Escola Secundária de Rio Tinto

Ano letivo 2013/2014
1

FACTOS SOCIAIS:
Bullying

Disciplina de Sociologia
Módulo I - Desc...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

27

Índice:
Introdução……………………………………………………………………...3
O que e o Bully...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

27

Introdução:

No âmbito da disciplina de sociologia foi proposto ...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

27

O

que é o Bullying?
Bullying é uma palavra de origem inglesa (a...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

27

Caracterização de Bullying:
O Cientista Sueco Dan Olweus após re...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

O Bullying divide-se em duas categorias:

27

Bullying Indireto ou
A...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

Tipos de Bullying:

27

•

Físico: Bater, puxar, pontapear, beliscar...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

27

Exemplos de técnicas de Bullying:
Todas estas técnicas levam as ...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

27

Quais os locais onde ocorre o Bullying?
O Bullying ocorre em lug...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

 Militar:

27

•

Acerca do Bullying Militar é afirmado que o mesmo...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014
•

Ano Letivo

Entre vizinhos, o Bullying normalmente toma a forma de intimidação...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

têm estatura forte, e sofreram enormes problemas familiares.
Pesquis...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

Bullying Professor-Aluno

27

O Bullying pode ser praticado também d...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

Efeitos de Bullying nas vítimas

27

Sinais e sintomas de que estão ...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

27

 Na escola:
•

Níveis elevados de faltas (absentismo);

•

Difi...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

Características das vítimas:

27

Geralmente as vítimas de Bullying ...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014
•

Ano Letivo

Ser sobredotado;
•

27
Ser o melhor ou até mesmo o pior numa deter...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

27

“ Perfil padrão da vítima durante a vitimização”
Característica
...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

Característica
Depressão

+

Solidão

+

Suicídio

+/-

Individualis...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014
•

Ano Letivo

Apoiar as vítimas de Bullying, criando condições para que elas se ...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014
•

Ano Letivo

Ameaça cibernética: envio repetitivo de mensagens ameaçadoras ou
i...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

 Bulicídio:
O Bullycide ou em português Bulicídio é uma palavra-val...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

Amanda Todd aos 15 anos publicou no Youtube um vídeo em que descrevi...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

27

Bibliografia:

http://www.slideshare.net/AP6Dmundao/bullying-138...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

Conclusão:

27

Este trabalho ajudou-me bastante a desenvolver conhe...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014
Habilitações Literárias: 1ºciclo

2ºciclo

Ano Letivo
3º ciclo

Séc.

Univ.

27
P...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

Pergunta: Após saberes o que é o Bullying, que medidas achas que dev...
Escola Secundária de Rio Tinto
2013/2014

Ano Letivo

Resposta: __________________________________________________________...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Bullying, Cyberbulying, Bulicídio

1.919 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.919
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bullying, Cyberbulying, Bulicídio

