A CRISE DE 1929Na década de 30 do século passado, o mundopassa por uma grande depressão financeiraque vitimou muitos pelo ...
Fim dos anos 1920- Plena euforia econômica- A agricultura, tida como a mais mecanizada do   mundo, inundava de alimentos o...
Superprodução- Produziram mais do que a capacidade de consumir-Concentração dos investimentos dentro do próprio país,  dim...
   A crise de 1929 foi uma grande crise    econômica que atingiu os Estados    Unidos e grande parte do mundo    capitali...
   Ocorreu Entre Guerras: 1918 fim da    Primeira Guerra Mundial e 1939 início da    Segunda Guerra Mundial.   Os Estado...
   Assim, tornaram-se o país mais rico e    poderoso do mundo, atingindo o auge da    prosperidade econômica na década de...
Quebra da bolsa-Quando a oferta é maior que a procura os preços tendem  a cair-Aumentou a venda de ações e diminuiu a comp...
Causas Recuperação econômica dos países  europeus após a guerra. Assim, estes países  diminuíram drasticamente a importaç...
Causas Houve diminuição do consumo, pois o poder  aquisitivo da população não acompanhava o  crescimento das indústrias. ...
A Grande Depressão A crise acabou chegando ao mercado de  ações. De 1920 a 1929, os americanos  compraram ações de divers...
A Grande Depressão Milhares de bancos, indústrias e empresas rurais  foram à falência e milhões de norte-americanos  perd...
Depressão mundial-Desemprego maciço-Fome-Miséria-Ressentimentos nacionais (rondando novamente a Europa)-Alguns países onde...
Efeitos no Brasil   A crise de 1929 também afetou o Brasil, pois os Estados    Unidos eram o maior comprador do café bras...
Efeitos no Brasil   No entanto, este fato trouxe algo positivo para a    economia brasileira. Com a crise do café, muitos...
O New Deal   Em 1933, Franklin Roosevelt foi eleito presidente nos    Estados Unidos e, para contornar a crise, elaborou ...
O New Deal   Outra medida foi a criação de um programa de obras    públicas. O governo criou empresas estatais e    const...
O New Deal   O plano foi tão bem sucedido que, no    início da década de 1940, a economia    norte-americana já estava   ...
Verbo Crackar (Oswald de Andrade)                      Eu empobreço de repente                    Tu enriqueces por minha ...
Bibliografiawww.historiadigital.orgwww.recantodasletras.com.brwww.google.com.brwww.educacional.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

1929

4.338 visualizações

Publicada em

Aula de História

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.338
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
39
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
131
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1929

