Programa de Especialização em Gestão de Negócios
TENDÊNCIAS E DESAFIOS NO
TRANSPORTE NACIONAL E
INTERNACIONAL
Prof. Paulo ...
| 1 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaçã...
| 2 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaçã...
| 3 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaçã...
| 4 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaçã...
| 5 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaçã...
| 6 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaçã...
| 7 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaçã...
| 8 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaçã...
| 9 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaçã...
| 10 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaç...
| 11 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaç...
| 12 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaç...
| 13 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaç...
| 14 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
20
34
116
0
20
40
60
80
...
| 15 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaç...
| 16 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaç...
| 17 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Tendências e Desafios no...
| 18 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaç...
| 19 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaç...
| 20 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaç...
| 21 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaç...
| 22 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaç...
| 23 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaç...
| 24 |
Programa de Especialização em Gestão de Negócios
Material de responsabilidade do professor
Programa de Especializaç...
Palestra_Paulo Resende
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra_Paulo Resende

34 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
34
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra_Paulo Resende

  1. 1. Programa de Especialização em Gestão de Negócios TENDÊNCIAS E DESAFIOS NO TRANSPORTE NACIONAL E INTERNACIONAL Prof. Paulo Resende|2016
  2. 2. | 1 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Banquete Itinerante e a Essência do Transporte Fonte: National Geographic Julho, 2014 Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Fonte: National Geographic Julho, 2014 O transporte é o principal componente do sistema logístico. Sua importância pode ser medida através de pelo menos três indicadores financeiros:  Custos  Faturamento  Lucro  Qualidade(tempo, confiabilidade e segurança) Banquete Itinerante e a Essência do Transporte (cont.)
  3. 3. | 2 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Fonte: National Geographic Julho, 2014 Banquete Itinerante e a Essência do Transporte (cont.) Tendências e Desafios no Transportes Nacional e Internacional: Bloco 1: A História dos Transportes e Seus Oito Saltos Tecnológicos
  4. 4. | 3 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor  Desde os primeiros tempos da sua existência, o homem reconheceu a necessidade de se deslocar entre variados lugares. Rede Romana de Transportes, 200 AC 500 km Oceano Atlântico Mar Negro Mar Mediterrâneo  Durante séculos, os tradicionais meios de transporte usavam como principal forma de deslocamento a tração animal (roda). (PRIMEIRO GRANDE SALTO TECNOLÓGICO).
  5. 5. | 4 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor  Com a evolução natural, necessitou de meios que lhe permitissem deslocar‐se entre dois lugares de forma cada vez mais rápida. Os Meios de Transportes Recebem o Seu Segundo Maior Salto Tecnológico na História da Humanidade Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor  Em 1705, Thomas Newcomen inventa a máquina a vapor, melhorada por James Watt em 1765.  A primeira locomotiva foi apresentada em público em 1814, graças a George Stephenson. Os Meios de Transportes Recebem o Seu Terceiro Maior Salto Tecnológico na História da Humanidade
  6. 6. | 5 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor  Graças à revolução industrial, surgem as expansões dos meios de transportes com motores a vapor.  Com a invenção de Rudolf Diesel, os motores de explosão, deu‐se um enorme incremento no transporte rodoviário.  Henry Ford lançou o “Model T”,lançando  definitivamente a era do  automóvel. Os Meios de Transportes Recebem o Seu Quarto Maior Salto Tecnológico na História da Humanidade Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor  Durante a Revolução Industrial houve um aumento do volume da produção de mercadorias e a necessidade de transportá‐las com rapidez.  A Europa começa a incentivar  este meio de transporte e a  desenvolver as suas próprias  redes e as ligações com os  países vizinhos. Os Meios de Transportes Recebem o Seu Quarto Maior Salto Tecnológico na História da Humanidade
