Regime de Competência de Exercícios                                           IntroduçãoNeste módulo, estudaremos o Regime...
Caso 02: salário pago no quinto dia útil do mês de agosto. Contabilização no mês de julho.Caso 03: contabilização no mês d...
Adiantamento de salárioO mesmo raciocínio vale se a empresa pagar salários adiantados. Digamos que no mês de julho,sejam p...
Despesas do Exercício SeguinteDa mesma forma que a conta salários, existem outras contas de receitas e despesas, recebidas...
Fechando o Balanço PatrimonialA partir do mês de julho e em todos os meses, a empresa terá de apropriar(transferir), em De...
Contabilização de receitas futurasComo o seguro será apropriado totalmente no exercício seguinte(próximo ano), a conta des...
Dezembro:Em 31.12.20X0 teremos os seguintes saldos nas contas para o fechamento do balanço.                               ...
6° modulo de contabilidade
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

6° modulo de contabilidade

3.404 visualizações

Publicada em

6° modulo de contabilidade

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.404
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

6° modulo de contabilidade

  1. 1. Regime de Competência de Exercícios IntroduçãoNeste módulo, estudaremos o Regime de Competência de Exercícios, um dos princípios contábeisde suma importância.De acordo com o regime de competência de exercícios, as receitas e as despesas são consideradasem função do seu fato gerador e não em função do recebimento da receita ou pagamento dadespesa.As receitas de um exercício são aquelas ganhas nesse período, não importando se tenham sidorecebidas ou não.As despesas de um exercício são aquelas incorridas nesse período, não importando se tenham sidopagas ou não. Análise da Conta SaláriosPara exemplificar, mostraremos a conta Salários do mês de julho. O fato gerador da conta Saláriosocorreu em julho, quando os funcionários trabalharam. Portanto, a despesa com salários compete aomês de julho.importante: independente do salário ser pago ou não no mês de julho, a empresa terá quereconhecer a despesa.Observe os lançamentos contábeis de acordo com a data de pagamento, sendo que o total dossalários do mês de julho foi de R$ 35.000,00.Caso 01: salário pago no último dia do mês de julho.
  2. 2. Caso 02: salário pago no quinto dia útil do mês de agosto. Contabilização no mês de julho.Caso 03: contabilização no mês de agosto, quando houver o efetivo pagamento dos salários:
  3. 3. Adiantamento de salárioO mesmo raciocínio vale se a empresa pagar salários adiantados. Digamos que no mês de julho,sejam pagos 10% do salário de agosto e que este valor corresponde a R$ 3.500,00.Veja como ficaria a contabilização no mês de julho com o pagamento deste adiantamento:Agora, no mês de agosto que é o mês de competência:
  4. 4. Despesas do Exercício SeguinteDa mesma forma que a conta salários, existem outras contas de receitas e despesas, recebidas oupagas antecipadamente, que por vezes passam de um exercício(ano) para outro.Quando isso ocorre com uma despesa, ela é chamada de Despesas do Exercício Seguinte.Existem certos ativos oriundos de gastos realizados no período corrente que beneficiam o exercícioseguinte ou parte dele.É o caso de prêmio de seguros pago antecipadamente, usualmente, remunerado a companhia deseguros por um ano de cobertura do seguro.Exemplo:Digamos que a empresa adquiriu um seguro no dia 30.06 do exercício anterior, cujo prêmio é deR$12.000,00, á vista e com validade até 01.07 do exercício atual.Na data do pagamento do seguro, temos os seguintes lançamentos:
  5. 5. Fechando o Balanço PatrimonialA partir do mês de julho e em todos os meses, a empresa terá de apropriar(transferir), em Despesascom Seguros, uma parcela das Despesas do Exercício Seguinte, correspondete a um 1/12, queequivale a R$1.000,00. Veja os lançamentos e os saldos do fechamento do Balanço Patrimonial em31.12.20X1:
  6. 6. Contabilização de receitas futurasComo o seguro será apropriado totalmente no exercício seguinte(próximo ano), a conta despesas doexercício seguinte será classificada no ativo circulante.Por outro lado, existem algumas despesas pagas antecipadamente que serão postergadas em funçãode projetos, cujas despesas contribuirão para gerar receitas futuras.Estas receitas serão contabilizadas no ativo não circulante, no subgrupo realizável a longo prazo.Da mesma forma que a empresa paga despesas antecipadamente, ela também recebe receitasantecipadamente, ou seja, antes de o fato gerador ocorrer. LegislaçãoDe acordo com a lei das S.A., essas receitas gerarão um passivo para uma prestação de serviçosfuturos ou entrega posterior de bens.Por exemplo, o aluguel recebido antecipadamente, caso o contrato tenha uma cláusula queestabeleça que não haverá reembolso, mesmo que o locatário devolva o imóvel, antes do seutérmino.Importante: Caso o contrato não possua cláusula, a receita recebida antecipadamente terá de serclassiicada no Passivo Circulante, como adiantamento. Contabilização do contrato de aluguelRetomando o exemplo do contrato de aluguel, digamos que a empresa locadora tenha recebido,antecipadamente, em 30.06.20X0, o valor de R$20.000,00 correspondente a dois anos de aluguel eque o contrato tenha a cláusula de não reembolso. Veja como fica a contabilização:Junho:Julho: A partir do mês de julho, mensalmente, a empresa terá que se apropriar emreceitas(operacionais ou não operacionais, para apurar o resultado do período) uma parcelacorrespondente a 1/24 que será igual a R$1.000,00.
  7. 7. Dezembro:Em 31.12.20X0 teremos os seguintes saldos nas contas para o fechamento do balanço. By @jefersontdb13

×