SlideShare uma empresa Scribd logo
Bruna Santo Neves
        Danielli Sant’ana
João Pedro Sarmento Dias Turíbio
  João Ricardo Denicolo Braga
          Rafael Simão
 Buscara aproximação das, expressões
 linguagens dos empregados, visando tornar a
 mensagem mais agradável e apelativa para o
 receptor da mesma
Outra forma de melhorar a
comunicação dentro de uma empresa
é administrar os chamadas fluxos de
comunicação
 Faltade Expressividade dos funcionários
 Causada pela falta de comprometimento com
  a empresa
 Receio de dizer algo que seus superiores não
  querem ouvir
 Levarem conta a opinião de todos, sendo toda
 a contribuição respeitada e avaliada

 Meiosde comunicação
 - Meio de integração
 - Compatibilização de comportamentos
 - Fluxo de informações

A comunicação eficaz é o primeiro passo para que
  o consenso ocorra.
 Eficiência   trata de como fazer, não do
 que fazer.
 Produtividade, fazer-se mais com o
 mínimo de recursos possíveis.
 Nível operacional

 Eficácia trata do que fazer, de fazer as
  coisas certas, da decisão de que caminho
  seguir.
 - Relacionada à escolha e, depois de
  escolhido o que fazer, fazer esta coisa de
  forma produtiva leva à eficiência.
 Nível tático
 Causais,são as estratégias de liderança e
 a estrutura da organização;

 Intervenientes,que são a condição do
 estado interno e se refletem em suas
 capacidades, como motivações e
 comunicações;

 Produção,   como custos, vendas e lucros.
 Comunicação   eficaz
 não é,
 necessariamente um
 ato em que o
 emissor e o receptor
 se envolvem numa
 mensagem com
 resultados claros e
 consensuais.
A  eficácia é
  determinada por
  diversos elementos
  envolvidos na
  comunicação;
 A eficiência
  comunicativa deve
  ser vista como
  potencialidade.
 Existem muitas
 variáveis que
 influem no processo
 de comunicação.

  Exemplos:
 Nível de conhecimento
   dos comunicadores;
 Atitudes das fontes de
   comunicação.
A eficiência
 comunicativa está
 também relacionada
 a um conceito de
 economia:

    “Há sempre algum
     investimento gasto
     quando acontece um
     ato comunicativo.”
A eficiência da
 comunicação se
 mede pelo
 relacionamento
 entre eficácia
 obtida e os custos
 necessários para
 sua obtenção.
O uso sinérgico da
 comunicação
 melhora as condições
 dos atos
 comunicativos,
 clarifica os canais,
 gera respostas mais
 imediatas e diminui o
 custo da
 comunicação.
 Uma   Visão Internacional
 1-Preparação   de decolagem
 2-Decolagem
 3-Maturidade
 4-Pós-Maturidade
 5-O   Atual
 No  quadro da inovação mundial , o
  sistema de comunicação precisou
  adaptar-se,principalmente por surgirem
  os seguintes acontecimentos:
 1- O despertar da participação de um
  cidadão comum
 2-A tentativa dos dirigentes empresariais
  e governamentais em iniciar a "fase da
  informação responsável"
 Com a crescente participação social , em
 querer saber , em ter acesso as
 informações,a comunicação institucional vai
 ter certamente que se ajustar à dinâmica
 dos novos tempos.Essa terá que ser um novo
 sistema de comunicação, um sistema
 atrelado á realidade.
•   Dentro de uma empresa, a comunicação é
    importante para que haja uma troca de
    informações entre os setores.

•    No meio externo, o sistema de comunicação
    deve relacionar informações quanto aos
    compromissos da empresa com as
    necessidades e anseios dos consumidores.
•    Os países em desenvolvimento,
    principalmente os presentes a África, Ásia
    e América Latina, não possuem estruturas
    de comunicação que atendem às suas
    necessidades.

•    A UNESCO vem criando políticas que
    valorizam temas nacionais e regionais,
    fazendo com que as empresas
    desenvolvam uma maior responsabilidade
    social e cultural.
 Sudeste  X Outras regiões
 Processo de desenvolvimento industrial
  iniciado em 1905
 Grande impulso durante a 1ª guerra
 Crise de 29 atinge a industria Cafeeira,mas
  pouco atinge a nascente industria
 2ª guerra provocou grandes mudanças na estrutura
  socio-econômica da país ,expressivo
  desenvolvimento da indústria em especial em São
  Paulo
 Adensamento demográfico na região
 Falta de infraestrutura,matéria-prima e mão de
  obra especializada
 Aumento das diferenças econômicas entre as
  regiões brasileiras
 Modelo  Agrário-exportador x Subtituição de
  importação
 Nacional-desenvolvimentismo.Ex: “O Petróleo é
  nosso
 63-67 Recessão
 68-73 milagre econômico,empréstimos e
  financiamentos internacionais
 Multinacionais consideradas superiores
 Produção voltada para o consumo interno.
•    No século XX, os veículos de comunicação
    ficaram voltados para o comércio por
    intermédio da publicidade.