  1. 1. Escola Secundária de Rio Tinto Ano letivo 2013/2014 1 FACTOS SOCIAIS: Bullying Disciplina de Sociologia Módulo I - Descobrindo a Sociologia Professora: Filomena Borges Teixeira Curso técnico de apoio psicossocial Rio Tinto, Outubro de 2013 Joana Martins 10ºP Nº19
  2. 2. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo 27 Índice: Introdução……………………………………………………………………...3 O que e o Bullying? .................................................................................4 Caraterização de Bullying…………………………………………………....5 O Bullying divide-se em duas categorias…………………………………...6 Tipos de Bullying …………………………………………………………….,.7 Técnicas de Bullying………………………………………………………… .8 Quais os locais onde ocorre o Bullying ……………………………...9,10,11 Caraterísticas dos Bullies…………………………………………………… 12 Bullying Professor- Aluno ……………………………………………………13 Efeitos de Bullying nas vítimas …………………………………………14, 15 Caraterísticas das vitimas…………………………………………… 16,17,18 O Bullying também é constituído pelo Cyberbullying e o Bulicídio…….. 19  Cyberbullying ……………………………………………………...19, 20  Bulicídio…………………………………………………………….21 22 Bibliografia……………………………………………………………………. 23 Conclusão……………………………………………………………………...24 Inquérito ……………………………………………………………….25,26,27 Joana Martins 10ºP Nº19
  3. 3. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo 27 Introdução: No âmbito da disciplina de sociologia foi proposto fazer um trabalho sobre um facto social. Como tal, resolvi escolher um tema que me cativasse e que tivesse algo haver comigo, por isso, escolhi o tema “ Bullying” que a meu ver preenche todos os requisitos pedidos para o trabalho. O Bullying é um facto social conhecido e quase todas as pessoas sofrem deste problema mas nem sempre sabem o porquê de isto acontecer com elas, ou sequer como resolver o problema. Este é um facto que está cada vez a aumentar mais na faixa etária dos jovens, pois são eles que mais praticam este ato e que fazem com que este problema esteja muito presente na nossa sociedade. Joana Martins 10ºP Nº19
  4. 4. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo 27 O que é o Bullying? Bullying é uma palavra de origem inglesa (anglicismo) utilizada para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos. Estes atos são praticados por uma pessoa (Bully) ou por um grupo de pessoas (Bullies) em que o seu objetivo é intimidar, prejudicar, agredir e magoar uma outra pessoa que não seja capaz de se defender sozinha.  A palavra “bully” significa “valentão, tirano, brutal” ou seja, alguém que julga ter certo poder, e neste caso é o autor das agressões. A vítima ou o alvo é a pessoa que sofre com o efeito das agressões quer seja fisicamente quer psicologicamente.  Em 20% destes casos, as pessoas são simultaneamente vítimas e agressoras de Bullying, ou seja, em determinados momentos cometem agressões, porém também são vítimas. Em maior parte das escolas, os atos de Bullying ocorrem fora da visão dos adultos e grande parte das vítimas não fala sobre a agressão sofrida, devido ao medo/vergonha. O que os alunos fazem numa situação de Bullying: Joana Martins 10ºP Nº19
  5. 5. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo 27 Caracterização de Bullying: O Cientista Sueco Dan Olweus após realizar vários estudos na Noruega definiu Bullying em três termos essenciais: • O comportamento do agressor é agressivo e negativo; • O mesmo comportamento é executado intencionalmente e repetidamente; • O comportamento ocorre sempre num relacionamento onde existe um desequilíbrio de poder entre ambas as partes envolvidas. Intervenientes numa situação de Bullying: • Agressor – é a pessoa que pratica o Bullying, pretende obter poder e domínio, ter fama e popularidade humilhando os outros mais fracos. • Vítima – é a pessoa que não se consegue defender pois é vista como um alvo fácil para o agressor. • Vítimas/ Agressores – mais conhecidas por vítimas provocativas, são aquelas pessoas que cansadas dos constantes maus-tratos, tentam defender-se da agressão fazendo o mesmo. • Testemunhas – são aquelas pessoas que sujeitas a grande pressão, assistem à agressão e perguntam a si próprias quando irão ser a próxima vítima. Como se sentem inseguras, não denunciam os casos que presenciam pois se o fizerem receiam ficar sujeitas a ser a próxima vítima. Muitas vezes, as testemunhas aproximam-se dos agressores para se sentirem protegidas e evitar serem mais uma vítima. Joana Martins 10ºP Nº19
  6. 6. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo O Bullying divide-se em duas categorias: 27 Bullying Indireto ou Agressão Social Bullying Direto  É a forma mais comum entre os agressores masculinos, e na maioria usam agressões físicas.  É a forma mais comum de agressões no sexo feminino e em crianças pequenas e é caracterizada por forçar a vítima ao isolamento social.  Pode ser definido como o mais violento. Pois as vítimas muitas das vezes sofrem de violência física por parte dos Bullies.  Parece o menos violento, no entanto é o que marca mais as pessoas psicologicamente pois força a vítima a isolar-se do mundo.  Bullying físico.  Bullying psicológico. Joana Martins 10ºP Nº19
