76




Autora: Cristina Gutiérrez S.
77




                  O LIVRO DE URÂNTIA
                 ESQUEMAS DO PREFÁCIO
                     TERCEIRA PARTE

   ...
78




        ESQUEMAS
     TERCEIRA PARTE.


IX – DEUS, O ÚLTIMO
 X – DEUS, O ABSOLUTO
XI – OS TRÊS ABSOLUTOS
79




       Pág. / 12
           LU
       .

           Assim como o Ser Supremo evolui progressivamente…


           ...
80



        Pág. / 12
            LU                           …da atualização da Deidade
                              ...
81



     Pág. / 12
       LU


    Deus o Último é                … que  funciona nos níveis
 designativo da Deidade    ...
82



Pág. / 13
  LU



  …O Pai Universal, por                     … estupendo e
   meio do mecanismo da                 ...
83




  Pág. / 13
    LU
                As três primeiras Deidades
                passado-eternas do Paraíso:…




    ...
84



  Pág. / 13
    LU              …Agora   evoluindo nos universos
                             experienciais,…

     ...
85




  Pág. / 13
    LU
              DEUS O ABSOLUTO.



     Há muitas                       … que não podem ser
 cara...
86



 Pág. / 13
 LU




                                      …na unificação de
    Isso constituiria a
                 ...
87




  Pág. / 13
  LU

                      Destinos supra-últimos
                        estão envolvidos…




…nos  ...
88




  Pág. / 13
                Deus, o Absoluto, é a meta de
  LU
              alcance e de realização de todos os
  ...
89


              XI. OS TRÊS ABSOLUTOS

Pág. / 13
LU

 Quando o pensamento
                                          …e ...
90




                      XI. OS TRÊS ABSOLUTOS

 Pág. / 13
 LU

                                    E esses potenciais...
91




                        XI. OS TRÊS ABSOLUTOS

Pág. / 13
LU


                                Tanto a potência da f...
92




                    XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
Pág. / 13-14
LU



                        …Em virtude da
               ...
93


                  XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
Pág. / 14
LU




                    Quando não é
                  possível ...
94




                    XI. OS TRÊS ABSOLUTOS



  Pág. / 14
  LU




                                     4-… do unive...
95



                    XI. - OS TRÊS ABSOLUTOS
      Pág. / 14
      LU



                                          O ...
96




                XI. - OS TRÊS ABSOLUTOS
Pág. / 14
LU




                                          … é aquele poten...
97



                 XI. - OS TRÊS ABSOLUTOS
Pág. / 14
LU




                                  Este é o Absoluto
      ...
98



                           XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
      Pág. / 14
      LU
      …




                    2.-   O Ab...
99




                        XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
   Pág. / 14
   LU




                                              ...
100



                    XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
    Pág. / 14




                   O Absoluto Inqualificado
           ...
101




 Pág./14
 LU




                                 …é um
   O Absoluto
                             supracontrole
 ...
102




                    XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
  Pág. / 14
  LU




Estamos convencidos de que,…      …o Absoluto Inqua...
103




                          XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
  Pág. / 14
  LU




                                             ...
104



                       XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
        Pág. / 14
        LU




                                     ...
105



                   XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
 Pág. / 14-LU




                  O Absoluto Universal…




        …é  ...
106




                      XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
 Pág. / 15
 LU


               A presença-tensão
      do Absoluto Un...
107




              XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
Pág. / 15
    LU




                        Lembrai-vos sempre: a
           ...
108




                   XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
Pág. / 15
LU
                       E esse é o diferencial do
           ...
109



                   XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
 Pág. / 15
 LU



O finito pode coexistir no cosmos
         com o Infinit...
110



                      XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
Pág. / 15
LU



                           Associativamente,
          ...
111




                    XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
 Pág. / 15
 LU




O Absoluto Universal é o
 potencial da Deidade       ...
112



                    XI. OS TRÊS ABSOLUTOS
   Pág. / 15
   LU




               Esse aspecto incompreensível
      ...
113




Pág. / 15
LU




Os dois Absolutos         …embora
 –o qualificado e     aparentemente
o inqualificado –…       se...
114