•    Em 1964 ocorre a formação do Ministério
    das Comunicações e a consolidação da
    indústria cultural do país.

•   Ideologia de consumismo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Comunicação Empresarial - Definição clássica
Comunicação Empresarial -  Definição clássicaComunicação Empresarial -  Definição clássica
Comunicação Empresarial - Definição clássicaMauro de Oliveira
 
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19Proqualis
 
Gestão de pessoas
Gestão de pessoasGestão de pessoas
Gestão de pessoasFillipe Lobo
 
Comunicação Empresarial CE Básico
Comunicação Empresarial CE BásicoComunicação Empresarial CE Básico
Comunicação Empresarial CE BásicoCarlos Alves
 
Psicologia comunicação
Psicologia   comunicaçãoPsicologia   comunicação
Psicologia comunicaçãoArlane
 
Comunicação nas organizações
Comunicação nas organizaçõesComunicação nas organizações
Comunicação nas organizaçõesPaula Miranda
 
As barreiras à comunicação humana e sua minimização
As barreiras à comunicação humana e sua minimizaçãoAs barreiras à comunicação humana e sua minimização
As barreiras à comunicação humana e sua minimizaçãoMaria Teresa Vasconcelos
 
Importância da comunicação
Importância da comunicaçãoImportância da comunicação
Importância da comunicaçãoOmar Demetrio
 
Poder nas organizações slides
Poder nas organizações   slidesPoder nas organizações   slides
Poder nas organizações slidesPsicologia_2015
 
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - Comunicação
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - ComunicaçãoCOMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - Comunicação
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - ComunicaçãoFábio Nogueira, PhD
 
79361331 barreiras-comunicacao
79361331 barreiras-comunicacao79361331 barreiras-comunicacao
79361331 barreiras-comunicacaoAnabela Silva
 
Plano de Comunicação Interna
Plano de Comunicação InternaPlano de Comunicação Interna
Plano de Comunicação InternaStéphani Oliveira
 
Barreiras á comunicação
Barreiras á comunicaçãoBarreiras á comunicação
Barreiras á comunicaçãoJoana Lima
 
22 Boas Práticas de Comunicação Interna
22 Boas Práticas de Comunicação Interna22 Boas Práticas de Comunicação Interna
22 Boas Práticas de Comunicação InternaProgic
 
Instrumentos de Comunicação Externa
Instrumentos de Comunicação ExternaInstrumentos de Comunicação Externa
Instrumentos de Comunicação ExternaGermana Eiriz
 
Apresentação Comunicação
Apresentação ComunicaçãoApresentação Comunicação
Apresentação ComunicaçãoPatrícia Ervilha
 

Mais procurados (20)

Comunicação Empresarial - Definição clássica
Comunicação Empresarial -  Definição clássicaComunicação Empresarial -  Definição clássica
Comunicação Empresarial - Definição clássica
 
Comunicação Empresarial
Comunicação EmpresarialComunicação Empresarial
Comunicação Empresarial
 
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
 
Gestão de pessoas
Gestão de pessoasGestão de pessoas
Gestão de pessoas
 
Comunicação Empresarial CE Básico
Comunicação Empresarial CE BásicoComunicação Empresarial CE Básico
Comunicação Empresarial CE Básico
 
Psicologia comunicação
Psicologia   comunicaçãoPsicologia   comunicação
Psicologia comunicação
 
Comunicação nas organizações
Comunicação nas organizaçõesComunicação nas organizações
Comunicação nas organizações
 
As barreiras à comunicação humana e sua minimização
As barreiras à comunicação humana e sua minimizaçãoAs barreiras à comunicação humana e sua minimização
As barreiras à comunicação humana e sua minimização
 
Importância da comunicação
Importância da comunicaçãoImportância da comunicação
Importância da comunicação
 
Aula 2 - Missão, visão e valores
Aula 2 - Missão, visão e valoresAula 2 - Missão, visão e valores
Aula 2 - Missão, visão e valores
 