  7. 7. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo Tipos de Bullying: 27 • Físico: Bater, puxar, pontapear, beliscar, empurrar, puxar cabelos ou outro tipo de violência física. • Verbal: Ameaçar, fazer comentários agressivos, rir nas costas dos outros, chamar nomes aos familiares, ser sarcástico, lançar calúnias, gozar com alguma característica particular da vítima. (Ex: “caixa de óculos”; “Gordo”; “Magricela”; “Anorética”) • Psicológico: quase invisível mas deveras marcante, ou seja, chantagear, ignorar, ridicularizar, amedrontar, atormentar, manipular, ameaçar. (Ex: excluir das atividades de grupo, espalhar rumores. • Sexual: Fazer comentários impróprios e contacto físico indesejado. • Racista: toda a ofensa que resulte da cor de pele, de diferenças culturais, étnicas ou religiosas. Tipo de Bullying mais frequente: Joana Martins 10ºP Nº19
  8. 8. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo 27 Exemplos de técnicas de Bullying: Todas estas técnicas levam as vítimas a um isolamento social. Os Bullies usam principalmente uma combinação de intimidação e humilhação para atormentar os outros. • Insultar a vítima; • Recusa em socializar com a vítima; • Intimidar outras pessoas que queiram socializar com a vítima; • Acusar sistematicamente a vítima de não servir para nada; • Criticar o modo de vestir ou outros aspetos socialmente significativos (etnia, religião, incapacidades); • Ataques físicos repetidos contra uma pessoa, seja contra o corpo dela ou propriedade. • Espalhar comentários/ rumores negativos sobre a vítima (trocar e passar mensagens ou bilhetes a falar mal da pessoa em causa); • Obrigar/ameaçar a vítima a fazer algo contra a sua vontade; • Utilizar as tecnologias para publicar fotos da vítima, criar páginas falsas em sites de relacionamentos. • Colocar a vítima em situação problemática com alguém (geralmente com uma autoridade) ou acusá-la de algo que ela não cometeu e ela ser prejudicada; • Fazer comentários negativos sobre a família da pessoa, sobre a sua aparência pessoal, orientação sexual, religião, raça, nível de vida, nacionalidade; • Fazer com que a vítima passe vergonha à frente de várias pessoas; • Usar ironia evidente e se fazer passar por amigo de alguém assegurando assim um controle e uma posição em relação à vítima (isto ocorre sempre que o bully faz uma avaliação à vítima e chega à conclusão que ela é a “vítima perfeita”); Joana Martins 10ºP Nº19
  9. 9. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo 27 Quais os locais onde ocorre o Bullying? O Bullying ocorre em lugares onde as pessoas estão ou não em constante interação umas com as outras. Os lugares mais grais são:  Escola/ Universidade;  Militar;  Em casa;  Na vizinhança;  No trabalho;  Política; Por norma, o local mais afetado pelo Bullying é a escola pois são os jovens quem mais pratica este ato.  Na escola: • Nas escolas o Bullying ocorre quase sempre em locais onde não existe um adulto por perto e tanto pode acontecer dentro como fora da escola. As áreas de maior risco são:  Sala de aula;  Os intervalos;  As casas de banho;  Áreas Isoladas;  Rua/ Portão da escola; Joana Martins Onde ocorre com mais frequência: 10ºP Nº19
  10. 10. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo  Militar: 27 • Acerca do Bullying Militar é afirmado que o mesmo ainda está protegido contra investigações abertas, ou seja, não permitem fazer investigações sobre o assunto. • O mais frequente caso é o “Deepcut Barracks” no Reino Unido em que o governo recusou a condução de um inquérito público completo quanto a uma possível prática de Bullying. • Em alguns países existem rituais humilhantes entre os recrutas e os mesmos têm sido tolerados e exaltados como um “rito de passagem” que supostamente constrói o carácter e a resistência. Enquanto isso em outros países, o Bullying é sistemático nos postos inferiores, jovens ou recrutas mais fracos e pode na verdade ser encorajado pela política militar. Exemplo: As forças armadas russas geralmente fazem com que candidatos mais velhos ou mais experientes abusem - com socos e pontapés - dos soldados mais fracos e menos experientes.  Em casa: • Em casa, o Bullying acontece quase sempre entre irmãos (os que não suportam a presença e a existência do outro irmão). • Ao viverem na mesma casa, o agressor sente-se num local conhecido e a sua confiança aumenta. Quanto à vítima, a situação é bem mais complicada, até porque para falar com os pais, não se queixará de outra criança qualquer, mas sim do outro filho deles. Poderá ter a sensação que os pais não vão acreditar na sua palavra ou que irão escolher o irmão, o que agravará ainda mais a sua posição dentro de casa. Exemplo: Proporcionar todos os maus momentos possíveis ao irmão, como mostrar aos pais que ele sim é o filho exemplar.  Na Vizinhança: Joana Martins 10ºP Nº19
