Meios de proteção contra agressões microbianas

510 visualizações

Publicada em

Como não há nada na net sobre este conteúdo, vou ajudar-vos com este trabalho! É espetacular!!!! :-) :-)

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
510
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Meios de proteção contra agressões microbianas

  1. 1. Meios de proteção contra agressões microbianas Trabalho realizado por: João Jesus Ano letivo 2014/15 Professora Carla Vieira Agrupamento de escolas de Ribeira de Pena
  2. 2. Indice  Introdução……………………………………………..3  Defesas naturais externas……………………………...4  Defesas naturais internas……………………………...5  Defesas naturais internas- Fagocitose ………......…..6  Produção de anticorpos…………………………..….7  Prevenção de doenças………………………….….8,9  Processo preventivo- Vacinação………..………....10  Tratamento de doenças……………………………..11  Conclusão………………………………………..….12  Fontes de informação……………………………….13 Página 2
  3. 3. Introdução Com este trabalho pretendo dar a conhecer um pouco mais sobre os meios de proteção contra agressões microbianas. Vou falar sobre como nos defendermos das doenças, que claro, são provocadas por micróbios prejudiciais à saúde. Página 3
  4. 4. Defesa naturais externas  A pele e as mucosas, que forram os orifícios e as cavidades do corpo, são as primeiras barreiras à entrada dos micróbios. ♦ Outras barreiras:  Pêlos  Suor  Lágrimas  Saliva  Muco nasal  Cera Os micróbios que ultrapassarem estas barreiras, terão de ultrapassar outros mecanismos: ♦ Os cílios que revestem a traqueia ♦ Suco gástrico do estômago ♦ Flora intestinal Página 4
  5. 5. Defesas naturais internas Os leucócitos reconhecem o agente agressor e envolvem-no para o digerir. Se os leucócitos não vencerem o agressor a infeção propaga-se aos gânglios linfático, onde ocorre outra confrontação. Se a batalha não for vencida, o organismo recorre ao fígado e ao baço. Página 5
  6. 6. Defesas naturais internas- Fagocitose Página 6 * Glóbulo branco *
  7. 7. Produção de anticorpos Enquanto travam lutas, os leucócitos produzem anticorpos, substâncias que irão ligar-se aos micróbios ou às toxinas, destruindo-os. Página 7
  8. 8. Prevenção de doenças Página 8  Assepsia ou asséptico  Processo que permite eliminar as condições favoráveis ao aparecimento e desenvolvimento dos micróbios patogénicos no ambiente. É muito utilizado nos hospitais, em salas de operações.  Outros Exemplos: ♦ Higiene pessoal e ambiental. ♦ Guardar alimentos em armários fechados ou em frigoríficos ♦ Tratamento de águas. ♦ Tratamento e escoamento de esgotos ♦ Utilização de desumidificador ♦ Esterilização dos recipientes. ♦ Pasteurização do leite. ♦ Desinfectantes
  9. 9. Prevenção de doenças- Continuação Página 9  Desinfecção  É a destruição e remoção da maior parte dos micróbios patogénicos que existem num objecto ou numa superfície. Não eliminam *esporos.  Exemplos de desinfectantes  Esterilização
  10. 10. Processo Preventivo- A vacinação  Processo que visa provocar o aparecimento de anticorpos no nosso organismo, tornando-o imune a determinadas doenças. A vacina é constituída por micróbios mortos ou atenuados na sua virulência. Cria a imunidade adquirida. Página 10
  11. 11. Tratamento de doenças Página 11  Processo Curativo É utilizado para destruir os micróbios, quando os processos preventivos se tornaram insuficientes. Em 1928, Alexander Fleming descobriu, acidentalmente, a penicilina, o primeiro antibiótico, a partir do bolor, penicillium notatum. A.Fleming Penicillium notatum São medicamentos que têm a função de destruir e impedir o desenvolvimento de bactérias. ♦ Regras de Utilização: 1º Consultar o médico aos primeiros sintomas. 2º Respeitar as doses recomendadas. 3º Respeitar o intervalo de tempo entre as tomas. 4º Tomar o medicamento até ao fim.
  12. 12. Conclusão  O trabalho teve como objetivo apresentar a situação de defesa contra as agressões microbianas.  O trabalho está organizado em 10 capítulos, todos defendem meios de proteção contra micróbios.  Gostei muito de realizar este trabalho, porque cada vez mais morre muita gente por causa de doenças que se podem curar com os meios apresentados e acho que toda a gente os devia conhecer. Página 12
  13. 13. Fontes de informação  Google Imagens  Wikipedia  Livro “ Clube da Terra 6ºano”  Livro “ Perguntas e respostas”  Livro “ Ciência avançada sobre o corpo humano”  Site educacional “ O bichinho do saber” Página 13
  14. 14. Meios de proteção contra agressões microbianas

×