  7. 7. | 6 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor  Durante o século XIX foram dados grandes avanços graças à tecnologia da energia a vapor.  O primeiro barco a empregar a propulsão a vapor, numa travessia transatlântica, foi o Savannah, em 1819.  O motor diesel trouxe um  suposto funcionamento mais  econômico para as  embarcações modernas. Os Meios de Transportes Recebem o Seu Quinto Maior Salto Tecnológico na História da Humanidade Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor  O transporte aéreo é a forma de transporte mais moderna e que mais rapidamente se desenvolveu.  Foi após a Primeira Grande Guerra Mundial que o transporte aéreo alcançou maior notabilidade. Os Meios de Transportes Recebem o Seu Sexto Maior Salto Tecnológico na História da Humanidade
  8. 8. | 7 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor  Em 1895, foi a inauguração da primeira linha elétrica, no Porto, entre Massarelos e a Cordoaria.  Os carros eléctricos vieram substituir a tração animal, aumentando a velocidade de deslocação. Os Meios de Transportes Recebem o Seu Sétimo Maior Salto Tecnológico na História da Humanidade Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Os Meios de Transportes Recebem o Seu Oitavo Maior Salto Tecnológico na História da Humanidade
  9. 9. | 8 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Desenvolvimento das Velocidades Operacionais para os Principais Meios de Transportes, 1750-2000 (km/hr) 100 500 1000 1800 1900 20101850 1950 50 250 750 Carruagem Trem Automóvel TGV Avião a Hélice Avião a Jato Transoceânicos Navio Clipper Navios de Contêineres Rodovias Marítimo Ferrovias Aéreo Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Tempos viagem  ferroviários em 1993 Um Exemplo São os Tempos de Transportes Ferroviários na Europa
  10. 10. | 9 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Tempos viagem  ferroviários em 2010 Um Exemplo São os Tempos de Transportes Ferroviários na Europa (cont.) Tendências e Desafios no Transportes Nacional e Internacional: Bloco 2: A Função Transportes
  11. 11. | 10 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Centros de  distribuição Fábrica Fornecedores  2ªcamada Fornecedores  1ªcamada ConsumidorVarejistas Forma Tradicional de se Discutir a Cadeia de Suprimentos Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor A Gestão Estratégica do Transporte Apresenta 5 Dimensões para Medir o Modal  Velocidade  Consistência  Capacitação  Disponibilidade  Frequência
  12. 12. | 11 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Velocidade  O mais veloz é o aéreo, seguido pelo rodoviário, ferroviário, e aquaviário. O conceito real de velocidade para logística é o de porta a porta, por isso o aéreo só leva vantagem em distância médias e longas.  Na prática, quanto maior a distância, maior vantagem aéreo pela velocidade.  Já o rodoviário e ferroviário, a velocidade é diretamente vinculada ao estado de conservação das vias. Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Consistência  Representa a capacidade de cumprir os tempos previstos.  O duto como a melhor opção. Por não ser afetado pelas condições climáticas ou de congestionamentos, o duto apresenta uma alta consistência, seguida na ordem pelo rodoviário, ferroviário, aquaviário e aéreo.  O baixo desempenho do aéreo resulta de sua grande sensibilidade a questões climáticas.
  13. 13. | 12 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Capacidade  Relaciona‐se à possibilidade de um determinado modal trabalhar com diferentes volumes e variedades de produtos.  Melhor desempenho é o modal aquaviário, que praticamente não tem limites sobre o tipo de produto que pode transportar, assim como do volume, que pode atingir centenas de milhares de toneladas.  O aéreo apresentam sérias restrições em relação a esta dimensão. O aéreo possui limitações em termos de volume e tipos de produtos. Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Disponibilidade  Refere‐se ao número de localidades onde o modal se encontra presente. Aqui, aparece a grande vantagem do rodoviário, que quase não tem limites de onde pode chegar.  Teoricamente, o segundo em disponibilidade é o ferroviário. Nos EUA, a malha ferroviária, com cerca de 300 mil Km de extensão. No Brasil nossa malha de apenas 29 mil Km.  O modal aquaviário, embora potencial de alta disponibilidade devido à nossa costa de oito mil quilômetros, e nossos cinquenta mil quilômetros de rios navegáveis, apresenta, de fato, uma baixa disponibilidade, função da escassez de infraestrutura portuária.