  11. 11. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 • Ano Letivo Entre vizinhos, o Bullying normalmente toma a forma de intimidação por comportamento inconveniente, tais como barulho excessivo para perturbar o sono e os padrões de vida normais ou fazer queixa às autoridades (tais como a Polícia) por incidentes menores ou forjados. Assim, o propósito da forma deste comportamento é fazer com que a vítima se sinta tão desconfortável, que acabe por mudar de propriedade.  No Trabalho: • O Bullying no local de trabalho frequentemente envolve o abuso ou mau uso do poder. A prática do Bullying inclui comportamentos que intimidam, ofendem ou humilham um trabalhador, normalmente na frente de outras pessoas. A prática do Bullying cria sentimentos de impotência no alvo e minimiza o direito do indivíduo à dignidade no trabalho. • Muitas situações de Bullying envolvem funcionários agredindo os seus próprios colegas, ao invés de um supervisor ou chefe intimidando um funcionário. • É muito interessante notar que a prática do Bullying no local de trabalho é frequentemente dirigida a alguém de quem o agressor tem medo. O alvo muitas vezes nem percebe que está a ser agredido, até porque o comportamento pode ser camuflado através de críticas e ações isoladas que ocorrem atrás de portas fechadas.  Na política: • O Bullying na política existe entre países, ou seja, ocorre quando um país decide impor sua vontade a outro. • Normalmente, isto é feito com o uso de força militar, pois a ameaça não ajuda e as doações não serão entregues a um país a menos que permitam que o país menor se associe a uma organização de comércio. Características dos Bullies: Pesquisas indicam que todos os Bullies no geral têm personalidades autoritárias, combinadas com uma forte necessidade de controlar ou dominar outra pessoa, Joana Martins 10ºP Nº19 27
  12. 12. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo têm estatura forte, e sofreram enormes problemas familiares. Pesquisas adicionais têm mostrado que a inveja e o ressentimento podem ser motivos para a prática de Bullying, ao contrário da crença popular, há pouca evidência que sugira que os Bullies sofram de qualquer défice de autoestima. É sugerido que os comportamentos agressivos têm origem na infância:  "Se o comportamento agressivo não é desafiado na infância, há o risco de que ele se torne habitual. Realmente, há evidência documental que indica que a prática do Bullying durante a infância põe a criança em risco de comportamento criminoso e violência doméstica na idade adulta."  Os Bullies costumam ser hostis, intolerantes e usam a força para resolver todos os seus problemas, sem pensar nas consequências.  Porém, eles são agressores porque na infância também foram vítimas de violência, maus-tratos, vulnerabilidade genética, falência escolar, e várias experiências traumáticas.  Quanto mais eles sofrem com violências e abusos, maior é a probabilidade de eles repetirem esses comportamentos durante a sua vida e negligenciarem o seu próprio bem-estar.  Comportamentos auto-destrutivos como consumo de álcool e drogas e correr riscos desnecessários são vistos com mais frequência entre os autores de Bullying. Indicador de agressores: • Ausência de empatia com o sofrimento dos outros; • Prepotente e dominador com irmãos e amigos; • Fala sem respeito pelas pessoas à sua volta; • Já foi recriminado várias vezes por conflitos com as pessoas; • Falta de cumprimento de normas. Indicador de agressores: • Ausência de empatia com o sofrimentos dos outros; • com irmãos e amigos; Joana MartinsPrepotente e dominador10ºP • Fala sem respeito pelas pessoas à sua volta; • Já foi recriminado várias vezes por conflitos com as pessoas; Nº19 27
  13. 13. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo Bullying Professor-Aluno 27 O Bullying pode ser praticado também de um professor para um aluno, em que as técnicas mais comuns são: • Intimidar o aluno em voz alta rebaixando-o perante a turma ofendendo assim a sua autoestima; • Manipular a turma contra um único aluno, expondo o mesmo a uma grande humilhação; • Assumir um critério mais rigoroso na correção dos testes do aluno em questão; • Perseguir um aluno sempre com notas baixas; • Ameaçar o aluno de reprovar; • Negar ao aluno o direito de ir à casa de banho, expondo-o assim a uma tortura psicológica; • Difamar o aluno no conselho de professores, aos coordenadores e acusá-lo de atos que não cometeu; • Torturas físicas, como: Puxões de orelhas, empurrões, estalos, reguadas pois é mais comum em crianças pequenas. Estes atos violam o Estatuto da Criança e do Adolescente e por isso devem ser denunciados. A revisão de provas pode ser requerida ao pedagogo ou coordenador e, em caso de recusa será tomada uma medida judicial. Joana Martins 10ºP Nº19
