Proposição
A maioria dos brasileiros condena a corrupção,
considerando-a culpada dos principais males que
atingem o país...
Posicionando-se como alguém que pensa em
seu futuro e sabe que pode encontrar no
caminho a corrupção, manifeste sua opini...
 Perceber que a corrupção é um problema histórico na
formação do povo brasileiro. (o contrabando de metais
preciosos no s...
 TEMA: Pesquisas sobre células-tronco.
 Posição da igreja – A igreja não aceita a manipulação de células-
tronco embrion...
 Numa redação sobre este assunto (células-tronco), o aluno pode
se posicionar de duas maneiras distintas, quais sejam:
 ...
TEMA: Energias alternativas e matriz energética
brasileira
 Energias alternativas
 As fontes de energia alternativa no ...
Matriz energética
O Brasil possui a matriz energética mais renovável do
mundo industrializado com 45,3% de sua produção
...
 Brasil está entre os 10 países do mundo que mais usam energia solar ;
 O aluno poderia começar a redação com a afirmaçã...
Os dois próximos slides trazem uma redação exemplo:
Na introdução, o aluno traz dois períodos: o primeiro situa o tema co...
Depois do “milagre brasileiro” da década de 1970, novamente o
Brasil anuncia pretensões de se tornar uma nação desenvolvi...
Mesmo diante desse otimismo, persistem no Brasil problemas já
antigos. O IBGE mostrou recentemente que expressiva quantid...
TEMA: O aborto no Brasil: uma questão de legislação, religião e
saúde pública.
 A posição do Estado – O aborto é proibid...
 A posição da mulher – Observar que a mulher, a parte mais
interessada, é quem deve decidir sobre abortar ou não.
 Saúde...
https://www.youtube.com/watch?v=Z7jm6XUeUUE
O papel da imprensa.
http://www.youtube.com/watch?v=gcfocffOl9c
TEMA: O papel e o desafio da imprensa em uma sociedade
democrática.
 Seja no Brasil ou no mundo, qualquer meio de comuni...
Temas para o Enem 2013 e Redação exemplo comentada.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Temas para o Enem 2013 e Redação exemplo comentada.

11.050 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.050
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
647
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
125
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Temas para o Enem 2013 e Redação exemplo comentada.

  1. 1. Proposição A maioria dos brasileiros condena a corrupção, considerando-a culpada dos principais males que atingem o país, mas há também quem afirme que é uma “doença sem remédio” ou faz parte da natureza de nossa sociedade. Nesse contexto, o cartum de Millôr Fernandes, parodiando um gênero de publicidade oficial, convoca sarcasticamente os jovens a participar da corrupção em todos os setores da vida nacional.
  2. 2. Posicionando-se como alguém que pensa em seu futuro e sabe que pode encontrar no caminho a corrupção, manifeste sua opinião sobre o assunto, escrevendo uma redação sobre o tema: O jovem ante a corrupção: um inimigo a combater ou um dado a aceitar?
  3. 3.  Perceber que a corrupção é um problema histórico na formação do povo brasileiro. (o contrabando de metais preciosos no século XVI por funcionários da coroa, a corrupção eleitoral, o jeitinho brasileiro são exemplos).  Mostrar que esta corrupção está generalizada, ou seja, está em todos os poderes constituídos no país. (os casos de corrupção no judiciário, legislativo e executivo são exemplos, além da população civil no seu dia a dia).  Tomar posição em relação à pergunta do tema: combater esse mal ou aceitar como cultura nacional  (http://www.youtube.com/watch?v=m1xhsV0QydI) (http://www.youtube.com/watch?v=gpEHBSjuqAA) (http://www.youtube.com/watch?v=PTDIhB09uWA)
  4. 4.  TEMA: Pesquisas sobre células-tronco.  Posição da igreja – A igreja não aceita a manipulação de células- tronco embrionárias por acreditar e defender que um embrião já tem alma, portanto já é um ser humano. Mas ela aceita a utilização de células-tronco adultas tiradas do cordão umbilical do bebê e encontradas na placenta, em tecidos e na medula óssea.  Posição da Ciência - A comunidade científica entende que o embrião não é vida, mas um conjunto de células vivas; a vida só começa a partir da implantação do embrião no útero; a pesquisa com células-tronco pode auxiliar na cura de várias doenças.  Posição da justiça – Baseada no artigo 5º da Lei de Biossegurança, a lei prevê que os embriões usados nas pesquisas sejam inviáveis ou estejam congelados há três anos ou mais e veta a comercialização do material biológico. Também exige a autorização do casal.
