As passagens a seguir foram
extraídas da versão original de Os
Lusíadas, poema épico de Luís de
Camões, publicado em 1572:
 ‘’affeiçoada aa gente‘’
 ‘’junto aas ilhas‘’
 ‘’chegava aa desejada e lenta meta‘’
 ‘’quem podesse aa India ser levad...
[...] o conjunto de enunciados
evidencia que, no século 16,
escrevia-se a forma ‘’aa‘’, inexistente
na ortografia atual, e...
Conceitos:
Crase – nome da fusão da preposição a com
outro a(s) que ocorre logo depois dela. Na
escrita, a crase é represe...
Complementos Teóricos:
1. A palavra crase, que tem origem na palavra grega
krasis (mistura, fusão), nomeia um fato fonétic...
 Preposição a + pronome demonstrativo a(s),
equivalente a ‘’aquela(s)‘’.
Ex: Essa revista é igual à que comprei?
 Prepos...
 Principais Ocorrências De Crase
• Casos em que sempre ocorre crase
1. Alguns vaqueiros passavam a noite na fazenda.
2.Al...
É fácil notar que eles têm sentidos diferentes. Em 1,
entende-se que os vaqueiros pernoitavam na fazenda;
em 2, entende-se...
 Locuções adverbiais
As locuções adverbiais femininas podem exprimir
uma variedade de circunstâncias em relação ao fato
v...
 Locuções prepositivas
Forma geral à + palavra feminina + de
Existem muitas locuções femininas desse tipo. Veja as mais u...
 Locuções conjuntivas
São apenas duas as locuções femininas desse tipo:
• À medida que
Ex.: As ruas enchiam-se de gente, ...
Português   crase
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Português crase

206 visualizações

Publicada em

Slide de língua portuguesa sobre a crase

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
206
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Português crase

  1. 1. As passagens a seguir foram extraídas da versão original de Os Lusíadas, poema épico de Luís de Camões, publicado em 1572:
  2. 2.  ‘’affeiçoada aa gente‘’  ‘’junto aas ilhas‘’  ‘’chegava aa desejada e lenta meta‘’  ‘’quem podesse aa India ser levado‘’ Podemos percebemos que a escrita na época de Camões não é idêntica à atual. [...] Hoje em dia, escreveríamos:  ‘’afeiçoada à gente‘’  ‘’junto às ilhas‘’  ‘’chegava à desejada e lenta meta‘’  ‘’quem podesse à India ser levado‘’
  3. 3. [...] o conjunto de enunciados evidencia que, no século 16, escrevia-se a forma ‘’aa‘’, inexistente na ortografia atual, em que empregamos ‘’à‘’. A comparação é interessante justamente por evidenciar a origem (e o sentido) desse acento.
  4. 4. Conceitos: Crase – nome da fusão da preposição a com outro a(s) que ocorre logo depois dela. Na escrita, a crase é representada por um a(s) com o acento grave: à(s).
  5. 5. Complementos Teóricos: 1. A palavra crase, que tem origem na palavra grega krasis (mistura, fusão), nomeia um fato fonético: a fusão de dois sons iguais. O nome do acento não se chama ‘’crase‘’; chama-se acento grave. 2. A crase, na maioria das vezes, dá-se pela fusão da preposição a com o artigo a(s). No entanto, em certas estruturas sintáticas, ela pode resultar da junção de:
  6. 6.  Preposição a + pronome demonstrativo a(s), equivalente a ‘’aquela(s)‘’. Ex: Essa revista é igual à que comprei?  Preposição a + aquele(s), aquela(s), aquilo. Ex: Por Favor, dirija-se àquela sala.  Preposição a +a (qual), as (quais). Ex: Conheço a música à qual você se referiu
  7. 7.  Principais Ocorrências De Crase • Casos em que sempre ocorre crase 1. Alguns vaqueiros passavam a noite na fazenda. 2.Alguns vaqueiros passavam à noite na fazenda.
  8. 8. É fácil notar que eles têm sentidos diferentes. Em 1, entende-se que os vaqueiros pernoitavam na fazenda; em 2, entende-se que os vaqueiros iam até lá no período noturno. Observe que, se não existisse o sinal gráfico indicador de crase, seria impossível, nesse caso, distinguir um sentido do outro. Como existem muitos casos semelhantes a esse, convencionou-se que, para evitar duplo sentido em determinados enunciados, o acento indicador de crase deve ser empregado genericamente em três tipos de locuções femininas. São elas:
  9. 9.  Locuções adverbiais As locuções adverbiais femininas podem exprimir uma variedade de circunstâncias em relação ao fato verbal e, quanto ao emprego do sinal de crase, as mais comuns são as que indicam tempo e modo. Veja alguns exemplos: • Tempo Exs.: Às vezes, ele vem aqui ás sextas-feiras à noite. O porteiro sempre chega ás nove horas e vai embora à meia-noite. • Modo Ex.: Consertamos o carro às pressas e saímos às escondidas.
  10. 10.  Locuções prepositivas Forma geral à + palavra feminina + de Existem muitas locuções femininas desse tipo. Veja as mais usuais: à esquerda de à direita de à frente de à moda de à espera de à procura de à mercê de à custa de à semelhança de Exemplo: • O garoto ficava à espera do pai à sombra de uma grande árvore
  11. 11.  Locuções conjuntivas São apenas duas as locuções femininas desse tipo: • À medida que Ex.: As ruas enchiam-se de gente, à medida que a noite chegava. • À proporção que Ex.: À proporção que o tempo passava, ele ficava mais nervoso.

×