Plano de negócios

3.148 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.148
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
117
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de negócios

  1. 1. Escola Secundária Francisco FrancoÁrea de Projecto2010/201112º4Plano de NegóciosCristina Barradas,Regina FigueiraIsabel BarradasJéssica CabralJessie Serrão12º4Funchal, 1 de Abril de 2011
  2. 2. [PLANO DE NEGÓCIOS] DDSÍndiceSumário executivo…………………………………………………………………3O Produto/Serviço…………………. ……….……………………………………..4 • Qual o produto?Os Clientes………………………………………………………………………….5 • Quem são? • Porque é que os clientes irão comprar o nosso produto?O mercado……………………………………………………………………..……6 • Qual a dimensão do mercado? • Quem são os concorrentes? • Quais são as nossas vantagens competitivas?O Plano de Acções…………………………………………………………………7 • Como fazer publicidade? • Quais os canais de comunicação a utilizar? • Que contactos serão necessários efectuar? • Que equipamentos comprar? • Que fornecedores escolher? • O que arrendar? • Quem vamos contratar para trabalhar connosco? • Quanto tempo vamos precisar para cada uma das etapas?A Equipa de Gestão………………………………………………………………9 • Quem vai implementar o projecto?A análise económico-financeira………………………………….…………….10 • Preço a praticar pela venda do nosso produto? • Vendas previsíveis. • Custo dos equipamentos necessários. • Custo dos salários dos empregados e evolução dos mesmos. • Demonstrações financeira previsionais.
  3. 3. [PLANO DE NEGÓCIOS] DDS • Rentabilidade económico-financeira.O Financiamento……………………………………………………………………13 • Qual a forma e o financiamento necessário?A Motivação…………………………………………………………………………..14 • Porquê concretizar o projecto?
  4. 4. [PLANO DE NEGÓCIOS] DDS Sumário Executivo A DDS efectuará entregas de refeições que abrange, sensivelmente,todo a região da Madeira. Este serviço será produzido, inicialmente, por nós eparalelamente trataremos também da divulgação e comercialização do produto. Quanto à concorrência, o nosso serviço é distinguível dos restantes, poiseste engloba num conjunto de características que nos diferem e que colocam-nos num grau de superioridade, relativamente aos restantes. A nossa equipa é activa e cooperante, pois todos nós sabemos trabalharde uma forma excepcional e assim caracterizamo-nos, como um grupo comespírito e consciência pelo que tentamos zelar pela saúde dos nossos futurosclientes. Esperamos, num curto espaço de tempo, já ter alcançado uma grandeparte do público na Madeira, como também que o nosso desempenho sobreeste negócio se mantenha crescente. Inicialmente precisaremos de 27.600,00€ para progredir com o nossonegócio, mas esperamos recuperar todo o investimento em 12 meses, poisatravés dos inquéritos realizados no primeiro período, prevê-se uma boacomercialização dos nossos produtos.
  5. 5. [PLANO DE NEGÓCIOS] DDS Qual o produto? Tendo em conta o projecto em que estamos inseridos, pretendemos criarum serviço de entregas particulares de todo o tipo de comidas, ao domicílio,pequenas empresas e escritórios, para festas e/ou jantares. Assim, somos responsáveis pela preparação das comidas/refeições,como também pelo embalamento e entregas. Como pretendemos desenvolver este projecto de modo a que severifique uma grande adesão por parte do público pensamos oferecer umadiversidade de refeições, como comida vegetariana, fast-food, massas, pizzas,sopas entre outros. Tudo isto com a finalidade de satisfazer os clientes,facilitando o seu dia-a-dia. Para que a nossa empresa adquira funcionalidade pretendemos equiparo estabelecimento, que possivelmente será na Rua de São Francisco (sedecidirmos comprar o espaço) ou por outro lado na Rua Serpa Pinto (sepreferirmos arrendar o espaço). Como forma de comercialização, a nossa empresa tem o objectivo derealizar todas as entregas ao local pretendido e para tal, possuiremoscarrinhas.