    Pág. / 15
    LU




Em última análise, e na                   …todos os três são
 compreensão final,…        ...
115




    Pág. / 15
    LU




 Não utilizamos jamais
o termo “Absoluto” como
negação de algo ou como
  rejeição de qual...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

3 Prefácio do Livro de Urântia - (Click em full para ampliar a imagem)

654 visualizações

Publicada em

Esquemas do Prefácio do Livro de Urântia - Terceira Parte

Publicada em: Espiritual, Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

3 Prefácio do Livro de Urântia - (Click em full para ampliar a imagem)

  1. 1. 76 Autora: Cristina Gutiérrez S.
  2. 2. 77 O LIVRO DE URÂNTIA ESQUEMAS DO PREFÁCIO TERCEIRA PARTE Autora: Cristina Gutiérrez S. Este documento contém citações de “The Urantia Book”, cujos direitos autorais foram registrados no ano de 1955 pela URANTIA Foundation, 533 Diversey Parkway; Chicago, ILLINOIS 60614 773-525-3319; - © Todos os direitos reservados. Email: cgsnmg@hotmail.com Costa Rica, San José, Nov 2008 A autora utiliza essas citações com autorização da Fundação URANTIA, que detém os direitos autorais. Qualquer interpretação, opinião ou conclusão (explícita ou implícita) é da autora e pode não representar os pontos de vista da Fundação URÂNTIA e das suas filiais.
  3. 3. 78 ESQUEMAS TERCEIRA PARTE. IX – DEUS, O ÚLTIMO X – DEUS, O ABSOLUTO XI – OS TRÊS ABSOLUTOS
  4. 4. 79 Pág. / 12 LU . Assim como o Ser Supremo evolui progressivamente… …a partir da dotação antecedente de divindade… …do potencial …do mesmo de energia e modo, Deus …que residem …do universo- personalidade, o Último, nos do tempo- mestre. compreendido eventua-se espaço no grande dos potenciais transcendidos… universo… da divindade… A atualização da Deidade Última… …assinalaa unificação absonita da primeira Trindade experiencial,… …e significa a expansão da Deidade unificadora,… …no segundo nível da auto-realização criativa. Cristina
  5. 5. 80 Pág. / 12 LU …da atualização da Deidade experiencial universal, das realidades absonitas do Paraíso… … Nos níveis eventuantes… Isso constitui o poder- personalidade … Dos valores… equivalente,… …Transcendidos do tempo-espaço… A consumação de tal desdobramento experiencial está planejada para proporcionar um destino último de serviço,… …paratodas as criaturas …que atingiram… do tempo-espaço… …por meio da realização …níveis absonitos… completa do Ser Supremo… …e pelo ministério de Deus o Sétuplo. Cristina
  6. 6. 81 Pág. / 12 LU Deus o Último é … que funciona nos níveis designativo da Deidade de divindade no absonito… pessoal… …e nas esferas universais do supratempo… … e do espaço transcendido. O Último é uma eventuação super-suprema da Deidade. O Supremo é a unificação da …compreendida pelos Trindade… seres finitos;… …o Último é a unificação da …compreendida pelos Trindade seres absonitos… Do Paraíso… Cristina
  7. 7. 82 Pág. / 13 LU …O Pai Universal, por … estupendo e meio do mecanismo da surpreendente, de Deidade evolucionária focalização da está realmente engajado personalidade… no ato,… …e demobilização do poder,… … nos seus respectivos níveis … do finito, do de significados absonito e mesmo universais, dos do absoluto. valores da realidade divina… Cristina
  8. 8. 83 Pág. / 13 LU As três primeiras Deidades passado-eternas do Paraíso:… …-o Pai …o Filho Eterno …oEspírito Universal,… e… Infinito-… …no futuro eterno,… …serãocomplementadas …por meio daatualização em personalidade… experiencial das Deidades evolucionárias associadas:… …Deus …Deus …e, possivelmente, O Supremo,… O Último… Deus o Absoluto. Cristina