Poder nas organizações slides
Poder nas organizações   slidesPoder nas organizações   slides
Poder nas organizações slides
 
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - Comunicação
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - ComunicaçãoCOMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - Comunicação
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 1 - Comunicação
 
79361331 barreiras-comunicacao
79361331 barreiras-comunicacao79361331 barreiras-comunicacao
79361331 barreiras-comunicacao
 
Plano de Comunicação Interna
Plano de Comunicação InternaPlano de Comunicação Interna
Plano de Comunicação Interna
 
Barreiras á comunicação
Barreiras á comunicaçãoBarreiras á comunicação
Barreiras á comunicação
 
Mini curso comunicação (apresentação)
Mini curso comunicação (apresentação)Mini curso comunicação (apresentação)
Mini curso comunicação (apresentação)
 
22 Boas Práticas de Comunicação Interna
22 Boas Práticas de Comunicação Interna22 Boas Práticas de Comunicação Interna
22 Boas Práticas de Comunicação Interna
 
Instrumentos de Comunicação Externa
Instrumentos de Comunicação ExternaInstrumentos de Comunicação Externa
Instrumentos de Comunicação Externa
 
Apresentação Comunicação
Apresentação ComunicaçãoApresentação Comunicação
Apresentação Comunicação
 
comunicaoempresarial
comunicaoempresarialcomunicaoempresarial
comunicaoempresarial
 

Semelhante a Eficiência eficácia da comunicação organizacional

Comunicação Empresarial: uma ferramenta estratégica
Comunicação Empresarial: uma ferramenta estratégicaComunicação Empresarial: uma ferramenta estratégica
Comunicação Empresarial: uma ferramenta estratégicaCarlos Alves
 
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNAA INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNAÁguida Pedrosa
 
Comunicaonasempresas 090709065444-phpapp02 ggg
Comunicaonasempresas 090709065444-phpapp02 gggComunicaonasempresas 090709065444-phpapp02 ggg
Comunicaonasempresas 090709065444-phpapp02 gggElaine Costa
 
Comunicar Responsabilidade Social Empresarial
Comunicar Responsabilidade Social EmpresarialComunicar Responsabilidade Social Empresarial
Comunicar Responsabilidade Social EmpresarialMaria Carvalhosa
 
RelaçõEs PúBlicas
RelaçõEs PúBlicasRelaçõEs PúBlicas
RelaçõEs PúBlicasguest5cb0a8
 
Endomarketing - Comunicação Interna - Aula 4
Endomarketing -  Comunicação Interna - Aula 4Endomarketing -  Comunicação Interna - Aula 4
Endomarketing - Comunicação Interna - Aula 4Ueliton da Costa Leonidio
 
Comunicação Integrada - Aula 4
Comunicação Integrada - Aula 4Comunicação Integrada - Aula 4
Comunicação Integrada - Aula 4Carlos Alves
 
Do planejamento estratégico à comunicação interna - Fábio Araujo
Do planejamento estratégico à comunicação interna - Fábio AraujoDo planejamento estratégico à comunicação interna - Fábio Araujo
Do planejamento estratégico à comunicação interna - Fábio AraujoTio Flávio Cultural
 
A importância da comunicação integrada externa e interna para o sucesso da ...
A importância da comunicação integrada   externa e interna para o sucesso da ...A importância da comunicação integrada   externa e interna para o sucesso da ...
A importância da comunicação integrada externa e interna para o sucesso da ...Luiz Carlos de Almeida
 
O Significado Do Endomarketing
O Significado Do EndomarketingO Significado Do Endomarketing
O Significado Do EndomarketingAndrea Costa
 
Comunicação Interna em Tempos de Crise
Comunicação Interna em Tempos de CriseComunicação Interna em Tempos de Crise
Comunicação Interna em Tempos de CriseApproach Comunicação
 
Comunicação nas organizações palestra senac
Comunicação nas organizações palestra senacComunicação nas organizações palestra senac
Comunicação nas organizações palestra senacJoão de Deus Dias Neto
 

Semelhante a Eficiência eficácia da comunicação organizacional (15)

Comunicação Empresarial: uma ferramenta estratégica
Comunicação Empresarial: uma ferramenta estratégicaComunicação Empresarial: uma ferramenta estratégica
Comunicação Empresarial: uma ferramenta estratégica
 
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNAA INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
A INSERÇÃO E EFICÁCIA DA WEB 2.0 E SUAS FERRAMENTAS NA COMUNICAÇÃO INTERNA
 