  6. 6. [PLANO DE NEGÓCIOS] DDS Os clientesQuem são? O nosso serviço destina-se a todas as pessoas que pretendem umserviço rápido, eficaz e de qualidade. Desta forma, como já referimospretendemos estender o nosso serviço a todas as pequenas empresas,escritórios e a particulares. É destinado a todas aquelas pessoas que não têm tempo para almoçardevido aos seus horários laborais; que não têm tempo para confeccionarrefeições elaboradas (jantares de família por exemplo), para aquelas quesimplesmente não sabem ou não gostam de cozinhar.Porque é que os clientes vão comprar este produto? As pessoas irão aderir ao nosso serviço, uma vez que confeccionamosprodutos de qualidade, porque o nosso serviço será altamente eficaz, porqueem certos aspectos possui inovações que o difere dos serviços semelhantes.Nomeadamente, o facto de sermos os únicos com serviço de entrega aescritórios e empresas; o facto de os nossos preços serem reduzidos, outrarazão são as entregas em tempo-limite , isto é, construímos um sistema delimites que consiste em efectuar as entregas para empresas num tempo limite(20 minutos) caso ultrapassemos esse tempo os clientes pagam apenasmetade do produto adquirido (50% de desconto) e assim contribuímos para asrefeições a “tempo e horas”. Possuímos também o cartão de cliente em que após 10 compras, osclientes usufruem de 15% de desconto em qualquer compra que efectuarem,durando este desconto apenas um mês.
  7. 7. [PLANO DE NEGÓCIOS] DDS O mercadoQual a dimensão do mercado? Pretendemos restringir a nossa actividade ao Funchal no caso deentregas a escritórios, empresas, quanto a particulares para toda a Região como intuito de fazer com que as pessoas desfrutem mais das suas vidas com assuas famílias sem terem de se preocupar com a preparação das refeições ouentão a falta de tempo que por vezes levam-nas a alimentarem-se maloriginando diversas consequências a esse nível. Quem são os concorrentes? Como concorrência temos todos os restaurantes que fazem entregas aodomicílio (concorrência directa) bem como todos os restaurantes e take-away(concorrência indirecta)Quais são as vantagens competitivas? O nosso serviço destaca-se dos da concorrência pois é, prático e reúneum bem comum que é a alimentação, uma alimentação saudável e equilibrada. A nível da comercialização, tentamos destacar-nos pelo facto da nossaloja estar localizada no centro do Funchal, o que contribui para a entrega depedidos mais eficaz. Contudo existem também muitos restaurantes e take-away nesta área. Uma das vantagens será o preço, pois pretendemos aplicar um preçoeconómico para que todas as classes sociais possam aderir; outra será aeficácia da equipa como também a qualidade do nosso produto. Prometeremos e demonstraremos aos que aderirem a este serviço quepodem confiar no talento da equipa para a confecção das suas refeições, ondeos clientes possuirão descontos e promoções únicas e exclusivas. Pensamos também que será um serviço que será facilmente aceitávelpela sociedade, devido ao escasso tempo que as pessoas possuemdiariamente.