  5. 5.  Numa redação sobre este assunto (células-tronco), o aluno pode se posicionar de duas maneiras distintas, quais sejam:  1 – Tomar uma posição a favor ou contra a pesquisa e defender essa posição através de argumentos bem desenvolvidos e com conhecimento acerca do assunto. Por exemplo, se a opinião for a favor, é bom o aluno conhecer as argumentações utilizadas pela Ciência, através de especialistas. Caso o candidato seja contra, assim como a igreja, o caminho é conhecer os argumentos utilizados pela igreja e organizá-los de forma coerente e coesa para uma bom desenvolvimento.  2 – O aluno pode mostrar os argumentos da Ciência e da igreja, de forma a utilizar o bom senso e dar como solução, por exemplo, o fim dos dogmas religiosos e da utilização apenas da razão por parte da Ciência.
  6. 6. TEMA: Energias alternativas e matriz energética brasileira  Energias alternativas  As fontes de energia alternativa no Brasil – Eólica (a energia dos ventos); a energia solar; a biomassa (proveniente de materiais de origem orgânica que geralmente são desperdiçados em processos industriais. Ela pode ser aproveitada para produzir tanto calor como eletricidade. O biogás, obtido na decomposição do lixo orgânico, é outro exemplo de biomassa que pode ser utilizada na produção de energia); Energia dos oceanos (Existem duas maneiras de aproveitar essa energia: pela força das marés, associada às correntes marítimas, e pela força das ondas, que tem maior potencial de exploração).
  7. 7. Matriz energética O Brasil possui a matriz energética mais renovável do mundo industrializado com 45,3% de sua produção proveniente de fontes como recursos hídricos, biomassa e etanol, além das energias eólica e solar. As usinas hidrelétricas são responsáveis pela geração de mais de 75% da eletricidade do País. Vale lembrar que a matriz energética mundial é composta por 13% de fontes renováveis no caso de Países industrializados, caindo para 6% entre as nações em desenvolvimento. Além do petróleo e do gás (o pre-sal). (http://www.brasil.gov.br/cop/panorama/o-que-o-brasil-esta-fazendo/matriz-energetica)
  8. 8.  Brasil está entre os 10 países do mundo que mais usam energia solar ;  O aluno poderia começar a redação com a afirmação de que o Brasil pode diversificar o uso de energia porque possui várias fontes disponíveis. No desenvolvimento, mostrar o quanto é diversificada a matriz energética brasileira, para justificar a opinião da introdução, e os benefícios econômicos que traria essa diversificação no uso das energias. Para concluir, é interessante que indique o investimento em projetos que utilizem da melhor maneira possível tais fontes, com investimentos vindos, por exemplo, do PAC e dos ministérios ligados aos setores energéticos do país.  http://www.youtube.com/watch?v=8ZYJ7ZYuVTo&feature=related  http://www.youtube.com/watch?v=_iQdK8WSVmg
  9. 9. Os dois próximos slides trazem uma redação exemplo: Na introdução, o aluno traz dois períodos: o primeiro situa o tema com palavra ou palavras-chave; o segundo período traz um foco argumentativo (indicadores positivos que favorecem ao Brasil) e uma situação- problema (superar alguns entraves). No desenvolvimento, o aluno desenvolveu de forma argumentativa as duas ideias apresentadas na introdução, utilizando um parágrafo para cada uma delas. Na conclusão, o aluno mostrou possíveis soluções para as causas da situação-problema encontrada no desenvolvimento, quais sejam a ´”precária educação” existente no país e “a corrupção, principalmente no meio político”, sempre mostrando o que fazer?, quem fazer? e como fazer?
