><ul><ul><li>Jocilaine Moreira Batista do Vale </li></ul></ul><ul><ul><li>Orientador: Prof. Dr. Celso Ilgo Henz </li></ul></ul>UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA
  2. 2. PROBLEMA <ul><ul><li>É possível, no contexto educacional da Gestão Democrática Participativa, acreditar que todos juntos têm mais chances para atender as expectativas da sociedade em busca de uma formação igualitária e justa, consciente da sua condição humana diante dos valores Transcendentais? </li></ul></ul>
  3. 3. OBJETIVO GERAL <ul><ul><li>Analisar, orientar e definir informações sobre o surgimento histórico do Ensino Religioso e sua relação, com base nos Parâmetros Curriculares, com o novo modelo de gestão das escolas públicas no Brasil: Gestão Democrática Participativa. </li></ul></ul>
  4. 4. OBJETIVOS ESPECIFICOS <ul><li>Valorizar o pluralismo e a diversidade cultural presente na sociedade brasileira. </li></ul><ul><li>Facilitar a compreenção das formas que exprimem o Transcendente na superação da finitude humana no processo histórico da humanidade. </li></ul><ul><li>Propiciar o conhecimento dos elementos básicos que compõem o fenômeno religioso. </li></ul><ul><li>Subsidiar e orientar na formulação do questionamento existencial do indivíduo. </li></ul>
  5. 5. OBJETIVOS ESPECIFICOS <ul><li>Analisar o papel das tradições religiosas na estruturação e manutenção das diferentes culturas e manifestações socio-culturais. </li></ul><ul><li>Refletir o sentido da atitude moral como consequência do fenômeno religioso e expressão da consciência e da resposta pessoal e comunitária do ser humano. </li></ul><ul><li>Possibilitar condições para se vivenciar, no contexto democrático escolar, as diferentes manifestações religiosas e seus valores. </li></ul>
  6. 6. CITAÇÃO <ul><ul><li>“ Trata, na verdade, de superar a tradicional 'aula' de religião, que era muito mais catequese e doutrinação, como o perigo da intolerância com relação a outros credos e abrir a perspectiva do verdadeiro ensino.” (COSTELLA, 2004) </li></ul></ul>
  7. 7. METODOLOGIA <ul><li>Abordagem Qualitativa. </li></ul><ul><li>Análise Documental: Lei de Diretrizes e Bases LDB(1996) para o Ensino Religioso, Constituição da República Federativa do Brasil(1988) e Paramêtros Currículares Nacionais. </li></ul>
  8. 8. ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA <ul><ul><li>CAPÍTULO 1 – A TRAJETÓRIA DO ENSINO RELIGIOSO NA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA. </li></ul></ul><ul><ul><li>- Primeira Fase: Cristã-Jesuítas (século XVI). Foco no catolicismo romano. </li></ul></ul><ul><ul><li>- Segunda Fase: Regime jurídico de plena separação Estado-Religião. </li></ul></ul>
  9. 9. ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA Constituição de 1988 – Lei 9.475/97(LDB) “ O Ensino Religioso, de matrícula facultativa, é parte integrante da formação básica do cidadão e constitui disciplina dos horários normais das escolas públicas de ensino fundamental, assegurando o respeito à diversidade cultural religiosa do Brasil, vedadas quaisquer formas de proselitismo.§ 1º – Os sistemas de ensino regulamentarão os procedimentos para a habilitação dos conteúdos do Ensino Religioso e estabelecerão as normas para a habilitação e admissão dos professores.
  10. 10. ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA § 2º – Os sistemas de ensino ouvirão entidade civil, constituída pelas diferentes denominações religiosas, para a definição dos conteúdos do Ensino Religioso.(Lei 9.475/97 Artigo 33-LDB) - Fase Atual: Regime Concordatário. O Ensino Religioso passa a ser regulamentado.