Texto 3
Texto 3Texto 3
Texto 3
 
Comunicaonasempresas 090709065444-phpapp02 ggg
Comunicaonasempresas 090709065444-phpapp02 gggComunicaonasempresas 090709065444-phpapp02 ggg
Comunicaonasempresas 090709065444-phpapp02 ggg
 
Comunicar Responsabilidade Social Empresarial
Comunicar Responsabilidade Social EmpresarialComunicar Responsabilidade Social Empresarial
Comunicar Responsabilidade Social Empresarial
 
RelaçõEs PúBlicas
RelaçõEs PúBlicasRelaçõEs PúBlicas
RelaçõEs PúBlicas
 
Trabalho inovação
Trabalho inovaçãoTrabalho inovação
Trabalho inovação
 
Endomarketing - Comunicação Interna - Aula 4
Endomarketing -  Comunicação Interna - Aula 4Endomarketing -  Comunicação Interna - Aula 4
Endomarketing - Comunicação Interna - Aula 4
 
Comunicação Integrada - Aula 4
Comunicação Integrada - Aula 4Comunicação Integrada - Aula 4
Comunicação Integrada - Aula 4
 
Do planejamento estratégico à comunicação interna - Fábio Araujo
Do planejamento estratégico à comunicação interna - Fábio AraujoDo planejamento estratégico à comunicação interna - Fábio Araujo
Do planejamento estratégico à comunicação interna - Fábio Araujo
 
A importância da comunicação integrada externa e interna para o sucesso da ...
A importância da comunicação integrada   externa e interna para o sucesso da ...A importância da comunicação integrada   externa e interna para o sucesso da ...
A importância da comunicação integrada externa e interna para o sucesso da ...
 
O Significado Do Endomarketing
O Significado Do EndomarketingO Significado Do Endomarketing
O Significado Do Endomarketing
 
Comunicação Interna em Tempos de Crise
Comunicação Interna em Tempos de CriseComunicação Interna em Tempos de Crise
Comunicação Interna em Tempos de Crise
 
Aula Lab. C.Institucional
Aula Lab. C.InstitucionalAula Lab. C.Institucional
Aula Lab. C.Institucional
 
Comunicação nas organizações palestra senac
Comunicação nas organizações palestra senacComunicação nas organizações palestra senac
Comunicação nas organizações palestra senac
 

Mais de Joao Pedro Turibio (20)

Instalaçoes
InstalaçoesInstalaçoes
Instalaçoes
 
Cilindros
CilindrosCilindros
Cilindros
 
Contexto histórico ford
Contexto histórico fordContexto histórico ford
Contexto histórico ford
 
Nr 12
Nr 12Nr 12
Nr 12
 
Aula 9 vazão
Aula 9   vazãoAula 9   vazão
Aula 9 vazão
 
Aula 11 condicionadores e transmissores
Aula 11   condicionadores e transmissoresAula 11   condicionadores e transmissores
Aula 11 condicionadores e transmissores
 
Aula 12 atuadores e elementos finais
Aula 12   atuadores e elementos finaisAula 12   atuadores e elementos finais
Aula 12 atuadores e elementos finais
 
Aula 13 simbologia
Aula 13   simbologiaAula 13   simbologia
Aula 13 simbologia
 
Belo monte
Belo monteBelo monte
Belo monte
 
Aspectos históricos
Aspectos históricosAspectos históricos
Aspectos históricos
 
Steres (1)
Steres (1)Steres (1)
Steres (1)
 
Steres
SteresSteres
Steres
 
The web celebrities
The web celebritiesThe web celebrities
The web celebrities
 
The web celebrities (1) (1)
The web celebrities (1) (1)The web celebrities (1) (1)
The web celebrities (1) (1)
 
Clonagem humana
Clonagem humanaClonagem humana
Clonagem humana
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
 
Amplificadores valvulados
Amplificadores  valvuladosAmplificadores  valvulados
Amplificadores valvulados
 
Amplificadores de audio
Amplificadores de audioAmplificadores de audio
Amplificadores de audio
 
Amplificadores de udio classes d e e atualizado
Amplificadores de udio  classes d e e atualizadoAmplificadores de udio  classes d e e atualizado
Amplificadores de udio classes d e e atualizado
 
Circuitos integrados
Circuitos integradosCircuitos integrados
Circuitos integrados
 