  9. 9. 84 Pág. / 13 LU …Agora evoluindo nos universos experienciais,… …não são existenciais – Deus não são eternos no passado, O Supremo, apenas eternos no futuro,… E Deus …eternos tempo-espacialmente O Último,… condicionados e transcendentalmente condicionados. Eles são Deidades de dotes Supremos, Últimos e, possivelmente, Supremo-Últimos,… …mas experimentaram origens históricas universais. …mas tiveram começos de suas personalidades. Nunca São, na verdade, factualizações terão Dos potenciais eternos e um fim,… Infinitos da Deidade,… …mas eles mesmos não são, inqualificadamente eternos, nem infinitos. Cristina
  10. 10. 85 Pág. / 13 LU DEUS O ABSOLUTO. Há muitas … que não podem ser características da inteiramente explicadas realidade eterna do à mente finita do tempo-espaço,… Absoluto da Deidade… …mas a …aconteceria em atualização de conseqüência da Deus unificação da segunda Trindade o Absoluto… experiencial,… …a Trindade Absoluta. Cristina
  11. 11. 86 Pág. / 13 LU …na unificação de Isso constituiria a significados realização experiencial absolutos, em da divindade absoluta,… níveis absolutos;… …Mas não estamos seguros …poisnunca fomos a respeito da inclusão de informados, que,… todos os valores absolutos,… …o Absoluto Qualificado seja o equivalente do Infinito. Cristina
  12. 12. 87 Pág. / 13 LU Destinos supra-últimos estão envolvidos… …nos significados absolutos… …e na espiritualidade infinita e,… …sem essas duas realidades inalcançadas,… …não podemos estabelecer valores absolutos. Cristina
  13. 13. 88 Pág. / 13 Deus, o Absoluto, é a meta de LU alcance e de realização de todos os seres supra-absonitos,… o potencial de poder …mas e personalidade do …transcende o nosso Absoluto da Deidade… conceito,… …e hesitamos em falar …que estão muito dessas realidades… distantes da atualização experiencial. Cristina
  14. 14. 89 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 13 LU Quando o pensamento …e do Filho Eterno, combinado do funcionando… Pai Universal… …no Deus da Ação, (Espírito Infinito),… …constituiu a criação do universo divino e central,… …o Pai seguiu a expressão do Seu pensamento… …na verbo do Seu Filho… …e no ato do Seu Executivo Conjunto,… diferenciação de Sua Presença …por meio da em Havona, dos potenciais de infinitude. Cristina
  15. 15. 90 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 13 LU E esses potenciais Não revelados de infinitude… …permanecem espacialmente ocultos… …noAbsoluto Inqualificado… …e divinamente envoltos no Absoluto Da Deidade,… …enquanto estes dois …no funcionamento do últimos tornam-se um,… Absoluto Universal,… …a unidade-infinitude …do Pai do Paraíso. não revelada… Cristina
  16. 16. 91 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 13 LU Tanto a potência da força cósmica como a potência da força espiritual… …estão em processo de revelação-realização progressiva… …à medida que o enriquecimento de toda a realidade é efetuado,… …através do crescimento experiencial e da correlação do experiencial com o existencial,… …pormeio do Absoluto Universal. Cristina
  17. 17. 92 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 13-14 LU …Em virtude da presença equilibrante do Absoluto Universal,… …realiza uma …aPrimeira extensão do Fonte e Centro… poder experiencial,… …desfruta da identificação com as Suas criaturas evolucionárias,… …e alcança a …nosníveis da expansão da Supremacia, da Deidade Ultimidade e da experiencial… Absolutez. Cristina
  18. 18. 93 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 14 LU Quando não é possível distinguir plenamente:… …oAbsoluto …do Absoluto da Deidade… Inqualificado,… …a sua função …ou a sua supostamente presença combinada… coordenada,… …é designada como: ação do Absoluto Universal. Cristina