  14. 14. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo Efeitos de Bullying nas vítimas 27 Sinais e sintomas de que estão a sofrer do mesmo:  (No geral) • Baixa auto-estima; • Urinar na cama; • Distúrbios do sono/ Pesadelos; • Dores de estômago/ cabeça; • Marcas de ferimentos; • Síndrome do intestino irritável;1 • Sensibilidade a determinadas situações; • Dificuldade de relacionamento interpessoal; • Tornar-se um agressor também; • Transtornos de Ansiedade/Alimentares (vómitos, falta de apetite); • Mudanças repentinas de humor; • Choro; • Medo de expressar emoções/ Angústia; • Pesadelos; • Ataques de pânico sem motivo; • Diminuição do rendimento escolar; • Sensação de aperto no coração; • Insegurança; • Abuso de drogas e álcool; • Depressão; • Pensamentos destrutivos (ex. desejo de morrer); • Auto-Mutilação; • Tentativas de Suicídio;  Em muitos casos as vítimas recorrem a terapia para amenizar as marcas deixadas pela agressão. 1 Conjunto de manifestações gastro-intestinais, crónicas ou recorrentes não associadas a qualquer alteração bioquímica ou estrutural. Joana Martins 10ºP Nº19
  15. 15. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo 27  Na escola: • Níveis elevados de faltas (absentismo); • Dificuldade de concentração; • Ansiedade/ Medo do escuro; • Desaparecimento de material; • Elevado número de falta disciplinares; • Desrespeito pelos professores/funcionários; • Diminuição do rendimento escolar. • Auto-mutilação; • Porte de armas (ex. navalhas) com o objetivo de se protegerem;  No trabalho ou num dos outros lugares que referi anteriormente: • Perda de moral; • Níveis elevados de faltas por depressão; • Muita ansiedade/ nervosismo; • Dor nas costas/ cabeça; • Queda na produtividade e no lucro; As pessoas que sofrem de Bullying, dependendo das suas caraterísticas e das suas relações com os meios em que vivem, em especial as famílias, poderão não superar parcialmente ou totalmente os traumas sofridos pelos agressores. Normalmente, estas pessoas ficam com sentimentos negativos no seu interior e sentem que não conseguem nem têm capacidades para enfrentar as pessoas/os problemas e na maioria dos casos, como não aguentam tanta pressão, tornam-se agressores ou chegam ao seu extremo e suicidam-se. (As vítimas agem conforme o seu pensamento, conforme o que sentem, e raramente são compreendidas por isso é que chegam ao seu extremo). Joana Martins 10ºP Nº19
  16. 16. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo Características das vítimas: 27 Geralmente as vítimas de Bullying são:  Pessoas inteligentes e sensíveis;  Pertencem a famílias estáveis;  Têm baixa auto-estima;  Têm dificuldade em fazer amigos;  Têm alguma diferença caracterizada como social: cor de pele, sotaque, deficiências, forma de, andar;  Isolam-se facilmente das pessoas; Mas, as caraterísticas mais comuns são: • Personalidade (sinceridade, timidez, introversão, calma); • Ser novo no lugar onde pode ocorrer o Bullying; • Ser muito protegido pelos pais; • Pertencer a grupos diferentes da maioria (religiosos, étnicos); • Possuir caraterísticas físicas que diferenciam a pessoa em questão da maioria; • Possuir necessidades educativas especiais; • Usar roupas desadequadas para a sua idade, como se costuma dizer à “betinho”; • Demonstrar interesses diferentes das outras pessoas (política, futebol, música); • Ter problemas de saúde; • Ser uma pessoa pouco comunicativa; Joana Martins 10ºP Nº19
  17. 17. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 • Ano Letivo Ser sobredotado; • 27 Ser o melhor ou até mesmo o pior numa determinada, ação. Neste quadro, podemos observar o “perfil padrão da vítima inicial no Bullying escolar” e a importância das suas caraterísticas. Característica Importância Morar numa zona muito distante das outras pessoas + Morar numa zona pobre + Ter características físicas diferentes dos outros Descrição: + Muito importante (+) Estar sempre a estudar (+/-) Importante Pouco importante (-) + Ter uns pais sempre presentes e super protetores + Ser sobredotado +/- Fazer parte de uma religião, etnia e/ou raça diferente da maioria +/- Introversão e/ou timidez +/- Possuir necessidades educativas especiais - Joana Martins 10ºP Nº19
  18. 18. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo 27 “ Perfil padrão da vítima durante a vitimização” Característica Ocorrência Baixa auto-estima + Ansiedade, stress, angústia, fobias + Depressão + Sintomas psicológicos não explicados (tristeza, perturbações no sono) + Dores de cabeça/estomago + Isolamento social +/- Poucos amigos +/- Dar desculpas esfarrapadas quando lhe perguntam o que se passa +/- Evitar as aulas de educação física - Suicídio - Descrição: Ocorre muito (+) Ocorre (+/-) Ocorre pouco (-) “ Perfil Padrão da vítima depois de ter sido vítima” Joana Martins 10ºP Nº19