Eficiência eficácia da comunicação organizacional

  • 1. Bruna Santo Neves Danielli Sant’ana João Pedro Sarmento Dias Turíbio João Ricardo Denicolo Braga Rafael Simão
  • 2.  Buscara aproximação das, expressões linguagens dos empregados, visando tornar a mensagem mais agradável e apelativa para o receptor da mesma
  • 3. Outra forma de melhorar a comunicação dentro de uma empresa é administrar os chamadas fluxos de comunicação
  • 4.  Faltade Expressividade dos funcionários  Causada pela falta de comprometimento com a empresa  Receio de dizer algo que seus superiores não querem ouvir
  • 5.  Levarem conta a opinião de todos, sendo toda a contribuição respeitada e avaliada  Meiosde comunicação - Meio de integração - Compatibilização de comportamentos - Fluxo de informações A comunicação eficaz é o primeiro passo para que o consenso ocorra.
  • 6.  Eficiência trata de como fazer, não do que fazer.  Produtividade, fazer-se mais com o mínimo de recursos possíveis.  Nível operacional  Eficácia trata do que fazer, de fazer as coisas certas, da decisão de que caminho seguir.  - Relacionada à escolha e, depois de escolhido o que fazer, fazer esta coisa de forma produtiva leva à eficiência.  Nível tático
  • 7.  Causais,são as estratégias de liderança e a estrutura da organização;  Intervenientes,que são a condição do estado interno e se refletem em suas capacidades, como motivações e comunicações;  Produção, como custos, vendas e lucros.
  • 8.  Comunicação eficaz não é, necessariamente um ato em que o emissor e o receptor se envolvem numa mensagem com resultados claros e consensuais.
  • 9. A eficácia é determinada por diversos elementos envolvidos na comunicação;  A eficiência comunicativa deve ser vista como potencialidade.
  • 10.  Existem muitas variáveis que influem no processo de comunicação.  Exemplos: Nível de conhecimento dos comunicadores; Atitudes das fontes de comunicação.
  • 11. A eficiência comunicativa está também relacionada a um conceito de economia:  “Há sempre algum investimento gasto quando acontece um ato comunicativo.”
  • 12. A eficiência da comunicação se mede pelo relacionamento entre eficácia obtida e os custos necessários para sua obtenção.
  • 13. O uso sinérgico da comunicação melhora as condições dos atos comunicativos, clarifica os canais, gera respostas mais imediatas e diminui o custo da comunicação.
  • 14.  Uma Visão Internacional
  • 15.  1-Preparação de decolagem  2-Decolagem  3-Maturidade  4-Pós-Maturidade  5-O Atual
  • 16.  No quadro da inovação mundial , o sistema de comunicação precisou adaptar-se,principalmente por surgirem os seguintes acontecimentos:  1- O despertar da participação de um cidadão comum  2-A tentativa dos dirigentes empresariais e governamentais em iniciar a "fase da informação responsável"
  • 17.  Com a crescente participação social , em querer saber , em ter acesso as informações,a comunicação institucional vai ter certamente que se ajustar à dinâmica dos novos tempos.Essa terá que ser um novo sistema de comunicação, um sistema atrelado á realidade.
  • 18. Dentro de uma empresa, a comunicação é importante para que haja uma troca de informações entre os setores. • No meio externo, o sistema de comunicação deve relacionar informações quanto aos compromissos da empresa com as necessidades e anseios dos consumidores.
  • 19. Os países em desenvolvimento, principalmente os presentes a África, Ásia e América Latina, não possuem estruturas de comunicação que atendem às suas necessidades. • A UNESCO vem criando políticas que valorizam temas nacionais e regionais, fazendo com que as empresas desenvolvam uma maior responsabilidade social e cultural.
  • 20.  Sudeste X Outras regiões  Processo de desenvolvimento industrial iniciado em 1905  Grande impulso durante a 1ª guerra  Crise de 29 atinge a industria Cafeeira,mas pouco atinge a nascente industria
  • 21.  2ª guerra provocou grandes mudanças na estrutura socio-econômica da país ,expressivo desenvolvimento da indústria em especial em São Paulo  Adensamento demográfico na região  Falta de infraestrutura,matéria-prima e mão de obra especializada  Aumento das diferenças econômicas entre as regiões brasileiras
  • 22.  Modelo Agrário-exportador x Subtituição de importação  Nacional-desenvolvimentismo.Ex: “O Petróleo é nosso  63-67 Recessão  68-73 milagre econômico,empréstimos e financiamentos internacionais  Multinacionais consideradas superiores  Produção voltada para o consumo interno.
  • 23. No século XX, os veículos de comunicação ficaram voltados para o comércio por intermédio da publicidade. • Em 1964 ocorre a formação do Ministério das Comunicações e a consolidação da indústria cultural do país. • Ideologia de consumismo