  19. 19. 94 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 14 LU 4-… do universo dos 3-…aparenta ser o universos, supremamente mecanizador unificado e finalmente totalmente eficiente… coordenado,… 2-…enquanto o 5-… até mesmo dos Absoluto universos após Inqualificado… universos,… 1-O Absoluto da Deidade parece ser o 6-… feitos, em formação ativador onipotente,… e ainda por fazer. Cristina
  20. 20. 95 XI. - OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 14 LU O Absoluto da Deidade não pode reagir a qualquer situação, …de um modo subabsoluto, ou, pelo universal… menos, não o faz. Todas as respostas desse Absoluto,… …a qualquer situação determinada,… …parecem ser dadas em termos do bem-estar de toda a criação de coisas e seres,… …não apenas no seu estado presente de existência,… …mas também em virtude das Possibilidades infinitas… …de toda a eternidade futura. Cristina
  21. 21. 96 XI. - OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 14 LU … é aquele potencial… O Absoluto da … Deidade… …que foi segregado da realidade total e infinita… …por livre escolha do Pai Universal,… …e dentro do qual… …todasas atividades da divindade – existenciais e experienciais – ocorrem. Cristina
  22. 22. 97 XI. - OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 14 LU Este é o Absoluto Qualificado,… …em contradistinção com o Absoluto Inqualificado;… O Absoluto da Deidade. …mas o Absoluto Universal,… …é superaditivo a ambos, na inclusão de todo o potencial absoluto. Cristina
  23. 23. 98 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 14 LU … 2.- O Absoluto Inqualificado. O Absoluto É não pessoal,… …extradivino e Inqualificado, não deificado. portanto, é desprovido de personalidade,… …de divindade e de Nem o fato, nem …nem a filosofia, todas as a verdade; nem a nem a absonitude prerrogativas de experiência, nem são capazes de penetrar… criador. a revelação,… …a natureza e o caráter desse Absoluto Sem qualificação no universo. Cristina
  24. 24. 99 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 14 LU …é uma realidade Que fique …o Absoluto positiva, que claro que… Inqualificado… impregna o grande universo,… …com igual presença …sobre e fora das …e que se espacial dentro,… atividades de estende, força… aparentemente,… …e das evoluções …das pré-materiais… surpreendentes extensões das regiões espaciais… Cristina …para além dos sete superuniversos.
  25. 25. 100 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 14 O Absoluto Inqualificado não é um mero negativismo do conceito filosófico,… . …baseado nas …a respeito da suposições dos universalidade,… sofismas metafísicos… . …do domínio e da …do incondicionado e primazia… do Inqualificado. Cristina
  26. 26. 101 Pág./14 LU …é um O Absoluto supracontrole Inqualificado… ...na infinitude;… universal positivo… …esse ...ilimitado em força …mas é supracontrole é… espacial… definitivamente condicionado… …pela presença da vida, …do espírito e da da mente,… personalidade,… …propositados da …pelas reações Trindade do …e está também volitivas e pelos Paraíso. condicionado… mandatos… Cristina
  27. 27. 102 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 14 LU Estamos convencidos de que,… …o Absoluto Inqualificado… …não é uma influência …que a tudo impregna,… indiferenciada… …seja comparável, aos conceitos …seja às antigas hipóteses da panteístas da metafísica,… ciência, sobre o éter. Cristina
  28. 28. 103 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 14 LU …com as realidades espirituais dos universos. O Absoluto Inqualificado é… …a relação desse Absoluto … …ilimitado em força… …mas não percebemos plenamente… …e condicionado pela Deidade,… Cristina
  29. 29. 104 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 14 LU …era inevitável… deduzimos logicamente,… …ao diferenciar as …no ato de livre-arbítrio realidades universais absoluto do Pai Universal,… em valores… …deificados e não deificados – personalizáveis e não personalizáveis. Cristina