  19. 19. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo Característica Depressão + Solidão + Suicídio +/- Individualismo +/- Dificuldade nos relacionamentos +/- Adoção de comportamentos de risco +/- Problemas de socialização - Dificuldades de comunicação 27 Ocorrência - Descrição: Ocorre muito (+) Ocorre (+/-) Ocorre pouco (-) Como combater o Bullying? Dependendo do local onde ocorre o Bullying, existem várias maneiras de combater este problema, algumas delas são: • Realizar campanhas de informação e sensibilização contra o Bullying nas escolas, no trabalho e em todos os outros lugares possíveis envolvendo toda a comunidade; • Entender que em todos os lugares, cruzam-se sempre indivíduos com caraterísticas distintas e por isso mesmo, merecem respeito; • Estar atento a todos os sinais/ sintomas e atuar de modo rápido e eficaz no sentido de neutralizar os comportamentos agressivos e de apoiar ao máximo as vítimas; Joana Martins 10ºP Nº19
  20. 20. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 • Ano Letivo Apoiar as vítimas de Bullying, criando condições para que elas se sintam bem a falar com uma pessoa capaz de resolver o problema e fazer com que elas se sintam em segurança. Cantores como: Eminem, Demi Lovato e Lady Gaga sofreram de Bullying. O Bullying é também constituído pelo Cyber Bullying e pelo Bulicídio.  Cyberbullying: É o uso e difusão de uma informação para fins difamatórios, em formato eletrónico, através de meios de comunicação como e-mail, SMS, MSN ou Redes Sociais (Facebook, HI5, twitter, Myspace), em plataformas eletrónicas, de difusão de conteúdos, onde um individuo ou grupo pretendem, de forma deliberada e repetida, causar mal estar a outro. O Cyberbullying tem sido definido como: "Quando a Internet, telefones celulares ou outros dispositivos são utilizados para enviar textos ou imagens com a intenção de ferir ou constranger outra pessoa." Os cyberbullies podem divulgar os dados pessoais das vítimas (ex. nome, endereço, local de trabalho, escola ou até mesmo o número de telemóvel) em sites ou fóruns, ou publicar material em seu nome que o difame ou ridicularize-o. O Cyberbullying via Web pode ser considerado tão prejudicial quanto o Bullying "tradicional", podendo também levar em casos extremos, ao suicídio. No mundo virtual a maioria dos Bullies não dá a cara, por isso uma vítima de Cyberbullying pode estar a ser difamada por qualquer outro tipo de pessoa, quer seja (homem, mulher, adolescente, idoso...) Tipos mais comuns de Cyberbullying: • Assédio: caraterizado como sendo o envio de mensagens ofensivas, com o objetivo de insultar a vítima; • Roubo de Identidade: quando uma pessoa se faz passar por outra na internet, usando os seus dados pessoais (ex. conta de e-mail, MSN, palavra-passe) com o intuito de constranger e gerar danos à outra pessoa  Mais frequente nos dias de hoje; • Violação de intimidade: mediante divulgação de segredos, informações, imagens íntimas ou comprometedoras de alguém. Joana Martins 10ºP Nº19 27
  21. 21. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 • Ano Letivo Ameaça cibernética: envio repetitivo de mensagens ameaçadoras ou intimidadoras. 27 Como prevenir o Cyberbullying: • Não colocar informações pessoais em qualquer site; • Não adicionar fotos provocadoras/ íntimas em redes sociais; • Não falar com estranhos; • Não acreditar em tudo que as pessoas na Internet dizem; • Não contar pormenores sobre a sua vida pessoal (Ex: onde mora, idade, nomes dos pais, escola) Casos conhecidos de Cyberbullying:  Justin Bieber;  Miley Cyrus;  Rehtaeh Parsons (17 anos, morreu no hospital após tentar se enforcar em casa. Tentou várias vezes se suicídar pois foi violada, e publicaram fotos dela nua na internet). Capa do filme muito conhecido “ Cyberbully “ que dá a conhecer ao mundo como é ser vítima de Cyberbullying. Joana Martins 10ºP Nº19
  22. 22. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo  Bulicídio: O Bullycide ou em português Bulicídio é uma palavra-valise 2 que surgiu em 2001 quando Neil Marr e Tim Field o citaram no seu livro: Bullycide: Death at playtime”. 