  14. 14. | 13 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Frequência  O número de vezes em que o modal pode ser utilizado em um dado horizonte de tempo.  O duto é o que apresenta o melhor desempenho. Por trabalhar 24 hs por dia, sete dias por semana, o duto pode ser acionado a qualquer momento, desde que esteja disponível no local desejado. Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Tem-se Então um Quadro Comparativo Que Aponta Para as Vantagens e Desvantagens de Cada Modal
  15. 15. | 14 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor 20 34 116 0 20 40 60 80 100 120 Hidro Ferro Rodo CO2 (kg/1.000 tku) 5,00 0,75 0,17 0,00 0,50 1,00 1,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 5,00 Hidro Ferro Rodo CONSUMO DE COMBUSTÍVEL: (LITROS / 1.000 TKU) Fonte: Ministério dos Transportes 5 10 96 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 Hidro Ferro Rodo EFICIÊNCIA ENERGÉTICA: CARGA / POTÊNCIA (t / HP) EMISSÃO DE POLUENTES: 254 831 4.617 0 1.000 2.000 3.000 4.000 5.000 Hidro Ferro Rodo NOx (g/1.000 tku) Fonte: DOT/Maritime Administration e TCL Outros Parâmetros de Comparação Entre Modais de Transporte Tendências e Desafios no Transportes Nacional e Internacional: Bloco 3: A Situação Geral dos Transportes no Brasil
  16. 16. | 15 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor TENDÊNCIAS E DESAFIOS NO TRANSPORTES  NACIONAL E INTERNACIONAL:  BLOCO 3: E A SITUAÇÃO DOS MODAIS NO  BRASIL Prof. Paulo Resende 2016 Fonte: World Economic Forum, McKinsey Global Institute Analysis, IHS Global Insight, Credit Suisse Research  Aeroportos Portos Ferrovias Rodovias Infraestrut. Geral O Brasil é o País de Pior Performance em Infraestrutura Entre os Brics Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Porcentagem  do Custo  Logístico na  receita ‐ média  ponderada Transporte de  longa distância Armazenagem Distribuição urbana  (transporte de curta  distância) Custos Portuários/  Aeroportuários Administrativo Média Setorial 13,1% 38,21% 18,13% 16,48% 13,32% 9,41% Auto Indústria 8,8% 31,09% 21,68% 13,55% 12,32% 9,50% Indústria da  Construção 9,4% 40,53% 17,20% 13,00% 15,33% 10,20% Têxtil 9,4% 45,75% 19,67% 21,92% 5,75% 6,92% Bens de  Consumo 10,7% 33,92% 16,50% 29,25% 10,42% 10,00% Química e  Petroquímica 6,3% 56,09% 9,36% 9,73% 9,18% 13,20% Siderurgia e  Metalurgia 12,8% 47,30% 20,30% 9,50% 12,00% 10,90% Mineração 14,6% 51,11% 14,44% 3,78% 14,89% 10,22% Produção  Agrícola 12,0% 48,10% 17,90% 14,00% 12,50% 6,50% Bens de Capital 22,7% 11,23% 2,57% 3,51% 2,10% 1,80% Outros setores X X X X X X A Formação dos Custos de Transportes no Brasil Devido à Nossa Infraestrutura Logística
  17. 17. | 16 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor A Formação dos Custos de Transportes no Brasil Devido à Nossa Infraestrutura Logística (cont.) Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor A Formação dos Custos de Transportes no Brasil Devido à Nossa Infraestrutura Logística (cont.)