  30. 30. 105 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 14-LU O Absoluto Universal… …é o fenômeno de …da resolução da Deidade indicativo… tensão criada… … peloato do livre arbítrio de diferenciar, …e funciona… desse modo, a realidade Universal,… …como o coordenador …dessas somas totais de associativo… potencialidades existenciais. Cristina
  31. 31. 106 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 15 LU A presença-tensão do Absoluto Universal significa… …o ajustamento do diferencial entre a realidade da deidade… …e a realidade não deificada,… …inerente à separação… …entre a dinâmica do livre-arbítrio da divindade… Cristina Continúa… …e a estática da infinitude… …inqualificada. Cristina
  32. 32. 107 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 15 LU Lembrai-vos sempre: a infinitude potencial é:… …absoluta e inseparável da eternidade. A infinitude atual, no tempo… …não nunca pode ser mais que parcial… …e deve, portanto, ser não absoluta;… …tampouco pode a infinitude da personalidade atual ser absoluta,… …exceto na Deidade inqualificada. Cristina
  33. 33. 108 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 15 LU E esse é o diferencial do potencial de infinitude,… …no Absoluto Inqualificado e no Absoluto da Deidade,… …que eterniza o Absoluto Universal,… …tornando, por universos …que haja Cristina meio disso, Continúa… materiais cosmicamente no espaço,… possível… …e haja …que personalidades espiritualmente finitas no tempo. possível… Cristina
  34. 34. 109 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 15 LU O finito pode coexistir no cosmos com o Infinito… … somente porque a presença associativa do Absoluto Universal,… …equaliza muito perfeitamente as tensões… …entre o tempo e …entre o finito e a eternidade,… o infinito,… …entre a realidade potencial e a atualidade da realidade,… …entre …entre o Paraíso e o homem o espaço,… e Deus. Cristina
  35. 35. 110 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 15 LU Associativamente, o Absoluto Universal constitui… …a identificação da zona de …que existe no realidade tempo espaço e evolutiva no tempo-espaço progressiva… transcendido,… …universos de manifestação,… … subinfinita da Deidade. Cristina
  36. 36. 111 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 15 LU O Absoluto Universal é o potencial da Deidade …funcionalmente realizável… estático-dinâmica… …nos níveis do tempo- …como valores finito- eternidade… absolutos,… …e como possível …experiencial-existencial. aproximação… Cristina
  37. 37. 112 XI. OS TRÊS ABSOLUTOS Pág. / 15 LU Esse aspecto incompreensível da Deidade… …pode ser estático, … …mas não é experiencialmente potencial e associativo,… criativo ou evolutivo… …no que concerne às …que presentemente personalidades inteligentes… funcionam no universo-mestre. Cristina
  38. 38. 113 Pág. / 15 LU Os dois Absolutos …embora –o qualificado e aparentemente o inqualificado –… sejam tão divergentes em função,… …tal como podem ser observados …estão, perfeita … pelas criaturas e divinamente, que possuem unificados… mente,… … Em e pelo Absoluto Universal. Cristina
  39. 39. 114 Pág. / 15 LU Em última análise, e na …todos os três são compreensão final,… apenas um Absoluto. Nos níveis subinfinitos …funcionalmente eles estão… diferenciados,… …mas, na infinitude, eles são UM. Cristina
  40. 40. 115 Pág. / 15 LU Não utilizamos jamais o termo “Absoluto” como negação de algo ou como rejeição de qualquer coisa. Tampouco consideramos o Absoluto Universal como autodeterminante,… … umaespécie de Deidade panteísta e impessoal. …é estritamente limitado pela O Absoluto, em tudo Trindade e o que concerne à dominado pela personalidade Deidade. universal,… Cristina ---------

×