27 Tal como o nome indica é a mistura das duas palavras: Bullying e suicídio. Assim, se refere a uma pessoa que foi vítima de Bullying tanto pessoalmente como virtualmente (Cyberbullying) e como consequência de tal problema, se suicída. Este problema só começou a ter grande destaque em 2010 após terem acontecido vários suicídios de jovens (34) nos Estados Unidos motivados pelo Bullying. Está cientificamente provado que o suicídio é a terceira principal causa de morte entre os jovens e que existem cerca de 4,400 mortes por ano. As Porque as vítimas chegam a este extremo? vítimas vivem em constante estado de medo e confusão, sem saber como agir, o que fazer ou a quem recorrer. Só uma coisa lhes vem à cabeça: livrar-se dessa situação e a única maneira que elas acham que as faz escapar dos insultos, agressões, dos problemas em “ Então ninguém gostava de mim” geral é acabar com as suas próprias vidas. As pessoas que sofrem deste problema vão mostrando às outras pessoas certos comportamentos que muitas vezes passam despercebidos, como o medo ou pânico além do stresse e da raiva. A vítima vive constantemente triste, irritada, não tem auto-estima, não expressa emoções e muitas vezes acaba por recorrer a drogas ou álcool. São sentimentos depressivos que acabam torturando o indivíduo que não vê nenhuma solução mais prática ou acessível para resolver isso. Um dos casos mais conhecidos de Bullying, Cyberbullying e Bulicídio que já ocorreu foi o de Amanda Todd e foi o que pessoalmente me tocou mais: “ Não tenho amigos e fico “Todos me julgam” sozinha no almoço” “Comecei a cortar-me” “Todos os dias penso: porque ainda estou aqui?” “ Então ninguém gostava de mim…” É um termo que se refere a uma palavra ou morfema que faz uma fusão de duas palavras, “ Pensava que ele em que normalmente uma perde a parte final e a outra perde a parte inicial (composição por gostava de mim...” aglutinação). “ Eu queria morrer muito mal... Quando ele me trouxe a o ”Quando cheguei a casa tudo casa… Bebi água “Então ela o fez… deitousanitária”. “Meus seios era a “As crianças filmaram. Eu que vi foi no Facebook – Ela me ao chão e me bateu imagem de perfil namorada dele, as “A estava sozinha e no chão” mereceu”. várias vezes” dele” outras incluindo ele...” 2 Joana Martins 10ºP “ Eu não tenho ninguém, eu preciso de alguém” Nº19
  23. 23. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo Amanda Todd aos 15 anos publicou no Youtube um vídeo em que descrevia anos de Bullying, Cyberbullying que a levaram a consumir álcool e drogas. No vídeo, ela conta a sua história com várias notas escritas à mão. Amanda, confessa que estava em web com estranhos e a convenceram a mostrar os seus seios… 27 Ela conta no vídeo que cometeu esse erro com 12 anos “ Eu gostava de conhecer pessoas novas nos chats”. Um ano depois, um homem anónimo entrou em contato com ela pelo Facebook com ameaças de que publicarias a foto dela na Internet se ela não se exibisse para ele… Ela não cedeu, e o homem assim o fez, publicou a foto para todos os amigos dela verem. Mas, ele não ficou satisfeito e criou uma conta no Facebook em que a foto de perfil era dos seios dela… Amanda dizia no vídeo: “Chorei várias noites seguidas, perdi amigos e o respeito de todos” e foi a partir daí que ela se começou a cortar. Amanda, relata ainda que após todos a deitarem abaixo, lhe dizerem para ela se matar… ela tentou envenenar-se ao beber água sanitária e por ingestão de medicamentos, pois a tortura no Facebook não parou… e ela nunca conseguia esquecer nem superar a vergonha que tinha passado… Ela procurava ajuda, apoio de todas as maneiras mas ninguém a ajudava apenas a criticavam… ela fez o vídeo na esperança que alguém a ouvisse verdadeiramente mas ninguém quis saber. E assim, os cortes que ela fazia nos pulsos foram a única solução para dar um fim à sua vida… Um mês após o sucedido, Amanda Todd foi encontrada morta em sua casa. Joana Martins 10ºP Nº19
  24. 24. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo 27 Bibliografia: http://www.slideshare.net/AP6Dmundao/bullying-1384906 http://obullying.wordpress.com/o-bullying-no-local-de-trabalho/ http://www.slideshare.net/AP6Dmundao/bullying-1384906 http://www.slideshare.net/anderson_hipolito/apresentao-do-bullying-palestra-2007 http://www.slideshare.net/tatimarana/bullying-2630377 http://www.slideshare.net/veronicasilva/bullying-4267684 http://pt.wikipedia.org/wiki/Suic%C3%ADdio_de_Amanda_Todd http://www.slideshare.net/navegananet/builing-mario-marcuspedrotiago http://www.slideshare.net/AndreeCamilooo/bullying-4472217 http://www.slideshare.net/pearl2000/bullying1 http://pt.wikipedia.org/wiki/Cyberbullying http://www.significados.com.br/cyberbulliyng/ http://www.bullyingescola.com/sobre/ https://www.google.pt/imghp?hl=ptPT&tab=wi&ei=PR1zUvvqI8eGtAb7rYEo&ved=0CAQQqi4oAg Joana Martins 10ºP Nº19
  25. 25. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo Conclusão: 27 Este trabalho ajudou-me bastante a desenvolver conhecimentos enquanto pessoa e estudante de sociologia. Acho que ter feito este trabalho foi a melhor escolha que fiz, pois fiquei a perceber melhor a mente humana e no fundo, a minha. Ao longo da realização do trabalho tentei explicitar com clareza tudo o que está relacionado com o Bullying e o que lhe está subjacente pois na internet existem bastantes fontes de informação. Após terminar o trabalho fiquei ciente de que o Bullying depende somente de nós próprios… ou seja, se não queremos ser vítimas temos que lutar contra isso e não deixar que nos deitem abaixo ou que nos arruínem a vida que é o que acontece a muita gente nos dias de hoje… Esta é uma luta que cada um de nós tem que construir para não se deixar destruir interiormente. Como fim deste trabalho, decidi pôr um poema sobre o Bullying: B em longe do Mundo U m pensamento me afrontou L uto só contra ele L onge de todos aqueles “Y oungpeopledesperate" I maginando que mais... N inguém me socorria G ritei aos ventos e… N inguém me ouvia! A manhã não estarei cá O desespero agonia. Inquérito: Bullying Sexo: F M Idade: _____ Joana Martins 10ºP Nº19