  18. 18. | 17 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Tendências e Desafios no Transportes Nacional e Internacional: Bloco 4: E Onde Ficam os Gestores de Transportes? Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Perfil de Gestor de Equipes  Agregador por natureza  Entende as características intrínsecas de cada colaborador  Sabe coordenar e dialogar com diferentes funções da empresa  Apresenta conhecimento técnico e facilidade de tradução desse conhecimento para sua equipe As Características do Gestor de Transportes no Brasil
  19. 19. | 18 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Perfil de Visão Sistêmica  Decisões ultrapassam o contexto dos custos operacionais  Equilíbrio entre planejamento de longo prazo e curto prazo  Atenção ao planejamento de demanda  Entende o encaixe do seu negócio e de sua empresa em um mundo que vai além das fronteiras operacionais  Está atento a todas as inovações tecnológicas e gerenciais, não só do seu modal, mas do transporte e da logística As Características do Gestor de Transportes no Brasil (cont.) Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Comunicação Marketing Administrativa Recursos Humanos Compras Planejamento Financeira Logística Comercial Produção/Chão de fábrica 2,0% 6,0% 7,5% 8,5% 13,9% 14,4% 19,4% 22,4% 22,9% 29,4% A deficiência na formação profissional básica do candidato, a falta de experiência na função e a dificuldade em atender as pretensões de remuneração foram as principais dificuldades relatadas pelas empresas na contratação de profissionais. As áreas com maiores dificuldades para a contratação de profissionais qualificados segundo as empresas são: Produção/Chão de fábrica, área comercial e de logística. Áreas Com Maiores Dificuldade Para se Contratar Profissionais Qualificados
  20. 20. | 19 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor A deficiência na formação profissional básica do candidato, a falta de experiência na função e a dificuldade em atender as pretensões de remuneração foram as principais dificuldades relatadas pelas empresas na contratação de profissionais. Dificuldades Encontradas na Contratação de Profissionais Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Orientação para resultados, proatividade e capacidade de trabalhar em equipe são as qualidades pessoais mais valorizadas pelas empresas em profissionais de nível superior. Orientação para resultados Proatividade Capacidade de trabalhar em equipe Liderança Relacionamento interpessoal Adaptabilidade Capacidade de negociação Visão sistêmica Gestão de Conflitos Empatia 63% 55% 54% 45% 44% 38% 34% 34% 32% 23% 29% 38% 41% 41% 47% 46% 47% 45% 48% 41% 8% 6% 4% 11% 9% 14% 16% 16% 16% 29% 1% 1% 1% 2% 0% 1% 3% 4% 3% 5% 0% 0% 1% 1% 1% 2% 0% 3% 2% 2% Extremamente valorizado Valoriza muito Média valorização Valoriza pouco Valoriza muito pouco Características Pessoais Que as Empresas Mais Valorizam
  21. 21. | 20 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Os benefícios para retenção de profissionais nas empresas visam, principalmente, profissionais chaves que possuem conhecimento crítico e amplo dos processos internos da empresa. 0,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% 60,0% 70,0% Profissionais considerados talentosos Profissionais chaves para a empresa por possuir conhecimento considerado crítico Profissionais de nível estratégico da empresa 39,3% 67,9% 60,7% Benefícios Para Retenção de Profissionais Tendências e Desafios no Transportes Nacional e Internacional: Bloco 3: O Futuro dos Transportes
  22. 22. | 21 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Intermodalidade Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Terminal McNamara, Detroit Maglev Saindo de Pudong Airport, Shanghai Integração
  23. 23. | 22 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Tecnologia Embarcada e Conexão Global Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Veículos Além da Função Transporte
  24. 24. | 23 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Hubs Mundiais e Inovação no Transporte Aéreo MOBILIDADE URBANA
  25. 25. | 24 | Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor Controle Absoluto do MovimentoVeicular Urbano Programa de Especialização em Gestão de Negócios Material de responsabilidade do professor MUITO GRATO A TODOS!

×