  10. 10. Depois do “milagre brasileiro” da década de 1970, novamente o Brasil anuncia pretensões de se tornar uma nação desenvolvida. Muitos são os indicadores que favorecem esse objetivo, mas é necessário superar alguns entraves para que novos fracassos não ocorram. Nas últimas duas décadas, o Brasil alcançou a estabilidade econômica, livrando-se de altíssimas taxas de inflação. Passou, desde então, a atrair investimentos, principalmente estrangeiros, alcançando o “investment grade” (grau de investimento) em 2008. Essa confiança externa, somada ao aumento do mercado interno, contribuiu para o crescimento do PIB. Ao mesmo tempo, a melhor distribuição de renda fez diminuir a desigualdade social, possibilitando a ascensão entre classes. Espera-se que, com a Copa do Mundo de 2014 e as olimpíadas de 2016, haja mais investimentos que possam estimular a continuidade desse ciclo virtuoso.
  11. 11. Mesmo diante desse otimismo, persistem no Brasil problemas já antigos. O IBGE mostrou recentemente que expressiva quantidade dos brasileiros é analfabeta funcional, evidência de nossa precária educação, que gera uma carência de mão de obra minimamente qualificada. Além disso, a corrupção, principalmente no meio político, torna-se cada vez mais banalizada, resultando na má gestão do dinheiro público. Tais defeitos são grandes impedimentos par a continuidade do crescimento econômico a longo prazo. Verifica-se, portanto, a necessidade de intervenções do poder público. Este deveria eleger a qualidade da educação como prioridade, direcionando a ela, por exemplo, grande parte dos recursos oriundos das riquezas do Pré-Sal. A sociedade, por outro lado, deve exigir, baseada nas leis e através de manifestações pacíficas e conscientes, uma administração pública ética e eficaz.
  12. 12. TEMA: O aborto no Brasil: uma questão de legislação, religião e saúde pública.  A posição do Estado – O aborto é proibido no Brasil, apenas com exceções quando há risco de vida da mãe causado pela gravidez, quando essa é resultante de um estupro e se o feto não tiver cérebro. Nesses três casos, permite-se à mulher optar por fazer ou não o aborto. Quando essa decide abortar, deve realizar o procedimento gratuito pelo Sistema Único de Saúde.  A posição da Igreja – A igreja tem posição contrária ao aborto e à adoção de crianças por casais do mesmo sexo. A igreja ainda condena o aborto mesmo em caso de estupro, justificando que seria juntar um drama a outro drama. Ainda afirma que a criança, inocente, não deve ser punida, e sim o estuprador.
  13. 13.  A posição da mulher – Observar que a mulher, a parte mais interessada, é quem deve decidir sobre abortar ou não.  Saúde pública – O Estado dá realmente as condições necessárias de amparo e tratamento às vítimas de aborto?  Condição socioeconômica – As mulheres com posição sociocultural melhor podem cometer, seja qual for a justificativa, o aborto, mesmo clandestino, porque podem pagar por isso.  Indo para o texto:  Introdução – Posicionar-se quanto ao aborto. A favor ou contra? Se é a favor, é em todos os casos ou em alguns apenas?  Desenvolvimento – Argumentar, baseado na opinião da introdução, dando ênfase para os possíveis problemas e causas.  Conclusão – Coerente com o que foi abordado ao longo do texto.
  14. 14. https://www.youtube.com/watch?v=Z7jm6XUeUUE O papel da imprensa. http://www.youtube.com/watch?v=gcfocffOl9c
  15. 15. TEMA: O papel e o desafio da imprensa em uma sociedade democrática.  Seja no Brasil ou no mundo, qualquer meio de comunicação tem seus objetivos e público-alvo.  A espetacularização na mídia: é realmente o caminho a ser seguido? O que isso traz de benefício à democracia?  Informar à população acerca do que acontece no país, seja no campo político, econômico ou social, visto que a mídia tem um poder de persuasão muito grande, deve ser o papel da mídia.  O poder investigativo que a mídia possui.

×