  26. 26. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Habilitações Literárias: 1ºciclo 2ºciclo Ano Letivo 3º ciclo Séc. Univ. 27 Pergunta: Já foste vítima de Bullying? Resposta:_______________________________________________________________ Pergunta: Já te sentiste ameaçado/a no ambiente escolar? Resposta:_______________________________________________________________ Pergunta: Na tua escola existe a prática de Bullying? Resposta:_______________________________________________________________ Pergunta: Já praticaste/praticas Bullying com alguém? Resposta:_______________________________________________________________ Pergunta: Alguma vez denunciaste um caso de Bullying? Resposta:_______________________________________________________________ Pergunta: Sentes-te um alvo de críticas/insultos/agressões? Resposta:_______________________________________________________________ _______________________________________________________________________ Pergunta: Achas que o Bullying é um crime? Resposta:_______________________________________________________________ Pergunta: O que sabes sobre o Bullying? Resposta:_______________________________________________________________ _______________________________________________________________________ Pergunta: O Bullying prejudica o estado emocional de uma pessoa? Resposta:_______________________________________________________________ _______________________________________________________________________ Pergunta: Se sofresses de Bullying o que farias? Resposta:_______________________________________________________________ _______________________________________________________________________ Pergunta: Achas normal uma pessoa que sofre de Bullying estar constantemente a mudar de escola? Resposta:_______________________________________________________________ Joana Martins 10ºP Nº19
  27. 27. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo Pergunta: Após saberes o que é o Bullying, que medidas achas que deveriam ser tomadas? Resposta:_______________________________________________________________ _______________________________________________________________________ Pergunta: Achas que a tua vida é inútil? Resposta:______________________________________________________________ Pergunta: Quando as pessoas te criticam, sentes que elas têm razão? Resposta:_______________________________________________________________ Pergunta: Consideras-te uma pessoa frágil? Resposta: ______________________________________________________________ Pergunta: Já te tentaste suicidar devido ao Bullying? Resposta:_______________________________________________________________ _______________________________________________________________________ Pergunta: Conheces alguém que se tenha tentado suicídar? Resposta:_______________________________________________________________ _______________________________________________________________________ Pergunta: Tens amigos/família que te apoiam? Resposta:_______________________________________________________________ _______________________________________________________________________ Pergunta: Sentes-te sozinho/a? Resposta:_______________________________________________________________ _______________________________________________________________________ Pergunta: Quando estás mal com quem desabafas? Resposta:_______________________________________________________________ _______________________________________________________________________ Pergunta: Já frequentaste uma psicóloga para te ajudar neste tipo de problemas? Joana Martins 10ºP Nº19 27
  28. 28. Escola Secundária de Rio Tinto 2013/2014 Ano Letivo Resposta: ______________________________________________________________ Pergunta: Sentes-te inferior á beira das outras pessoas? Resposta:_______________________________________________________________ Pergunta: Se és/foste vítima de Bullying, quais os sentimentos que costumas sentir? Resposta:_______________________________________________________________ _______________________________________________________________________ Pergunta: Alguma vez te cortas-te? Resposta: ______________________________________________________________ Pergunta: Se sim, porquê o fizeste? Resposta: ______________________________________________________________ Joana Martins 10ºP Nº19 27

×