  8. 8. [PLANO DE NEGÓCIOS] DDS Plano de acções - Passagem da ideia à prática!Como fazer publicidade? A divulgação do nosso produto será feita de diversas maneiras: • através da internet e da rádio; • distribuição de panfletos; • exposição de cartazes; • divulgação “ porta a porta”; • envio de mensagens para os telemóveis e correio.Quais os canais de comunicação a utilizar? Como meios de divulgação do nosso serviço optamos essencialmentepor publicitar o nosso serviço através da rádio, nomeadamente: Antena3, RDP,Rádio Girão, Posto Emissor do Funchal, Rádio Clube e Rádio Calheta.Que contactos serão necessários efectuar? Como futuramente, desenvolveremos o nosso serviço teremos queprocurar possíveis arrendatários localizados na rua em que pretendemosimplementar a comercialização do produto, pelo que será necessário tambémcontactar empreiteiros caso o local precise de obras. Pretendemos estabelecer um acordo com uma tipografia para que estanos possa imprimir os cartazes que serão afixados nas ruas do Funchal enoutras ruas estrategicamente localizadas no resto da ilha; os slogans paracolocar nos carros, bem como os cartões do projecto.Equipamentos a comprar? Visto que somos responsáveis por confeccionar as refeições, temos quepossuir uma cozinha e para tal equiparemos com instrumentos específicos deuma cozinha industrial, como: fogões e frigoríficos industriais, armários,utensílios entre outros… Necessitaremos também de um computador e telefone, pois asencomendas serão efectuadas através destes meios, e de carrinhas para levaro pedido aos respectivos clientes.
  9. 9. [PLANO DE NEGÓCIOS] DDSQue fornecedores escolher?A fim de confeccionar os pedidos dos nossos cliente, iremos necessitar deprodutos alimentares e para tal escolhemos como fornecedores: Insular, ECM,Elos, Recheio (Master Chef)O que devo alugar ou arrendar? Para efectuarmos a comercialização precisamos de arrendar uma loja nocentro do Funchal, lugar escolhido para a concretização do negócio. E assimoptamos por arrendar o espaço localizado na rua Serpa Pinto.Quem vamos contratar para trabalhar connosco? Como seremos os responsáveis pela confecção, embalamento, entrega,marketing e contabilidade, necessitamos de contratar inicialmente de mais umtrabalhador, um cozinheiro qualificado. É de referir que a limpeza e a manutenção do espaço comercial estará acargo dos cinco elementos que constituem a empresaQuanto tempo vamos precisar para cada etapa?1ª Fase – Estabelecer contactos com os fornecedores, empresas, escritórios,tipografia, empreiteiros – 3 meses.2ª Fase – Arrendar ou comprar e modificar o espaço e obter e instalar osequipamentos – 2 meses.3ª Fase – Preparar todos os alimentos e produtos para efectuar os pedidos dosclientes – dias antes da abertura.Sensivelmente dentro de 5 meses estaremos preparados para passar à parteprática da nossa empresa.
  10. 10. [PLANO DE NEGÓCIOS] DDS Equipa de gestão:Quem vai implementar o projecto? • Cristina Barradas: Responsável pelo embalamento da comida, pelo marketing e pela gestão de pedidos • Regina Figueira: Responsável pela entrega dos pedidos aos locais pretendidos • Isabel Barradas: Responsável pela entrega dos pedidos aos locais pretendidos e contabilidade • Jessie Serrão: Responsável por auxiliar na confecção das refeições • Jéssica Cabral: Responsável pela preparação das refeições
  11. 11. [PLANO DE NEGÓCIOS] DDS A análise económico-financeiraPreço a praticar pela venda do nosso produto? Como estamos a cargo tanto de um serviço como na venda de um produto(refeições), tentamos estabelecer preços económicos para os nossos clientes,mas também rentáveis para a nossa empresa, assim criamos, para as entregasum sistema em que cobraríamos 0.50€ para as zonas do Funchal (por ser maisperto da nossa empresa), 1.00€ para as zonas a sul da região e 1.50€ para aszonas norte.Relativamente às refeições:
  12. 12. [PLANO DE NEGÓCIOS] DDSVendas previsíveis. Prevemos em média realizar 60 entregas de refeições por dia da variabilidade, tendo em conta que nos dois meses iniciais esta média será menor devido à adesão por parte do público-alvo a este serviço.Custo dos equipamentos necessários. Os nossos clientes terão de nos contactar através do telefone, página nainternet ou correio electrónico para podermos confeccionar os seus pedidos.Desta forma iremos necessitar de um computador com acesso à internet e deum telefone cujos custos rondarão os 1560€. Com a finalidade de efectuartodas estes pedidos necessitaremos de equipar o espaço com materiaisnecessários e indispensáveis para tal, assim e de acordo com o local quevisitamos (Mastertel) o mobiliário comercial custar-nos-á 1.500,00€ e como asrefeições deverão ser entregues nos locais pretendidos precisaremos de umacarrinha que custarão aproximadamente 15.000,00€Custo dos salários dos empregados e evolução dos mesmos. Os colaboradores desta empresa não terão salários iguais pela simplesrazão da diferença de tarefas realizadas por cada elemento: Funcionário Salário Salário Salário Salário 2012 2013 2014 2015Cristina Barradas 850,00 € 850,00€ 850,00€ 1.000,00€Regina Figueira 750,00€ 750,00€ 750,00€ 850,00€Isabel Barradas 850,00€ 850,00€ 850,00€ 1.000,00€Jessie Serrão 750€ 750€ 750€ 850,00€Jéssica Cabral 800€ 800€ 800€ 950€Cozinheiro Qualificado 800€ 800€ 800€ 950€
  13. 13. [PLANO DE NEGÓCIOS] DDSDemonstrações Financeiras Previsionais: 2012 2013 2014 2015Rendimentos 859.882,40€ 945.870,64€ 1.040.457,70€ 1.144.503,47€ Gastos 738.071,18€ 791.284,98€ 852.757,79€ 937.865,51€ Resultados 121.811,22€ 154.585,66€ 187.699,91€ 206.637,97€operacionais Resultados 121.811,22€ 154.585,66€ 187.699,91€ 206.637,97€ antes de impostos Resultados 97.448,98€ 123.668,52€ 150.159,93€ 165.310,38€ Líquidos Por observação desta tabela podemos concluir que os resultados líquidosvão constantemente aumentando ao longo dos anos sendo o primeiro inferioraos restantes, uma vez que no ano inicial o nosso serviço não terá uma adesãoimediata por parte do publico contando, por isso, com menos clientes, que aolongo dos restantes anos irão aumentar.Rentabilidade económico-financeira: 2012 2013 2014 Cash Flow 102.366,43€ 128.585,97€ 155.077,38€ 170.227,83€ Exploração Cash Flow 0,00€ 0,00€ 0,00€ 1.500,00€Investimento Cash Flow 102.366,43€ 128.585,97€ 155.077,38€ 168.727,83€ LíquidoValor Líquido 93.060,39€ 106.269,40€ 116.511,93€ 115.243,38€ Actualizado (10%)Valor Líquido 403.485,10€ Actualizado Acumulado Taxa Interna 83,47%
  14. 14. [PLANO DE NEGÓCIOS] DDS deRendibilidade O Valor actual líquido é de 403.485,10€, ou seja, a empresa ao fim destesanos (4 anos) alcançara este valor, no qual provavelmente será utilizada paranovos investimentos que poderá ser a expansão deste serviço por PortugalContinental. Apresentamos também uma taxa interna de rendibilidade (taxa esta querepresenta o rendimento anual do investidor) de 83,47 %, que podemosconsiderar favorável. FinanciamentoQual a forma e o financiamento necessário? A fim de alcançarmos o grande objecto final (construção da empresa)necessitaremos de 27.600,00€. Para obter esta grande quantia monetária, eponderadas as várias hipóteses, a equipa decidiu pedir um empréstimobancário, mais precisamente um crédito bancário onde a instituição bancáriaescolhida coloca-nos à disposição o montante necessário para tal operação,em contrapartida, comprometemo-nos a reembolsar o valor numa data prevista.
  15. 15. [PLANO DE NEGÓCIOS] DDS MotivaçãoPorquê concretizar o projecto? A nossa motivação para o planeamento e posterior concretização desteconceito inicial foi essencialmente a ideia de facilitarmos o dia-a-dia de cadaum. Consideramos também desde o início que esta ideia seria viável umavez que tem por base a alimentação, algo que é indiscutivelmenteimprescindível no nosso quotidiano.

×