  1. 1. A CRISE DE 1929Na década de 30 do século passado, o mundopassa por uma grande depressão financeiraque vitimou muitos pelo mundo a fora. Muitosperderam tudo o que tinham; poucosganharam muito com a desgraça alheia.
  2. 2. Fim dos anos 1920- Plena euforia econômica- A agricultura, tida como a mais mecanizada do mundo, inundava de alimentos os mercados interno e externo.- As indústrias funcionavam a todo vapor, transformando as pessoas comuns, principalmente as de classe média em consumidoras compulsivas.
  3. 3. Superprodução- Produziram mais do que a capacidade de consumir-Concentração dos investimentos dentro do próprio país, diminuição de empréstimos- Dificuldades dos países europeus em exportar mercadorias para os EUA devido às tarifas protecionistas-Diminuição das importações norte americanas
  4. 4.  A crise de 1929 foi uma grande crise econômica que atingiu os Estados Unidos e grande parte do mundo capitalista, na década de 1920. Também é conhecida, historicamente como Quebra da Bolsa de Nova York ou Grande Depressão.
  5. 5.  Ocorreu Entre Guerras: 1918 fim da Primeira Guerra Mundial e 1939 início da Segunda Guerra Mundial. Os Estados Unidos obtiveram muitas vantagens com a Primeira Guerra Mundial, pois exportaram grande quantidade de produtos para a Europa e emprestaram dinheiro aos países devastados pela guerra.
  6. 6.  Assim, tornaram-se o país mais rico e poderoso do mundo, atingindo o auge da prosperidade econômica na década de 1920. Porém, em 1929, não conseguiram contornar uma grave crise na economia que acabou tendo reflexos no mundo inteiro.
  7. 7. Quebra da bolsa-Quando a oferta é maior que a procura os preços tendem a cair-Aumentou a venda de ações e diminuiu a compra- Ações: títulos de propriedade, negociáveis e representativos de uma fração do capital de um empresa do tipo sociedade anônima
  8. 8. Causas Recuperação econômica dos países europeus após a guerra. Assim, estes países diminuíram drasticamente a importação de produtos industrializados e agrícolas dos Estados Unidos. A diminuição das importações teve como reflexo a superprodução agrícola, principalmente de trigo, que não encontrava comprador, interna ou externamente.
  9. 9. Causas Houve diminuição do consumo, pois o poder aquisitivo da população não acompanhava o crescimento das indústrias. As indústrias foram forçadas a diminuir a sua produção e demitir funcionários. Inspirado nas ideias liberais, nos Estados Unidos vigorava o livre mercado, ou seja, cada empresário fazia o que bem entendia, sem interferência do governo.
  10. 10. A Grande Depressão A crise acabou chegando ao mercado de ações. De 1920 a 1929, os americanos compraram ações de diversas empresas. Com a crise, os preços das ações na Bolsa de Nova York, um dos maiores centros capitalistas da época, despencaram, ocasionando a quebra. Isto ocorreu em 24 de outubro de 1929.
  11. 11. A Grande Depressão Milhares de bancos, indústrias e empresas rurais foram à falência e milhões de norte-americanos perderam o emprego. Os anos seguintes ficaram conhecidos como Grande Depressão. A queda da bolsa afetou o mundo inteiro, pois a economia norte-americana era a alavanca do capitalismo mundial. Assim as bolsas de Londres, Berlim e Tóquio quebraram também.
  12. 12. Depressão mundial-Desemprego maciço-Fome-Miséria-Ressentimentos nacionais (rondando novamente a Europa)-Alguns países onde a democracia estava mais fragilizada, as pressões conseguiram levar ao poder regimes políticos fascistas ou muito próximo ao fascismo.
  13. 13. Efeitos no Brasil A crise de 1929 também afetou o Brasil, pois os Estados Unidos eram o maior comprador do café brasileiro. Com a crise, a importação deste produto diminuiu muito e os preços do café brasileiro caíram. Para que não houvesse uma desvalorização excessiva, o governo brasileiro comprou e queimou toneladas de café. Desta forma, diminuiu a oferta, conseguindo manter o preço do principal produto brasileiro da época.
  14. 14. Efeitos no Brasil No entanto, este fato trouxe algo positivo para a economia brasileira. Com a crise do café, muitos cafeicultores começaram a investir no setor industrial, alavancando a indústria brasileira. Podemos dizer que a crise de 1929 levou ao fim da República Velha no Brasil, que foi dominada durante muito tempo pelos cafeicultores. Consequentemente terminou, também, a Política do Café-com-Leite.
  15. 15. O New Deal Em 1933, Franklin Roosevelt foi eleito presidente nos Estados Unidos e, para contornar a crise, elaborou um plano chamado New Deal. De acordo com este plano, o governo norte- americano passou a controlar os preços e a produção das indústrias e das fazendas. Assim diminuiu a inflação e evitou a formação de estoques.
  16. 16. O New Deal Outra medida foi a criação de um programa de obras públicas. O governo criou empresas estatais e construiu estradas, praças, escolas e aeroportos melhorando a infra-estrutura. Com isso as fábricas voltaram a produzir e vender suas mercadorias. O desemprego diminuiu. O plano também criou leis que protegiam os trabalhadores e desempregados.
  17. 17. O New Deal O plano foi tão bem sucedido que, no início da década de 1940, a economia norte-americana já estava funcionando normalmente.
  18. 18. Verbo Crackar (Oswald de Andrade) Eu empobreço de repente Tu enriqueces por minha conta Ele azula para o sertão Nós entramos em concordata Vós protestais por preferência Eles escafedem a massa Sê pirata Sede trouxas Abrindo a pala Pessoal sarado. Oxalá que eu tivesse sabido que este verbo era irregular.(As pessoas em todo mundo sofreram com o crack da Bolsa. O poeta asrepresenta pelos pronomes pessoais do caso reto Eu, Tu, Ele, Nós, Vós, Eles)
  19. 19. Bibliografiawww.historiadigital.orgwww.recantodasletras.com.brwww.google.com.brwww.educacional.com.br

×