  11. 11. ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA 1.2 – Regulamentação do Ensino Religioso. “ O Ensino Religioso deve, antes de tudo, fundamentar-se nos princípios da cidadania e do entendimento do outro. O conhecimento religioso não deve ser um aglomerado de conteúdos que visam evangelizar ou procurar seguidores de doutrinas, nem associado à imposição de dogmas, rituais ou orações, mas um caminho a mais para o saber sobre as sociedades humanas e sobre si mesmo.” (Conselho Estadual de Educação, 2001)
  12. 12. ORGANIZAÇÃO DA PEAQUISA CAPÍTULO 2 – DIRETRIZES PEDAGÓGICAS DO ENSINO RELIGIOSO. 2.1 – Identidade Pedagógica do Ensino Religioso. “ Artigo 3º O ensino será ministrado com base nos seguintes princípios: II – liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber; III – pluralismo de idéias e de concepções pedagógicas; IV – respeito à liberdade e apreço à tolerância.”(LDB/96) .
  13. 13. ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA 2.2 – Parâmetros Currículares Nacionais do Ensino Religioso. “ Valorizar o pluralismo e a diversidade cultural presente na sociedade brasileira, facilitando a compreensão das formas que explimem o Transcedente na superação da finitude humana e que determinam subjacente, o processo histórico da humanidade.”
  14. 14. ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA 2.3 – O Ensino Religioso como Área de Conhecimento. “ Em todas as escolas deverá ser garantida a igualdade de acesso para os alunos e uma base nacional comum, de maneira a legitimar a unidade e a qualidade de ação pedagógica na diversidade nacional. A base comum nacional e sua parte diversificada deverão integrar-se em torno do paradigma curricular, que vive a estabelecer a relação entre a educação fundamental e a) a vida cidadã através da articulação entre vários dos seus aspectos como:
  15. 15. ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA saúde, sexualidade, vida familiar e social, meio ambiente, trabalho, ciência e tecnologia, cultura, linguagens e b) as áreas de conhecimento: Língua Portuguesa, Língua Materna (para populações indígenas e migrantes), Matemática, Ciências, Geografia, História, Língua Estrangeira, Educação Artística, Educação Física e Educação Religiosa.” (Câmara de Educação Básica, resolução nº 02/98 Artigo 3º – item IV, 1988)
  16. 16. ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA 2.4 – Relação: Gestão Democrática e o Ensino Religioso. O Ensino Religioso é consolidado pela Gestão Democrática, pois caracteriza-se como área de conhecimento que busca explicitar ao educando o seu papel nas relações socais, mostrando a construção da identidade cultural que está inserido, seus valores éticos e morais, bem como os princípios pluralistas de outras culturas focadas no Transcendente, que interferem de forma diferenciada nas bases sociais organizacionais.
  17. 17. CONCLUSÃO A Democracia exige a existência de um espaço público onde sejam debatidas de forma pluralista os grandes problemas da atualidade. Um espaço de âmbito educacional, onde sejam discutidas questões relevantes das áreas sócio-política-cultural e antropológica. A Gestão Democrática Participativa nas escolas públicas proporciona esse espaço.
  18. 18. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICA <ul><li>BRASIL. Constituição (1988). Constituição da república Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988: atualizada até a Emenda Constitucional nº 20, de 15-21-1998.21. São Paulo: Saraiva, 1999. </li></ul><ul><li>______ LDB . Lei de Diretrizes e Bases da Educação: Lei 9.394/96. Apresentação Esther Grossi 3ª ed. Rio de Janeiro: DP & A, 2000. </li></ul><ul><li>COSTELLA, D. O fundamento epistemológico do ensino religioso. In: JUNQUEIRA, S.: WAGNER, R. (Orgs.). O Ensino Religioso no </li></ul>
  19. 19. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS <ul><li>Brasil . Curitiba: Champagnat, 2004. </li></ul><ul><li>CÂMARA DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Parecer 02/98 de 29 de janeiro de 1998. Diretrizes Currículares Nacionais para o Ensino Fundamental. Relatora Regina Alcântara de Assis. Documento nº 00062, p. 74, jan. 1998. </li></ul><ul><li>CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO (Brasil). Resolução de 27/07/2001 que regulamenta o Artigo 33 da Lei 9.394/96: São Paulo, 2001. </li></ul>
  20. 20. REFERÊNCIAS BIBLIOGÁFICAS <ul><li>PCNER. Parâmetros Currículares do Ensino Religioso. São Paulo, SP: Ed. Ave Maria 3ª edição, 1997. </li></ul>

×